link para a página principal do portal
Tamanho da Letra   menor ou maior
formulário de busca

Linha do Tempo

Em 1917 foi criado, na Faculdade de Medicina do Rio de Janeiro, o Curso de Medicina Pública que desdobrou-se ao longo do tempo em vários outros cursos de especialização, destacando-se o de Higiene e Saúde Pública, institucionalizado em 1925 com a reforma do ensino superior. Para que os interessados pudessem matricular-se nesse curso, era necessário o certificado de aprovação no Curso de Aplicação, ministrado pelo Instituto Oswaldo Cruz.
Em 1941, o curso de Higiene e Saúde Pública, sob denominação de Curso de Saúde Pública, foi anexado ao IOC, na época subordinado ao Departamento Nacional de Saúde (DNS). A partir de então ficava dispensada a exigência de conclusão prévia do Curso de Aplicação do IOC, já que foram acrescentadas ao novo curso disciplinas como parasitologia, bacteriologia e imunologia.
No ano seguinte foram criados os cursos do Departamento Nacional da Criança e do DNS, destinando-se o primeiro à formação de médicos puericultores e o segundo à formação de médicos sanitaristas, ao qual foi incorporado o Curso de Saúde Pública.

Escolha o ano
1954

A União estabelece a Escola Nacional de Saúde Pública: Lei n.º 2312 de 03 de setembro que dispunha sobre "normas gerais sobre Defesa e Proteção da Saúde", definindo que a União manteria uma Escola Nacional de Saúde Pública à qual poderiam ser equiparadas outras existentes ou que viessem a ser criadas pelos Estados ou pela iniciativa particular.

1958

A Escola Nacional de Saúde Pública (ENSP), através do Decreto nº 43926 de 26 de junho, foi vinculada ao Ministério da Saúde, ficando definidas como suas atribuições o aperfeiçoamento de pessoal técnico necessário aos serviços de saúde pública e o desenvolvimento de estudos e pesquisas sobre assuntos de interesse médico-sanitário.

Neste ano, a ENSP passava a ter sob sua jurisdição os cursos do DNS e do Departamento Nacional da Criança.

1959

O Regimento da Escola Nacional de Saúde Pública foi aprovado através do Decreto n.º 46259 de 23 de junho.

Escolha o ano
1960

A lei nº 3750, de 11/04/1960, transforma o Serviço Especial de Saúde Pública em Fundação.

Em junho, o Ministério da Saúde, por intermédio da ENSP, firmou com a Secretaria Geral de Saúde Pública do Estado da Guanabara (ou Secretaria Geral de Saúde e Assistência do Estado da Guanabara) e a Fundação Serviço de Saúde Pública - SESP, um convênio para cooperação no ensino profissional e de saúde pública na área rural. De conformidade com este ato, o Estado da Guanabara transferiu à administração direta da ENSP o Posto Samuel Libânio, até então subposto do Hospital Carlos Chagas, localizado em Vargem Grande, Jacarepaguá com a finalidade de ser utilizado no treinamento de alunos dos cursos ministrados pela Escola visando, principalmente, às atividades sanitárias de natureza rural.

1965

Em maio são iniciadas as obras da sede da Escola, com o aproveitamento do "esqueleto" de um edifício abandonado, em uma área de 14 mil m2, situada em Manguinhos.

1966

Inauguração da nova sede da ENSP no campus Manguinhos, em 23 de março.

A ENSP e outros estabelecimentos passaram a integrar a Fundação Ensino Especializado em Saúde Pública (Fensp), criada com a finalidade de ministrar ensino especializado em saúde pública através de cursos de pós-graduação, para pessoal de nível técnico-científico e de cursos de preparação de pessoal auxiliar-médico, além de realizar estudos e pesquisas de interesse para o aperfeiçoamento técnico e científico do pessoal de saúde pública.

1967

A ENSP Inicia três cursos de Mestrado em Saúde Pública dentro de um regime especial e com currículos próprios.

Realiza-se na ENSP a IV Conferência Internacional de Saúde.

1968

Criação da Unidade de Treinamento Germano Sinval Faria, atual Centro de Saúde Escola Germano Sinval Faria.

1969

A Fensp passou a denominar-se Fundação Recursos Humanos para a Saúde, tendo por finalidade a avaliação dos quantitativos e da qualificação do pessoal de que poderia dispor o Sistema Brasileiro de Proteção e Recuperação da Saúde, assim como a promoção de medidas para a formação e o aperfeiçoamento de pessoal.

Escolha o ano
1970

A Fundação Recursos Humanos para a Saúde transformou-se em Fundação Instituto Oswaldo Cruz (Fiocruz). Esta passou a integrar sete institutos, entre eles o Instituto Presidente Castelo Branco, nova denominação da Escola Nacional de Saúde Pública, que permaneceu com as mesmas atribuições.

Portaria n.º 263 de 08 de setembro de 1970 aprovou o Regimento Interno do Instituto Presidente Castelo Branco.

Portaria n.º 374 de 31 de dezembro de 1970 aprovou o Regulamento de Ensino do Instituto Presidente Castelo Branco da Fundação Instituto Oswaldo Cruz.

Cassação dos direitos políticos e aposentadoria de dez renomados cientistas da Fiocruz pela ditadura militar. O grupo se opunha às diretrizes governamentais de restringir a atuação do órgão à produção de vacinas, esvaziando as outras áreas, sobretudo a de pesquisa, e defendiam a criação de um Ministério da Ciência para abrigar essas áreas. O episódio passou a ser conhecido como "Massacre de Manguinhos".

1974

Firmado em 13 de novembro convênio entre o Instituto de Nutrição do Centro de Ciências da Saúde, da UFRJ, e o IPCB , da Fundação Oswaldo Cruz, do Ministério da Saúde, para instalação e funcionamento de um centro de educação e recuperação nutricional na Unidade de Treinamento Germano Sinval Faria do Instituto Presidente Castello Branco.

1975

Inicia o processo de descentralização dos seus cursos de saúde pública, implantando os dois primeiros em Belém e Porto Alegre, em parceria com as Secretarias de Saúde locais.

Em julho, começa no Rio de Janeiro, o I Curso Básico de Saúde Pública, considerado como primeira etapa do processo de formação do sanitarista.

A Escola propõe a hierarquização dos cursos de preparação de profissionais de saúde pública, em níveis de aperfeiçoamento, especialização e pós-graduação stricto sensu, através de cursos Básico, de Especialização e de Mestrado em Saúde Pública, obedecendo-se a um esquema modular, a um sistema de créditos e uma progressiva seletividade.

1976

A ENSP volta a denominar-se Escola Nacional de Saúde Pública.

Inicia os Programas de Estudos Socio-econômicos em Saúde (PESES) e de Estudos e Pesquisas Populacionais e Epidemiológicos (PEPPE), no esforço de renovação de Manguinhos, propiciado pelo I PBDCT/Finep, que inaugura a fase contemporânea da pesquisa e da pós-graduação na ENSP.

Criado na ENSP o Curso Avançado em Epidemiologia.

1977

A Comissão de Pós-Graduação da Fundação Oswaldo Cruz aprovou a criação, na ENSP, do Curso de Mestrado em Saúde Pública (já dentro das normas estabelecidas pela Lei 5540/68) a ser iniciado no mesmo ano.

Criado o Treinamento Avançado em Serviço - TAS como um modelo identificado com a Residência, apoiado pelo INAMPS. Extinto em 1980.

Realizado o Seminário de Avaliação dos Cursos Básicos Regionalizados de Saúde Pública no exercício de 1976.

1978

É criado o Centro de Estudos da ENSP.

Grupo de docentes da ENSP, Fiocruz e Faculdade de Saúde Pública da USP, constituído por sugestão do Ministério da Saúde, analisa o currículo dos cursos de saúde pública, ministrados por ambas as escolas, em face à criação de carreiras específicas para profissionais de saúde nos quadros funcionais da União de alguns Estados da federação.

Proposta de curso para treinamento das equipes do PLUS (Plano de Localização de Unidades de Serviço) no âmbito do Sistema Nacional de Saúde.

1979

Implantada a Residência Médica em Medicina Preventiva e Social pela ENSP.

Escolha o ano
1980

Em julho a ENSP participa, em Washington, do "Taller del Programa Ampliado de Imunizações (PAI) para Escuelas de Saúde Pública", patrocinado pelo PAI-OPS, onde foram discutidos sua metologia e conteúdo, aprovando-se a inclusão do material nos currículos dos Cursos de Saúde Pública.

O curso de formação geral passou a ser denominado Curso de Especialização em Saúde Pública, e as especializações se mantiveram como Cursos de Preparação para suas áreas correspondentes com títulos definidos.

Criado um grupo de trabalho com docentes da ENSP, que junto a Secretaria Nacional de Ações Básicas de Saúde (SNABS), do Ministério da Saúde, organizou o primeiro curso prático do PAI, contando com participação de técnicos em Vigilância Epidemiológica e Imunização das Secretarias Estaduais de Saúde e professores de Epidemiologia dos cursos de Saúde Pública.

Foi aberto o Doutorado em Saúde Pública na ENSP.

Criada a Associação de Docentes da Fundação Oswaldo Cruz - ADFOC, homenageando os cientistas do "Massacre de Manguinhos".

Implantação do Programa RADIS - Reunião, Análise e Difusão de Informação em Saúde.

1981

O Ministério da Saúde, com apoio da OPAS, elabora o Protocolo de Aferição da Mortalidade e Morbidade por Sarampo no Brasil. Participam dos trabalhos ENSP/Fiocruz, MS/DNE/SNABS, FSESP e Secretarias de Saúde de MG, SP e RS.

1982

É criado o Programa de Educação Continuada (PEC/ENSP) voltado para a produção de material impresso destinado a apoiar o desenvolvimento dos trabalhos dos profissionais da área de saúde pública em suas atividades de ensino, pesquisa e extensão.

1984

Inicia a publicação dos Cadernos de Saúde Pública, o periódico científico da ENSP.

1985

Ato da Presidência n.º 009/85-PR de 08 de março, aprova o Regimento Interno da Escola Nacional de Saúde Pública (Código: DJ1985.03.08).

No contexto da redemocratização tem seu primeiro diretor eleito pela comunidade, Frederico Barbosa.

1986

Inaugura o seu Programa de Pesquisadores Visitantes, em parceria com o CNPq.

Reintegração na Fiocruz dos cientistas de Manguinhos que foram cassados em 1970.

I Curso Internacional da Erradicação da Poliomielite com a participação e patrocínio da OPS e coordenação do grupo do PAI na ENSP.

I Curso Nacional de Erradicação da Poliomielite (ENSP/Fiocruz e SANBS).

Os docentes e pesquisadores da ENSP participam ativa e decisivamente nos debates nacionais que resultaram na VIII Conferência Nacional de Saúde.

1989

A Residência em Medicina Preventiva e Social passou a se chamar Curso de Residência em Saúde Pública.

Escolha o ano
1993

Criação do Projeto Universidade Aberta, com o objetivo de se estreitar as relações sociais entre a Fiocruz e a comunidade do Complexo de Manguinhos, fortalecendo uma ação comunitária local, seja no campo da educação ou da saúde.

1994

A ENSP comemora 40 anos sediando evento da OPAS: "I Conferência Pan-americana de Educação em Saúde Pública. Democracia e Equidade: repensando a saúde pública", com promoção da ALAESP - Associação Latino Americana de Escolas de Saúde Pública.

1995

O Prof. Adauto José de Araújo, diretor da ENSP, é eleito presidente da ALAESP.

1996

Lançamento do primeiro site da ENSP.

1997

Criação do programa de Educação a Distância.

Seminário Internacional: "Renovando a Estratégia de Saúde Para Todos". Este seminário reuniu representantes de vários países da América Latina, através dos membros da ALAESP. Organizado pela ENSP/ALAESP, com apoio da OPAS/OMS e ABRASCO.

Criação da ENSPTEC - Fundação de Ensino e Pesquisa de Desenvolvimento Tecnológico.

1998

Reorientação estratégica dos programas de ensino, pesquisa e cooperação técnica da ENSP através da Escola de Governo em Saúde

O Prof. Paulo Buss, diretor da ENSP, assume a presidência da ALAESP.

Realização do Seminário Internacional "Assistência Farmacêutica: no umbral do terceiro milênio". Uma iniciativa ENSP/OPAS/OMS.

A Comissão Nacional de Ética em Pesquisa - CONEP, aprova o registro do Comitê de Ética em Pesquisa da ENSP.

O Núcleo de Assistência Farmacêutica da ENSP, coordenado pelo Prof. Jorge Bermudez, recebe credenciamento como Centro colaborador da OMS para políticas farmacêuticas.

O NUPES - Núcleo de Estudos Político-Sociais em Saúde comemora 10 anos organizando uma Jornada, apresentando os trabalhos e teses de seus pesquisadores.

1999

Criação do Programa de Pesquisa Estratégica e do Mestrado Interinstitucional.

Escolha o ano
2000

Lançamento do Edital do Mestrado Profissional de Saúde Pública.

2001

Inicio do programa de Mestrado Profissional de Saúde Pública com o primeiro curso de Regulação em Saúde Suplementar.

Criação da Coordenação de Escola de Governo em Saúde.

A Escola, em parceria com a OPAS, promove o seminário "Saúde e Desigualdade: Instituições e Políticas Públicas no Século XXI". O evento debate as relações entre saúde, desigualdade e pobreza nas dimensões da política pública, das instituições e dos programas de saúde.

É aberto o I Curso Internacional para Formação de Tutores para Capacitação em Educação a Distância na área de gestão em Saúde, fruto de um convênio entre ENSP/Fiocruz, o Ministério da Saúde, a Agência Brasileira de Cooperação - ABC e a JICA - Japan International Cooperation Agency.

2002

Durante Seminário comemorativo dos 100 anos da OPAS, o NAF - Núcleo de Assistência Farmacêutica da ENSP, recebe medalha pelo trabalho desenvolvido. O prêmio foi entregue a seis instituições de relevância para a saúde pública brasileira.

Formatura da primeira turma (184 alunos) do Curso de Especialização em Formação Pedagógica em Educação Profissional na Área de Saúde: Enfermagem/PROFAE. O PROFAE é o curso do EAD/ENSP com o maior número de alunos matriculados (6571 alunos).

Tiveram início os dois primeiros Cursos de Formação de Monitores para Capacitação de Conselheiros de Saúde. O projeto, capacitou 43 mil conselheiros de saúde em todo o país, é executado por um Consórcio composto pela ENSP/Fiocruz, pela UnB, pela UNICAMP e pelo Nescon/UFMG, além de envolver mais 22 instituições de saúde coletiva em todo o Brasil.

2003

Morre o sanitarista Sergio Arouca.

A ENSP passa a se chamar Escola Nacional de Saúde Pública Sergio Arouca.

Começa o Ciclo de Oficinas "ENSP em movimento: construindo um programa de formação baseado em competência para o SUS".

O professor Mario Sayeg (DAPS) foi agraciado com o Prêmio Direitos Humanos, na categoria Idosos - personalidade. O Prêmio é concedido pelo Governo Federal a pessoas e organizações cujos trabalhos em prol dos direitos humanos sejam merecedores de reconhecimento e destaque por toda a sociedade.

Dez anos do projeto Universidade Aberta.

Comemoração pelos dez anos do Curso de Especialização em Envelhecimento e Saúde do Idoso. O curso foi uma iniciativa pioneira do professor Sayeg em trazer para o campo da saúde pública uma nova visão sobre o envelhecimento da população.

O livro The Xavánte in Transition: Health, Ecology and Bioanthropology in Central Brazil (University of Michigan Press, 2002), de Carlos Coimbra Jr. (DENSP/ENSP), Nancy Flowers, Francisco Salzano e Ricardo Ventura Santos (DENSP/ENSP), recebeu o prêmio de melhor obra interdisciplinar de 2003 pela Divisão de Antropologia Geral, da Associação Norte-Americana de Antropologia (American Anthropological Association - AAA).

2004

A Escola completa cinqüenta anos. Seus cursos contribuíram na formação de 17 mil profissionais. Foram defendidas 219 Teses de Doutorado, 696 Dissertações de Mestrado Acadêmico e 52 Dissertações de Mestrado Profissional.

Em janeiro, a Escola passa a contar com a primeira versão da intranet.

Início do "Seminário Preparatório para a Formação do Pólo de Educação Permanente em Saúde do Rio de Janeiro" com o objetivo de promover capacitação de recursos humanos em Saúde, atendendo a uma política do SUS. O Pólo reúne experiências de instituições da área.

Abertura do ano letivo 2004 da ENSP, com aula magna "Vigilância em saúde: revisitando o conceito, inovando na prática", de Jarbas Barbosa, Secretário de Vigilância em Saúde do Ministério da Saúde.

Lançamento da revista "Saúde e Direitos Humanos", numa parceria do Ministério da Saúde com o Núcleo de Estudos em Direitos Humanos e Saúde (NEDH/ENSP/Fiocruz).

Um sensor biológico para detecção de microorganismos através de fibra óptica em tempo real, e sua metodologia de uso, foi o produto final patenteado nos Estados Unidos, resultado do trabalho do pesquisador do DSSA/ENSP, Aldo Pacheco Ferreira, em parceria com os pesquisadores Marcelo M. Werneck e Ricardo M. Ribeiro, da UFRJ. Trata-se da primeira patente da ENSP nos Estados Unidos.

O Seminário Internacional Ciência e Tecnologia em Saúde para o Mercosul, promovido pelo Ministério da Saúde na ENSP, discute o papel dos países do Mercosul e suas prioridades na área de pesquisa e produção de vacinas, reagentes diagnósticos e medicamentos.

A paciente do Núcleo de Dependentes Químicos (NUDEQ), do Centro de Saúde Germano Sinval Faria, Clezina Kroger, recebeu a medalha de bronze pelo quadro Lago e Ponte da Fiocruz, em concurso realizado na Sociedade Brasileira de Belas Artes.

ENSP/Fiocruz e Países Africanos de Língua Portuguesa (PALOP´s) realizam o 3º Curso internacional para a Formação de Tutores para a Capacitação em Educação a Distância, desta vez voltado para administração hospitalar. Com apoio da Agência de Cooperação Internacional do Japão (JICA) e da Agência Brasileira de Cooperação (ABC), através do Ministério das Relações Exteriores, o programa entra em seu 3º ano para capacitar profissionais em EAD.

A ENSP completa 50 anos em 3 de setembro. Seus cursos contribuíram para a formação de 17 mil profissionais. Até aqui, foram defendidas 219 teses de doutorado, 696 dissertações de mestrado acadêmico e 52 dissertações de mestrado profissional.

Inicia-se a semana do cinqüentenário ENSP (13 a 17/09) com os lançamentos do Portal ENSP, do CD-Rom Radis 20 anos e do Selo Comemorativo do cinqüentenário.

A Coordenação Escola de Governo em Saúde/ENSP promove o IV Encontro Nacional das Escolas de Saúde Pública do Brasil, com o objetivo de ampliar a cooperação interinstitucional, fortalecer as ações de educação no âmbito do SUS e discutir a construção de uma Rede de Escolas de Governo, com apoio do Ministério da Saúde.

"Uma Escola para a Saúde" é o livro que a ENSP lança em parceria com a Casa de Oswaldo Cruz e Editora Fiocruz. A publicação narra a trajetória da Escola, com ênfase nos atores, nas conjunturas políticas e institucionais e nos conhecimentos sobre saúde pública. O livro foi organizado por Nísia Trindade Lima, Cristina M. O. Fonseca e Paulo Roberto Elian da Costa.

O seminário O futuro da saúde pública: uma nova visão para as Américas é o principal evento da semana comemorativa do aniversário da ENSP. Contou com a presença da diretora da OPAS/OMS, Mirta Roses, e de representantes das Escolas de Saúde Pública de toda a América Latina.

Inaugurada exposição fotográfica que narra a história da ENSP e de seus profissionais ao longo de cinco décadas. Organizada por Lisabel Klein, reuniu imagens dos arquivos ENSP e Fiocruz, e dos fotógrafos Cid Faião e Álvaro Funcia.

A ENSP alcança nota 6 (perfil de excelência) no processo de avaliação da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes), responsável por subsidiar o MEC na formulação das políticas de pós-graduação. Foram analisados 1.961 cursos de mestrado e 1.034 de doutorado na Avaliação Trienal da CAPES, relativa ao período de 2001 a 2003.

Cerca de cem doutores da ENSP se reúnem no Forte de Copacabana para propostas e debates dos rumos que o Programa de Pós-graduação da ENSP deve tomar em virtude da última avaliação Capes.

Jorge Antônio Zepeda Bermudez transmite o cargo de diretor da ENSP para Antônio Ivo de Carvalho. Bermudez deixa a Direção da Escola para assumir o cargo de Chefe da Unidade de Medicamentos Essenciais, Vacinas e Tecnologias da OPAS, em Washington (EUA).

Toma posse o novo coordenador da Escola de Governo em Saúde, Adolfo Horácio Chorny, no lugar do professor Antonio Ivo de Carvalho, agora na Direção da ENSP.

A ENSP foi a vencedora do prêmio Selo RIOfazDESIGN 2004, na categoria Instituições Públicas e Privadas (Fundações, centros culturais e instituições). O trabalho premiado é dos designers Carlos Fernando e Adriana Carvalho, que apresentaram o projeto desenvolvido para o cinqüentenário da Escola.

