Ministério da Saúde

Escola Nacional de Saúde Pública Sergio Arouca

Pós-Graduação em saúde pública e meio ambiente

O Programa de Saúde Pública e Meio Ambiente iniciou suas atividades em 2006 e tem seus cursos credenciados pela Capes. Saiba mais

Destaque

Conselho da Fiocruz aprova orçamento 2016 e reafirma não haver política de demissões

Após mais um movimento de pressão do coletivo de trabalhadores da Fiocruz - formado por servidores, terceirizados, alunos e bolsistas -, aos gestores da instituição, o Conselho Deliberativo da Fundação ratifica que não haverá política de demissões em decorrência das limitações orçamentárias nos termos do Decreto n. 8.540/2015. Após o CD nos dias 28 e 29/1 para apreciar o orçamento de 2016, a Presidência da Fiocruz reafirmou que "as necessárias economias a serem realizadas não devem recair sobre os trabalhadores terceirizados". No dia 28, os integrantes do coletivo realizaram o enterro simbólico do decreto e, depois, seguiram em marcha até a Residência Oficial da Fiocruz para entregar o abaixo-assinado com mais de mil assinaturas pela suspensão imediata das demissões na Fundação. Além dos cortes, o coletivo pressiona a instituição na busca pela reversão das demissões já implementadas e, ainda, fomenta a criação de espaços institucionais de decisões participativas.

Estudo analisa perfil antropométrico em alunos de escolas em município do Maranhão

No dia 8 de janeiro, apresentação da dissertação de mestrado acadêmico em Saúde Pública e Meio Ambiente Perfil antropométrico e pressão sanguínea de escolares de ensino fundamental das escolas públicas e privadas do município de Raposa no Maranhão, por Izolina Ângela da Silva Borges Lima, na sala 403 da ENSP, a partir das 14 horas.

Sistema de abastecimento de água em cidade do Maranhão é tema de mestrado na ENSP

No dia 18 de dezembro, apresentação da dissertação de mestrado acadêmico em Saúde Pública e Meio Ambiente Sistema simplificado de abastecimento de água da cidade de Buriticupu - MA: condições de potabilidade, por Glauber Coimbra Ribeiro, na sala 523 (videoconferência da ENSP), a partir das 8 horas.

Pesquisa da ENSP avalia efeitos da poluição para a saúde infantil

Com o objetivo de avaliar os efeitos da exposição ao material particulado fino - sólidos ou líquidos suspensos no ar - nos biomarcadores (modificações biológicas que expressam a exposição e/ou o efeito tóxico de poluentes) em crianças e adolescentes de 5 a 17 anos, residentes na Amazônia Ocidental Brasileira durante a seca de 2012, a aluna de doutorado em Saúde Pública e Meio Ambiente Beatriz Fátima Alves de Oliveira alcançou resultados importantes. Sob orientação da pesquisadora Sandra de Souza Hacon, o estudo mostrou que a poluição do ar está associada aos diversos biomarcadores de efeito, tais como os de inflamação das vias aéreas, inflamação sistêmica e neuroinflamação, disfunção endotelial, coagulação, aterosclerose, sistema nervoso autônomo e aqueles usados para identificar danos de DNA.

Documentos

Copyright 2006 ENSP/FIOCRUZ. Todos os direitos reservados.