link para a página principal do portal
Tamanho da Letra   menor ou maior
formulário de busca
AVALIAÇÃO DA INFORMAÇÃO EM SITES DE DENGUE E TUBERCULOSE: UMA PROPOSTA INOVADORA PARA PROMOÇÃO DA SAÚDE

Departamento: CSEGSF - CENTRO DE SAÚDE ESCOLA GERMANO SINVAL FARIA

Programa de pós-graduação: SAÚDE PÚBLICA

Linha: EDUCAÇÃO E COMUNICAÇÃO EM SAÚDE

Grupo: DESENVOLVIMENTO E AVALIAÇÃO DE TECNOLOGIAS E CUIDADOS NA ATENÇÃO PRIMÁRIA À SAÚDE

Subárea de Conhecimento: 4.06.00.00-9

Descrição do projeto:
A Internet é um dos mais importantes fenômenos sociais contemporâneos. Seu impacto pode ser percebido em diferentes setores. A saúde desponta como uma das áreas onde há cada vez mais informação disponível para um número cada vez maior de interessados. Na Web os sites de saúde são produzidos por organizações, empresas ou indivíduos sem qualquer tipo de controle ou fiscalização. Eles oferecem informações muitas vezes incompletas, contraditórias, incorretas, fraudulentas ou incompreensíveis por um leigo. Esta situação pode ter graves conseqüências para a saúde do cidadão. Esta informação pode atrapalhar o tratamento, induzir a automedicação e até prejudicar o paciente. Diante desta realidade o cidadão comum tem dificuldade de distinguir o certo do enganoso ou o inédito do tradicional. O OBJETIVO desta pesquisa é avaliar a qualidade da informação disponível em sites de duas das mais incidentes Doenças Negligenciadas: a Tuberculose e a Dengue. METODOLOGIA - Serão utilizados três indicadores para realizar esta avaliação, geralmente adotados pela literatura internacional dedicada ao tema: conteúdo, navegabilidade e legibilidade. Em termos de Conteúdo, serão convidados especialistas da Fundação Oswaldo Cruz que tenham se dedicado ao estudo e a pesquisa em Dengue e Tuberculose. Eles verificarão os aspectos éticos, técnicos e científicos da informação oferecida. Em termos de navegabilidade, serão convidados webdesigners especializados em avaliação de usabilidade de sites, que trabalhem na Fiocruz. Em termos de Legibilidade esta avaliação contará com a participação da comunidade do “Complexo de Manguinhos”. Eles construirão os critérios e serão os avaliadores dos sites em termos de compreensão dos textos disponibilizados na web. A avaliação da informação acompanhará esta tripla participação. Com isso a Fundação Oswaldo Cruz, com o apoio da FAPERJ, estará cumprindo uma nova função: orientar a sociedade sobre a qualidade da informação em sites de saúde. Esta orientação pode contribuir para a PROMOÇÃO DA SAÚDE, pois a informação é elemento fundamental para o autocuidado consciente.

Natureza:

  • Pesquisa

Ano do início do projeto: 2011

Ano do fim do projeto: 2015

Coordenador: ANDRE DE FARIA PEREIRA NETO

Participante Interno:

 
Sexta, 13 de Dezembro de 2019

ENSP NA WEB

facebook twitter Instagram youtube Soundcloud

BAIXE O APP DA ENSP

Google Play Store Apple App Store

Este portal é regido pela Política de Acesso Aberto ao Conhecimento,
que busca garantir à sociedade o acesso gratuito, público e aberto ao conteúdo integral de toda obra intelectual produzida pela Fiocruz.


Creative Commons License

O conteúdo deste portal pode ser utilizado para todos os fins não comerciais, respeitados e reservados os direitos morais dos autores.