O pesquisador Paulo Amarante recebe na Argentina o Diploma de honra por seu trabalho na construção do Congresso Internacional de Saúde Mental e Direitos Humanos e na militância da luta antimanicomial na América Latina. Antes da diplomação, Hebe de Bonafini e Paulo Amarante participaram da histórica "Marcha das Madres", realizada há 27 anos ininterruptamente, e discursaram sobre a violência da psiquiatria e dos manicômios em frente à casa Rosada, sede do Governo Argentino.

O Ministério da Saúde entregou o Prêmio de Incentivo em Ciência e Tecnologia para o Sistema Único de Saúde (SUS) - 2004, na categoria especialização, para Michele Oliveira Ramos Silva, Maria de Fátima dos Santos Gomes e Marta Penchel de Siqueira, orientadas pela pesquisadora Luciana Dias de Lima/DAPS, com a monografia "O planejamento do processo de descentralização das ações em vigilância sanitária de medicamentos no estado do Rio de Janeiro".

2005

O evento "De olho na hanseníase", organizado pelo Laboratório de Hanseníase do IOC, pelo Ambulatório Souza Araújo e pelo Centro de Saúde Escola Germano Sinval Farias/ENSP, é o primeiro a ser realizado em referência ao Dia Mundial de Combate e Prevenção da Hanseníase, que ocorre sempre no último domingo do mês de janeiro.

Começa na ENSP a discussão sobre o projeto de lei do deputado Luiz Paulo Correa da Rocha, que cria um consórcio para reunir compulsoriamente os 17 municípios da Região Metropolitana de Saúde do Rio de Janeiro.

O Laboratório de Paleoparasitologia da ENSP, localizado no Departamento de Endemias Samuel Pessoa, foi credenciado pelo Departamento de Patrimônio Genético do Ministério do Meio Ambiente como fiel depositário de amostras de componentes do patrimônio genético extraído de tecidos mumificados.

Apresentação do primeiro curso desenvolvido pela metodologia de competência proposta pela iniciativa ENSP em Movimento: Curso de especialização em Saúde da Família nos Moldes da Residência.

A ENSP articula um Fundo Social para o Desenvolvimento Local, envolvendo empresas e instituições, para a realização de projetos sociais na área de Manguinhos.

A Comissão de Saúde da Assembléia Legislativa do Rio de Janeiro debate o projeto de lei que estabelece um consórcio compulsório em saúde para a Região Metropolitana do Rio de Janeiro. O diretor da ENSP, Antônio Ivo de Carvalho, participa do evento.

ENSP e Rede Centro de Cooperação e Atividades Populares (CCAP) realizam o I Encontro da Agenda Redutora de Violência em Manguinhos para estabelecer uma comissão para sistematizar propostas e estratégias de construção da Agenda e, posteriormente, apresentá-las no Encontro dos Atores Locais com representantes do Poder Judiciário, do Legislativo e dos três níveis de Governo.

Palestra do senador Eduardo Suplicy (PT-SP) na ENSP aborda o tema "Justiça, Saúde e Renda Básica de Cidadania".

A ENSP recebe a visita do ministro da Saúde do Paraguai, Julio César Velásquez Tilleria, para estabelecer programa de formação profissional voltado para a área de epidemiologia.

Paulo Marchiori Buss é empossado presidente da Fiocruz em seu segundo mandato. Em uma cerimônia emocionante, lembrou a consolidação de uma gestão democrática da Fundação e atividades importantes dos últimos quatro anos.

A ENSP promove debate com autoridades do Ministério da Saúde para discutir a crise no SUS do Rio. A iniciativa foi a primeira de uma série de eventos que deu início a abertura de um processo de mobilização dos diversos atores envolvidos no aperfeiçoamento do SUS, no âmbito nacional, e na apresentação de propostas para resolver o problema da saúde no município do Rio de Janeiro.

A ENSP abre espaço em seu Portal para discutir a crise do SUS do Rio de Janeiro, buscando cumprir seu papel de formuladora de política, incentivando o debate, divulgando informações e propondo alternativas. Com o mesmo objetivo foi criado um grupo consultor na Escola para assessorar a Direção na elaboração de propostas estratégicas para a reformulação consistente e sustentável do sistema de saúde do Rio de Janeiro e de sua região metropolitana.

Uma representação da ENSP, liderada pelo diretor Antônio Ivo de Carvalho, esteve presente ao simpósio "Um caminho para a solução da Saúde no Rio: agilização dos repasses financeiros do SUS para os municípios da Região Metropolitana do Rio de Janeiro", promovido pela Assembléia Legislativa do Rio de Janeiro (ALERJ).

Lançada segunda edição do livro O Poder Americano (Editora Vozes), organizado pelo Departamento de Ciências Sociais da ENSP.

A ENSP promove debates estratégicos destinados a aprofundar as principais questões de Saúde da Família.

O Centro de Pesquisa Leônidas e Maria Deane (CPqLMD/Fiocruz) inicia curso de doutorado em Saúde Pública para a região Amazônica através de um consórcio dos cursos de doutorado do Centro de Pesquisa Aggeu Magalhães (CPqAM), da Escola Nacional de Saúde Pública Sergio Arouca (ENSP) e do Instituto Fernandes Figueira (IFF). >>O processo é uma inovação na Fiocruz, que pela primeira vez realiza um doutorado ao mesmo tempo em diversas unidades. Quinze candidatos foram aprovados, cinco de cada unidade do consórcio.

Antônio Ivo de Carvalho é eleito diretor da ENSP, com 94,36% dos votos válidos. Compareceram para votar 375 profissionais da Escola, representando 82% do colégio eleitoral, além dos alunos.

O I Seminário Brasileiro de Efetividade da Promoção da Saúde, fruto de uma articulação institucional entre a União Internacional de Promoção da Saúde e Educação para a Saúde (UIPES/ORLA), a Escola Nacional de Saúde Pública Sergio Arouca (ENSP/Fiocruz) e a Abrasco, discute a implementação de políticas públicas e práticas sociais para a melhoria da qualidade de vida da população brasileira, além de fomentar estratégias de institucionalização da avaliação em políticas sociais.

Os Departamentos de Epidemiologia da Escola Nacional de Saúde Pública Sergio Arouca (ENSP/Fiocruz) e do Instituto de Medicina Social da UERJ (IMS/UERJ) promovem seminários internacionais para aprofundar questões sobre determinantes sociais em saúde. O evento consiste na visita de três pesquisadores norte-americanos com experiências em pesquisas epidemiológicas na área de determinantes sociais de saúde. O primeiro a visitar a Escola foi o professor de epidemiologia Sherman A. James, da Duke University (Carolina do Norte).

Moisés Goldbaum, presidente-licenciado da Abrasco, assume a Secretaria de Ciência, Tecnologia e Insumos Estratégicos do Ministério da Saúde. Paulo Gadelha (vice presidente de Desenvolvimento Institucional e Gestão do Trabalho da Fiocruz e vice presidente da Abrasco) assume a presidência da Associação.

Ministério da Saúde lança a Caderneta de Saúde da Criança, que contou com a colaboração de Denise Barros, coordenadora do projeto de cooperação técnica em alimentação e nutrição da Região Sudeste, do Centro de Saúde Escola Germano Sinval Farias da ENSP.

Posse coletiva dos diretores da Escola Nacional de Saúde Pública Sergio Arouca (ENSP), Antônio Ivo de Carvalho, do Instituto Oswaldo Cruz (IOC), Tânia de Araújo Jorge, e da Escola Politécnica de Saúde Joaquim Venâncio (EPSJV), André Malhão. A cerimônia foi marcada por discursos cuja tônica principal foi o fortalecimento da integração das Unidades da Fundação visando inovar para gerar benefícios para a sociedade brasileira.

O professor da Universidade Autônoma de Barcelona, Joan Martínez Alier, é o convidado do Centro de Estudos da Saúde do Trabalhador e Ecologia Humana (Cesteh/ENSP) para a conferência Economia ecológica e ecologia política: conflitos ambientais e linguagens de valorização. O catedrático é membro fundador e presidente da Sociedade Internacional de Economia Ecológica para o período 2006-2007.

A Fiocruz estabeleceu convênio com o Ministério da Saúde para cooperação técnico-científica visando a descentralização do Sistema de Ouvidorias do SUS, em particular a implantação da Ouvidoria da Fiocruz. A ENSP fica responsável pela capacitação de recursos humanos por meio de seu Programa de Educação a Distância.

Arnold Kaluzny, especialista em Gestão de Serviços de Saúde da Universidade da Carolina do Norte, em Chapel Hill (EUA), esteve na ENSP para falar sobre A Gestão de Sistemas e Serviços em Saúde: tendências e desafios.

O Centro de Controle de Doenças e Prevenção de Atlanta (CDC-Atlanta), nos Estados Unidos, e a ENSP formalizaram convênio que já dura cerca de dois anos e é monitorado pelo Programa Nacional de DST/Aids, do Ministério da Saúde. A parceria tem o objetivo de desenvolver cursos de capacitação, monitoramento e avaliação do Programa DST/Aids e outras doenças endêmicas.

Acontece o 1° Encontro Nacional do Controle Social da Renast (SUS), promovido em parceria entre o Centro de Estudos da Saúde do Trabalhador e Ecologia Humana (Cesteh/ENSP) com o Grupo Articulador Nacional, que envolve diversas instituições. O objetivo foi ampliar a participação das representações de controle social no processo de elaboração dos planos de ação e de aplicação dos recursos para a implantação da Renast.

ENSP desenvolve o Estudo de Linha de Base do Projeto de Expansão da Estratégia de Saúde da Família (ELB - PROESF) no Estado do Rio de Janeiro, como parte de consultoria ao Ministério da Saúde. Tem o objetivo de apoiar a institucionalização de um sistema de monitoramento e avaliação da Atenção Básica e da estratégia de Saúde da Família para a conversão do modelo de atenção, redução das desigualdades no acesso e utilização de serviços de saúde e melhoria da saúde da população.

Mais de dez mil pessoas estiveram na Rua Leopoldo Bulhões, em Manguinhos, para o evento Caminho da Paz com Garantias de Direitos, promovido pela coordenação de Projetos Sociais da Escola de Governo da ENSP.

Inauguração do projeto piloto de software livre na ENSP.

A ENSP recebe a visita do oficial a cargo da Área de População e Desenvolvimento do Centro Latino-americano e Caribenho de Demografia, professor José Maria Guzmán, para proferir a conferência Envelhecimento Populacional e Desigualdade Social na América Latina e Caribe: estratégias comuns em contextos divergentes?.

Pela primeira vez, a Associação de Paleopatologia realiza encontro na América do Sul: o I Paleopathology Association Meeting in South America - PAMinSA - 2005, organizado em conjunto com a ENSP, com apoio do Museu Nacional da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) e do Instituto de Biociências da Universidade de São Paulo (USP). O encontro aconteceu na ENSP.

A filósofa e psicanalista Viviane Mosé, lança o livro "Nietzsche e a grande política da linguagem" na palestra Linguagem e loucura, no Salão Internacional da ENSP.

A Coordenação de Pós-Graduação da ENSP realiza oficina de trabalho para debater o Plano Diretor para 2005-2008. O encontro tem por objetivo pensar a expansão da pós-graduação e a melhoria da qualidade do ensino (disciplinas, seminários, orientações, etc.). A ENSP encaminha a CAPES proposta de criação da área Saúde e Ambiente como um novo programa de pós-graduação (mestrado e doutorado) da Escola.

Estátua do sanitarista Sergio Arouca é inaugurada em frente ao Castelo da Fiocruz, junto ao local onde foram depositadas as cinzas de Arouca e da jabuticabeira plantada na ocasião de sua morte, em 2003. A inauguração marca o início das comemorações dos 51 anos da ENSP.

Até agosto de 2005 os cursos da Escola já formaram mais de 20 mil profissionais. Foram defendidas 255 teses de doutorado, 773 dissertações de mestrado acadêmico e 113 dissertações de mestrado profissional. O Programa de Educação a Distância já formou 13000 profissionais.

O aniversário de 51 anos da ENSP é marcado pela adesão da ENSP/Fiocruz à campanha pela proibição do comércio de armas e munições no Brasil, promovida pela Frente Parlamentar Brasil sem Armas, para o Referendo sobre desarmamento, que acontece em 23 de outubro.

Durante as atividades pelos 51 anos da ENSP, foram lançados livros e inaugurados três novos prédios.

A ENSP sedia a I Reunião Estudo de Sobrevida de Câncer na América Latina (Latincare).

A Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior do Ministério da Educação (Capes/MEC) aprova o programa de Pós-Graduação em Saúde Pública e Meio Ambiente da ENSP com nota 5.

ENSP participa da organização da Escola de Saúde Pública em Angola.

2006

Acontece na ENSP o Fórum Mercosul sobre Integração Regional e Sistemas de Saúde, que teve como objetivo discutir repercussões de processos de integração entre países com a criação de mercados comuns, sobre as políticas de saúde no contexto europeu e do Mercosul.

O tema Pesquisa Mundial de Saúde no Brasil reinaugura Centro de Estudos da ENSP.

O II Ciclo de Debates: conversando sobre a estratégia de saúde da família realizou nove sessões em 2006. Criado para promover debates em torno dos princípios e das estratégias do Programa Saúde da Família, o ciclo ganhou dimensão que extrapola o curso promovido pela Escola de Governo em Saúde e entrou para o calendário de eventos da ENSP.

Entra no ar o novo Informe Eletrônico da Escola Nacional de Saúde Pública Sergio Arouca (Informe ENSP).

O Programa de Educação a Distância da ENSP/Fiocruz realiza mais uma Oficina de Formação de Tutores para 31 alunos.

Else Bartholdy Griebel é a nova chefe do Centro de Saúde Escola Germano Sinval Faria (CSEGSF).

Oficina do ENSP em movimento reúne docentes e pesquisadores de Promoção da Saúde e Desenvolvimento Social para o trabalho de construção do Programa de Ensino lato sensu para esta área.

O Departamento de Endemias Samuel Pessoa realizou, no primeiro semestre, 11 sessões científicas. O objetivo é revigorar as discussões internas sobre saúde e reforçar o caráter inter e transdisciplinar.

A ENSP promove a Jornada Científica da ENSP (Jornadinha) em parceria com o Cict/Fiocruz. O objetivo é proporcionar um espaço de exposição e discussão de trabalhos de iniciação científica.

Fórum de Ação contra a Violência ENSP/Fiocruz é criado e inicia programação de debates.

O Centro de Saúde Escola Germano Sinval Faria abre as portas para a primeira etapa da Campanha Nacional de Vacinação 2005.

Apresentação de novas curvas do crescimento infantil da Organização Mundial da Saúde (OMS) na ENSP.

ENSP debate novo pacto pela saúde no SUS.

Os cerca de 170 doutores da ENSP discutem o Plano Diretor da Pós-graduação em reunião do Colégio de Doutores, no Hotel Porto Real, em Mangaratiba.

Região Norte ganha um Mestrado Profissional de Vigilância em Saúde oferecido pela Escola Nacional de Saúde Pública Sergio Arouca.

Rosane Curi, pesquisadora do Cesteh/ENSP, desenvolve o "Jogo dos Amigos do Meio Ambiente – Jama", aprovado no Programa de Pesquisa Estratégica, Desenvolvimento e Inovação (PED). Trata-se de um jogo educativo-cooperativo que pretende, através do lúdico, educar e divertir crianças e adolescentes sobre os temas meio ambiente, trabalho agrícola, agrotóxicos e saúde humana.

Diretor da ENSP, Antônio Ivo de Carvalho, é eleito vice-presidente da Associação Latino-Americana e do Caribe de Educação em Saúde Pública (Alaesp).

Pesquisadores da ENSP coordenam sete oficinas no Pré-Abrascão.

Acontece o 11o Congresso Mundial de Saúde Pública e o 8o Congresso Brasileiro de Saúde Coletiva, com ampla cobertura do Informe ENSP.

Informe ENSP alcança 100 mil acessos em 105 dias.

Cinco dias de eventos marcam 52 anos da ENSP em setembro. Entre eles, Prêmio Destaque do Ano da ENSP e Festival Prata da Casa.

Uma solenidade de formatura, inédita na história da ENSP, marca o quarto dia da semana do aniversário da Escola. Alunos de mestrado e de doutorado das turmas de 2004 e de 2002, respectivamente, tomam parte desta nova iniciativa da ENSP.

ENSP apresenta Campus Virtual de Saúde Pública Brasil.

ENSP realiza uma oficina de educação ambiental e saneamento, dentro da programação de oficinas realizadas em outras quatro capitais brasileiras em agosto, com o intuito de construir o Programa de Educação Ambiental e Mobilização Social para o Saneamento (Peamss), idealizado pelo Ministério das Cidades.

2007

Pesquisador do Departamento de Administração e Planejamento em Saúde (Daps/ENSP/Fiocruz), José Gomes Temporão assumiu o Ministério da Saúde em março de 2007. Em sua trajetória na saúde pública, teve um papel de destaque no Movimento Sanitário, que resultou na criação do Sistema Único de Saúde (SUS). No Ministério da Saúde, exercia, desde julho de 2005, a chefia da Secretaria de Atenção à Saúde (SAS). Temporão cursou medicina na Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), fez especializações e mestrado na Escola Nacional de Saúde Pública Sergio Arouca (ENSP/Fiocruz) e doutorado no Instituto de Medicina Social da Universidade do Estado do Rio de Janeiro (IMS/UERJ).

A ministra do Meio Ambiente, Marina Silva, foi a convidada especial para a aula inaugural do ano letivo da Escola Nacional de Saúde Pública Sergio Arouca em abril de 2007. A palestra da ministra, que emocionou o público que lotou o auditório da Escola, abordou os efeitos das mudanças climáticas e a responsabilidade do homem pelo aquecimento global.

Com o objetivo de formar quadros para a futura Escola de Saúde Pública de Angola, a Escola Nacional de Saúde Pública Sergio Arouca realizou o primeiro curso de mestrado em Saúde Pública fora do Brasil. A aula inaugural do curso foi realizada no dia 28 de março, com presença diretor da ENSP, Antônio Ivo de Carvalho; da vice-presidente de Ensino, Informação e Comunicação da Fiocruz e pesquisadora do Departamento de Epidemiologia e Métodos Quantitativos (DEMQS/ENSP), Maria do Carmo Leal; Marina Ferreira de Noronha, pesquisadora do Departamento de Administração e Planejamento em Saúde (Daps/ENSP/Fiocruz); e Paulo Sabroza, pesquisador do Departamento de Endemias Samuel Pessoa (Densp/ENSP/Fiocruz).

O IV Congresso Brasileiro de Ciências Sociais e Humanas em Saúde, promovido pela Abrasco entre 13 e 18 de julho, em Salvador, reuniu quase quatro mil participantes, em seis dias de atividades. Os eventos reuniram 400 trabalhos divididos em comunicações coordenadas, painéis, palestras, fóruns e grandes debates. Dos 2340 pôsteres expostos no evento, 36 receberam menções honrosas, sendo que seis deles são de pesquisadores ou alunos da Escola.

O ministro da Cultura, Gilberto Gil, foi o convidado de honra da abertura da oficina Loucos pela Diversidade - da diversidade da loucura à identidade da cultura, realizada nos dias 15, 16 e 17 de agosto, que buscou criar uma agenda nacional voltada exclusivamente para a temática da loucura e cultura. A oficina foi coordenada pelo pesquisador Paulo Amarante. O ministro da Cultura destacou a necessidade de convivermos com as diferenças e defendeu a aproximação entre cultura e saúde.

No ano em que a Pós-Graduação da ENSP completou 40 anos, a Escola recebeu uma excelente notícia em agosto de 2007: o novo programa de Pós-Graduação em Epidemiologia em Saúde Pública da ENSP/Fiocruz foi aprovado com nota 6 pelo Conselho Técnico-Científico da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes). Trata-se do primeiro programa na área de saúde pública que já nasce com conceito 6 na avaliação da Capes.

Pela primeira vez, um chefe máximo da Organização Mundial da Saúde (OMS) visita o campus da Fundação Oswaldo Cruz, no Rio. Em palestra realizada no auditório da ENSP sobre 'Cooperação Sul-Sul no enfrentamento das epidemias', Margaret Chan reconheceu que o governo brasileiro tem travado uma "batalha épica" para garantir o acesso universal a remédios contra a Aids e teceu elogios à parceria entre Brasil e Cuba para a produção de 20 milhões de doses de vacina contra epidemia de meningite na África subsaariana. A diretora-geral da OMS foi recebida no auditório da ENSP pelo coral do Programa de Atenção à Saúde do Idoso (Pasi), do Centro de Saúde Escola Germano Sinval Faria (CSEGSF/ENSP/Fiocruz).

Em visita à ENSP no fim de agosto de 2007, a ministra da Secretaria Especial de Políticas para as Mulheres (SPM), Nilcéa Freire, traçou um amplo panorama da situação da mulher na sociedade brasileira, com destaque para as desigualdades nos indicadores de gêneros como família, educação, trabalho e renda. Ela ainda retratou a situação das mulheres no país e destacou o fato de a área de violência contra mulheres estar contemplado no PAC da Saúde, lançado pelo presidente Lula.

