Mestrado e doutorado 2013: inscrições serão mantidas até 24 de agosto, mesmo com a greve na Fiocruz

Publicada em
 
 
 

A greve dos servidores da Fiocruz não vai alterar a data limite para inscrições (24 de agosto) na seleção pública 2013 dos programas de pós-graduação stricto sensu em Saúde Pública, Saúde Pública e Meio Ambiente, e Epidemiologia em Saúde Pública da Escola Nacional de Saúde Pública Sergio Arouca (ENSP/Fiocruz). As inscrições só poderão ser feitas pela internet, na Plataforma Siga. Os usuários devem conferir atentamente as referências bibliográficas indicadas - e atualizadas nas páginas dos cursos - para cada um dos programas de pós-graduação da ENSP e todas as informações sobre prazos que contam nos editais dos respectivos programas.

 

 
O curso de mestrado em Saúde Pública, da área de Saúde Coletiva, é credenciado pelo Conselho Federal de Educação. O curso destina-se à preparação de profissionais de alto nível para docência, pesquisa e gestão. Os cursos são divididos em subáreas, numa perspectiva interdisciplinar e multiprofissional.
 
Subáreas de concentração: Políticas, Planejamento, Gestão e Práticas em Saúde (10 vagas) - antiga subárea de Planejamento e Gestão de Sistemas e Serviços de Saúde; Políticas Públicas e Saúde (10 vagas); Processo Saúde-Doença, Território e Justiça Social (9 vagas); Saneamento Ambiental (10 vagas); Saúde e Sociedade (4 vagas); Saúde, Trabalho e Ambiente (10 vagas) e Violência e Saúde (6 vagas).
 
Os textos das referências bibliográficas para o mestrado em Saúde Pública da ENSP estão disponíveis para download aqui.
 
Coordenação:
Drª. Mônica Siqueira Malta (malta@ensp.fiocruz.br)
Dr. Nilson do Rosário Costa (nilson@ensp.fiocruz.br)
 
 
 
O curso de doutorado em Saúde Pública, da área de Saúde Coletiva, credenciado pelo Conselho Federal de Educação, visa à formação de profissionais para atuar nas seguintes áreas de docência e pesquisa: assistência farmacêutica; avaliação de políticas, sistemas e programas de saúde; avaliação de serviços e tecnologias em saúde; avaliação do impacto sobre a saúde dos ecossistemas; biossegurança e ambiente; construção do conhecimento epidemiológico aplicado às práticas de saúde; desenvolvimento, estado e saúde; desigualdades sociais, modelos de desenvolvimento e saúde; determinação e controle de endemias; direito, saúde e cidadania; economia da saúde; educação e comunicação em saúde; epidemiologia de doenças transmissíveis; ética aplicada e bioética; exposição a agentes químicos, físicos e biológicos e efeitos associados na saúde humana e animal; formulação e implementação de políticas públicas e saúde; gênero e saúde; gestão ambiental e saúde; habitação e saúde; informação e saúde; instituições, participação e controle social; paleopatologia, paleoparasitologia e paleoepidemiologia; pesquisa clínica; planejamento e gestão em saúde; política e sistemas de saúde numa perspectiva comparada; profissão e gestão do trabalho e da educação em saúde; promoção da saúde; saneamento e saúde ambiental; saúde da mulher, da criança e do adolescente; saúde e trabalho; saúde global e diplomacia da saúde; saúde mental; toxicologia e saúde; vigilância sanitária; violência e saúde.
 
Os textos das referências bibliográficas para o doutorado em Saúde Pública da ENSP estão disponíveis para download aqui.
 
Coordenação:
 
Drª. Mônica Siqueira Malta (malta@ensp.fiocruz.br)
Dr. Nilson do Rosário Costa (nilson@ensp.fiocruz.br)
 
 
 
O Programa de Pós-Graduação em Saúde Pública e Meio Ambiente, credenciado pelo Conselho Federal de Educação, visa à capacitação de docentes, pesquisadores e gestores em saúde e ambiente, numa perspectiva interdisciplinar, multiprofissional e interinstitucional, para a análise e proposição de soluções sobre os efeitos decorrentes das exposições ambientais na saúde humana. Está voltado para profissionais e pesquisadores das áreas de saúde e do meio ambiente com graduação em diferentes campos do conhecimento e interessados na análise de problemas de saúde e ambiente.
 
