Fiocruz pra Você vacina crianças e adolescentes neste sábado (24)

Publicada em
 
 
 

Menores de 5 anos, crianças e adolescentes, entre 7 e 14 anos, são o público-alvo da 23ª edição do Fiocruz pra Você, evento de vacinação que acontece neste sábado (24/9), de 8h às 17h. Haverá dois postos no campus da Fundação, em Manguinhos. A campanha visa atualizar o cartão de vacinação. O evento integra as ações do Dia D da campanha nacional de vacinação do Ministério da Saúde, que vai até 30 de setembro. Confira a programação completa

 
Este ano, pela primeira vez, adolescentes estão incluídos na ação e serão oferecidas todas as imunizações recomendadas no Calendário Nacional de Vacinação. Segundo Slete Silva, responsável técnica pela imunização no Centro de Saúde da Escola Nacional de Saúde Pública Sergio Arouca (Ensp/Fiocruz), não se trata de uma campanha voltada para eliminar alguma doença, como nos anos anteriores. “Estima-se que no Brasil haja um percentual que varia de 5% a 8% de crianças com vacinas atrasadas, e a convocação do Ministério é para que todos participem. A campanha é de extrema importância, pois precisamos avaliar a caderneta para atualizar nossos dados e ampliar a cobertura vacinal”, detalha.
 
Slete explica que é possível tomar mais de uma vacina, nos casos necessários. Ela esclarece, porém, que não é recomendado vacinar aqueles que estiverem com febre, diarreia ou vômito. “As vacinas podem provocar reações em algumas pessoas e, nesse caso, não saberemos se uma febre, por exemplo, é uma reação provocada pela vacina ou se é decorrente de alguma infecção – podendo mascarar o quadro de uma doença importante. Quem estiver doente pode retornar ao Centro de Saúde da Ensp depois, nos dias normais”, orienta.
 
Ao todo, o ministério enviou 26 milhões de doses para as unidades da Federação, sendo 19 milhões delas, doses extras para a campanha, que acontece em 36 mil postos fixos de vacinação e envolve 350 mil profissionais de saúde. A Fundação recebeu cerca de 1,5 mil doses e, em caso de necessidade, poderá receber mais doses no dia da ação. No ano passado, 3 mil crianças foram imunizadas no Fiocruz pra Você.
 
Programação
 
Haverá atividades culturais, esportivas, de divulgação científica, de promoção da saúde e prestação de serviços para a comunidade. Na área musical, a escola de samba mirim Estrelinha da Mocidade e o grupo Dream Team do Passinho são destaques. Além disso, ao longo de todo o dia, serão apresentados outros ritmos como balé, rap, hip hop, danças africanas e circulares. As crianças e os adolescentes poderão ainda divertir-se no Unicirco, do ator Marcos Frota, e nas diversas oficinas como de contação de histórias, máscaras, mágica, desenho, pintura facial, pipas, preservação e conservação de livros, jogos digitais e teatro. Brinquedos diversos serão espalhados pelo campus, biblioteca itinerante, roda de capoeira, apresentação dos cães adestrados da Guarda Municipal, bem como a presença da escritora de livros infantis Mariene Lino, dentre as muitas atividades da programação.


 
 
O público poderá visitar ainda as exposições Manguinhos Território em Transe e O Rio que se queria negar: as favelas do Rio de Janeiro no acervo de Anthony Leeds, além de participar de visitas guiadas ao Castelo Mourisco e ao borboletário. O evento contará com prestação de serviços como aferição de glicose e pressão, além de estandes de unidades da Fiocruz e instituições parceiras com informações sobre ciência e saúde. Serão promovidas também ações educativas sobre higiene e saúde bucal, vacinas, medicamentos, educação para o trânsito e transmissão e prevenção de agravos como doença de Chagas, dengue, zika, chicungunha e verminoses.
 
Brasil é exemplo para o mundo
 
O Programa Nacional de Imunizações (PNI) é um sucesso do Brasil reconhecido no mundo. Atualmente, são mais de 300 milhões de doses anuais distribuídas em vacinas, soros e imunoglobulinas, fatos que contribuíram, por exemplo, para a erradicação da varíola e da poliomielite, além de reduzir as mortes derivadas de sarampo, rubéola, tétano, difteria e coqueluche. As campanhas nacionais de vacinação integram o PNI e são importantes para que ele continue sendo uma estratégia de sucesso na saúde pública, impedindo que doenças controladas ou tornem-se recorrentes novamente.
 
“A poliomielite foi erradicada, não temos mais sarampo no país, a rubéola foi eliminada e o tétano neonatal praticamente conseguiu o mesmo no país. A coqueluche, por sua vez, diminui bastante sua circulação. Praticamente não há mais notificação dessas doenças. Isso desarma os pais e responsáveis das crianças em relação à importância da vacinação. É preciso manter a cobertura alta, precisa-se vacinar todas as crianças”, esclarece o consultor científico sênior Complexo Tecnológico de Vacinas do Instituto de Tecnologia em Imunobiológicos (Biomanguinhos/Fiocruz), Akira Homma. A unidade é responsável por garantir a autossuficiência em vacinas essenciais para o calendário básico de imunização do Ministério da Saúde. Atualmente, 96% das vacinas oferecidas no Sistema Único de Saúde (SUS) são produzidas no Brasil ou estão em processo de transferência.
 
O especialista ressalta que a pequena incidência dessas doenças não deve ser encarada como desculpa para a não vacinação. Ele alerta que é justamente o contrário: o esforço deve ser vacinar a todos para que não haja populações suscetíveis e vulneráveis, que em última análise podem vir a gerar novas epidemias.
 
Serviço
Fiocruz pra Você
Data: 24 de setembro (sábado)
Horário: 8h às 17h
Local: Fiocruz, campus Manguinhos, Rio de Janeiro
Documentos: é necessário apresentar a carteira de vacinação e documento de identificação (identidade, CPF ou caderneta escolar) da criança.
 
Vacinas oferecidas
 
Para adolescentes
- dT (difteria e tétano)
- Tríplice viral (caxumba, rubéola e sarampo)
- Hepatite B
- HPV (para meninas: 1ª dose – dos 9 aos 13 anos / 2ª dose – dos 9 aos 15 anos)
 
Para crianças
- Pólio oral (aos 15 meses e 5 anos)
- DPT (tríplice bacteriana, difteria, tétano e coqueluche)
- Tríplice viral (caxumba, rubéola e sarampo)
- Varicela (15 meses a menores de 2 anos)

Foto: Peter Ilicciev

Nenhum comentário para "Fiocruz pra Você vacina crianças e adolescentes neste sábado (24)"

Ninguém ainda comentou esta matéria. Seja o primeiro!

comente esta matéria

Utilize o formulário abaixo para se logar.