A ESNP dedicou seu 53º aniversário aos 40 anos da sua Pós-Graduação. Diversos eventos e homenagens marcaram a semana de 10 a 14 de setembro. A palestra de abertura foi ministrada pelo professor Luis Fernando Ferreira, fundador do Departamento de Ciências Biológicas (DCB/ENSP) na década de 60. O professor Adolfo Chorny também foi homenageado com o Prêmio Destaque ENSP 2007.

O ano de 2007 também ficou marcado pela perda de dois personagens importantes na história da Saúde Pública. Em 10 de junho, faleceu, aos 82 anos, o professor e pesquisador do Departamento de Saneamento e Saúde Ambiental da ENSP (DSSA/ENSP/Fiocruz) e criador do Programa Universidade Aberta, Szachna Eliasz Cynamon . O pesquisador fundou o DSSA/ENSP e foi idealizador da primeira patente tecnológica internacional da Fiocruz, em 1996. Em outubro, mais uma perda significativa: aos 82 anos, o médico cardiologista Mário Antônio Sayeg, um dos pioneiros nos estudos sobre envelhecimento e saúde no Brasil, nos deixou. Sayeg dedicou sua vida inteira à Fiocruz, tendo ocupado o cargo de vice-presidente de Planejamento durante a gestão do presidente Guilardo Martins Alves na Fiocruz, e criado o Programa da Terceira Idade da Fundação e o Núcleo de Saúde do Idoso do Departamento de Administração e Planejamento em Saúde (DAPS).

O pesquisador Ulisses Confalonieri, do Departamento de Ciências Biológicas (DCB/ENSP/Fiocruz), está entre os cerca de três mil pesquisadores que integram o Painel Intergovernamental sobre Mudanças Climáticas (IPCC) da ONU, agraciados – junto com o ex-vice-presidente dos Estados Unidos Al Gore – com o Prêmio Nobel da Paz 2007 em 12 de outubro. O IPCC reúne cientistas do mundo inteiro, a cada cinco anos, para discutir evidências de mudanças no clima por conta do aquecimento global. Esta premiação enfatiza a importância que o meio ambiente ganhou nos últimos anos e valida os resultados do trabalho que o IPCC vem desenvolvendo há quase 20 anos.

A avaliação trienal da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes/MEC) confirmou, pela segunda vez consecutiva, o conceito 6 nos cursos de mestrado acadêmico e doutorado do Programa de Pós-Graduação em Saúde Pública da Escola Nacional de Saúde Pública Sergio Arouca (ENSP/Fiocruz). O conceito 6 é conferido apenas para programas que ofereçam doutorado com nível de excelência, desempenho equivalente ao dos mais importantes centros internacionais de ensino e pesquisa. O Programa de Saúde Pública e Meio Ambiente manteve o conceito 5, sendo considerado também de alto nível de desempenho. O programa de Epidemiologia em Saúde Pública também obteve conceito seis na avaliação da capes.

Em 14 de novembro foi inaugurada a pedra fundamental do Núcleo Federal da Escola de Governo em Saúde em Brasília (EGS/NF). Este Núcleo da Fiocruz reunirá a ENSP, a Escola Politécnica em Saúde Joaquim Venâncio (EPSJV) e outras unidades de ensino da Fundação. Foi desenvolvido por uma demanda do ministro da saúde, José Gomes Temporão, e conta com a parceria da Universidade de Brasília (UnB), que abrigará o núcleo em seu campus, e da Escola Nacional de Administração Pública (Enap). Sua meta é atender altos funcionários públicos utilizando um processo de formação e debate sobre a saúde como ponto estratégico da agenda pública.

Em dezembro de 2007, a Fundação Carlos Chagas Filho de Amparo à Pesquisa do Estado do Rio de Janeiro (Faperj) indicou dez pesquisadores da Escola Nacional de Saúde Pública como 'cientistas de ponta' do Rio de Janeiro. A Fundação divulgou a lista que destaca os pesquisadores contemplados nos programas Cientista e Jovem Cientista do Nosso Estado. São eles: Adauto Araújo (Densp/ENSP), Cláudio Jose Struchiner (Densp/ENSP), Dora Chor (Demqs/ENSP), Francisco José Roma Paumgartten (DCB/ENSP), Maria Cecília de Souza Minayo (Claves/ENSP), Maria do Carmo Leal (Demqs/ENSP), Marília Sá Carvalho (Demqs/ENSP), Sérgio Koifman (Demqs/ENSP), Simone Gonçalves de Assis (Claves/ENSP), Mônica Martins (Daps/ENSP) e Rosalina Jorge Koifman (Demqs/ENSP).

A Escola Nacional de Saúde Pública e a Universidade Federal do Acre se uniram para criar o primeiro curso de pós-graduação stricto sensu na área de saúde coletiva naquele estado. O acordo faz parte de uma nova modalidade de cooperação desenvolvida pela Capes: a Associação Temporária. Nela, a instituição parceira mais consolidada funciona, por um determinado período, como âncora de um programa em fase inicial, até que o mesmo possa se desenvolver de forma autônoma. A ENSP irá ceder docentes ao programa durante seis anos, formando três turmas de mestres. O lançamento do edital está previsto para fevereiro de 2008, com a seleção dos alunos em março. O curso tem seu início previsto para maio de 2008.

2008

Janeiro

ENSP reavaliará agrotóxicos registrados no país
Fiocruz e a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) assinaram um contrato para reavaliação toxicológica de 13 ingredientes ativos utilizados na produção de agrotóxicos no Brasil. O estudo ficará a cargo de uma equipe do Laboratório de Toxicologia Ambiental da ENSP, coordenada pelo pesquisador Francisco Paumgartten. De acordo com o gerente geral de Toxicologia da Anvisa, Luiz Claudio Meirelles, a escolha da equipe foi feita com base na capacidade da instituição e de seus técnicos. A reavaliação de agrotóxicos registrados prioriza os produtos de elevada toxicidade que provocam intoxicações e mortes em trabalhadores expostos ou efeitos crônicos – diversos tipos de câncer, distúrbios endócrinos, doenças pulmonares, alergias e outros - sobre a saúde do consumidor.


Fevereiro

Capes certifica trajetória de sucesso da pós da ENSP
No ano em que sua pós-graduação completou 40 anos, a Escola Nacional de Saúde Pública Sergio Arouca (ENSP/Fiocruz) foi agraciada com excelentes resultados na Avaliação Trienal da Capes, divulgados em outubro. O conceito seis nos cursos de Saúde Pública e Epidemiologia em Saúde Pública – este recém-criado –, e cinco no Programa de Saúde Pública e Meio Ambiente, avaliado com apenas um ano de funcionamento, legitimaram o trabalho que vem sendo realizado pela Escola e apontam os novos rumos a serem definidos.

Curso sobre radiologia da ENSP é reproduzido no Marrocos
Tornar o uso da radiologia mais segura nos hospitais de Marrocos é o principal foco do trabalho da pesquisadora Ana Cecília Pedrosa, do Centro de Estudos da Saúde do Trabalhador e Ecologia Humana (Cesteh/ENSP/Fiocruz). O Curso de Proteção Radiológica e Controle de Qualidade em Radiodiagnóstico, ministrado pela pesquisadora na Universidade Mohammed V, está prestes a entrar na segunda etapa, na qual o treinamento dos profissionais para implantar as bases do Programa de Controle e Garantia de Qualidade em Radiodiagnóstico em hospitais marroquinos será avaliado.

ENSP vai monitorar construção do Complexo Petroquímico em Itaboraí, no Rio
Os impactos que a construção do Complexo Petroquímico do Rio de Janeiro (Comperj), em Itaboraí, pode acarretar no meio ambiente e na saúde da população local (e regional) e como as tecnologias aplicadas na implantação e no desenvolvimento desse complexo irão contribuir para um ambiente saudável são os objetivos do projeto 'Cidades Saudáveis: Saúde e desenvolvimento urbano na área de implantação do Complexo Petroquímico de Itaboraí', desenvolvido por um grupo de pesquisadores do Departamento de Endemias da ENSP e do Núcleo de Inovação Tecnológica da ENSP (NIT/ENSP).


Março

Abertura do ano letivo da ENSP 2008
O campo da Saúde Coletiva: panorama e perspectivas será o tema abordado por Rita Barradas.
Rita Barradas é professora da Faculdade de Ciências Médicas da Santa Casa de São Paulo (FCMSCSP) e atual coordenadora da área de Saúde Coletiva da Capes/MEC.

Novo laboratório formará profissionais de antropometria
Formar profissionais que trabalham com peso, estatura e comprimento nos serviços de saúde é o principal objetivo do Laboratório de Antropometria, criado a partir de uma parceria entre o Centro Colaborador em Alimentação e Nutrição da Região Sudeste (Cecan- Sudeste/ENSP/Fiocruz) e o Centro de Estudos da Saúde do Trabalhador e Ecologia Humana da ENSP (Cesteh/ENSP/Fiocruz). O espaço, cuja inauguração foi realizada em março, terá como coordenadores os pesquisadores Denise Barros (Cecan) e Willian Waissman (Cesteh) e atuará na formação de profissionais de saúde da Fiocruz, do Estado do Rio de Janeiro, além de alunos de cursos de especialização, mestrado e doutorado, subsidiando seu treinamento em serviço e auxiliando em trabalhos de pesquisa na área.

Espaços saudáveis e sustentáveis: ENSP inaugura novo curso de especialização
Sustentabilidade. Esta foi a palavra de ordem no seminário inaugural do novo Curso de Especialização em Promoção de Espaços Saudáveis e Sustentáveis, realizado pela ENSP, em parceria com a Rede Brasileira de Habitação Saudável (RBHS). O evento, que trouxe para o debate a política de saúde ambiental brasileira, a importância dos ambientes saudáveis e sustentáveis e as possíveis interfaces entre eles, contou com a participação de diversos profissionais especializados e atraiu um público de mais de 60 pessoas.

Parceria da ENSP promove ensino, pesquisa e colaboração técnica na Etiópia
Uma atividade de colaboração entre a Escola Nacional de Saúde Pública (ENSP/Fiocruz), através do Laboratório de Avaliação de Situações Endêmicas Regionais (Laser/Densp/ENSP), e a Universidade de Tulane, em Nova Orleans (EUA), tem resultado em ações concretas nas áreas de ensino, pesquisa e colaboração técnica na Etiópia. A cooperação também envolve a Universidade de Jimma, no país africano, e inclui a implementação do Programa de Mestrado em Monitoramento e Avaliação (M&A) na universidade, o desenvolvimento do Curso a distância em M&A, a implantação de um Instituto Internacional em M&A na África, além de fomentar a transferência de tecnologia entre os três parceiros envolvidos.


Abril

Centro de referência em tuberculose é integrado à estrutura da ENSP
Por determinação do Ministério da Saúde e após vários meses de discussão no Conselho Deliberativo da Fiocruz, o Centro de Referência Professor Hélio Fraga (CRPHF) passa a fazer parte da estrutura da Escola Nacional de Saúde Pública Sergio Arouca (ENSP/Fiocruz). O CRPHF é a instituição nacional de referência do SUS para tuberculose e outras pneumopatias, destacando-se como órgão de apoio às ações nacionais em saúde pública. A integração à ENSP e a criação de parcerias com outras unidades da Fiocruz possibilitará a ampliação da capacidade técnico-científica do Centro e seu desenvolvimento acadêmico.

ENSP capacita profissionais do RJ na área da saúde do trabalhador
A Escola Nacional de Saúde Pública, por meio do Centro de Estudos da Saúde do Trabalhador e Ecologia Humana (Cesteh/ENSP), está atuando como incubadora de gestão e tecnologia do Centro de Referência Estadual de Saúde do Trabalhador (Cresat). A participação do Cesteh/ENSP se dá na formação e capacitação de profissionais do estado do Rio de Janeiro com os cursos de especialização, transferência de tecnologia e experiência de mais de vinte anos agindo em prol da saúde do trabalhador.

ENSP leva experiência na formação de recursos humanos em saúde para o Chile
O Chile vem investindo na melhoria da gestão de recursos humanos no campo da saúde. Para auxiliar nesse processo, a pesquisadora do Departamento de Administração e Planejamento em Saúde (Daps/ENSP/Fiocruz), Neuza Moysés, permaneceu 15 dias no país interagindo em diversas atividades relacionadas ao tema.


Maio

Novo curso de especialização em Saúde Global da ENSP
Teve início no dia 5/5, em solenidade da sede da Organização Pan-americana de Saúde/Brasil, em Brasília (DF), o primeiro 'curso de especialização em Saúde Global e Diplomacia da Saúde' oferecido pela Escola Nacional de Saúde Pública Sergio Arouca (ENSP/Fiocruz). A conferência de abertura foi proferida pelo embaixador Flávio Helmold Macieira, chefe de Gabinete do Secretário Geral do Ministério das Relações Exteriores, e teve como tema 'As prioridades da Política Externa Brasileira'. O curso busca capacitar profissionais para a análise e discussão das relações entre a dinâmica da globalização e seu impacto sobre as políticas de saúde, os sistemas de saúde e a saúde das populações em nível nacional e internacional.

Novo mestrado profissional focado na gestão de sistemas estaduais de saúde
O mestrado é uma demanda antiga da SES/RS, que visa capacitar gestores que ocupam posições estratégicas dentro da Secretaria. O curso é executado pela ENSP/Fiocruz, responsável pela docência e orientação, e conta com a colaboração da Escola de Saúde Pública do Rio Grande do Sul (ESP/RS), um braço formador da SES/RS. A coordenação político-pedagógica e a gestão acadêmica administrativa são realizadas pela ENSP.

Educação na saúde e gestão do trabalho se unem em novo mestrado profissionalizante
Articular a educação na saúde com a gestão do trabalho, através da capacitação desses profissionais, é o objetivo do primeiro mestrado profissional da ENSP em Gestão do Trabalho e da Educação em Saúde. O curso é resultado de uma concorrência pública estabelecida pela Organização das Nações Unidas para a Educação, Ciência e a Cultura (Unesco) com o Ministério da Saúde, na qual a Escola Nacional de Saúde Pública Sergio Arouca foi classificada para ofertá-lo.
O curso tem coordenação do pesquisador do Departamento de Administração e Planejamento em Saúde (DAPS/ENSP/Fiocruz), Antenor Amâncio Filho, e sua organização está a cargo do Núcleo de Estudos e Pesquisas de Recursos Humanos em Saúde (NEHRUS/DAPS/ENSP/Fiocruz).

ENSP e UFAC inauguram primeiro mestrado em saúde coletiva na região norte
O primeiro curso permanente de pós-graduação strito sensu na área de Saúde Coletiva da Capes, localizado na Região Norte do país, teve início no dia 26/05, no estado do Acre. Fruto de uma parceria entre a Escola Nacional de Saúde Pública e a Universidade Federal do Acre, o Mestrado em Saúde Coletiva é resultado de uma associação temporária, na qual uma instituição consolidada funciona como âncora de um programa em fase inicial, até que o mesmo possa se desenvolver de forma autônoma.


Junho

Diretor da ENSP aborda iniqüidade e ações intersetoriais em evento no Canadá
O maior evento da área de saúde pública do Canadá acontece de 1 a 4 de junho, e conta com palestra do diretor da ENSP, Antonio Ivo de Carvalho, e de Alvaro Matida, representando a Abrasco, na sessão temática sobre iniqüidades na saúde e ações intersetoriais do dia 3/06. Promovido pela Associação Canadense de Saúde Pública (CPHA), o evento anual teve como tema de 2008 'Reduzindo Iniqüidades na Saúde através de Evidência e Ação'. O evento tem o apoio das mais importantes instituições de saúde pública do Canadá, como o Instituto Canadense de Informação em Saúde, o Instituto Canadense de Pesquisa em Saúde, a Agência de Saúde Pública do Canadá e o Centro Nacional de Colaboração para Saúde Pública, entre outros. O evento reúne palestrantes e participantes de todo mundo.

ENSP inaugura curso à distância de controle e assistência da tuberculose
Para fortalecer o papel dos profissionais de saúde que atuam nas diferentes especialidades e níveis de formação para o controle da tuberculose na rede pública de saúde, foi desenvolvido o Curso de Atualização em Controle e Assistência da Tuberculose, na modalidade à distância. Este curso, elaborado pelo Centro de Referência Professor Hélio Fraga (CRPHF/ENSP/Fiocruz), por meio da Educação a Distância (EAD/ENSP) em parceria com o Fundo Global de Tuberculose - Brasil tem como objetivo principal melhorar o controle da tuberculose, fortalecer a estratégia de tratamento supervisionado para o diagnóstico precoce e promover a expansão da assistência e da cobertura dos serviços de saúde em nosso país.

Epidemiologia em Saúde Pública da ENSP formará mestres na Argentina
O acordo firmado entre a Fundação Oswaldo Cruz e a Administración Nacional de Laboratórios e Institutos de Salud (Anlis), da Argentina, tem por objetivo estabelecer relações de cooperação científica e tecnológica nos campos de desenvolvimento tecnológico em saúde, produção de insumos, medicamentos e recursos para diagnóstico. O convênio, que busca fortalecer as áreas de recursos humanos e pesquisa da instituição argentina, formará mestres em Epidemiologia em Saúde Pública por meio do novo programa de Pós-Graduação da ENSP, com a ida dos docentes da Escola para o país vizinho.

Pesquisadora recebe prêmio por estudo sobre usuários de drogas portadores de HIV/AIDS
O subestudo 'Dez anos de acesso gratuito e universal ao tratamento para HIV/AIDS: Avaliando o impacto da resposta brasileira à epidemia de AIDS entre usuários de drogas', que faz parte da tese 'Usuários de drogas vivendo com HIV/AIDS: Análise de fatores associados à sobrevida e à aderência ao tratamento', ganhou o prêmio que é concedido às melhores pesquisas epidemiológicas realizadas por alunos de doutorado na área de dependência química. O prêmio foi concedido pelo National Institute on Drug Abuse (NIDA), que faz parte do National Institutes of Health (NIH), órgãos vinculados ao governo dos Estados Unidos. O trabalho premiado analisou cerca de 30 mil pessoas e traçou uma comparação entre dois grupos distintos de indivíduos vivendo com HIV/AIDS: homossexuais ou bissexuais masculinos e os usuários de drogas injetáveis.

ENSP e MinC lançam projeto Cultura-Saúde, DVD e relatório de encontro inédito
A importância de conviver com o diferente e expressar o sofrimento psíquico por meio da arte e da cultura foram lições deixadas pela oficina 'Loucos pela Diversidade - da diversidade da loucura à identidade da cultura', realizada em 2007 na ENSP, que contou com a presença do ministro da Cultura, Gilberto Gil. O evento foi fruto de parceria entre o Ministério da Cultura e o Ministério da Saúde, que, no dia 18/06/2008, lançaram o relatório final do encontro, o DVD da oficina, documentado pela TV Pinel, e o projeto Cultura-Saúde, que agrega os projetos 'Loucos pela Diversidade' e 'Além dos Limites', nos quais serão reunidos trabalhos de pessoas com sofrimento mental e portadoras de deficiência para fomentar sua produção cultural.
O evento contou com a presença do vice-presidente de Desenvolvimento Institucional e Gestão do Trabalho da Fiocruz, Paulo Gadelha; do secretário adjunto da Secretaria da Identidade e da Diversidade Cultural do Ministério da Cultura, Ricardo Lima; e do coordenador do Laboratório de Estudos e Pesquisas em Saúde Mental da ENSP (Laps/ENSP), Paulo Amarante.


Julho

ENSP realiza curso de educação ambiental em Nova Iguaçu
Levar a gestores, líderes comunitários e profissionais de educação, que integram o projeto Bairro-Escola, informações essenciais à gestão do saneamento e da saúde. Esse é o objetivo do curso 'Educação Ambiental para a Gestão do Saneamento e da Saúde', realizado pela ENSP, no município de Nova Iguaçu/RJ, por meio do Projeto Universidade Aberta, do Departamento de Saneamento e Saúde Ambiental (DSSA).
O curso, com carga horária de 60 horas, se baseia numa proposta de aprendizagem construtiva e participativa, permitindo que os alunos transitem entre a teoria e as práticas cotidianas comunitárias. Seu conteúdo foi dividido em três módulos: 'Saneamento: direito de todos', 'Saneamento: temas pertinentes' e 'Comunidade em ação: aplicação do Caderno Metodológico em Educação Ambiental e Mobilização Social em Saneamento'.

Programa de Combate à Dengue em Manguinhos realiza 1º Minicurso
Criado com o objetivo de fortalecer o combate à Dengue o Grupo de Ações Contínuas contra a Dengue está se transformando no Programa de Combate à Dengue em Manguinhos. Diversas unidades da Fiocruz como a Presidência, a ENSP, Biomanguinhos, IOC e Uadema estão participando do Programa.


Agosto

Pesquisadora da ENSP é designada para apoiar a implantação do Escritório da Fiocruz na África
A pesquisadora da Escola Nacional de Saúde Pública (Daps/ENSP/Fiocruz), Célia Almeida, foi designada pelo Presidente da Fundação Oswaldo Cruz, Paulo Buss, para apoiar a implantação do Escritório da Fundação na África (Fiocruz - África), com sede em Maputo, capital de Moçambique. Atualmente, a Fiocruz possui diversas atividades de cooperação com países do continente africano, em especial com os que integram a Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP).
Célia Almeida, coordenadora do curso de Especialização em Saúde Global e Diplomacia da Saúde, foi designada através de uma portaria da presidência da Fundação, e ficará responsável pelo apoio à implantação do Escritório Fiocruz - África. De agosto a dezembro, a pesquisadora fará viagens mensais ao continente para acompanhar o processo de instalação da sede, mas continuará, também, a coordenar o Curso em Brasília.

