link para a página principal do portal
Tamanho da Letra   menor ou maior
formulário de busca
Vigilância em Saúde Auditiva dos Trabalhadores Expostos ao Ruído e/ou Substâncias Químicas

Departamento: não informado

Programa de pós-graduação: SAÚDE PÚBLICA E MEIO AMBIENTE

Linha: ENSINO

Grupo: TRABALHO, SAÚDE E MEIO AMBIENTE

Subárea de Conhecimento: Fonoaudiologia

Descrição do projeto:
A metodologia delineada prevê ações de vigilância no ambiente de trabalho, através da identificação e avaliação das condições de risco auditivo que podem afetar a saúde e o bem-estar dos trabalhadores. Estas serão debatidas e planejadas com o setor de engenharia do trabalho e com o Sindicato, para a elaboração do mapa de risco para ruído e substâncias químicas. Neste momento, serão levantados os riscos ambientais.

As ações de vigilância em saúde auditiva serão iniciadas através da investigação quantitativa e qualitativa a cerca da audição, o que permitirá identificar e caracterizar a perda auditiva dos trabalhadores e identificar os agravos auditivos e extra auditivos em indivíduos expostos/vulneráveis. A estratégia planejada prevê a investigação da exposição ao ruído e/ou produtos químicos.

Serão identificadas, também, as alterações psicossociais, através da utilização de protocolos de investigação, considerando que estas informações serão importantes para o delineamento qualitativo do perfil social que o indivíduo portador de deficiência auditiva apresenta, como decorrente da exposição ao ruído e/ou substâncias químicas.
Para a comprovação da exposição química serão realizadas pesquisas clínicas e laboratoriais, cujos resultados auxiliarão na elaboração do diagnóstico diferencial, descartando a possibilidade de ocorrência de fatores de confundimento.
Paralelamente, serão implantadas ações para o acompanhamento e monitoramento da saúde auditiva dos trabalhadores.
A metodologia delineada prevê como estratégia para o gerenciamento das informações sobre saúde auditiva dos trabalhadores, a elaboração de um modelo de informações, codificado e informatizado em um banco de dados, gerenciamento este que fundamenta a construção de indicadores e o controle sobre a identificação da perda auditiva quanto ao tipo e quanto ao grau do comprometimento, identificação dos agravos auditivos/extra-auditivos, alterações psicossociais e riscos químicos.
A leitura e a interpretação obtida através do gerenciamento das informações irá permitir avaliar a exposição e os efeitos à saúde, subsidiando o desenvolvimento para o estudo epidemiológico. Após o estabelecimento das co-relações entre o que for obtido através da ação de vigilância no ambiente de trabalho com a ação de vigilância em saúde, será possível delinear as ações que são importantes na definição e análise dos fatores ambientais e ocupacionais que interagem na saúde auditiva dos trabalhadores e contribuir na elaboração das estratégias para o planejamento de ações de promoção, prevenção e reabilitação em saúde auditiva, o que vem favorecer qualitativamente as ações de vigilância em saúde dos trabalhadores.

Natureza: não informado

Ano do início do projeto: 2006

Ano do fim do projeto: 2008

Coordenador: HERMANO ALBUQUERQUE DE CASTRO

 
Quinta, 21 de Novembro de 2019

ENSP NA WEB

facebook twitter Instagram youtube Soundcloud

BAIXE O APP DA ENSP

Google Play Store Apple App Store

Este portal é regido pela Política de Acesso Aberto ao Conhecimento,
que busca garantir à sociedade o acesso gratuito, público e aberto ao conteúdo integral de toda obra intelectual produzida pela Fiocruz.


Creative Commons License

O conteúdo deste portal pode ser utilizado para todos os fins não comerciais, respeitados e reservados os direitos morais dos autores.