O mestrado em Saúde Pública e Meio Ambiente conta atualmente com três áreas de concentração: Epidemiologia Ambiental (7 vagas); Gestão de Problemas Ambientais e Promoção de Saúde (5 vagas); e Toxicologia Ambiental (4 vagas).
 
Os textos das referências bibliográficas para o mestrado em Saúde Pública e Meio Ambiente estão disponíveis para download aqui.
 
Coordenação
 
Dr. Sergio Koifman (koifman@ensp.fiocruz.br)
Drª.Gina Torres Rego Monteiro (gtorres@ensp.fiocruz.br)
 
 
 
O Programa de Pós-Graduação em Saúde Pública e Meio Ambiente, credenciado pelo Conselho Federal de Educação, visa à capacitação de docentes, pesquisadores e gestores em saúde e ambiente, numa perspectiva interdisciplinar, multiprofissional e interinstitucional, para a análise e proposição de soluções sobre os efeitos decorrentes das exposições ambientais na saúde humana. Está voltado para profissionais e pesquisadores das áreas de saúde e do meio ambiente com graduação em diferentes campos do conhecimento e interessados na análise de problemas de saúde e ambiente.
 
Linhas de pesquisa: avaliação do impacto sobre a saúde dos ecossistemas; desigualdades sociais, modelos de desenvolvimento e saúde; epidemiologia de doenças crônicas; epidemiologia do câncer; exposição a agentes químicos, físicos e biológicos e efeitos associados na saúde humana e animal; exposições ambientais e avaliação dos efeitos no ciclo de vida; gestão ambiental e saúde; patologia clínica, ambiental e do trabalho; saneamento e saúde ambiental; toxicologia e saúde.
 
Coordenação:
 
Dr. Sergio Koifman (koifman@ensp.fiocruz.br)
Drª.Gina Torres Rego Monteiro (gtorres@ensp.fiocruz.br)
 
 
 
O mestrado em Ciências na área de Epidemiologia em Saúde Pública, credenciado pelo Conselho Federal de Educação, visa à formação de docentes, pesquisadores e gestores numa perspectiva interdisciplinar e multiprofissional. É voltado para capacitar profissionais para análise, planejamento, desenvolvimento, implementação e avaliação de políticas públicas e tecnologias, considerando os contextos epidemiológico, social e ambiental, nos cenários nacional e internacional. Conta, atualmente, com quatro subáreas de concentração: Epidemiologia Geral (8 vagas); Métodos Quantitativos em Epidemiologia (5 vagas); Epidemiologia, Etnicidade e Saúde (7 vagas); e Epidemiologia das Doenças Transmissíveis (4 vagas).
 
Os textos das referências bibliográficas para o mestrado em Saúde Pública e Meio Ambiente estão disponíveis para download aqui.
 
Coordenação:
 
Dr. Reinaldo Souza dos Santos (rssantos@ensp.fiocruz.br)
Dr. Ana Glória Godoi Vasconcelos (anaggodoi@fiocruz.br)
 
 
O doutorado em Epidemiologia em Saúde Pública, credenciado pelo Conselho Federal de Educação, visa à formação de profissionais para atuar nas áreas de docência e pesquisa.
 
As linhas de pesquisa são: a construção do conhecimento epidemiológico e sua aplicação às práticas de saúde; avaliação de políticas, sistemas e programas de saúde; avaliação de serviços e tecnologias em saúde; desigualdades sociais, modelos de desenvolvimento e saúde; determinação e controle de endemias; epidemiologia de doenças crônicas; epidemiologia de doenças transmissíveis; informação e saúde; modelagem estatística, matemática e computacional aplicadas à saúde; paleopatologia, paleoparasitologia e paleoepidemiologia; saúde da mulher, da criança e do adolescente; saúde indígena; e saúde mental. 
 
Coordenação:
 
Dr. Reinaldo Souza dos Santos (rssantos@ensp.fiocruz.br)
Dr. Ana Glória Godoi Vasconcelos (anaggodoi@fiocruz.br)
 
 
Seleção de alunos estrangeiros
 
Posteriormente, serão publicadas informações sobre a seleção de alunos estrangeiros.