Pesquisadora coordena grupo de trabalho internacional sobre tuberculose
A pneumologista, pesquisadora clínica e coordenadora do ambulatório do Centro de Referência Professor Hélio Fraga (CRPHF/ENSP/Fiocruz), Margareth Pretti Dalcolmo, foi escolhida pelo DR-TB Treatment Shortening Protocol Committee para coordenar um grupo de trabalho composto de pesquisadores da área. O grupo recebe o apoio da Organização Mundial da Saúde, da International Union Against Tuberculosis and Lung Disease, do Green Light Committee e de universidades como a de Harvard, que tem a coordenação geral, além de representações dos países com maior carga de tuberculose. Pela primeira vez, o Brasil teve uma representação em um grupo de trabalho dessa natureza, com o aval do Programa Nacional de Controle da Tuberculose/MS, opinando e discutindo sobre o assunto.

ENSP participa da implantação do escritório da Fiocruz na região Centro-Oeste
Escola Nacional de Saúde Pública Sergio Arouca participou da implantação do escritório regional da Fiocruz no estado do Mato Grosso do Sul. Dentre as linhas estabelecidas como prioritárias para o ensino e a pesquisa na região, a ENSP foi responsável pelas áreas de saúde indígena e meio ambiente. A atuação institucional também foi pautada no fortalecimento da rede descentralizada de Escolas de Governo e na cooperação técnica com instituições parceiras na região.


Setembro

Abertura da Semana de Aniversário da Escola Nacional de Saúde Pública Sergio Arouca (ENSP/Fiocruz)
A Solenidade será aberta pelo ministro da Saúde, José Gomes Temporão e a conferência magna pelo ministro do Meio Ambiente, Carlos Minc.
O tema da palestra apresentada será 'Saúde, ambiente e desenvolvimento: caminhos convergentes'. O tema escolhido confirma o engajamento da Escola com as questões sociais, refletidas no modelo de desenvolvimento adotado pelo Brasil, e aborda a questão ambiental e seus impactos sobre a Saúde.

Seminário Ambiência e Vida
Evento discutirá as questões da água nas habitações humanas e da cidade como lugar de acolhimento ou exclusão, entre outras.

Projeto Terrapia leva experiência com alimentos vivos para Congresso Brasileiro
Pensando em disseminar a ideologia do alimento vivo e divulgar o trabalho que vem sendo realizado há dez anos dentro da ENSP, o Projeto Terrapia, do Centro de Saúde Escola Germano Sinval Faria participou do 2º Congresso Vegetariano Brasileiro, que aconteceu entre os dias 25 e 28 de setembro, no campus do Uni-BH em Belo Horizonte (MG). Na grade de programação do evento, organizado pela Sociedade Vegetariana Brasileira, o Terrapia realizou o mini-curso 'Alimentação Viva na Promoção da Saúde e Ambiente'. Além da pesquisadora Maria Luiza Branco Nogueira da Silva, coordenadora do projeto, mais 18 colaboradores fixos do Terrapia participaram do evento.

Agentes Comunitários de Saúde da ENSP inauguram curso técnico piloto
Qualificar e instrumentalizar os trabalhadores da atenção básica é o principal objetivo do Curso Técnico de Agentes Comunitários de Saúde, desenvolvido pela Escola Politécnica de Saúde Joaquim Venâncio (EPSJV/Fiocruz), em parceria com a ENSP e a Secretaria Municipal de Saúde do Rio de Janeiro. O Curso Técnico de Agentes Comunitários de Saúde foi elaborado com base em uma metodologia fundamentada na união entre a experiência empírica dos agentes enquanto moradores das comunidades e na formação teórica da área. O curso tem duração de dois anos e visa preparar profissionais para atuar como técnicos de nível médio junto às equipes multiprofissionais que desenvolvem ações de cuidado e proteção à saúde de indivíduos e grupos sociais em domicílios e comunidades. O agente comunitário de saúde desenvolve ações de promoção da saúde e prevenção de doenças por meio de processos educativos, facilitando o acesso às informações e às ações de promoção social, proteção e desenvolvimento da cidadania dentro das comunidades.


Outubro

ENSP se une à parceria a favor da detecção precoce do câncer infantil
A Escola Nacional de Saúde Pública Sergio Arouca (ENSP/Fiocruz) foi convidada a integrar o comitê gestor estratégico da Iniciativa Unidos pela Cura - constituída de forma intersetorial e tripartite no estado do Rio de Janeiro -, que tem o objetivo de construir uma política pública de promoção do diagnóstico precoce do câncer infanto-juvenil. O convite foi apresentado durante a reunião, na quinta-feira dia 2 de outubro, entre a diretora do Instituto Desiderata - principal responsável pelo projeto -, Beatriz Azeredo, e o diretor da ENSP, Antônio Ivo de Carvalho.

ENSP e MinC se unem em defesa das pessoas com deficiência
Pela primeira vez, pessoas com algum tipo de deficiência dos vários segmentos das artes do Brasil reúnem-se para discutir e formular uma política nacional de cultura voltada para eles. É a 'Oficina nacional de indicação de políticas culturais para inclusão de pessoas com deficiência', promovida pela ENSP/Fiocruz em parceria com a Secretaria da Identidade e da Diversidade Cultural do Ministério da Cultura. Ao todo, reuniram-se, no Rio de Janeiro, quase 60 artistas do país inteiro para encaminharem ao MinC a indicação de diretrizes reconhecendo o potencial das atividades culturais produzidas pelas pessoas com deficiência, fruto de um compromisso assumido pelo ex-ministro Gilberto Gil e que, agora, tem continuidade com o atual ministro Juca Ferreira.


Novembro

Agente comunitária da ENSP é homenageada em mostra de experiências bem-sucedidas
A Equipe de Saúde da Família do Parque Oswaldo Cruz, do Centro de Saúde Escola Germano Sinval Faria da ENSP, participou da 8ª edição da Mostra Nacional de Experiências Bem-Sucedidas em Epidemiologia, Prevenção e Controle de Doenças (EXPOEPI). O evento reuniu mais de 70 experiências dos serviços de saúde que se destacaram em 2008 em relação à epidemiologia. Destas, 33 concorrem ao Prêmio da Expoepi. Também foram concedidos os Prêmios Carlos Chagas e Adolfo Lutz & Vital Brazil para as melhores investigações de surtos realizadas por estados, municípios ou pela própria SVS. A agente comunitária em saúde (ACS) da equipe da ENSP, Edna Enedina Silva dos Santos, foi homenageada no encontro, que aconteceu de 5 a 7 de novembro, em Brasília.

Portal ENSP ganha Grand Prix do Prêmio Intranet Portal
O Portal ENSP ganhou o Grand Prix da primeira edição do Prêmio Intranet Portal, superando os concorrentes Itaú e Oi. Anunciado na sexta-feira (14/11), durante a conferência "Colaboração, Conteúdo e Integração", em São Paulo, o prêmio foi concedido ao Portal ENSP, que melhor se posicionou nos quesitos integração, colaboração, conteúdo e entreprise 2.0. A coordenadora de Comunicação Institucional da Escola, Ana Furniel, apresentou o Portal ENSP na palestra 'Por dentro do melhor case do Brasil em 2008', encerrando o evento. A primeira fase do prêmio destacou os melhores portais em três categorias e o Portal ENSP venceu na categoria 'melhor conteúdo'. A premiação foi realizada em mesa-redonda mediada pelo especialista Sérgio Storch, com a apresentação dos cases dos três agraciados. A ENSP/Fiocruz foi a primeira a apresentar o conteúdo do seu Portal, destacando a acessibilidade e os recursos para portadores de deficiência visual.

Prêmio destaca estudo da ENSP que contribui para programa DST/AIDS
O estudo de Maria Marta Duval da Silva, aluna egressa do curso de Especialização em Avaliação em Saúde da ENSP, foi um dos vencedores do Prêmio Rede de Formação de Recursos Humanos em Vigilância em Saúde (Rede-Prêmio), instituído em 2008 pela Secretaria de Vigilância em Saúde. Orientada pela pesquisadora da ENSP, Elisabeth Moreira Santos, Marta buscou avaliar o grau de implementação das atividades da abordagem sindrômica na Regional de Saúde do Gama, no Distrito Federal, com o objetivo de contribuir para a melhoria do programa de DST/Aids e aprimorar a qualidade da assistência ao portador de DST.
A premiação dos vencedores foi realizada durante a 8ª Mostra Nacional de Experiências Bem-Sucedidas em Epidemiologia, Prevenção e Controle de Doenças (8ª EXPOEPI), que ocorreu de 5 a 7 de novembro de 2008. O Prêmio Rede tem a finalidade de promover a produção técnico-científica em vigilância em saúde com aplicação nos serviços de saúde, reconhecendo, premiando e divulgando o mérito de profissionais egressos dos cursos de pós-graduação.

Pesquisador da ENSP assume presidência do Conselho Nacional dos Direitos do Idoso
O pesquisador da Escola Nacional de Saúde Pública, José Luiz Telles, assumiu, no final de outubro de 2008, a presidência do Conselho Nacional do Direito do Idoso (CNDI). Coordenador da Área Técnica da Saúde do Idoso do Ministério da Saúde desde 2006, Telles ficará no cargo por dois anos, e sua gestão será pautada pelo fortalecimento das instâncias locais de controle social e a percepção de que a população idosa deve ser a principal protagonista dos movimentos sociais. O pesquisador foi indicado pelo ministro da saúde, José Gomes Temporão, para ficar à frente da presidência do CNDI no biênio 2009/10.


Dezembro

ENSP contemplada no edital 'Cientistas do Nosso Estado'
Repetindo o feito de 2007, professores do quadro da ENSP foram contemplados no edital 'Cientista do Nosso Estado', da Fundação Carlos Chagas Filho de Amparo à Pesquisa do Estado do Rio de Janeiro (Faperj). Dos 22 premiados da Fiocruz, oito estão ligados à ENSP: Carlos Coimbra Junior (Densp), Josino Costa Moreira (Cesteh), Maria Alicia Ugá (Daps), Marilia Sá Carvalho (Demqs), Ricardo Ventura dos Santos (Densp), Simone Gonçalves de Assis (Claves), além de Claudio Struchiner (Densp, atualmente no Procc/Fiocruz) e Francisco Inácio Bastos, coordenador do programa de Pós-Graduação em Epidemiologia em Saúde Pública da Escola.

Diretor da ENSP apresenta conferência sobre 20 anos do SUS na Venezuela
A convite do Servicio Autónomo Instituto de Altos Estudos Dr. Arnoldo Gabardon, da Venezuela, o diretor da ENSP/Fiocruz, Antonio Ivo de Carvalho, realizou a conferência "Sistema Único de Saúde: 20 anos de experiência no Brasil", na XV Jornadas Científicas "Dr. Arnoldo Gabardon" 2008, que aconteceu na cidade de Maracay, em Aragua, na Venezuela, de 8 a 12 de dezembro. O tema central foi "Políticas de Saúde na Venezuela: análise e acompanhamento".

ENSP integra equipe vencedora do Seed Awards 2008
O Projeto Pintadas Solar foi um dos cinco vencedores do SEED Awards de 2008. O projeto busca otimizar os recursos hídricos para a agricultura, por meio de duas tecnologias, diversificando a produção alimentícia e conseqüentemente melhorando a segurança alimentar da população. A pesquisadora da ENSP Débora Cynamon, do Departamento de Saneamento e Saúde Ambiental, é a coordenadora de adaptação do projeto em Pintadas, cidade localizada a 250 km de Salvador (BA). A iniciativa SEED tem como missão promover parcerias em prol do desenvolvimento sustentável em sintonia com as Metas de Desenvolvimento do Milênio (OMS) e a Cúpula de Desenvolvimento Sustentável (Rio+10). O prêmio se traduz em suporte técnico, desenvolvimento de plano de negócios e articulação com redes e financiadores para que as tecnologias se expandam para outros locais.

Guiné-Bissau: parceria com ENSP/Fiocruz para formação de RH
Para reformular os princípios e diretrizes de organização dos sistemas de saúde e educação em saúde, Guiné-Bissau, que, assim como o Brasil, faz parte da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP), estabeleceu um acordo de cooperação técnica com a Fiocruz por meio da Escola Nacional de Saúde Pública Sergio Arouca, a Escola Politécnica em Saúde Joaquim Venâncio e a Diretoria de Planejamento Estratégico da Fiocruz.

Prêmio C&T para o SUS: ENSP ganha quatro menções honrosas
Os quatro trabalhos da Escola Nacional de Saúde Pública finalistas do 'Prêmio de Incentivo em Ciência e Tecnologia para o SUS 2008 - Edição 20 anos do SUS' receberam menções honrosas. No total, entre os 30 finalistas, foram distribuídos R$ 60 mil reais para os primeiros colocados das cinco categorias: experiências bem-sucedidas de incorporação de conhecimentos científicos ao SUS, tese de doutorado, dissertação de mestrado, monografia de especialização e trabalho publicado. A cerimônia de entrega dos prêmios aconteceu no auditório do Ministério da Saúde, em Brasília, no dia 9 de dezembro.

ENSP exporta experiência sobre loucura e cultura para América Latina
O projeto 'Loucos pela Diversidade - da diversidade da loucura à identidade da cultura', desenvolvido a partir de uma parceria entre a ENSP/Fiocruz e o Ministério da Cultura (MinC) foi um dos destaques do '7º Congresso Internacional de Saúde Mental e Direitos Humanos' realizado entre os dias 10 e 13 de dezembro e promovido pelas mães da Praça de Maio, na Argentina. O pesquisador da ENSP, Paulo Amarante, participou do evento e revelou que diversos participantes, dos mais variados países da América Latina, ressaltaram a importância da proposta brasileira de construir uma agenda nacional voltada para a temática da loucura e cultura.

Pós-doutoranda da ENSP integra equipe vencedora do Prêmio Saúde! 2008
O trabalho 'Efeito do exercício na saúde mental em idosos' foi vencedor do Prêmio SAÚDE! – edição 2008 –, na categoria saúde mental e emocional, que tem como uma das autoras a orientanda de pós-doutorado do Programa de Pós-Graduação em Epidemiologia em Saúde Pública Andrea Deslandes. Seu orientador é o pesquisador da ENSP, Evandro Coutinho, do Departamento de Epidemiologia e Métodos Quantitativos (Demqs).

2009

Janeiro

ENSP assessora projeto musical que alimenta sonhos em Manguinhos
Alimentar sonhos, apresentar possibilidades, criar alternativas para crianças e jovens que vivem em uma comunidade cercada por diversos dramas. É com este objetivo que a Escola de Musica de Manguinhos encerra seu primeiro ano e ganha fôlego para iniciar 2009 promovendo ações integradas e integradoras em educação, cultura e cidadania para crianças, adolescentes e jovens no complexo de favelas de Manguinhos. A iniciativa é uma parceria da Rede CCAP com a Fundação Oswaldo Cruz, por meio da sua Coordenação de Projetos Sociais, a Universidade Federal do Rio de Janeiro, o CESVI, e também conta com a assessoria da Coordenação de Projetos Sociais da ENSP.

Paraguai busca na ENSP experiência para reformulação da atenção básica no país
O Paraguai passava por um importante processo de reestruturação do seu sistema de saúde. Essa mudança tinha como objetivos primordiais a implementação e o fortalecimento da atenção básica no país. Por intermédio do 'Projeto de Identificação e Promoção de Iniciativas Bilaterais de Fortalecimento de Sistemas e Serviços de Saúde na Sub-Região do Cone Sul - Cooperação Brasil/Paraguai', a Escola Nacional de Saúde Pública trocou experiências com o país no sentido de auxiliá-los nessa implementação. O processo de intercâmbio teve início dia 12/01 com a chegada da comitiva paraguaia à ENSP, e que ficou no Brasil até o dia 16/01, para conhecer a experiência brasileira e adequá-las às reais necessidades de seu país.

Saúde da Família: nova residência da ENSP
Com o objetivo de formar médicos residentes dentro dos princípios da Estratégia de Saúde da Família do Sistema Único de Saúde para o desenvolvimento de ações de promoção e atenção à saúde, foi lançado na Escola Nacional de Saúde Pública Sergio Arouca o novo Curso de Residência Médica em Saúde da Família e Comunidade. Esta residência é fruto de uma parceria da ENSP, por meio do Centro de Saúde Escola Germano Sinval Faria (CSEGSF/ENSP) com a Secretaria Municipal de Saúde do Rio de Janeiro. Ela obteve credenciamento pela Comissão Nacional de Residência Médica (CNRM) ainda no ano de 2008 e está sob a coordenação de Antônio Sérgio de Almeida Fonseca e da coordenadora de pesquisa do CSEGSF/ENSP, Elyne Engstron Montenegro.

Projeto Inova-ENSP é lançado para financiar projetos inovadores da instituição
A Direção lança o Projeto Inova-ENSP, um programa de apoio à pesquisa, desenvolvimento e inovação em saúde pública, que tem o objetivo de incentivar a implantação de uma estratégia institucional voltada para o fortalecimento da dimensão da pesquisa na ENSP contribuindo, dessa forma, para o reposicionamento da Escola como protagonista no que diz respeito a questões da esfera do Estado e de políticas públicas.


Fevereiro

ENSP firma parceria com Prefeitura de Nova Iguaçu para reorganizar sistema de saúde
ENSP assinou em 9/02 o convênio de cooperação técnica com a Prefeitura de Nova Iguaçu que visa à implantação de um novo modelo de gestão no sistema de saúde daquele município. A cerimônia aconteceu no Espaço Cultural Silvio Monteiro, no Centro de Nova Iguaçu, e contou com as presenças do vice-presidente de Ambiente e Promoção da Saúde da Fiocruz, Valcler Rangel Fernandes, do diretor da ENSP, Antônio Ivo de Carvalho, e do prefeito de Nova Iguaçu, Lindberg Faria, entre outras autoridades do município e pesquisadores da Escola.

Doutorado em saúde pública da ENSP na região nordeste
A ENSP levou seu doutorado em saúde pública para a região nordeste do país. A iniciativa faz parte do Programa de Doutorado Interinstitucional (Dinter) da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes), no qual a Escola atuará como insituição promotora na formação de 20 doutores em quatro instituições. A participação da ENSP tem por objetivo fortalecer o quadro de recursos humanos na região nordeste e formar docentes para a realização do mestrado em saúde pública, que será organizado pelas instituições participantes.

ENSP firma parceria na área de segurança alimentar
A ENSP firmou uma parceria com o Instituto Harpia e Harpyia e a PUC-RJ para a realização do projeto Baixada Fluminense de Segurança Alimentar/Nutricional e Meio Ambiente Saudável. O convite foi feito pelo bispo emérito da Diocese de Duque de Caxias, no Rio de Janeiro, Dom Mauro Morelli, um dos criadores do programa Fome Zero, na reunião que ocorreu no fim de janeiro com o diretor da ENSP, Antônio Ivo de Carvalho.

Escola de Governo oferecerá curso inédito na área de vigilância em saúde
Como parte dos esforços para o fortalecimento dos Centros Formadores de Saúde Pública/Coletiva brasileiros e a institucionalização da Rede Brasileira de Escolas de Governo/Escolas de Saúde Pública, a ENSP/Fiocruz, com apoio do Ministério da Saúde, organizou um curso de capacitação pioneiro para atuação na docência na área de Vigilância em Saúde, no âmbito da formação para o serviço de saúde.


Março

Saúde, Desenvolvimento Social e Sustentabilidade
Abertura do ano letivo da ENSP com o ex-bispo da Diocese de Duque de Caxias, Dom Mauro Morelli.
Em fevereiro de 2009, Dom Mauro esteve na ENSP para firmar uma parceria cujo objetivo é fazer com que as políticas de segurança alimentar, nutricional e de saneamento ambiental sejam catalisadoras de ações na Baixada, visando enfrentar três características da política na região: mau funcionamento das esferas públicas, frágil governança local e constituição de agendas tópicas e/ou fragmentadas. Na ocasião, o documento entregue pelo ex-bispo destacava o compromisso de fazer das suas atividades de ensino, pesquisa e extensão, formação e capacitação um forte instrumento de transformação da sociedade brasileira, na perspectiva de contribuir para a erradicação da fome, da miséria, do analfabetismo e da injustiça social.

ENSP e parceiros iniciam qualificação de 100 mil gestores do SUS
Capacitar e aperfeiçoar cerca de cem mil gestores com foco no desenvolvimento de capacidades para a gestão dos diferentes níveis do SUS – na perspectiva de formar equipes gestoras, referenciadas na regionalização da atenção à saúde – é o objetivo do Curso Nacional de Qualificação dos Gestores do SUS, envolvendo as 27 unidades da Federação (26 estados e o Distrito Federal). No dia 20/03, a ENSP assinou o primeiro termo de compromisso para viabilizar essa iniciativa com as Escolas de Saúde Pública dos estados da Região Sul.

