link para a página principal do portal
Tamanho da Letra   menor ou maior
formulário de busca
  • página inicial

Primeiro Ceensp de 2015 debaterá a crise no abastecimento de água

A falta de água em algumas regiões brasileiras é um problema real e antigo, o nordeste do país, por exemplo, sofre com ela há muitos anos. Atualmente, a crise hídrica vem assombrando também a região sudeste do país. São Paulo, Minas Gerais e Rio de Janeiro são os três estados mais atingidos pela crise no abastecimento de água. Em São Paulo, a situação é ainda pior, desde que o nível do Sistema Cantareira - que abastece cerca de 6,5 milhões de pessoas na capital - começou a baixar gradativamente. Mas será que a crise no abastecimento de água é um problema ambiental ou de gestão? Para entender a questão, o primeiro Centro de Estudos da ENSP em 2015 debaterá a crise no abastecimento de água. A atividade está marcada para o dia 4 de março, a partir das 13h30, no salão Internacional da Escola e é aberta a todos os interessados.

Revista Radis de março debate desoneração fiscal

A edição n° 150 de março de 2015 da Revista Radis, que está on-line, debate o que está por trás da desoneração fiscal. De acordo com a matéria de capa, a lógica utilizada pelo governo e pelo setor empresarial de menos impostos e contribuições, mais crescimento econômico, mais emprego e bem estar para a população, visando defender a política de renúncias e desonerações parece simples, mas esconde o real impacto da diminuição da arrecadação que financia a Seguridade Social: menos direitos sociais para todos os brasileiros. A estimativa da Receita Federal é que, em 2014, o governo abriu mão de recolher R$ 136,5 bilhões somente com as contribuições sociais. Somado aos impostos, este valor chega a cerca de 250 bilhões perdidos com desonerações e renúncias, informa a revista. 

Entrevistas

Ana Cristina Simões Rosa, pesquisadora do Centro de Estudos da Saúde do Trabalhador e Ecologia Humana (Cesteh/ENSP), fala sobre a pesquisa que pretende estabelecer valores de referência para a população carioca exposta ambientalmente a agrotóxicos. 


Pós-Graduação

Por meio de seu corpo docente, com mais de 150 doutores – um dos maiores e mais qualificados do país – oferece à sociedade uma produção científica diversificada e uma ampla oferta de disciplinas e cursos em seus três programas.


Aqui você encontrará informações sobre os Programas, disciplinas, editais e do corpo docente. | + |

Pesquisa e Desenvolvimento Tecnológico

A pesquisa na ENSP conta com 37 linhas de pesquisa com mais de 200 projetos vinculados, distribuídos por grandes áreas temáticas. Atualmente a Escola conta com 64 Grupos de pesquisa cadastrados no CNPq.


Conheça aqui as linhas, os projetos e os pesquisadores da ENSP. | + |

Escola de Governo em Saúde

A Escola de Governo propõe-se a estruturar a formação e a educação permanente de gestores e profissionais de saúde, incorporando as características da moderna gestão de sistemas, serviços, organizações e programas, a construção de processos de educação permanente, a aliança entre trabalho e formação e a consolidação de redes de cooperação.


Acesse as páginas dos cursos, seus editais e programas. Faça parte desta rede! | + |

Cooperação Internacional

As atividades de cooperação internacional estão voltadas para apoiar países da América Latina, do Caribe e da África, e também para a realização de projetos com países mais desenvolvidos. O objetivo é contribuir para a consolidação do papel do Brasil no cenário internacional da Saúde Pública.

Visite a página de cooperação internacional e conheça os atos internacionais e a legislação brasileira para o setor. | + |

Informe ENSP

O Informe ENSP é um informativo institucional diário da Escola que traz, em seu conteúdo, notícias de interesse geral da área de Saúde Pública: divulgação de congressos, cursos, bolsas, empregos e eventos.

 
Quarta, 4 de Março de 2015

ENSP NA WEB

facebook twitter Instagram youtube

Este portal é regido pela Política de Acesso Aberto ao Conhecimento,
que busca garantir à sociedade o acesso gratuito, público e aberto ao conteúdo integral de toda obra intelectual produzida pela Fiocruz.


Creative Commons License

O conteúdo deste portal pode ser utilizado para todos os fins não comerciais, respeitados e reservados os direitos morais dos autores.