link para a página principal do portal
Tamanho da Letra   menor ou maior
formulário de busca

Laboratório de Bacteriologia da Tuberculose - Centro de Referência Professor Hélio Fraga (CRPHF)


Missão:


Apoio ao diagnóstico e controle da tuberculose e micobacterioses, tendo como funções assessorar o gestor nacional no acompanhamento, normalização, padronização de técnicas e coordenação da vigilância laboratorial em auxílio à Rede Nacional de Laboratórios de Saúde Pública, por meio da realização de procedimentos laboratoriais de alta complexidade, promover ensaios de proficiência para controle da qualidade de metodologias, capacitar recursos humanos e desenvolver estudos e pesquisas, com vistas à disseminação de conhecimento técnico-científico, inclusive como subsídio para as ações de vigilância em saúde.


Área de atuação:


Apoio ao diagnóstico e controle da tuberculose e micobacterioses, tendo como funções assessorar o gestor nacional no acompanhamento, normalização, padronização de técnicas e coordenação da vigilância laboratorial em auxílio à Rede Nacional de Laboratórios de Saúde Pública, por meio da realização de procedimentos laboratoriais de alta complexidade, promover ensaios de proficiência para controle da qualidade de metodologias, capacitar recursos humanos e desenvolver estudos e pesquisas, com vistas à disseminação de conhecimento técnico-científico, inclusive como subsídio para as ações de vigilância em saúde.


Uma das atividades do laboratório, em termos de serviço, é apoiar os Laboratórios Centrais de Saúde Pública (Lacens) de cada estado em diferentes aspectos. Entre eles, destacam-se: identificação de espécies de micobactérias não causadoras de tuberculose por metodologias de alta complexidade (incluindo, em algumas ocasiões, o sequenciamento); recebimento de culturas positivas (cepas) de Mycobacterium tuberculosis de todos os laboratórios regionais (Lacens) para a confirmação diagnóstica, realização de testes de sensibilidade a fármacos de primeira e segunda linhas, utilizados no tratamento da tuberculose para a detecção de cepas XDR (cepas extremamente resistentes), o que está diretamente relacionado com a vigilância da tuberculose multirresistente no Brasil; distribuição de prova tuberculínica (PPD) para todos os estados; e aquisição e/ou produção de insumos estratégicos para a rede de vigilância laboratorial da tuberculose.


Os ensaios/testes usados são: baciloscopia - coloração de Ziehl-Neelsen; cultura: métodos de swab, Petroff, NALC, automatizado por MB/BacT; identificação de micobactérias - métodos fenotípicos e moleculares; e teste de sensibilidade - método das proporções e automatizado.


Em relação a apoio diagnóstico, pode-se dizer que, relacionado ao SUS, é efetuada confirmação diagnóstica, quando necessário, por meio de identificação de espécie, assim como testes de sensibilidade para cepas de M. tuberculosis de pacientes atendidos na região AP4 (Jacarepaguá e entorno). Essas cepas são isoladas no Hospital Raphael de Paula Souza, localizado em Curicica, e enviadas para o laboratório. Também recebe amostras clínicas do Ambulatório de Pesquisa e Referência de Tuberculose do CRPHF para diagnóstico e acompanhamento de tratamento dos pacientes, por meio da execução de técnicas como baciloscopia, cultura (ou cultivo) e teste de sensibilidade aos antimicobacterianos.


Destacam-se, ainda, assessorias e visitas técnicas aos Lacens, organização de cursos e treinamentos técnicos e gerenciais visando à capacitação dos profissionais envolvidos e coordenação e organização de ensaios de proficiência (baciloscopia e teste de sensibilidade).


É importante salientar que o desenvolvimento de projetos de pesquisa, atividades de ensino, cooperação técnica, ações de vigilância epidemiológica e inovação tecnológica em saúde visam à disseminação de conhecimentos e apoio à gestão, mediante qualificação profissional da força de trabalho do Sistema Único de Saúde (SUS) e a melhoria do manejo clínico-laboratorial, no âmbito da tuberculose e micobacterioses.


Responsável:


Fátima Fandinho


Substituto:


Luís Caetano Martha Antunes


Contatos:

Telefone: (21) 2448-6872

E-mail: crphflab@ensp.fiocruz.br


Responsável pela qualidade:Sandra Regina Rodrigues Monteiro (indicada pela Portaria nº 17, de 10 de abril de 2008 - CRPHF/SVS/MS).


Atendendo ao estabelecido na Portaria nº 70, de 23 de dezembro de 2004, do Ministério da Saúde, o Laboratório de Bacteriologia da Tuberculose tem seu sistema de gestão da qualidade implementado de acordo com a norma ABNT NBR ISO 15189:2015, que especifica requisitos de qualidade e competência para laboratórios clínicos. A portaria estabelece os critérios e a sistemática para habilitação de laboratórios de referência nacional e regional para as Redes Nacionais de Laboratórios de Vigilância Epidemiológica e Ambiental em Saúde.


Adota a ABNT NBR ISO/IEC 17025 - Requisitos gerais para competência técnica de laboratórios de ensaios e calibração e a ABNT NBR ISO 15189:2015. O Laboratório possui habilitação da Coordenação Geral de Laboratórios de Saúde Pública (CGLab/SVS), por meio da Portaria 97 de 2007.


 
Segunda, 22 de Outubro de 2018

ENSP NA WEB

facebook twitter Instagram youtube Soundcloud

BAIXE O APP DA ENSP

Google Play Store Apple App Store

Este portal é regido pela Política de Acesso Aberto ao Conhecimento,
que busca garantir à sociedade o acesso gratuito, público e aberto ao conteúdo integral de toda obra intelectual produzida pela Fiocruz.


Creative Commons License

O conteúdo deste portal pode ser utilizado para todos os fins não comerciais, respeitados e reservados os direitos morais dos autores.