Tocantins volta a formar sanitaristas em parceria com a ENSP
Depois de uma década, a Escola Nacional de Saúde Pública Sergio Arouca voltará a formar sanitaristas no estado do Tocantins. Sob uma demanda da Secretaria de Gestão da Educação na Saúde do estado de Tocantins, o curso conta com a participação de 35 alunos que já atuam nas secretarias estaduais e municipais de saúde do estado. A especialização faz parte de um conjunto de iniciativas realizadas por meio de uma cooperação técnica estabelecida entre a ENSP e a Secretaria de Estado para a qualificação dos quadros para o Sistema Único de Saúde no estado.

ENSP assina Termo de Compromisso para início do Curso de Qualificação de Gestores do SUS
O termo de compromisso para a execução do Curso Nacional para a Qualificação dos Gestores do SUS, promovido pela Escola Nacional de Saúde Pública com o objetivo de aperfeiçoar cerca de cem mil gestores com foco no desenvolvimento de capacidades para a gestão dos diferentes níveis do SUS, foi em 20/3,com as Escolas de Saúde Pública dos estados da Região Sul.


Abril

Organização Médicos Sem Fronteiras formaliza acordo de cooperação técnica com a ENSP
No dia 16/04, integrantes da organização internacional Médicos Sem Fronteiras (MSF) estiveram no Centro de Referência Professor Hélio Fraga (CRPHF) – que, em 2008, passou a integrar a estrutura da ENSP/Fiocruz – para formalizar um acordo de cooperação técnica para treinamento de médicos e outros profissionais de diversas regiões do Brasil e do mundo, que realizarão atividades especiais na área da tuberculose.

Pesquisadora apresenta experiência brasileira de habitação saudável em Cuba
Fortalecer parcerias e promover a sinergia de ações políticas, programas e projetos de habitação saudável foi o objetivo de Simone Cynamon, pesquisadora da ENSP, no I Simpósio Regional sobre Vivienda Saludable y Desastres e na VII Reunión Bienal de la Red Interamericana de Vivienda Saludable, realizados em abril, em Cuba. Além de apresentar a experiência brasileira, Simone também falou da Rede Brasileira de Habitação Saudável. Na ocasião, a pesquisadora foi nomeada coordenadora de investigações da Rede Interamericana de Vivienda Saludable.


Maio

MinC e ENSP/Fiocruz lançam Prêmio Loucos pela Diversidade
Premiar iniciativas artísticas culturais inovadoras, com foco em fortalecer e dar visibilidade ao trabalho que vem sendo realizado por pessoas, grupos, organizações ou instituições envolvidas com aqueles que têm algum sofrimento psíquico, é o objetivo do primeiro Prêmio 'Loucos pela Diversidade - edição Austregésilo Carrano'. O edital, que contemplará 55 trabalhos, é uma iniciativa da Secretaria da Identidade e da Diversidade Cultural, do Ministério da Cultura, e do Laboratório de Estudos e Pesquisas em Saúde Mental e Atenção Psicossocial (Laps/ENSP/Fiocruz), coordenado pelo pesquisador da Escola Paulo Amarante.

ENSP inaugura mestrado profissional na Amazônia
Após dois anos de negociações, a Escola Nacional de Saúde Pública (ENSP) deu início ao Curso de Mestrado Profissional em Vigilância em Saúde na Amazônia (MPVS – Amazônia), que será realizado por meio de duas turmas simultâneas, em Belém, no estado do Pará, e em Porto Velho, Rondônia. A aula inaugural, em Belém, foi ministrada pelo pesquisador do Departamento de Endemias da ENSP, Paulo Sabroza, no dia 4 de maio, enquanto a aula em Porto Velho foi realizada pelo vice-diretor da Escola de Governo em Saúde da ENSP, Carlos Machado, no dia 18 também deste mês, sobre a vulnerabilidade das populações às doenças transmissíveis.

ENSP e ESP-CE firmam convênio de cooperação técnica
A Escola Nacional de Saúde Pública Sergio Arouca mantém seu compromisso com o Sistema Único de Saúde buscando sempre novas parcerias com instituições de saúde pública nacionais ou internacionais. Desta vez, a Escola de Saúde Pública do Ceará (ESP-CE), por meio de seu superintendente Haroldo Jorge de Carvalho Pontes - que visitou a ENSP em 27 e 28 de maio – firmará um convênio 'guarda-chuva' com a ENSP que incorporará vários elementos, sendo que, para cada curso ou atividade específica, será elaborado um projeto especial.


Junho

ENSP participa de levantamento nacional sobre saneamento básico
Depois de cerca de 20 anos sem marcos regulatórios, o saneamento básico no Brasil será mapeado. Um projeto do Ministério das Cidades, em parceria com o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística, a Escola Nacional de Saúde Pública Sergio Arouca e outras instituições de pesquisa, investigará as condições de saneamento básico dos mais de cinco mil municípios do país no estudo 'Panorama do Saneamento Básico no Brasil'. O projeto é dividido em duas etapas, e a ENSP/Fiocruz participará da consolidação dos dados tabulados pelo IBGE e da publicação da pesquisa.

Diretor da ENSP participa da reunião da Alaesp na Colômbia
O diretor da Escola Nacional de Saúde Pública Sergio Arouca (ENSP), Antônio Ivo de Carvalho, participou da reunião da diretoria da Associação Latino-Americana e do Caribe de Educação em Saúde Pública (ALAESP), na Colômbia. Antônio Ivo é vice-presidente da entidade.

ENSP e Fiocruz Brasília criam Observatório Brasileiro de Hábitos Alimentares
O Centro Colaborador em Alimentação e Nutrição da Região Sudeste da ENSP (Cecan/CSEGSF/ENSP) e a Diretoria Regional de Brasília (Fiocruz Brasília) atuarão na criação do Observatório Brasileiro de Hábitos Alimentares (OBHA) e na composição de uma pesquisa nacional sobre percepções e práticas alimentares. O OBHA ficará sediado na Fiocruz Brasília e terá pesquisas voltadas para o campo da antropologia da alimentação, além de uma linha para o desenvolvimento de estratégias de comunicação e informação no campo da alimentação e nutrição.


Julho

Diagnóstico do parque laboratorial da ENSP subsidiará Plano Diretor
A Direção da ENSP deu início ao processo de diagnóstico da situação dos laboratórios da Escola baseado em requisitos da boa gestão da qualidade, da biossegurança e ambiental. Para isso, foi nomeada uma comissão que, a partir de entrevistas e visitas técnicas, apresentará um relatório até o fim de agosto. Os laboratórios da ENSP são utilizados para pesquisa, ensino e prestação de serviços.

Agosto

ENSP apoia projeto para identificação de tuberculose em população de rua
A ENSP deu apoio logístico na primeira fase do projeto-piloto financiado pelo Fundo Global Tuberculose Brasil para identificação e acompanhamento de casos de tuberculose em 17 instituições públicas e religiosas do Rio de Janeiro, que abrigam adultos vivendo em situação de rua. O Centro de Referência Professor Helio Fraga (CRPHF/ENSP) cedeu uma Unidade Móvel que permite a realização de exames de Raio-X de tórax com baixa carga de radiação para o paciente.

OMS aprova qualidade de exames do laboratório de referência para tuberculose da ENSP
A proficiência dos exames realizados no Laboratório de Referência Nacional para Tuberculose, do Centro de Referência Professor Hélio Fraga (CRPHF/ENSP), foi avaliada pelo Serviço de Micobacteria do Laboratório Supranacional da OMS, na Argentina. O parecer emitido concluiu que o laboratório apresenta capacidade para realizar culturas e testes de sensibilidade aos fármacos antimicobacterianos pelos métodos 'proporções em meio sólido' e 'BACTEC MGIT 960'. Foi solicitado ainda que o CRPHF proceda o controle de todos os laboratórios da rede que realizam teste de sensibilidade no Brasil, aplicando a mesma modalidade de análise utilizada pelo Laboratório Supranacional da OMS.

Comitê de Ética da ENSP participa da revisão do código brasileiro
A IX Conferência Nacional de Ética Médica (Conem), que acontece entre 25 a 29 de agosto, tem o objetivo de concluir a aprovação da revisão do Código de Ética Brasileiro. A ENSP foi representada pelo coordenador do Comitê de Ética da Escola, Sérgio Rego, que também participou como representante da Associação Brasileira de Educação Médica. A discussão, que ocorreu por meio de um amplo e participativo debate de representantes da classe médica brasileira e da sociedade civil organizada, foi a respeito das transformações sociais, técnicas e científicas da medicina.


Setembro

55 anos ENSP - Saúde, inclusão social e cidadania? Contra a fome e a miséria
Com o tema 'Saúde, inclusão social e cidadania? Contra a fome e a miséria', a ENSP receberá para o ato solene de abertura da semana festiva o economista e presidente do Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea), Marcio Pochmann. A atividade está marcada para 9h30, no Auditório Térreo da Escola. Mantendo sua tradição de engajamento com questões sociais, a escolha do tema deste ano reflete o papel da ENSP em promover a saúde através da ciência, da inclusão social e da cidadania em todo o país.
A campanha de Ação da Cidadania Contra a Fome, a Miséria e Pela Vida, do Betinho, que, em 2008, completou dez anos, foi uma das inspirações para a escolha do tema deste ano. Segundo declarações de Betinho na época, "a motivação fundamental da Ação da Cidadania era a certeza de que democracia e miséria eram incompatíveis. A indigência alcançou níveis alarmantes, agravando ainda mais o quadro de pobreza que sempre caracterizou a realidade brasileira".
Na ocasião do evento haverá ainda a inauguração da Mostra da Produção Acadêmica da ENSP e abertura das atividades da Tenda da Saúde, além da inauguração das Mostras Vídeo Saúde, com a exibição do filme 'Três Irmãos de Sangue'.

Seminário do Mestrado Profissional em Gestão do Trabalho e da Educação na Saúde
O encontro reunirá representantes do Ministério da Saúde, da ENSP, dos conselhos nacional e estadual de saúde para debater a realidade da política de formação e de gestão de recursos humanos do país.
O evento terá a coordenação do professor Antenor Amâncio Filho do Departamento de Administração e Planejamento em Saúde da Escola Nacional de Saúde Pública.
Na ocasião, será lançado o livro 'Mestrado Profissional em Gestão do Trabalho e da Educação na Saúde: ação e reflexões', que traz resumos dos 30 trabalhos desenvolvidos durante o curso. O evento é fechado para convidados.

Reflexões sobre Direito e Saúde em Cuba
O evento contará com uma palestra de Lídia Guevara, Advogada e Professora da Faculdade Cubana e Secretária-geral da Associação Latino-Americana de Advogados Laboralistass – ALAL.


Outubro

Pesquisadora recebe dois prêmios científicos por trabalhos sobre HIV/AIDS
Em menos de uma semana, a pesquisadora Mônica Malta (DCS/ENSP) recebeu dois prêmios científicos. O primeiro é o ISAJE/WHO Young Scholars Award, da International Society of Addiction Journal Editors (ISAJE), em parceria com a Organização Mundial da Saúde, por um dos artigos científicos que compõem sua tese de doutorado em Saúde Pública, defendida na ENSP em 2008, intitulado "Adherence to antiretroviral therapy for human immunodeficiency virus/acquired immune deficiency syndrome among drug users: a systematic review", publicado na revista Addiction. O segundo prêmio é o Jovens Cientistas do Nosso Estado, da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Rio de Janeiro (Faperj), para pesquisadores Juniores (doutores recém-formados), outorgado ao projeto de pesquisa 'HIV/Aids em um contexto de acesso gratuito e universal à terapia antirretroviral de alta potência: prevenção e tratamento'.


Novembro

Segurança do paciente: um novo campo de ensino e pesquisa na ENSP
A preocupação com os riscos aos pacientes relacionados aos serviços de saúde é um tema cada vez mais estudado pela comunidade científica. Na ENSP essa temática está em desenvolvimento através de um grupo coordenado por Suely Rozenfeld e Claudia Travassos (Icict/Fiocruz). Um dos resultados foi o lançamento da primeira disciplina de mestrado e doutorado em Saúde Pública na ENSP sobre o assunto. Para falar sobre segurança do paciente, a Escola recebeu, no dia 10/11, a coordenadora do Programa Mundial de Segurança do Paciente da OMS Itziar Larizgoitia.


Dezembro

ENSP inaugura laboratório de pesquisa sobre influência da internet na relação médico-paciente
No dia 8/12, a ENSP inaugurou o Laboratório Internet, Saúde e Sociedade (Laiss), do Centro de Saúde Escola Germano Sinval Faria (CSEGSF/ENSP). O Laiss é parte do projeto 'O impacto da Internet na Saúde: a percepção da população de baixa renda do estado do Rio de Janeiro', coordenado pelo pesquisador Luis David Castiel (Demqs/ENSP) e contemplado pela Faperj no programa 'Pensa Rio - Apoio ao Estudo de Temas Relevantes e Estratégicos para o Estado do Rio de Janeiro'. Estiveram presentes à inauguração o coordenador de Projetos Sociais da Presidência da Fiocruz, Leonídio Madureira, o diretor da ENSP, Antonio Ivo de Carvalho, a chefe do Centro de Saúde da ENSP, Else Gribel, e um representante do Comitê para Democratização da Informática (CDI). O Laiss é um espaço que vai abrigar vários computadores para o desenvolvimento de pesquisas - junto à comunidade do Complexo de Manguinhos que frequenta o Centro de Saúde da ENSP - sobre a influência da Internet na relação médico-paciente.

ENSP formará docentes na área de vigilância em saúde
Com o objetivo de apoiar e fortalecer a Rede de Escolas e Centros Formadores em Saúde Pública/Coletiva, a ENSP realizará o curso de especialização em Formação Docente na área de Vigilância em Saúde, como parte das atividades do convênio entre a Escola e a Secretaria de Vigilância Sanitária (SVS/MS). Entre os dias 8 e 9 de dezembro, aconteceu na ENSP a oficina de formação de orientadores de aprendizagem para este curso, que tem início previsto para abril de 2010. O desenvolvimento desta especialização está a cargo da Vice-Direção de Escola de Governo em Saúde.

2010

Janeiro

ENSP e Marinha do Brasil firmam compromisso na Ilha da Marambaia
A Escola Nacional de Saúde Pública e a Marinha do Brasil assinaram um termo de compromisso com vistas ao desenvolvimento de projetos e atividades no campo do ensino e pesquisa em ciência e tecnologia, e informação técnico-científica envolvendo doenças endêmicas e paleoparasitologia, na Ilha da Marambaia, em Mangaratiba, Rio de Janeiro. O propósito do projeto é avaliar a prevalência de vetores e o risco de transmissão da leishmaniose, malária e arboviroses. Além disso, busca investigar doenças sexualmente transmissíveis; enteroparasitos em amostras de fezes, água e solo; desenvolver estudos fitoquímicos e biológicos de plantas da restinga; além de promover ações de educação para saúde nas comunidades residentes e efetivos militares da região.
O projeto é coordenado pelos pesquisadores do Departamento de Ciências Biológicas da ENSP, Antonio Nascimento Duarte e Marcos Barbosa de Souza, e envolve o Centro de Adestramento da Ilha da Marambaia (Cadim) e o Laboratório de Vetores Miguel Alves de Souza da ENSP.


Março

Abertura do Ano Letivo 2010 da ENSP
Palestra com o economista Marcelo Neri (FGV), com o tema "Educação, distribuição de renda e desenvolvimento humano: uma abordagem transversal"
O economista brasileiro e chefe do Centro de Políticas Sociais, filiado ao Instituto Brasileiro de Economia da Fundação Getúlio Vargas, Marcelo Neri, é o convidado especial para a palestra de abertura do ano letivo de 2010 da ENSP, abordando o tema 'Educação, distribuição de renda e desenvolvimento humano: uma abordagem transversal'. O evento acontecerá no dia 22 de março, às 9h30, no Auditório Térreo da Escola.

Exibição do documentário 'Sicko – S.O. S. Saúde', de Michael Moore, seguido de debate com o sanitarista José Carvalho de Noronha
No dia 24 de março, para recepcionar os novos alunos, a Escola realizará ainda, no Auditório Térreo, às 14h, o Centro de Estudos especial com a exibição do documentário 'Sicko – S.O. S. Saúde', de Michael Moore, seguido de debate com o sanitarista José Carvalho de Noronha sobre a reforma do sistema de saúde americano. Os eventos são abertos a todos os interessados.

Aula Inaugural do Programa de Pós-Graduação em Associação em Bioética, Ética Aplicada e Saúde Coletiva
Exposição do professor Miguel Kottow, com o tema 'Bioética Pública'
Lançamento do Programa de Pós-Graduação em Bioética, Ética Aplicada e Saúde Coletiva.

Solenidade de assinatura do Convênio Comperj
Convênio firmado entre ENSP e prefeitura de Cachoeira de Macacu.

ENSP inaugura Observatório de Saúde em município fluminense
Dando prosseguimento ao projeto de acompanhamento, monitoramento e análise da situação de saúde nos municípios envolvidos na implantação do Complexo Petroquímico do Rio de Janeiro (Comperj), a ENSP inaugurou, no dia 3 de março o Observatório de Situação em Saúde, em Cachoeiras de Macacu. O objetivo é contribuir para a melhoria da organização do sistema de saúde local e para a capacitação dos profissionais do município, além de ampliar a relação com a sociedade civil. A inauguração acontece na mesma ocasião da assinatura do convênio de cooperação técnico-científica entre a Escola e a prefeitura de Cachoeiras de Macacu.

ENSP é premiada no 14° Concurso Inovação na Gestão Pública Federal
O auditório do Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão (MP), em Brasília, ficou lotado de representantes da esfera pública federal no dia 16/03 para a cerimônia de premiação do 14° Concurso Inovação na Gestão Pública Federal, promovido pela Escola Nacional de Administração Pública (Enap) e pelo Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão. O Portal da Escola Nacional de Saúde Pública Sergio Arouca (ENSP/Fiocruz) e um projeto sobre pedidos de patente de medicamentos, do Instituto de Tecnologia em Fármacos (Farmanguinhos/Fiocruz), estavam entre as dez iniciativas premiadas. Participaram da solenidade de premiação o Ministro da Educação, Fernando Haddad; o secretário-executivo do Ministério do Planejamento, João Bernardo Bringel, representando o ministro Paulo Bernardo; a ministra da Secretaria Especial de Políticas para as Mulheres, Nilcea Freire; e a presidente da Enap, Helena Kerr do Amaral.

Doutorando da ENSP é novo secretário executivo da Abrasco
A Secretaria Executiva da Associação Brasileira de Pós-Graduação em Saúde Coletiva (Abrasco) foi assumida, no início de março, por Carlos dos Santos Silva. Graduado em medicina pela Universidade Federal Fluminense, Carlos Silva é gerente de Programas de Saúde Escolar da Secretaria Municipal de Saúde do Rio de Janeiro e doutorando em Saúde Pública da ENSP/Fiocruz. Sua tese tem como título 'Escola Promotora de Saúde: Revitalização da Organização Intersetorial de Programas de Saúde Escolar', tendo como orientadora a pesquisadora do Departamento de Ciências Sociais, Regina Cele de Andrade Bodstein.

ENSP firma convênio com Câmara dos Vereadores do Rio de Janeiro
A Escola Nacional de Saúde Pública Sergio Arouca firmou um convênio técnico-científico com a Câmara de Vereadores do Rio de Janeiro, para apoioar projetos relacionados à saúde, apresentados e debatidos por vereadores, assessores e técnicos do legislativo. A assinatura da parceria aconteceu no dia 23 de março, na Sala do Conselho Deliberativo da ENSP e contou com a participação do diretor, Antônio Ivo de Carvalho, e do presidente da Câmara, Jorge Felippe, em evento aberto ao público.
O acordo, sem custo para a Escola ou para o Município, vinha sendo detalhado há um ano, por iniciativa do vereador Paulo Pinheiro, que atua na Vice-Direção de Cooperação e Escola de Governo da ENSP.

ENSP firma protocolo de entendimento com universidade de Moçambique
A Escola Nacional de Saúde Pública e a Faculdade de Letras e Ciências Sociais (FLCS) da Universidade Eduardo Mondlane, com sede em Maputo, Moçabique, assinaram um protocolo de entendimento, no dia 26/3, com a finalidade de desenvolver atividades de cooperação institucional e intercâmbio de cursos, alunos e docentes.


Abril

ENSP integra grupo que traçará diretrizes para toxicologia no SUS
Com o objetivo de criar uma Política Nacional de Informação e Assistência Tóxico-Farmacológica que atenda às necessidades e demandas dos usuários e serviços do Sistema Único de Saúde e que fortaleça a implementação de uma rede unificada de toxicologia, a estruturação da rede de laboratórios e também a capacitação e formação de recursos humanos, foi criado pelo Ministério da Saúde o grupo de trabalho para elaboração de diretrizes para atividades das áreas da toxicologia no SUS. A ENSP será representada pelo chefe do Laboratório de Toxicologia do Centro de Estudos em Saúde do Trabalhador e Ecologia Humana, Sergio Alves Rabello.

Novas equipes de Saúde da Família integram Teias-Escola Manguinhos
Solenidade de acolhimento das novas equipes de Saúde da Família que trabalharão na Clínica da Família Victor Valla, que integra a iniciativa Teias – Escola Manguinhos, coordenada pela ENSP. A região conta agora com 11 equipes de Saúde da Família, que farão o atendimento, tanto na clínica, quanto no Centro de Saúde Escola da ENSP, dos mais de 60 mil moradores de Manguinhos.

