link para a página principal do portal
Tamanho da Letra   menor ou maior
formulário de busca

O projeto de criação de uma Escola de Governo em Saúde na ENSP foi iniciado no ano de 1996, tendo sido concebido, originalmente, como "um conjunto de iniciativas que colaborassem para a consolidação do Sistema Único de Saúde, com mais eficácia, eficiência, equidade e efetividade, aportando projetos inovadores relacionados ao seu aperfeiçoamento." A partir desses princípios básicos, o ensino, a pesquisa e a cooperação com o Sistema de Saúde reuniram-se numa nova concepção, voltada a fortalecer o papel da ENSP como uma instituição-chave na formação de quadros qualificados para o setor saúde e no apoio ao desenvolvimento de sistemas e serviços de saúde no país. Ou seja, seu papel enquanto uma Escola de Governo. | saiba mais |

Notícias

Turma do Programa de Estágio Internacional da ENSP participa do II Colóquio Brasil-Cuba

Lançado em 2015 com o objetivo de fomentar a internacionalização da formação de sanitaristas na ENSP, o Programa de Estágio Internacional da Escola está com sua segunda turma em pleno desenvolvimento de suas atividades nas duas instituições formadoras de Cuba: a Escola Nacional de Saúde Pública (Ensap) e o Instituto Nacional de Higiene, Epidemiologia e Microbiologia (Inhem). Assim como no primeiro ano, a chamada 2016 foi dirigida aos dois Programas de Residência da ENSP (Multiprofissional e Médica), que selecionaram oito candidatos, os quais cumprirão suas atividades em Havana e municípios próximos à capital no período de 5 a 30 de setembro. Acompanha os residentes a coordenadora do Programa de Residência Multiprofissional em Saúde da Família, Maria Alice Pessanha de Carvalho, pesquisadora do Departamento de Ciências Sociais da Escola.

Três décadas da 8ª CNS: 62 anos da ENSP resgatam a essência da Reforma Sanitária

Na semana de 12 a 16 de setembro, a Escola Nacional de Saúde Pública Sergio Arouca (ENSP/Fiocruz) celebrará 62 anos relembrando um dos principais momentos de luta pela universalização da saúde no Brasil: a 8ª Conferência Nacional de Saúde. Com o tema, Saúde é nossa conquista e nosso direito: 30 anos da 8ª Conferência Nacional de Saúde, a ENSP, além de resgatar a importância histórica do evento, pretende alertar para os diversos ataques à democracia e ao Sistema Único de Saúde da atual conjuntura. O presidente da Fiocruz, Paulo Gadelha, e o diretor da ENSP, Hermano Albuquerque de Castro, farão a abertura das atividades no dia 12 de setembro, às 9h, no auditório térreo. A semana reunirá atividades acadêmicas, científicas e culturais, sendo destinada a alunos, professores, pesquisadores, profissionais de saúde e toda a comunidade Fiocruz. Confira a programação completa.

Avaliação da Pós-Graduação: É preciso pensar em mudanças a curto, médio e longo prazos, apontam pesquisadores

A necessidade premente de mudanças no sistema de avaliação que rege os programas de pós-graduação do país foi a questão central abordada pelos palestrantes Maurício Barreto e Guilherme Werneck durante a mesa-redonda O Sistema de Avaliação da Pós-Graduação no Brasil: avanços, limites e possibilidades. Tanto um como o outro defenderam, de forma consensual, a primordialidade de alterações no sistema. O encontro foi proposto pela coordenadora do Programa de Pós-graduação em Saúde Pública da ENSP, Cristiani Vieira Machado, e teve como objetivo refletir a respeito das características e desafios do sistema atual de avaliação do país, que influenciam de forma contundente no trabalho das organizações, com os docentes e alunos da Escola. Os vídeos das palestras estão disponíveis, na íntegra, no Canal da ENSP no Youtube. Confira!

Fiocruz na luta pela defesa do SUS

"Defendemos o Sistema Único de Saúde. A constituição do SUS é um marco da contemporaneidade da Fiocruz. Ele representa todos os nossos valores e a nossa maneira de pensar a cidadania, a democracia. O SUS é o nosso ponto de referência"! Foram com essas palavras que o presidente da Fiocruz, Paulo Gadelha, convocou os trabalhadores da Fundação a se unir para enfrentar uma "conjuntura complexa, incerta e adversa", que traz ameaças ao Sistema Único de Saúde e às conquistas da instituição. Gadelha esteve presente na reunião do Conselho Deliberativo da ENSP desta terça-feira (5/7), cuja principal pauta debateu a conjuntura nacional e da saúde. Na opinião do diretor da ENSP, Hermano Castro, "a reunião cumpriu o papel de ajustar, junto com a Presidência, as políticas públicas internas naquilo que é de interesse da sociedade e do SUS".

 
Sábado, 3 de Dezembro de 2016

ENSP NA WEB

facebook twitter Instagram youtube Soundcloud

BAIXE O APP DA ENSP

Google Play Store Apple App Store

Este portal é regido pela Política de Acesso Aberto ao Conhecimento,
que busca garantir à sociedade o acesso gratuito, público e aberto ao conteúdo integral de toda obra intelectual produzida pela Fiocruz.


Creative Commons License

O conteúdo deste portal pode ser utilizado para todos os fins não comerciais, respeitados e reservados os direitos morais dos autores.