ENSP promove evento em memória das vítimas de acidentes de trabalho nesta quinta-feira (2/5)

Publicada em
 
 
 

O Centro de Estudos da Saúde do Trabalhador e Ecologia Humana (Cesteh/ENSP) promoverá na quinta-feira, 2 de maio, o evento O que comemorar?, em memória ao Dia Mundial das Vítimas de Acidentes e Doenças do Trabalho, institucionalizado em 28 de abril, e em Comemoração ao Dia do Trabalhador, celebrado em 1º de maio. Na ocasião, haverá Ato Público em homenagem às vítimas do trabalho do crime da Vale e aos Agentes de Combates às Endemias do Rio Janeiro. O evento é organizado em parceria com o Sindicato dos Trabalhadores da Fiocruz (Asfoc-SN) e aberto a todos os interessados.

Para debater a temática será realizado o painel Seguridade Social, Trabalho e Saúde. Serão debatidos os temas: Reforma da Previdência na perspectiva da Defensoria Pública da União e Reflexões e relatos sobre o trabalho e a saúde de Guardas de Endemias. Os debates serão coordenados pelo pesquisador do Cesteh/ENSP, Luiz Claudio Meirelles, e contarão com a participação do Defensor Público da União, Thales Arcoverde Treiger; da pesquisadora do Cesteh, Ariane Larentis; e dos representantes do Sindsprev/RJ, Sintsaúderj e Sintrasef.

A abertura do painel contará com a participação do diretor da ENSP, Hermano Castro, e da chefe do Cesteh/ENSP, Kátia Reis. O painel terá início às 9 horas, no salão internacional da Escola Nacional de Saúde Pública Sergio Arouca.

Sobre o Ato Público

A partir das 11h30, em frente ao prédio 1º de Maio (prédio do Cesteh/ENSP), será realizado o Ato Público em memória das vítimas do trabalho do crime da Vale, em Brumadinho, e dos Agentes de combates às Endemias do Estado do Rio Janeiro. O crime da Vale é o maior acidente de trabalho já registrado no Brasil, e com maior número de vítimas.

Também serão homenageados os Agentes de Combates às Endemias (Guardas de Endemias) do Rio Janeiro e discutido seu processo de trabalho, que têm levado ao adoecimento e a um número significativo de mortes precoces, devido à exposição por décadas a diferentes agrotóxicos, desde DDT, já banido, até a atualmente utilizada malationa (malathion), produtos considerados cancerígenos.

Confira, abaixo, a programação completa do evento

Evento em memória ao dia Mundial das Vítimas de Acidentes e Doenças do Trabalho e comemoração ao Dia do Trabalhador e da Trabalhadora - O que comemorar?

Data: 2 de Maio
Horário: a partir das 9 horas
Local: Salão internacional da ENSP (4º andar do prédio Ernani Braga)

Cerimônia de abertura
Hermano Castro - diretor da ENSP/Fiocruz
Kátia Reis - chefe do Cesteh/ENSP/Fiocruz

Painel Seguridade Social, Trabalho e Saúde
Temas em debate: A reforma da previdência na perspectiva da Defensoria Pública da União e Reflexões e relatos sobre o trabalho e a saúde de Guardas de Endemias

Coordenador: Luiz Claudio Meirelles (Cesteh/ENSP/Fiocruz)

Convidados:
Thales Arcoverde Treiger - Defensor Público da União (DPU-RJ)
Ariane Leites Larentis - pesquisadora do Cesteh/ENSP/Fiocruz
Representantes do Sindsprev/RJ, Sintsaúderj e Sintrasef (Agentes de Combates às Endemias/Guardas de Endemias)

Ato Público em memória das vítimas do trabalho do crime da Vale em Brumadinho e dos Agentes de combates às Endemias do Estado do Rio Janeiro
Data: 2 de maio
Local: em frente ao prédio 1º de Maio ( prédio do Cesteh/ENSP)
Horário: a partir das 11h30
 

 

Nenhum comentário para "ENSP promove evento em memória das vítimas de acidentes de trabalho nesta quinta-feira (2/5)"

Ninguém ainda comentou esta matéria. Seja o primeiro!

comente esta matéria

Utilize o formulário abaixo para se logar.