Pesquisadora da ENSP/Fiocruz recebe Comenda da Ordem do Rio Branco
No dia 20 de abril, a pesquisadora da Escola Nacional de Saúde Pública Sergio Arouca e representante da Fiocruz para a África, Célia Maria de Almeida, recebeu a Comenda da Ordem de Rio Branco. Outorgada pelo Conselho da Ordem de Rio Branco, a medalha é uma condecoração oferecida pelo Ministério das Relações Exteriores foi entregue durante cerimônia realizada no hall do Palácio Itamaraty, em Brasília.


Maio

ENSP assina termo de compromisso com universidade portuguesa
Com o objetivo de promover o intercâmbio de experiências nas áreas de promoção da saúde, gestão do trabalho e educação, formação de recursos humanos e sistemas de informação em saúde, a ENSP acaba de firmar um Protocolo de Entendimento com o Centro de Estudos Interdisciplinares do Século XX (Cies 20), da Universidade de Coimbra, em Portugal.

Lançamento do Mapa de Conflitos Ambientais
Desenvolvido a partir de uma parceria entre a ENSP/Fiocruz e a ONG Federação de Órgãos para Assistência Social e Educacional (Fase), o mapa permitirá o monitoramento de ações e projetos que enfrentem situações de injustiças ambientais relacionadas à saúde em diferentes territórios e populações das cidades, campos, florestas e zonas costeiras. O mapa foi realizado com o apoio do Departamento de Saúde Ambiental e Saúde do Trabalhador do Ministério da Saúde.
Coordenado pelo pesquisador da ENSP Marcelo Firpo Porto e Tania Pacheco, da Fase, o mapa tem o objetivo de apoiar a luta de populações e grupos atingidos em seus territórios por ações governamentais e projetos de desenvolvimento que impactam desigualmente grupos sociais vulnerabilizados pelo preconceito e pela desigualdade social. Os conflitos foram levantados tendo por base, principalmente, as situações de injustiça ambiental discutidas em diferentes fóruns e redes a partir do início de 2006, em particular a Rede Brasileira de Justiça Ambiental e seus grupos de trabalho.

ENSP lança livro sobre território, participação popular e saúde
Compartilhar diversos olhares sobre os desafios, possibilidades e limites colocados no cotidiano para gestão social participativa em 'territórios de exceção' – comunidades de favelas configuradas como espaços de supressão dos direitos civis e sociais – faz parte dos objetivos do livro Território, participação popular e saúde: Manguinhos em debate, organizado por Carla Moura Lima e Leonardo Bueno Brasil, da Assessoria de Cooperação Social (ACS/ENSP). O livro possui 104 páginas e propõe reflexões sobre experiências de estreitamento das relações entre governos e sociedade civil, para que os esforços se transformem em políticas públicas territorializadas geridas de forma participativa e com êxito para a melhoria da qualidade de vida nesses territórios.

Paulo Buss é eleito vice-presidente do Comitê Executivo da OMS
Paulo Buss, ex-presidente da Fiocruz e representante do Brasil no Comitê Executivo da Organizacã Mundial da Saúde, foi eleito, em Genebra (Suiça), vice-presidente do órgão, pelo período de um ano, até maio de 2011. O Comitê Executivo da OMS está composto por 34 países de todas as regiões do mundo que, em representação dos 193 Estados-membros, efetivamente dirige a Organização.


Junho

ENSP inicia projeto que integra saúde, ambiente e educação em RO
Avaliar o risco ao ecossistema da bacia do rio Madeira e à saúde humana das populações ribeirinha e urbana de Porto Velho em relação às mudanças socioambientais no arco do desmatamento, com foco nos projetos de desenvolvimento para a região Amazônica, é o objetivo do projeto da pesquisadora da ENSP Sandra Hacon, contemplada no edital Inova ENSP em 2010, junto com o vice-coordenador, Salvatore Siciliano.
Além de traçar um perfil de saúde e mortalidade das comunidades ribeirinha e urbana antes dos impactos provenientes do desenvolvimento local, o trabalho consiste também em uma análise integrada entre os campos da saúde humana e animal, o meio ambiente e a educação, tendo como foco as escolas da região.


Julho

Artigos da ENSP ganham visibilidade em editora de periódicos eletrônicos
Desde a sua associação, em novembro de 2009, à BioMed Central (BMC) – editora de periódicos eletrônicos em biomedicina, de acesso livre –, a ENSP/Fiocruz teve cinco artigos publicados e conta com outros quatro em fase de análise, totalizando nove artigos enviados até o momento. Entre títulos genéricos e especializados, a BMC publica 205 periódicos em diversas áreas da biomedicina. Assim, a ENSP amplia a visibilidade internacional de sua produção acadêmica, pois o acesso aos artigos é livre e praticamente imediato após o aceite da publicação e a revisão pelos pares.

Centro de Referência é credenciado como órgão de ensino em tuberculose
O Centro de Referência Professor Hélio Fraga da Escola Nacional de Saúde Pública Sergio Arouca foi credenciado pela Sociedade Brasileira de Pneumologia e Tisiologia (SBPT) como órgão de ensino em tuberculose e outras micobacterioses. Com esse avanço, será possível oferecer treinamento em outras áreas específicas na pneumologia.


Agosto

ENSP participa de primeira aula de especialização do UMA-SUS
Para dar início à Especialização em Atenção Básica em Saúde da Família na modalidade a distância, foi realizado, no dia 5 de agosto, em Mato Grosso do Sul, a aula inaugural do curso. Esta especialização é uma promoção da Fiocruz Cerrado Pantanal e Universidade Federal de Mato Grosso do Sul, com apoio e financiamento da Secretaria de Gestão do Trabalho e da Educação na Saúde (SGTES), do Ministério da Saúde, por meio da UNA-SUS. O diretor da ENSP, Antônio Ivo de Carvalho, que integra a Comissão Interinstitucional da UNA-SUS, esteve presente no encontro com cerca de 500 profissionais inscritos no curso.


Setembro

ENSP comemora 56 anos discutindo desafios para o próximo governo
A Escola Nacional de Saúde Pública Sergio Arouca (ENSP/Fiocruz) comemora, de 13 a 17 de setembro, 56 anos discutindo o tema Saúde Pública: desafios para o próximo governo com atividades científicas e culturais voltadas para profissionais, alunos e para a comunidade de Manguinhos. O evento principal da semana reuniu representantes de candidatos à Presidência da República que apresentaram seus programas de governo à comunidade científica da área de Saúde, no dia 15 de setembro, às 9h30, no auditório térreo da ENSP.

ENSP recebe medalha Pedro Ernesto da Câmara de Vereadores do Rio
No dia 16 de setembro, a ENSP recebeu uma homenagem especial durante as comemorações dos seus 56 anos: a medalha Pedro Ernesto. A condecoração foi uma iniciativa do vereador Paulo Pinheiro por conta da atuação da Escola na capacitação e na formação de recursos humanos para o SUS e para o sistema de ciência e tecnologia, na produção científica e tecnológica e na prestação de serviços de referência no campo da saúde pública.Na ocasião, a Escola conferiu menção honrosa ao seu Comitê de Ética em Pesquisa pelo trabalho desenvolvido ao longo dos anos.

ENSP e Polícia Civil criam cartilha sobre violência contra a mulher
O pesquisador Jefferson José Oliveira da Silva (Cesteh/ENSP) e a delegada Martha Rocha, diretora do Departamento de Polícia de Atendimento à Mulher (DPAM), da Polícia Civil do Estado do Rio de Janeiro, falaram sobre a cartilha criada através de parceria das duas instituições para que mulheres vítimas de violência conheçam seus direitos e deveres.


Outubro

Laboratório Móvel da ENSP integra equipes da Operação Lei Seca
O Laboratório Móvel de Toxicologia, desenvolvido na ENSP e capaz de detectar com praticamente a mesma agilidade de um bafômetro o uso de substâncias psicoativas, passa a acompanhar uma das sete equipes da Operação Lei Seca a partir de 2011.


Novembro

ENSP recebe mais duas alunas para intercâmbio no Centro de Saúde
Pelo terceiro ano consecutivo, a ENSP, por intermédio do Centro de Saúde Escola Germano Sinval Faria, recebe discentes do Departamento de Saúde Internacional da Escola de Enfermagem e Estudos em Saúde da Georgetown University, em projeto de intercâmbio de cooperação interinstitucional.

Ministério da Saúde condecora servidores da ENSP/Fiocruz
O Ministério da Saúde homenageou 14 servidores da Fiocruz com as Medalhas de Mérito Médico e Mérito Oswaldo Cruz pelos relevantes serviços prestados à saúde pública brasileira. Dentre os homenageados estão o ex-presidente da Fundação, o sanitarista Sergio Arouca (post mortem), o atual diretor da Escola Nacional de Saúde Pública, Antônio Ivo de Carvalho, e o também ex-presidente da Fiocruz e pesquisador da ENSP, Paulo Marchiori Buss, além de outros.

ENSP cria indicadores de monitoramento sobre demandas judiciais em saúde
O trabalho conjunto das áreas da saúde e do direito resultou no desenvolvimento de uma metodologia de avaliação e monitoramento das demandas judiciais individuais de medicamentos no Brasil utilizando o Estado do Rio de Janeiro como modelo. O projeto gerou indicadores que poderão servir de base para que o SUS e o sistema de justiça possam realizar o monitoramento das ações judiciais e garantir o acesso da população a medicamentos de qualidade e com segurança.


Dezembro

ENSP integra projeto de revitalização da assistência básica em Angola
A ENSP dá início a um projeto, em parceria com o Ministério da Saúde de Angola, a Direção provincial de Luanda, a Escola Politécnica de Saúde Joaquim Venâncio (EPSJV/Fiocruz), a Unicamp, a Agência Brasileira de Cooperação (ABC) e a Agência Japonesa para Cooperação Internacional (Jica), que tem o objetivo de propor um novo modelo para a revitalização da atenção básica em Angola a partir de quatro centros de saúde de Luanda.

Escolha o ano
2011

Janeiro

Cooperação inédita entre ENSP e Aeronáutica
A Escola Nacional de Saúde Pública Sergio Arouca e a Força Aérea Brasileira (Aeronáutica) firmaram um acordo de cooperação. Entre os pontos mais importantes da nova empreitada estão a revisão do modelo assistencial de saúde da Aeronáutica, a reorganização dos modelos de capacitação de recursos humanos para a área da gestão e também do programa de pesquisa do setor saúde. Além de contribuir com a sua expertise, a ENSP pretende, nesta parceria, aprimorar seus conhecimentos principalmente no que se refere à medicina de catástrofes, contando para isso com a experiência da Aeronáutica.


Fevereiro

Claves/ENSP/Fiocruz lança livro sobre violência e saúde
A incorporação do tema violência na agenda do setor saúde, o significado e a importância de uma política para o enfrentamento da violência – que pode ser de natureza física, psicológica e sexual ou associada ao abandono, negligências e mesmo abuso financeiro – são os principais assuntos abordados na coletânea Impactos da violência na saúde. O livro, uma publicação da Editora Fiocruz em parceria com a Educação a Distância da ENSP (EAD/ENSP), foi organizado pelas pesquisadoras do Centro Latino-Americano de Estudos de Violência e Saúde (Claves/ENSP/Fiocruz) Kathie Njaine, Simone Gonçalves de Assis e Patrícia Constantino. A obra é composta de 20 capítulos e teve a colaboração de 33 autores.


Março

ENSP incentiva publicação em base de acesso aberto
Com sua associação à BioMed Central (BMC) – editora de periódicos eletrônicos em biomedicina, de acesso aberto –, a ENSP/Fiocruz está aumentando a visibilidade dos artigos produzidos pelos seus pesquisadores, graças à publicação desses artigos em uma ampla carteira de periódicos. Sete deles foram publicados e outros seis estão em fase de avaliação, de acordo com informações da Vice-Direção de Pesquisa e Desenvolvimento Tecnológico da ENSP. Essa associação reflete a política atual da Escola em contribuir para a construção de uma sociedade do conhecimento com acesso totalmente livre e gratuito à informação científica.

ENSP leva experiências brasileiras ao Haiti
Até o dia 1° de abril, a Escola Nacional de Saúde Pública participou de uma missão ao Haiti com o intuito de fortalecer a ação governamental. Trabalhando com três linhas de frente – entre elas, vigilância epidemiológica e organização dos serviços do território sob a ótica da atenção básica, com base na experiência do Teias-Escola Manguinhos –, a ENSP pretende doar ao Haiti a estrutura básica de uma Unidade de Pronto Atendimento (UPA), que funcionará como um Centro de Saúde. Além disso, apoiará na escolha dos serviços que serão oferecidos no local e na capacitação dos profissionais que trabalharão na unidade. A ação é fruto da cooperação internacional tripartite já existente no nível do Ministério da Saúde, em que Brasil e Cuba juntam esforços para reestruturar e fortalecer o sistema de saúde do Haiti.


Abril

ENSP lança site com carta de apoio ao acesso livre
Alinhando-se ao Movimento Internacional de Acesso Aberto ao Conhecimento, a Escola Nacional de Saúde Pública Sergio Arouca (ENSP/Fiocruz) propõe a adesão aos princípios e diretrizes para estabelecer uma política nacional de acesso livre à informação e ao conhecimento científico. Para isso, colocou disponível à comunidade científica sua carta pública de compromissos para adesão a este movimento e lançou o site ENSP – Acesso Aberto, a primeira iniciativa da Escola em consonância com o Manifesto Brasileiro de Apoio ao Acesso Livre à Informação Científica. O espaço tem o objetivo de publicar documentos, divulgar notícias, discutir direitos autorais, mantendo assim a sociedade atualizada sobre o movimento de acesso aberto.

ENSP leva experiência de M&A para países da CPLP
O Laboratório de Avaliação de Situações Endêmicas Regionais da ENSP, em parceria com a Secretaria Estadual de Saúde de Pernambuco, está apoiando a disseminação de conteúdos e habilidades técnicas sobre monitoramento e avaliação (M&A) entre os atores da cooperação em saúde da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP). Para alcançar este objetivo, Marly Cruz (ENSP) e Carmen Dhalia (SES-PE) coordenaram a Oficina de Capacitação em Monitoramento e Avaliação com foco na melhoria dos Projetos de Cooperação em Saúde Internacional, em Cabo Verde, para 24 participantes de sete países da CPLP.


Maio

Centro de Saúde promove curso sobre aleitamento
O Centro de Saúde Escola Germano Sinval Faria (CSEGSF/ENSP) coordenou o primeiro curso de multiplicadores da Iniciativa Básica Amiga da Amamentação (Iubaam), entre 23 e 25 de maio, em parceria com a Secretaria Municipal de Saúde e Defesa Civil (SMSDC-RJ), através de integrantes da CAP 3.1 e da Secretaria de Estado de Saúde e Defesa Civil (Sesdec-RJ). O objetivo é tornar o Centro de Saúde Escola um Pólo de Capacitação do Rio de Janeiro nesta iniciativa. "A atividade é parte da nossa atribuição de instituição formadora de recursos humanos para a atenção primária", ressaltou Emilia Correia, chefe do Centro de Saúde Escola.


Junho

ENSP inicia universalização de material didático
Confirmando seu compromisso público de dar acesso irrestrito à produção científica da instituição, a ENSP/Fiocruz iniciou a liberação do material didático produzido no âmbito de seus cursos de educação a distância. O primeiro material a fazer parte desta ação – que já é uma política institucional – é o do Curso Nacional de Qualificação de Gestores do SUS. Este processo teve início no Seminário Internacional Acesso Livre ao Conhecimento, que inaugurou o ano letivo da ENSP, em abril, e está alinhado ao Movimento Internacional de Acesso Livre ao Conhecimento. A ideia é que, aos poucos, os materiais de todos os cursos da EAD/ENSP sejam disponibilizados.

ENSP é homenageada com Troféu Unidos pela Cura
Na abertura do I Fórum de Oncologia Pediátrica do Rio de Janeiro, que aconteceu no dia 13 de junho, às 19 horas, no Rio de Janeiro, a ENSP foi agraciada com o Troféu Unidos pela Cura, fruto da parceria iniciada em 2003 com o Instituto Desiderata, responsável pela realização de uma série de estudos envolvendo as famílias com pacientes em tratamento de oncologia. O prêmio foi recebido pela vice-diretora de Pesquisa e Desenvolvimento Tecnológico da Escola, Margareth Portela. Unidos pela Cura – política pública do município do Rio de Janeiro que promove o diagnóstico precoce e o tratamento de excelência do câncer infantojuvenil.

América do Sul ganha Rede de Escolas de Saúde Pública
Criada a Unasul Saúde, responsável pela integração do esforço dos países em cinco eixos: Desenvolvimento e Gestão de Recursos Humanos da Saúde; Escudo Epidemiológico; Sistemas de Saúde Universais; Acesso Universal a Medicamentos; e Promoção da Saúde e Ação sobre os Determinantes Sociais. A União de Nações Sul-Americanas (Unasul) é formada pelos 12 países da América do Sul (Argentina, Bolívia, Brasil, Chile, Colômbia, Equador, Guiana, Paraguai, Peru, Suriname, Uruguai e Venezuela) e tem como objetivo construir, de maneira participativa e consensual, um espaço de articulação no âmbito cultural, social, econômico, político e de saúde entre os povos.

ENSP inicia universalização de material didático
Confirmando seu compromisso público de dar acesso irrestrito à produção científica da instituição, a ENSP/Fiocruz iniciou a liberação do material didático produzido no âmbito de seus cursos de educação a distância. O primeiro material a fazer parte desta ação – que já é uma política institucional – é o do Curso Nacional de Qualificação de Gestores do SUS. Este processo teve início no Seminário Internacional Acesso Livre ao Conhecimento, que inaugurou o ano letivo da ENSP, em abril, e está alinhado ao Movimento Internacional de Acesso Livre ao Conhecimento. A ideia é que, aos poucos, os materiais de todos os cursos da EAD/ENSP sejam disponibilizados.

ENSP é homenageada com Troféu Unidos pela Cura
Na abertura do I Fórum de Oncologia Pediátrica do Rio de Janeiro, que aconteceu no dia 13 de junho, às 19 horas, no Rio de Janeiro, a ENSP foi agraciada com o Troféu Unidos pela Cura, fruto da parceria iniciada em 2003 com o Instituto Desiderata, responsável pela realização de uma série de estudos envolvendo as famílias com pacientes em tratamento de oncologia. O prêmio foi recebido pela vice-diretora de Pesquisa e Desenvolvimento Tecnológico da Escola, Margareth Portela. Unidos pela Cura – política pública do município do Rio de Janeiro que promove o diagnóstico precoce e o tratamento de excelência do câncer infantojuvenil.


Julho

ENSP inaugura observatório de saúde para o Comperj
Dando continuidade às atividades do projeto de intervenção técnico-científica do Plano de Monitoramento Epidemiológico da Área de Influência do Complexo Petroquímico do Rio de Janeiro (Comperj), a ENSP/Fiocruz inaugurou, no dia 4 de julho, as novas instalações do Observatório de Situações de Saúde de Cachoeiras de Macacu, criado em parceria com a Prefeitura da cidade. O observatório está inserido no Laboratório de Monitoramento Epidemiológico de Grandes Projetos de Desenvolvimento da ENSP (LabMep) e dará apoio às atividades de vigilância epidemiológica do Comperj, além capacitar recursos humanos por meio do Mestrado Profissional em Vigilância em Saúde na região Leste do Estado do Rio de Janeiro, coordenado pelos pesquisadores Luciano Toledo e André Périssé.

ENSP inicia mestrado com Instituto de Saúde no Peru
A ENSP firma mais um acordo de cooperação bilateral, desta vez com o Instituto Nacional de Saúde do Peru, na qual implementará um curso de mestrado em Saúde Pública voltado para os profissionais da instituição. Coordenado pelas pesquisadoras do Departamento de Administração e Planejamento em Saúde da ENSP, Maria Alícia Ugá e Sheila Lemos, o curso terá início no primeiro semestre de 2012 e contará com um corpo docente composto por pesquisadores de cinco departamentos da Escola. O projeto é uma iniciativa do Centro de Relações Internacionais da Fiocruz no âmbito da Rede de Institutos de Saúde Pública da América Latina/Unasul.


Agosto

Rio+20 em foco nos 57 anos da ENSP
A Escola Nacional de Saúde Pública Sergio Arouca escolheu como tema das comemorações de seu 57º aniversário, de 13 a 16 de setembro, Rio+20: desenvolvimento sustentável, economia verde e erradicação da pobreza, engajando-se, assim, na discussão planetária sobre a transição necessária para uma economia inclusiva, verde e responsável, em que o Brasil e as áreas de saúde e meio ambiente têm papel estratégico e decisivo. A principal palestra da semana de aniversário é do sociólogo e cientista político Sérgio Abranches. Toda a semana é aberta aos interessados e a programação completa das atividades será divulgada em breve, não sendo necessária inscrição prévia.

