1. Serviço de urgência pré-hospitalar requer investimentos na atenção primária e atenção hospitalar

    A ausência de leitos hospitalares e médicos compromete o funcionamento da rede de urgências do país. A conclusão da pesquisadora Gisele O'Dywer, revelada durante o Centro de Estudos Miguel Murat de Vasconcellos da ENSP, no dia 13/7, baseia-se nos resultados da pesquisa que analisou o processo de implantação da atenção pré-hospitalar móvel e fixa (Samu e UPA) no Brasil, financiada com recursos do edital Inova ENSP. De acordo com o estudo, o Samu está presente em todos os estados do país, com cobertura de 75,9% da população (2016), enquanto as UPAs totalizam 446 unidades, com maior concentração na Região Sudeste. "O Samu foi considerado imprescindível para a conformação da rede de urgência e diminuição da morbimortalidade. A UPA, por sua vez, trouxe um diferencial expressivo em relação aos tradicionais prontos-socorros. Pode-se afirmar ter sido a primeira vez que um componente do SUS foi proposto com tanta exigência nos critérios estruturais, mas é preciso dialogar com outros componentes da rede de urgência", concluiu.

  2. Livro analisa condições de vida dos presos do Estado do Rio de Janeiro

    O dia a dia de homens e mulheres encarcerados no Estado do Rio de Janeiro é o ponto de partida de Deserdados Sociais: condições de vida e saúde dos presos do Estado do Rio de Janeiro. Na pesquisa que originou o livro, por meio de entrevistas, avaliações e observações, os autores identificaram as condições sociais e de saúde dos presos e verificaram de que forma o ambiente das unidades prisionais impacta a saúde e a qualidade de vida dos detentos. Para as organizadoras, as pesquisadoras do Departamento de Estudos de Violência e Saúde Jorge Careli (Claves/ENSP/Fiocruz) Maria Cecília de Souza Minayo e Patricia Constantino, o livro evoca, desde o título, a discussão sobre as desigualdades, as iniquidades e a violência social, que, entranhadas na realidade brasileira, expressam-se radicalmente na situação de encarceramento.

  1. + MAIS NOTÍCIAS

entrevistas

Ladep: aprimoramento do diagnóstico na tentativa de diminuir o risco de transmissão da tuberculose

Mônica Kramer, pesquisadora do Centro de Saúde Escola Germano Sinval Faria, e Dayse Figueira, responsável-técnica do Laboratório de Diagnóstico, Ensino e Pesquisa, falam sobre o novo setor de micobacteriologia do CSEGSF.

MAIS ENTREVISTAS

  1. Serviço de urgência pré-hospitalar requer investimentos na atenção primária e atenção hospitalar
  2. Ladep: aprimoramento do diagnóstico na tentativa de diminuir o risco de transmissão da tuberculose
  3. ENSP e Instituto cubano fortalecem acordos e desenvolvem projetos
  4. ENSP apresenta resultados do projeto QualiSUS-Rede
  5. Parceria que dá certo: academia e movimentos sociais se unem para formação em Saúde Pública voltada para o meio ambiente
  6. Protesto silencioso em defesa do SUS
  1. Centro de Estudos da ENSP sobre saúde nas prisões está disponível em vídeo
  2. Entrevista: diretor da ENSP fala sobre atual conjuntura política do país
  3. Resistência microbiana apresenta elevados índices em todo o mundo
  4. Apresentações do Ceensp sobre resíduos de agrotóxicos nos alimentos e doenças crônicas disponíveis no Youtube da ENSP
  5. Acompanhe o dia a dia da ENSP no Instagram da instituição
  6. Plano brasileiro de Segurança do Paciente comemora 3 anos de implementação

mais buscadas

abrasco   aids   arouca   besserman   biblioteca   ceensp   cesteh   claves   concurso   csegsf   cursos   daps   demqs   dengue   densp   educação a distancia   endemias   ensp   epidemiologia   epsjv   especialização em saúde pública   especialização   faperj   fiocruz   funasa   giovanella   manguinhos   mestrado profissional   mestrado   opas   plataforma siga   radis   residência   saude do trabalhador   saúde mental   saúde   siga   sinval   terrapia   tuberculose