Ministério da Saúde

Escola Nacional de Saúde Pública Sergio Arouca

Pós-Graduação em saúde pública

O Programa de Saúde Pública iniciou suas atividades em 1977 e tem seus cursos credenciados pela Capes. Saiba mais

Destaque

Mestrado e doutorado 2015: inscrições abertas

Estão abertas as inscrições para os cursos de mestrado e doutorado da ENSP em 2015. Até o dia 21 de agosto, os interessados poderão fazer sua inscrição nos Programas de Pós-Graduação stricto sensu em Saúde Pública, Saúde Pública e Meio Ambiente, e Epidemiologia em Saúde Pública da Escola pela internet, na Plataforma Siga, local onde as chamadas completas estão disponíveis. Os usuários devem conferir atentamente as referências bibliográficas indicadas - e atualizadas nas páginas dos cursos - para cada um dos programas de pós-graduação da Escola e todas as informações sobre prazos que contam nos editais dos respectivos programas.

Apresentações de mestrado na ENSP no dia 25/7

No dia 25 de julho, três dissertações de mestrado dos programas de Saúde Pública, Saúde Pública e Meio Ambiente e Epidemiologia em Saúde Pública serão apresentadas na ENSP. Confira os temas, alunos e orientadores. 
 

Práticas de humanização como mecanismo de coordenação do trabalho em saúde e a identificação de redes - o caso de dois laboratórios do Ipec

No dia 25/7, apresentação da dissertação de mestrado acadêmico em Saúde Pública Práticas de humanização como mecanismo de coordenação do trabalho em saúde e a identificação de redes - o caso de dois laboratórios do Ipec, por Laura Ribeiro Ferreira, na sala 413 da ENSP, a partir das 9 horas.

Enfermeiros sofrem com precariedade nas emergências

De acordo com o Ministério da Saúde, os principais problemas da assistência às urgências e emergências no Brasil são: estrutura física e tecnológica inadequada, insuficiência de equipamentos, recursos humanos limitados e com capacitação insuficiente para trabalhar em emergências, baixa cobertura do atendimento pré-hospitalar móvel e número insuficiente de unidades de pronto atendimento não-hospitalares com baixa resolutividade e insuficiente retaguarda para transferência de doentes. A partir desses dados, o aluno da ENSP Hebert de Oliveira desenvolveu sua dissertação de mestrado em Saúde Pública. De acordo com ele, a assistência às urgências e emergências há muitas décadas é um dilema para o sistema público de saúde e cada vez tornou-se mais latente a necessidade de se pensar políticas que possibilitassem a organização, qualificação e consolidação da atenção nesses locais. 

Documentos

Copyright 2006 ENSP/FIOCRUZ. Todos os direitos reservados.