ENSP publica ferramenta em repositório internacional
Estão disponíveis, em repositório público, os módulos - desenvolvidos pela equipe de analistas de Tecnologia de Informação da Coordenação de Comunicação Institucional (CCI/ENSP) - para acessar os Descritores em Ciências da Saúde (DeCS) da Bireme. Os códigos estão direcionados para o Modelo Tecnológico da Rede do Campus Virtual de Saúde Pública (CVSP), que utiliza o gerenciador de conteúdo (Drupal) e o sistema de repositórios (CWIS). O compartilhamento dos códigos possibilitará a toda a Rede CVSP, e a outras na área da Saúde Pública, como a UNA-SUS, classificar seus conteúdos, promovendo a indexação e recuperação através do vocabulário DeCS.

ENSP inaugura novo observatório de saúde em Guapimirim
A ENSP, por meio do Plano de Monitoramento Epidemiológico da Área de Influência do Complexo Petroquímico do Rio de Janeiro (Comperj), inaugurou, no município de Guapimirim (RJ), mais uma unidade do Observatório de Situações de Saúde. O observatório faz parte do Laboratório de Monitoramento Epidemiológico de Grandes Projetos de Desenvolvimento da ENSP (LabMep) e, já na sua primeira semana de atividades, desenvolveu em parceria com a Rede Dengue Fiocruz um Curso de Atualização em Dengue para o município de Guapimirim. O objetivo é desenvolver uma estratégia inovadora de monitoramento do Aedes egypti para o Estado do Rio de Janeiro.


Setembro

Laboratório do Hélio Fraga capacita monitores dos Lacens

O Laboratório de Referência Nacional em Bacteriologia da Tuberculose, do Centro de Referência Prof. Hélio Fraga (CRPHF/ENSP), promoveu uma oficina para padronizar as novas guias de monitoramento dos Laboratórios Centrais de Saúde Pública (Lacens) e dos demais laboratórios da rede estadual. O evento aconteceu no dia primeiro de setembro e foi coordenado pela chefe do laboratório, Fátima Fandinho, pela consultora da rede de laboratórios, Maria Alice Telles, e pelo representante do Programa Nacional de Controle da Tuberculose (PNCT/MS), Ruy de Souza Júnior.

NAF ratifica atuação como Centro Colaborador

Centro Colaborador da Organização Pan-Americana de Saúde para Políticas Farmacêuticas, o Núcleo de Assistência Farmacêutica da ENSP (NAF) tem consolidado seu papel como centro produtor de conhecimento e informações técnico-científicas estratégicas para expansão do acesso aos medicamentos essenciais, além de ampliar parcerias para fortalecer o campo no continente americano. Foi recredenciado junto à Opas.

ENSP celebra formatura de 211 alunos de pós-graduação

O encerramento da semana comemorativa dos 57 anos da ENSP foi marcado pela solenidade de formatura de 211 alunos de doutorado e mestrado (acadêmico e profissional) dos programas de Saúde Pública, Saúde Pública e Meio Ambiente e Epidemiologia em Saúde Pública da Escola. A celebração, segundo o diretor da ENSP, Antônio Ivo de Carvalho, faz parte de um momento de renovação da instituição e reafirma o compromisso dos egressos com o sistema de saúde brasileiro. Os pesquisadores da 'casa' também foram prestigiados pelas turmas dos três programas de pós-graduação.

ENSP oferece assessoria técnica ao Haiti

Com um sistema de saúde frágil, predominantemente privado e com pouca capacidade de resposta, o Haiti, especialmente depois do terremoto de janeiro de 2010, precisou de ajuda. Para isso, um acordo tripartite Brasil-Cuba-Haiti foi estabelecido para reestruturação e fortalecimento do sistema de saúde e da vigilância epidemiológica haitiana. No Brasil, o projeto está a cargo do Ministério da Saúde e envolve a Fiocruz, a Universidade Federal do Rio Grande do Sul e a Universidade Federal de Santa Catarina. Dentro da Fundação, a cooperação está sendo coordenada pelo Centro de Relações Internacionais em Saúde (Cris) e três unidades estão à frente do projeto: a ENSP, o Canal Saúde e o Icict. O objetivo é contribuir para que o Estado haitiano seja autossuficiente na gestão de sua saúde pública.


Outubro

Sistema de Saúde para idosos é lançado na ENSP

No dia 3 de outubro, a Escola Nacional de Saúde Pública foi palco do lançamento de um inovador e importante sistema de informação que tem a finalidade de disponibilizar - de forma universal - políticas e indicadores relacionados a diferentes dimensões da saúde dos idosos, o Sistema de Indicadores de Saúde e Acompanhamento de Políticas do Idoso (Sisap-Idoso). A ferramenta, desenvolvida pelo Laboratório de Informação em Saúde (Lis/Icict/Fiocruz), em parceria com a Área Técnica de Saúde do Idoso do Ministério da Saúde, pretende fornecer aos gestores e profissionais de saúde informações e indicadores que auxiliem na tomada de decisões e no planejamento de ações voltadas à população idosa, tanto no âmbito municipal como estadual. O Sisap-Idoso está disponível na página do Ministério da Saúde.

Farmacêuticos da ENSP homenageados na Câmara do RJ

A coordenadora do Núcleo de Assistência Farmacêutica da ENSP, Vera Lúcia Luiza, e as doutorandas do Programa de Saúde Pública Carmelinda Monteiro Afonso e Elisangela da Costa Lima Dellamora foram homenageadas pela Câmara Municipal do Rio de Janeiro com Moção de Congratulação e Louvor aos Expoentes da Profissão Farmacêutica no Rio de Janeiro. É o reconhecimento pelos serviços prestados no campo da assistência farmacêutica - uma iniciativa da Comissão de Saúde da Câmara Municipal do Rio de Janeiro. A solenidade foi realizada no dia 24 de outubro, na sede do Conselho Regional de Odontologia do RJ.

Livro da ENSP recebe Prêmio Jabuti 2011 - Educação

O livro Impactos da violência na escola: um diálogo com professores, organizado pelas pesquisadoras do Centro Latino-Americano de Estudos de Violência e Saúde Jorge Careli (Claves/ENSP/Fiocruz), Simone Gonçalves de Assis, Patrícia Constantino e Joviana Quintes Avanci, foi o vencedor na categoria Educação do 53º Prêmio Jabuti. O livro é uma publicação da Editora Fiocruz e busca refletir sobre as formas de violência presentes nas escolas brasileiras, sejam elas oriundas dos espaços sociais ou aquelas que nascem no cotidiano e na vida social dos alunos. O Prêmio Jabuti é a mais tradicional premiação literária do Brasil.


Novembro

Parceria vai fortalecer atividades do IAE na Venezuela

Através de um acordo de cooperação técnica - realizado pelo Ministério das Relações Exteriores por intermédio da Agência Brasileira de Cooperação - entre Brasil e Venezuela, a ENSP e o Instituto de Altos Estudios Doutor Arnoldo Gabaldón (IAE) firmaram parceria com o objetivo de desenvolver e fortalecer as atividades do IAE. Dentre as atividades previstas para a formação, intercâmbio de pesquisa científica e desenvolvimento de talentos humanos na área da saúde pública, para o fortalecimento do Sistema Nacional de Saúde Pública da Venezuela, estão a criação de uma Escola de Governo em Saúde e a implementação do primeiro curso de mestrado em Saúde Pública no IAE, além de transferências de tecnologias na área de Educação a Distância (EAD).

ENSP promove 1° Fórum de Pós-Graduandos

A Escola Nacional de Saúde Pública foi palco pela primeira vez de um evento organizado por seus docentes. Trata-se do 1° Fórum de Pós-Graduandos da ENSP. Elaborado por uma comissão organizadora, composta de cinco alunos de diversos programas da Escola, o evento debateu a formação para a Saúde Pública e as perspectivas para o campo em sintonia com os temas norteadores da 14ª Conferência Nacional de Saúde. A solenidade de abertura contou com a presença do diretor da Escola, Antônio Ivo de Carvalho, e da vice-diretora de pós-graduação, Maria Helena Mendonça.

ENSP começa a construir sua política de acesso aberto

"O acesso ao conhecimento, de forma livre, gera produção de conhecimento e esse é o pilar desta política", afirmou o doutor em Direito Civil pela Uerj e consultor da ENSP/Fiocruz para acesso aberto, Allan Rocha de Souza, durante apresentação no Seminário Acesso Aberto ao Conhecimento, realizado no dia 22 de novembro, na ENSP. O segundo convidado do evento, Eloy Rodrigues, pesquisador da Universidade do Minho, em Portugal, ressaltou que "os repositórios científicos de acesso aberto são fundamentais para ampliar a visibilidade da investigação produzida por uma instituição". Ambas as exposições contribuem para a discussão político-institucional que vem sendo realizada na Escola e que resultará na construção da política de informação baseada nos princípios do acesso aberto na ENSP.

Parceria vai fortalecer atividades do IAE na Venezuela

Através de um acordo de cooperação técnica - realizado pelo Ministério das Relações Exteriores por intermédio da Agência Brasileira de Cooperação - entre Brasil e Venezuela, a ENSP e o Instituto de Altos Estudios Doutor Arnoldo Gabaldón (IAE) firmaram parceria com o objetivo de desenvolver e fortalecer as atividades do IAE. Dentre as atividades previstas para a formação, intercâmbio de pesquisa científica e desenvolvimento de talentos humanos na área da saúde pública, para o fortalecimento do Sistema Nacional de Saúde Pública da Venezuela, estão a criação de uma Escola de Governo em Saúde e a implementação do primeiro curso de mestrado em Saúde Pública no IAE, além de transferências de tecnologias na área de Educação a Distância (EAD).

ENSP promove 1° Fórum de Pós-Graduandos

A Escola Nacional de Saúde Pública foi palco pela primeira vez de um evento organizado por seus docentes. Trata-se do 1° Fórum de Pós-Graduandos da ENSP. Elaborado por uma comissão organizadora, composta de cinco alunos de diversos programas da Escola, o evento debateu a formação para a Saúde Pública e as perspectivas para o campo em sintonia com os temas norteadores da 14ª Conferência Nacional de Saúde. A solenidade de abertura contou com a presença do diretor da Escola, Antônio Ivo de Carvalho, e da vice-diretora de pós-graduação, Maria Helena Mendonça.

ENSP começa a construir sua política de acesso aberto

"O acesso ao conhecimento, de forma livre, gera produção de conhecimento e esse é o pilar desta política", afirmou o doutor em Direito Civil pela Uerj e consultor da ENSP/Fiocruz para acesso aberto, Allan Rocha de Souza, durante apresentação no Seminário Acesso Aberto ao Conhecimento, realizado no dia 22 de novembro, na ENSP. O segundo convidado do evento, Eloy Rodrigues, pesquisador da Universidade do Minho, em Portugal, ressaltou que "os repositórios científicos de acesso aberto são fundamentais para ampliar a visibilidade da investigação produzida por uma instituição". Ambas as exposições contribuem para a discussão político-institucional que vem sendo realizada na Escola e que resultará na construção da política de informação baseada nos princípios do acesso aberto na ENSP.


Dezembro

ENSP implementa curso a distância em Moçambique

A Escola realizou mais uma parceira de âmbito internacional. Desta vez, auxiliará o Ministério da Saúde de Moçambique a implantar um curso a distância em Vigilância Alimentar e Nutricional. Após um grande levantamento sobre as necessidades específicas da população na área de nutrição, foi elaborado um projeto político pedagógico - que envolve a ENSP, o Ministério da Saúde de Moçambique e o Instituto Médico Politécnico de Saúde - com a perspectiva de implementar um curso na modalidade a distância para cerca de 100 profissionais de nível médio e superior, com foco no diagnóstico nutricional e coletivo, visando ao fortalecimento do Sistema de Vigilância Alimentar do país.

ENSP publica ferramenta em repositório internacional

Estão disponíveis, em repositório público, os módulos - desenvolvidos pela equipe de analistas de Tecnologia de Informação da Coordenação de Comunicação Institucional (CCI/ENSP) - para acessar os Descritores em Ciências da Saúde (DeCS) da Bireme. Os códigos estão direcionados para o Modelo Tecnológico da Rede do Campus Virtual de Saúde Pública (CVSP), que utiliza o gerenciador de conteúdo (Drupal) e o sistema de repositórios (CWIS). O compartilhamento dos códigos possibilitará a toda a Rede CVSP, e a outras na área da Saúde Pública, como a UNA-SUS, classificar seus conteúdos, promovendo a indexação e recuperação através do vocabulário DeCS

ENSP inaugura novo observatório de saúde em Guapimirim

A ENSP, por meio do Plano de Monitoramento Epidemiológico da Área de Influência do Complexo Petroquímico do Rio de Janeiro (Comperj), inaugurou, no município de Guapimirim (RJ), mais uma unidade do Observatório de Situações de Saúde. O observatório faz parte do Laboratório de Monitoramento Epidemiológico de Grandes Projetos de Desenvolvimento da ENSP (LabMep) e, já na sua primeira semana de atividades, desenvolveu em parceria com a Rede Dengue Fiocruz um Curso de Atualização em Dengue para o município de Guapimirim. O objetivo é desenvolver uma estratégia inovadora de monitoramento do Aedes egypti para o Estado do Rio de Janeiro.

2012

Agrotóxicos: uso excessivo compromete saúde da população

O uso de agrotóxicos no campo como forma de aumentar a produção agrícola é o principal alvo da Campanha Permanente Contra os Agrotóxicos e Pela Vida, lançada em 2011 e coordenada por João Pedro Stedile, líder do Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST). Stedile arrebatou o público da ENSP na quarta-feira (14/2), com sua palestra Contra os agrotóxicos e pela vida, que abriu o ano letivo 2012 da Escola.


Centro de Saúde Escola: a acreditação e o padrão de qualidade

Após o Centro de Estudos em Saúde do Trabalhador e Ecologia Humana (Cesteh) receber o certificado de acreditação internacional, no fim de 2011, agora foi a vez de outro departamento da ENSP ser acreditado: o Centro de Saúde Escola Germano Sinval Faria. As certificações concedem à ENSP o reconhecimento da qualidade dos serviços prestados à população. O processo foi realizado pelo Consórcio Brasileiro de Acreditação (CBA), que aplica o método internacional da organização norte-americana Joint Commission International (JCI).


ENSP participa da criação da Escola de Saúde do Uruguai

A ENSP está participando do projeto de construção da Escola de Saúde Pública/Escola de Governo em Saúde no Uruguai. O diretor da ENSP, Antônio Ivo de Carvalho, esteve no país, juntamente com outros gestores e representantes, para participar da primeira reunião, intitulada Fábrica de Ideias, e, assim, contribuir com o debate, o intercâmbio de experiências e opiniões na elaboração dessa iniciativa. De acordo com o projeto, uma condição necessária dessa etapa inicial para a institucionalização da Escola de Saúde Pública/Escola de Governo em Saúde (ESP/EGS) no Uruguai é a formação do Programa de Pós-Graduação Strictu Sensu, que inclui mestrado profissional e acadêmico e também doutorado (em saúde coletiva).


ENSP e O Globo lançam campanha pela toninha

A Escola Nacional de Saúde Pública acaba de lançar o site Toninha, cadê você? Com esse novo espaço, a ENSP pretende divulgar esse discreto cetáceo – um primo pequeno das baleias, botos e golfinhos –, que corre risco de extinção, principalmente por causa das redes de pesca e da poluição dos mares. Essa ação também está embasada no Plano de Ação Nacional para a Conservação da Toninha, que tem como um dos organizadores o pesquisador da ENSP e coordenador do Grupo de Estudos de Mamíferos Marinhos da Região dos Lagos, Salvatore Siciliano. O jornal O Globo está apoiando esse projeto da ENSP e inicia no domingo (22/4) uma campanha de ampla cobertura para promover iniciativas de preservação do cetáceo, que se insere em um dos principais temas da Rio+20: o uso sustentável dos oceanos. O site traz informações atuais sobre as toninhas, documentos, fotos, vídeos e um manifesto contra a construção de portos e estaleiros na costa.


ENSP coordena centro de estudos de desastres da Fiocruz

Em abril de 2012, a Presidência da Fiocruz instituiu um grupo técnico para o desenvolvimento das atividades do Centro de Estudos e Pesquisas em Emergências e Desastres em Saúde (Cepedes), no âmbito do Centro de Estudos e Pesquisas de Desastres, uma parceria iniciada em dezembro de 2010 que envolve a Fiocruz, a UFF, a UFRJ e, recentemente, a Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro. A coordenação do Cepedes/Fiocruz está a cargo do pesquisador da ENSP Carlos Machado de Freitas.


ENSP forma primeira turma de mestrado em Angola

O primeiro Mestrado em Saúde Pública de Angola terá seu evento de formatura na próxima sexta-feira, dia 11 de maio, naquele país, com 15 egressos. Nessa ocasião também acontecerá o I Seminário Brasil-Angola de Saúde Pública, onde serão apresentados os resultados das dissertações dos recém-mestres. Na oportunidade, o pesquisador do Departamento de Endemias Samuel Pessoa Paulo Sabroza apresentará a palestra Saúde pública em Angola. A vice-diretora de Pós-Graduação, Maria Helena Mendonça, e a coordenadora do Mestrado, Elizabeth Artmann, também estarão presentes, bem como representantes da Assessoria Brasileira de Cooperação do Ministério de Relações Exteriores e José Luiz Telles, do escritório da Fiocruz na África.


Angola propõe nova parceria para turma de mestrado

O Projeto de Capacitação do Sistema de Saúde de Angola teve como primeiro resultado a formatura de 15 alunos, mas o Ministério da Saúde do país, animado com os resultados, fez uma proposta de parceria pública para formar nova turma. Segundo a coordenadora do Mestrado, Elizabeth Artmann, a contraproposta da ENSP poderia ser uma parceria de titulação conjunta com uma ou mais universidades de Angola, pois a ideia da cooperação técnica é incentivar a independência, fomentar a autonomia.


Saúde mental: 30 anos de curso, evento e homenagem

Em 2012, comemora-se os 25 anos da Luta Antimanicomial no Brasil no mote da desospitalização. A ENSP sempre esteve engajada neste movimento que levou à Reforma Psiquiátrica. Marcando a data são várias as iniciativas que a Escola mantém pelo desenvolvimento do campo da saúde mental no país, como a realização da 30ª edição do curso de especialização em Saúde Mental e Atenção Psicossocial no Rio e a abertura da segunda turma desse mesmo curso no Tocantins, ambos coordenados pelo pesquisador da Escola Paulo Amarante. Além de ministrar a aula inaugural do curso, nesta quinta (24/5), Amarante será homenageado ao ter seu nome incorporado a uma das salas de aula da Escola de Saúde Pública de Tocantins. O pesquisador é também o presidente da Abrasme, associação responsável pelo III Congresso Brasileiro de Saúde Mental, que já conta com mais de 5 mil inscritos e acontecerá no mês de junho em Fortaleza (CE).


ENSP terá Centro de Políticas de Controle do Tabagismo

A ENSP prepara a criação do Centro de Estudos de Políticas de Controle do Tabagismo, que servirá como uma plataforma de pesquisa, ensino e cooperação técnica sobre o tema. A Escola também lançou a disciplina do Programa de Pós-graduação em Saúde Pública da ENSP intitulada Prevenindo doenças crônicas não transmissíveis (DCNTs): tabaco, álcool, hábitos alimentares e atividade física – também oferecida como curso lato sensu para a Escola de Governo em Saúde e na modalidade Curso de Inverno, para o Programa de Pós-graduação em Saúde Pública.


ENSP recebe prêmio de instituto peruano

Como fruto da cooperação internacional entre a ENSP e o Peru, o curso de especialização de Biossegurança em Saúde ofertado nesse país acaba de receber um prêmio do Instituto Nacional de Salud (INS) peruano. O prêmio é oferecido aos profissionais e instituições que contribuem para o progresso e melhoria da saúde pública do Peru. Como outros desdobramentos desta cooperação, também estão sendo desenvolvidos um livro de biossegurança para laboratórios, um projeto de assessoria técnica na área, além da elaboração de um guia normativo para laboratórios. A especialização, sob a responsabilidade da coordenadora do Núcleo de Biossegurança do Departamento de Saneamento e Saúde Ambiental da ENSP (Nubio/DSSA), Telma Abdalla de Oliveira Cardoso, foi desenvolvida no âmbito da União de Nações Sul-Americanas (Unasul).


Pesquisadora representa país na discussão sobre poluentes orgânicos

A pesquisadora da Escola Nacional de Saúde Pública (ENSP/Fiocruz) Sandra Hacon foi designada pelas Nações Unidas, com aprovação do Ministério das Relações Exteriores, para ser a representante do Brasil na segunda fase do Programa de Monitoramento Global dos Poluentes Orgânicos Persistentes (POPs) para a América Latina e Caribe (Grulac).


ENSP inicia mestrado com foco na saúde do trabalhador

Pensado como estratégia de ações para o desenvolvimento do campo da saúde do trabalhador no Brasil, a Escola Nacional de Saúde Pública Sérgio Arouca desenvolveu o mestrado profissional em Vigilância em Saúde do Trabalhador. Este novo curso é fruto de uma demanda nacional de formação voltada a profissionais da ponta do serviço.


