Ministério da Saúde

Escola Nacional de Saúde Pública Sergio Arouca

Pós-Graduação em epidemiologia em saúde pública

O Programa de Epidemilogia iniciou suas atividades em 2007 e tem seus cursos credenciados pela Capes. Saiba mais

Destaque

Mortalidade infantil prevalece no norte e nordeste

Analisando os fatores de risco para a mortalidade infantil em municípios do norte e nordeste do Brasil e no Vale do Jequitinhonha (MG), onde as taxas de mortalidade infantil são as maiores do Brasil, a aluna do mestrado acadêmico em Epidemiologia em Saúde Pública Barbara Ayres observou que as variáveis que apresentaram associação de maior magnitude com a mortalidade neonatal e pós-neonatal nesse estudo foram as sociodemográficas. "A melhoria da atenção à saúde tem grande destaque na redução da mortalidade infantil, como a literatura já vem destacando com o passar dos anos, no entanto, não devemos desvalorizar a contribuição de outros fatores que não pertencem a esse âmbito na ocorrência da mortalidade infantil", pontuou.

Centro de Estudos debate iniciação para ciência em 17/9

O próximo Centro de Estudos da ENSP Miguel Murat (Ceensp) abrirá espaço para o debate sobre a iniciação científica. No dia 17 de setembro, às14 horas, a pesquisadora do Núcleo de Estudo e Pesquisa em Recursos Humanos para a Saúde da Escola Márcia Teixeira e a professora da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) Vivian Mary Barral Dodd Rumjanek debaterão o tema Iniciação para Ciência: vocação e formação. O Ceensp dará início às atividades da 22ª Reunião Anual de Iniciação Científica na ENSP, que tem por objetivo proporcionar uma oportunidade para exposição e discussão dos trabalhos de bolsistas de iniciação científica e iniciação tecnológica, visando o desenvolvimento de projetos e o intercâmbio de experiências entre estudantes e pesquisadores. O evento é aberto ao público, não necessita de inscrição prévia e acontecerá no salão internacional da Escola.

ENSP forma 146 novos mestres e doutores

Emoção e sensação de mais uma etapa de vida cumprida foram as marcas da solenidade de formatura dos 146 novos mestres e doutores dos programas de Saúde Pública, Saúde Pública e Meio Ambiente, Epidemiologia em Saúde Pública, e Bioética, Ética Aplica e Saúde Coletiva da ENSP. Professores, egressos e representantes da Direção da Escola e da Presidência da Fiocruz participaram da cerimônia que encerrou a semana comemorativa dos 60 anos da instituição, realizada no dia 5/9. Na ocasião, foram homenageadas Tatiana Wargas de Faria Baptista como paraninfa das turmas, e Rosalina Koifman como patronesse.

Mestrado na Argentina: qualificação aprova 100% dos projetos

Os alunos da segunda turma do mestrado em Epidemiologia em Saúde Pública na Argentina, fruto da cooperação entre a Fundação Oswaldo Cruz e a Administración Nacional de Laboratorios e Institutos de Salud da Argentina (Anlis), estiveram no Brasil para uma série de atividades na Escola Nacional de Saúde Pública (ENSP/Fiocruz). Os 16 mestrandos do país vizinho cursaram a disciplina obrigatória do mestrado, a de Tópicos em Saúde Pública, e realizaram o exame de qualificação dos projetos, os quais foram todos aprovados, no início de agosto. As defesas devem acontecer ainda no primeiro semestre de 2015.

Documentos

Copyright 2006 ENSP/FIOCRUZ. Todos os direitos reservados.