link para a página principal do portal
Tamanho da Letra   menor ou maior
formulário de busca
Reestruturação e Modernização do Setor de Metais do Laboratório de Toxicologia do Centro de Estudos da Saúde do Trabalhador e Ecologia Humana - Escola Nacional de Saúde Pública Sérgio Arouca - Fundação Oswaldo Cruz

Departamento: CESTEH - CENTRO DE ESTUDOS DA SAÚDE DO TRABALHADOR E ECOLOGIA HUMANA

Programa de pós-graduação: SAÚDE PÚBLICA

Linha: TOXICOLOGIA E SAÚDE - PSP

Grupo: AVALIAÇÃO DA EXPOSIÇÃO A METAIS SOBRE A SAÚDE HUMANAS E ECOSSISTEMAS

Subárea de Conhecimento: 4.06.02.00-1

Descrição do projeto:
Os metais são conhecidos pelo homem desde a Antiguidade, mas somente após a Revolução Industrial passaram a ser usados em larga escala. Hoje, os metais são onipresentes nas atividades humanas, resultando na ampla disseminação desses elementos, sob diversas formas físico-químicas. Essa propagação causa impactos negativos sobre o meio ambiente, a saúde da população em geral e a dos trabalhadores ocupacionalmnete expostos, visto que, a partir de determinada concentração, praticamente todos os metais podem ser tóxicos, inclusive os considerados essenciais para os seres vivos. A toxicidade dos metais é atribuída à sua habilidade de se ligar a sistemas biológicos e interferir nas funções metabólicas de algumas substâncias orgânicas. Nos últimos anos, tem aumentado a busca por meios que reduzam a contaminação ambiental e ocupacional causada por agentes químicos potencialmente tóxicos, entre eles, os metais. Essa preocupação é corroborada pelo Ministério da Saúde, que emitiu a Portaria GM/MS nº 298, de 9/2/2010 dispondo sobre a formalização da atuação da toxicologia no âmbito do SUS. Nesse contexto, os laboratórios de toxicologia têm papel fundamental na identificação e controle dos fatores de risco relacionados a metais, por meio da determinação da concentração desses elementos nos indicadores ambientais e biológicos. A missão do Setor de Metais, do Laboratório de Toxicologia do CESTEH/ENSP/FIOCRUZ, é, através do seu trabalho analítico, fornecer subsídios que sirvam de suporte para o diagnóstico de doenças relacionadas à exposição a esses elementos, bem como para o estabelecimento de atividades de prevenção e controle da exposição aos metais. Contribui, ainda, para a formação e treinamento de alunos de pós-graduação lato e stricto senso na área da saúde. Contudo, apesar de sua relevância, esse setor encontra-se em dificuldades operacionais, devido à precariedade de todos os

Natureza:

  • Desenvolvimento Tecnológico

Ano do início do projeto: 2010

Ano do fim do projeto: 2012

Coordenador: MARIA DE FÁTIMA RAMOS MOREIRA

Participante Interno:

Participante Externo:

Participante Aluno:

Participante Bolsista:

 
Domingo, 17 de Novembro de 2019

ENSP NA WEB

facebook twitter Instagram youtube Soundcloud

BAIXE O APP DA ENSP

Google Play Store Apple App Store

Este portal é regido pela Política de Acesso Aberto ao Conhecimento,
que busca garantir à sociedade o acesso gratuito, público e aberto ao conteúdo integral de toda obra intelectual produzida pela Fiocruz.


Creative Commons License

O conteúdo deste portal pode ser utilizado para todos os fins não comerciais, respeitados e reservados os direitos morais dos autores.