Manguinhos deverá ganhar centro para álcool e drogas

Visando à aprovação da construção e implementação de um Centro de Atenção Psicossocial em Álcool e Drogas (Capsad) no bairro de Manguinhos, no Rio de Janeiro, as instâncias locais de gestão e participação do bairro organizaram um abaixo-assinado direcionado para o poder público. A ENSP, sempre engajada com ações de melhoria da qualidade de vida da população local, apoia o pleito e convoca a todos para assinar o documento também. Manguinhos tem um dos mais baixos índices de desenvolvimento humano (IDH) do município e hoje vive um cenário epidemiológico de elevado consumo de substâncias psicoativas, especialmente álcool, cocaína e inalantes, como o crack. A importância dessa ação se baseia na urgente necessidade de dirimir as graves consequências sanitárias e sociais que atingem usuários e comunidade.


Terrapia faz 15 anos semeando a promoção da saúde

Para comemorar seus 15 anos de existência, o projeto Terrapia Alimentação Viva na Promoção da Saúde e Ambiente, do Centro de Saúde Escola Germano Sinval Faria (CSGSF/ENSP), realizou um dia de atividades com palestras, oficinas culinárias, lançamento do DVD do projeto, entre outras atrações. Comem-oração é o nome do evento de aniversário do projeto, que durante todos esses anos vem divulgando a prática da alimentação viva, valorizando a vitalidade dos alimentos e animando o público para um diálogo com a natureza na mesa de refeições. A atividade é aberta ao público.

2013

Revista Saúde em Debate é incluída na base SciELO

A revista Saúde em Debate, fundada em 1976 e que tem como editor o pesquisador da ENSP Paulo Amarante, foi incluída na base eletrônica Scielo.


Um ano de mudanças para a revista Cadernos de Saúde Pública da ENSP

Uma das principais fontes de informação da área científica em saúde pública editada na América Latina, a publicação passou a contar com um novo trio de editoras-chefes, com resumo e editorial em três idiomas (português, inglês e espanhol), além das seções Perspectivas e Questões Metodológicas.


Brasil e França fortalecem cooperação

A comitiva francesa se mostrou especialmente interessada na expertise da ENSP em relação à reorganização da atenção básica brasileira e ao exemplo do Teias-Escola Manguinhos, bem como na questão dos Determinantes Sociais em Saúde e no processo de acreditação pedagógica da Rede de Escolas e Centros Formadores em Saúde Pública para cursos lato sensu.


Pesquisa analisa terreno da Refinaria de Manguinhos

O estudo trata da região onde o governo pretende implantar um projeto habitacional para a população de baixa renda, mas segundo pesquisadores da ENSP, é impossível descontaminar ou tratar a área industrial da antiga refinaria para que se torne propícia para o assentamento humano.


Programa de Bioética lança site para alunos e docentes

O novo espaço visa ser um fácil canal de relacionamento entre alunos e docentes do Programa e a sociedade com interesse pelo tema e pelos cursos ofertados.


ENSP inaugura Centro de Estudos sobre Tabaco e Saúde

O objetivo do Cetab é trabalhar a temática do tabaco associado às doenças crônicas não transmissíveis (DCNTs), especialmente no âmbito do sedentarismo, da alimentação inadequada e do uso prejudicial do álcool.


Política e repositório da ENSP obtêm registro internacional

A ENSP dispõe de uma Política Institucional de Acesso Aberto que acaba de ser publicada oficialmente no site Registry of Open Access Repositories Mandatory Archiving Policies(ROARMAP). O Repositório Institucional de Acesso Livre em Saúde Pública da Escola também se encontra registrado no OpenDOAR, um diretório acadêmico oficial de repositórios de acesso aberto.


Pesquisador da ENSP recebe Prêmio Oscar Niemeyer

O pesquisador Odir Clécio da Cruz Roque, do Departamento de Saúde e Saneamento Ambiental (DSSA/ENSP), foi contemplado na II edição do Prêmio Oscar Niemeyer, pelo projeto Proposta de medida compensatória ao emissário submarino do Complexo Petroquímico do Rio de Janeiro (Comperj): implantação do esgotamento sanitário para a região de Itaipuaçu, Maricá/RJ


Princípios do SUS podem nortear agenda pós-2015

O coordenador do Centro de Relações Internacionais em Saúde da Fiocruz (Cris), Paulo Buss direcionou a aula inaugural da ENSP aos que defendem que apenas a cobertura universal deve orientar a saúde na Agenda de Desenvolvimento pós-2015.


Inova-ENSP 2013-2015 contempla 22 projetos

A segunda edição do edital Inova-ENSP 2013-2015 contempla 22 projetos, do total de 48 submetidos.


Prédio de Laboratórios reafirma excelência da ENSP

A estrutura organizacional abrigará 23 laboratórios vinculados a 5 departamentos: o Centro de Saúde Escola Germano Sinval Faria (CSEGSF); o Departamento de Ciências Biológicas (DCB); o Departamento de Endemias Samuel Pessoa (Densp); o Departamento de Saneamento e Saúde Ambiental (DSSA); e o Departamento de Métodos Quantitativos em Saúde (Demqs)


Segurança do Paciente: ENSP elabora protocolos

São seis protocolos: Cirurgia segura; Prática de higiene das mãos em serviços de saúde; Prevenção de úlceras por pressão; Prevenção de quedas em pacientes hospitalizados; Identificação do paciente; e Segurança na prescrição, uso e administração de medicamentos.


ENSP inaugura nova turma de mestrado na Argentina

A ENSP e a Administración Nacional de Laboratorios e Institutos de Salud da Argentina (Anlis) realizaram a segunda turma do mestrado em Epidemiologia em Saúde Pública na Argentina.


ENSP auxilia Moçambique na elaboração de mestrado

Fruto da boa relação entre o Brasil e o país africano, o desenho do curso objetiva fortalecer o sistema nacional de saúde de Moçambique.


ENSP lança Observatório Tuberculose Brasil

Inaugurado em 27/02/13, os objetivos do observatório são fortalecer o SUS e contribuir para o controle da tuberculose, com o monitoramento das políticas públicas de saúde e promoção do controle social e articular as ações de pesquisa e serviço da Fiocruz na área.


Teias lança site com foco na intersetorialidade

Transparência, comunicação, participação e responsabilidade são as palavras norteadoras do novo Portal do Território Escola Manguinhos -Teias


Hermano Castro é eleito novo diretor da ENSP

O Conselho Deliberativo da ENSP homologou, em 14/5/2013, o nome de Hermano Castro como novo diretor da Escola para o quadriênio 2013-2017. O pesquisador foi eleito com aproximadamente 51% dos votos válidos, e em seu discurso de transmissão de cargo, no dia 27/5, defendeu o empoderamento do Sistema Único de Saúde.


Direção da ENSP apresenta novos vices para gestão 2013-2017

Os vice-diretores são: Alex Molinaro, em Desenvolvimento Institucional e Gestão (VDDIG); Frederico Peres, na Escola de Governo em Saúde (EGS); Sheila Mendonça, em Pesquisa e Desenvolvimento Tecnológico; e Tatiana Wargas de Faria Baptista, na Pós-Graduação.


Mestrado em doenças da pobreza inaugura Fiocruz-PI

A nova unidade da Fiocruz fora do Estado do RJ, em Piauí terá um mestrado profissional (MP) sobre as doenças relacionadas à pobreza, para reforçar as ações do Programa Brasil sem Miséria.


ENSP cria mestrado com foco na saúde do trabalhador

Fruto de uma demanda nacional pensada como estratégia de ações para o desenvolvimento do campo da saúde do trabalhador no Brasil, o curso contou com 20 alunos das regiões Norte e Centro-Oeste do país.


Pesquisa sobre perfil dos enfermeiros ganha site

A pesquisa que caracterizou o perfil de enfermeiros, técnicos e auxiliares de enfermagem em todo o país, desenvolvida pela ENSP em parceria com a Federação Nacional dos Enfermeiros (FNE), a Associação Brasileira de Enfermagem (Aben) e o Conselho Federal de Enfermagem (Cofen) ganhou um novo site.


Saúde Global: Escolas do Brasil e Cuba buscam parceria

Autoridades discutiram possibilidades de cooperação da ENSP no desenvolvimento de um curso em Saúde Global naquele país.


Monitoramento do Comperj: ENSP e UFRJ se únem

A parceria da Escoa foi feita com o Curso de Graduação em Saúde Coletiva da UFRJ para desenvolvimento de um estágio prático dos alunos na área contemplada pelo projeto.

ENSP formaliza integração do Chile à Resp-Unasul

O objetivo do encontro foi reativar a cooperação técnica entre as duas Escolas e formalizar a integração da ESP Chile à Rede de Escolas de Saúde Pública da União das Nações Sul-Americanas


Angola propõe nova parceria para turma de mestrado

O Projeto de Capacitação do Sistema de Saúde de Angola teve como primeiro resultado a formatura de 15 alunos, mas o Ministério da Saúde do país, animado com os resultados, fez proposta para formar nova turma.


ENSP recebe prêmio de instituto peruano

Como fruto da cooperação internacional entre a ENSP e o Peru, o curso de especialização de Biossegurança em Saúde ofertado nesse país foi premiado.


ENSP lança campanha de conscientização socioambiental

Em alusão ao Dia Mundial do Meio Ambiente, a ENSP lançou a campanha: Largue o copinho de mão - Beba na caneca. Realizada pela Comissão de Gestão Sustentável (CGS/ENSP), com apoio da Coordenação de Comunicação Institucional (CCI). A iniciativa marcou as ações de sensibilização e disseminação dos valores socioambientais na Escola.


Instituições se unem para combater o agrotóxico

A Fiocruz reuniu uma série de instituições para discutir o enfrentamento dos impactos dos agrotóxicos na saúde humana e no ambiente como forma de comemorar o Dia Mundial do Meio Ambiente, celebrado em 5 de junho.


Tese da ENSP ganha Prêmio Capes 2011

O trabalho discutiu Imunogenicidade e reatogenicidade das vacinas contra febre amarela: implicações para o Programa Nacional de Imunizações.


ENSP elaborará material didático para servidor federal

O objetivo da ação, realizada em parceria com o Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão (MPOG), é a elaboração de conteúdo didático para a capacitação e instrução dos profissionais de saúde vinculados à atenção integral à saúde do servidor público.


Doença negligenciada é divulgada em unidades de saúde

A paracoccidioidomicose - uma doença causada por fungo e que atinge principalmente trabalhadores rurais - ganhou maior visibilidade com um gibi e uma animação desenvolvidos por pesquisador da ENSP em parceria com outras unidades da Fiocruz.


Cursos de inverno atraem alunos de 19 estados

A sétima edição do seminário David Capistrano da Costa Filho de Atualização em Saúde e Ambiente (Cursos de Inverno) foi promovida pelo Programa de Pós-Graduação em Saúde Pública e Meio Ambiente (SPMA).


Material de educação permanente em acesso aberto

Em direção à universalização de todo seu material didático, a ENSP deu novo passo: o acesso livre ao conteúdo de mais um curso desenvolvido em um acordo de cooperação entre a Escola, a Fundação Nacional de Saúde (Funesa) e a Secretaria de Estado da Saúde (SES).


Curso de alimentação apoiará plano do Comperj

Iniciado recentemente, o curso de aperfeiçoamento de Vigilância Alimentar e Nutricional surgiu de uma urgente necessidade de qualificar as informações sobre alimentação e nutrição nos municípios da área de influência do Complexo Petroquímico do Rio de Janeiro.


Demanda por mestrado profissional cresce 145%

O compromisso da Escola com a formação de recursos humanos para o SUS é um diferencial", afirmou a coordenadora de Pós-Graduação da Fiocruz, Cristina Guilam, durante II Seminário do Mestrado Profissional em Gestão do Trabalho e da Educação em Saúde.


Programa de bioética ganha novo coordenador

Sérgio Rego, pesquisador da ENSP, é o novo coordenador geral do Programa de Pós-Graduação em Bioética, Ética Aplicada e Saúde Coletiva (PPGBIOS), desenvolvido pela Escola em associação ampla com a UFRJ, UFF e Uerj.


ENSP institucionaliza fóruns de articulação

A luta pelo direito à saúde e a implementação do SUS, de acordo com seus princípios fundamentais e na perspectiva do direito público, são compromissos estratégicos assumidos pela atual Direção da ENSP, a cargo de Hermano Castro.


59 anos da ENSP reúne sanitaristas históricos e homenageia Sergio Arouca

A semana contou com a presença de pessoas ilustres e a apresentação do vídeo O pensamento crítico de Sergio Arouca, produzido pelo Canal Saúde.


ENSP forma 196 novos mestres e doutores

Os alunos são provenientes do programas de Saúde Pública, Saúde Pública e Meio Ambiente, Epidemiologia em Saúde Pública e Bioética. A solenidade integrou a Semana Sergio Arouca.


Cursos auxiliam Política de Alimentação e Nutrição

Os dois cursos de especialização a distância: Gestão da Política Nacional de Alimentação e Nutrição e Alimentação e Nutrição na Atenção Básica são uma parceria da ENSP com o Ministério da Saúde.


Revista traz última publicação do pesquisador Odir

A edição de junho da revista Saúde e Sociedade prestou homenagem (in memoriam) ao pesquisador, falecido em 14 de junho. O periódico traz o último trabalho publicado pelo professor intitulado Desafios do desenvolvimento em Miracema (RJ): uma abordagem territorial sustentável de saúde e ambiente.


Pesquisa avaliará uso de medicamentos no Brasil

O Núcleo de Assistência Farmacêutica da ENSP, Centro Colaborador da Opas em Políticas Farmacêuticas, faz parte do grupo de instituições que conduzirão o inquérito.


ENSP monitora plano de TB e Aids no Estado do Rio

O plano de ação para o enfrentamento do cenário de tuberculose e Aids no RJ busca capacitar profissionais de saúde, aumentar o diagnóstico precoce e melhorar índices de controle, no caso da tuberculose, e promover melhor adesão ao tratamento no caso das pessoas que vivem com HIV/Aids.


Pesquisa apoiará implantação de agendas sociais

ENSP coordena pesquisa para fomentar a implantação local da Agenda 21 e Agenda Cidades Saudáveis como ação estratégica fundamental para diminuir as iniquidades e promover o desenvolvimento sustentável nas comunidades tradicionais que compõem o Mosaico da Bocaina.


Médico da ENSP lança documentário Paracoco: uma endemia brasileira

O filme é resultado de parceria entre a ENSP, o Instituto de Comunicação e Informação Científica e Tecnológica em Saúde (Icict) e o Instituto de Pesquisas Clínicas Evandro Chagas (Ipec) e foi produzido pela VideoSaúde - Distribuidora da Fiocruz.


Bioética: alunos são premiados em congresso

Comunicação oral e vídeo foram as categorias premiadas nos Congressos Brasileiro de Bioética e Bioética Clínica. Na ocasião, o pesquisador do Departamento de Ciências Sociais da ENSP Fermin Roland Schramm foi nomeado vice-presidente da Sociedade Brasileira de Bioética.


EAD/ENSP recebe prêmio de excelência

A Coordenação de Educação a Distância da ENSP completou 15 anos em 2013 e recebeu um troféu pela sua colaboração na implementação de políticas públicas de saúde para o país e pela formação de grandes contingentes de profissionais ligados ao Sistema Único de Saúde (SUS).


Novo curso da ENSP aborda bacteriologia da tuberculose

Desenvolvido no Centro de Referência Professor Hélio Fraga, a formação visa atualizar e aperfeiçoar profissionais nas técnicas bacteriológicas e de biologia molecular utilizadas no diagnóstico laboratorial da tuberculose e micobacterioses.


Novo curso em direito e saúde traz interface entre Portugal, Moçambique e Brasil

Desenvolvido pelo Grupo de Direitos Humanos e Saúde Helena Besserman, o curso abordará a relação desses países na perspectiva internacional do direito e da saúde.


Pesquisador da ENSP é detido em manifestação

Paulo Roberto de Abreu Bruno participava de manifestação popular, no Centro do Rio de Janeiro, em apoio aos professores e foi detido enquanto gravava imagens no local para pesquisas de cunho antropológico.


ENSP se mobiliza contra injustiças sociais

O movimento que uniu a ENSP e a Fiocruz cumpriu seu papel. A justiça concedeu alvará de soltura para Paulo Bruno e os outras 19 manifestantes, que foram presos e estavam na mesma cadeia que ele.


ELSA-Brasil na Fiocruz tem nova coordenação

O maior estudo de coorte multicêntrico brasileiro na área da saúde tem nova coordenação no Rio de Janeiro. As pesquisadoras Rosane Härter Griep, do IOC/Fiocruz, e Maria de Jesus Mendes da Fonseca, da ENSP/Fiocruz, são as atuais responsáveis pelo ELSA-Brasil).


Pesquisador apresenta nova micobactéria

Após quase 80 anos sem novas descobertas no Brasil, o Laboratório de Referência Nacional em Tuberculose e outras Micobacterioses, do Centro de Referência Professor Hélio Fraga (ENSP/Fiocruz), anunciou a descrição de nova espécie de micobactéria não causadora de tuberculose.


Doutorado do Nordeste lança publicação

Fruto de uma exitosa parceria, o livro 'Direito e saúde: cidadania e ética na construção de sujeitos sanitários' foi lançado em Alagoas. A publicação teve origem na disciplina Direito e Saúde, oferecida pelo Doutorado Interinstitucional em Saúde Pública (Dinter) na região Nordeste, e seus autores são alunos e orientadores do curso.


Jorge Bermudez é eleito membro da Academia de Medicina do Rio

O ex-diretor da ENSP e atual vice-presidente de Produção e Inovação em Saúde da Fiocruz , Jorge Antonio Zepeda Bermudez, foi eleito para ocupar a Cadeira 55 (Patrono Paulo de Goes) membro titular da Academia de Medicina do Rio de Janeiro.


ENSP auxilia na elaboração do Anuário de Segurança

Elaborada em 1995 e aprovada em 2008, a Lei Arouca (11.794/2008) regulamenta o uso de animais e abriu um novo capítulo no ensino e na pesquisa científica do Brasil.


Diretor da ENSP assume secretaria executiva da Rede de Escolas da Unasul

Unir esforços para ampliar a formação em saúde pública nos países da América do Sul foi o principal compromisso firmado pelo diretor da ENSP, Hermano Castro. A reunião foi realizada em Recife e antecedeu o III Fórum Global de Recursos Humanos em Saúde.


Lançada Comissão da Verdade da Reforma Sanitária

Para investigar violações dos direitos humanos praticadas por agentes do Estado contra os trabalhadores da saúde no período de 1964 a 1985, a Abrasco e o Cebes criaram esta comissão.


Políticas antitabaco não alcançam quem vive na pobreza

O alerta faz parte da pesquisa Impostos sobre o tabaco e políticas para o controle do tabagismo no Brasil, México e Uruguai - resultados do Brasil, desenvolvida pelo Centro de Estudos sobre Tabaco e Saúde (CetabENSP) em parceria com a Aliança de Controle do Tabagismo (ACT) e a Faculdade de Economia da Universidade Federal Fluminense.


Acreditação para qualificar formação em saúde pública

Encontro discutiu processo de implementação do sistema de acreditação pedagógica dos cursos lato sensu em saúde pública oferecidos no âmbito da Rede de Escolas e Centros Formadores em Saúde Pública.


Curso internacional reafirma parceria Fiocruz - CES

A parceria vem gerando diversos frutos para os dois países, principalmente no campo do ensino. Recentemente, as duas instituições inauguraram o doutorado internacional com dupla titulação entre elas.


Pós-graduação da ENSP é bem avaliada pela Capes

A Escola recebeu excelentes resultados. Os Programas de Saúde Pública, Saúde Pública e Meio Ambiente, Epidemiologia em Saúde Pública foram conceituados com a nota 6. Já a modalidade mestrado profissional em Saúde Pública e Epidemiologia em Saúde Pública recebeu a nota máxima 5. O mais novo Programa de Pós-Graduação da Escola, o de Bioética, Ética Aplicada e Saúde Coletiva (PPGBIOS) obteve nota 4.


Ensino da ENSP vence categorias do Prêmio C&T

Sete alunos da Escola foram vencedores na edição 2012/2013 do prêmio, que teve um total de 460 trabalhos inscritos nas categorias Tese de Doutorado, Dissertação de Mestrado, Trabalho Científico Publicado e Monografia de Especialização ou Residência, restando apenas 23 finalistas.


Novo espaço na ENSP promove aleitamento materno

Sala de Apoio à Amamentação pretende oferecer mais conforto, acolhida e carinho às mães com bebês pequenos que frequentam o Centro de Saúde da Escola. O espaço é destinado às mulheres que amamentam, irão amamentar ou precisam de auxílio.


Em nova cooperação, ENSP formará RH no Paraguai

Após período suspenso do Mercosul, o país voltou a integrar o bloco e está reestabelecendo antigas alianças. O ministro da Saúde do Paraguai, Antonio Barrios, apontou que expertise na formação de RH é o foco da cooperação.


ENSP lança mestrado com foco em movimentos sociais

O curso integra a estratégia de implementação da Política Nacional de Saúde Integral das Populações do Campo e da Floresta (PNSIPCF). Ele tem foco em profissionais que atuam na saúde, na educação do campo e nas ciências agrárias, em áreas de reforma agrária e/ou comunidades camponesas.

 
Quinta, 31 de Julho de 2014

ENSP NA WEB

facebook twitter orkut youtube
Creative Commons License
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons