Ministério da Saúde

Escola Nacional de Saúde Pública Sergio Arouca

Pós-Graduação em saúde pública

Notícias

Seminário de Ensino ENSP debate história e desafios atuais da formação em Saúde Pública

De 29 de novembro a 1º de dezembro, a Escola Nacional de Saúde Pública Sergio Arouca (ENSP/Fiocruz) realizará o Seminário de Ensino ENSP 2017, uma série de debates sobre temas relativos à educação, qualificação, e formação em saúde. O Seminário de Ensino terá início na quarta-feira, 29 de novembro, com a comemoração do cinquentenário do Programa Pós-Graduação em Saúde Pública, a partir das 9 horas, no auditório térreo, seguido da sessão especial do Centro de Estudos Miguel Murat de Vasconcelos da ENSP, que debaterá os problemas e desafios na condução e relato de estudos científicos. O Ceensp está marcado para às 15 horas, na sala 410 do prédio da ENSP. Todas as atividades do Seminários ao longo dos três dias são abertas aos interessados e não necessitam de inscrição prévia. Na quinta e sexta-feira haverá transmissão on-line das atividades e em breve o link para acompanhar a transmissão será divulgado no Portal ENSP

Pesquisa analisa políticas públicas de álcool e outras drogas no Brasil

No dia 30 de outubro, defesa de tese de doutorado em Saúde Pública As políticas públicas de álcool e outras drogas no Brasil: uma análise da construção política de 1990 a 2015, por Aline Gabriela Simon Neves, a partir das 13h30, na sala 718 do prédio da ENSP. 

Curso na ENSP apresenta metodologias para análise de desastres: experiências Brasil e Portugal

O Programa de Pós-Graduação em Saúde Pública da ENSP realizará entre os dias 25 e 27 de outubro, o curso internacional Desastres, ordenamento do território e vulnerabilidades socioambientais. O objetivo do curso é aprofundar metodologias e promover a troca de experiências em pesquisas sobre desastres, principalmente de origem hidro-geomorfológicos e vulnerabilidades socioambientais. O curso contará com a participação do professor catedrático do Instituto de Geografia e Ordenamento do Território da Universidade de Lisboa (IGOT), José Luiz Zêzere. Segundo a coordenação da atividade, busca-se trazer novos aportes teórico-metodológicos que contribuam com as discussões dos projetos em curso, especialmente para o desenvolvimento de indicadores de vulnerabilidade, as experiências levadas a cabo pela ENSP (Grupo Pistas), Laboratório de Geo-hidroecologia (GEOHECO) da Geografia da UFRJ e Instituto de Geografia e Ordenamento Territorial da Universidade de Lisboa. Os interessados devem se inscrever pelo e-mail posgrad-sp@ensp.fiocruz.br

Mestrado profissional em Atenção Primária: inscrições até 27 de outubro

Estão abertas, até 27 de outubro, as inscrições para o mestrado profissional em Atenção Primária à Saúde com ênfase na Estratégia de Saúde da Família. O curso é uma proposição da Escola Nacional de Saúde Pública Sergio Arouca (ENSP/Fiocruz) em parceria com a Secretaria Municipal de Saúde do Rio de Janeiro (SMS/Rio), e tem por finalidade fomentar a produção de novos conhecimentos e inovação na Atenção Primária à Saúde na cidade do Rio de Janeiro, integrando parcerias entre instituições acadêmicas e a rede municipal de saúde. Coordenado pelas pesquisadoras da ENSP/Fiocruz, Elyne Engstrom e Virginia Hortale, o curso é dirigido a profissionais de nível superior da área de saúde que atuam na Atenção Primária à Saúde no âmbito da Secretaria Municipal de Saúde do Rio de Janeiro, com a possibilidade de inclusão de profissionais que atuam na Atenção Primária da Saúde em outros municípios brasileiros. Acesse o edital e saiba mais sobre o curso. As inscrições devem ser feitas pela Plataforma Sigass.

Mestrado e doutorado ENSP 2018: confira os editais

A chamada pública para processo seletivo 2018 dos programas stricto sensu (mestrado e doutorado) da Escola Nacional de Saúde Pública Sergio Arouca (Saúde Pública, Saúde Pública e Meio Ambiente e Epidemiologia em Saúde Pública) já está disponível na Plataforma SigaSS e no Portal de Ensino da ENSP. As inscrições estarão abertas no período de 1a 24 de setembro. Todos os candidatos deverão enviar o formulário de inscrição, juntamente com a documentação exigida, por correio eletrônico. O prazo máximo para envio é 24/09/2017, às 23:59h (horário de Brasília). Leia os editais.

'Vigilância Epidemiológica Hospitalar' é tema de pesquisa da ENSP

A vigilância em saúde tem papel fundamental na identificação, resposta e controle às doenças e agravos em saúde, bem como monitoramento dos perfis de morbi-mortalidade. Em particular, a Vigilância Epidemiológica Hospitalar (VEH) foi instituída pelo Ministério da Saúde, em agosto de 2010, como forma de melhorar a vigilância em saúde, a partir da visão hospitalar, com aplicação de incentivos financeiros para implantação e manutenção dessa ação estratégica. A pesquisa da aluna de Mestrado Profissional em Saúde Pública da ENSP, Maria Beatriz Ruy, orientada pela pesquisadora Maria Angélica Borges dos Santos, foi ao encontro desse tema e teve como objetivo avaliar a rede de núcleos de VEH, segundo modelos de vigilância e financiamento no Brasil entre 2008-2016. Os resultados do estudo apontam aumento do número de núcleos de VEH no período de 2014 a 2016, momento de mudança do modelo de vigilância, de sentinela para base populacional. "Isso aconteceu, provavelmente, em virtude de mais flexibilidade dos gestores locais em indicar os hospitais mais convenientes ou com maior necessidade de monitoramento", disse a aluna.

Pesquisa da ENSP aborda o uso da força policial sob a ótica da violência e saúde

Qual o limite para o uso da força policial militar? A pergunta intitula a dissertação da aluna de mestrado em Saúde Pública, Marcelle Braga Barbosa, psicóloga da Polícia Militar do Estado do Rio de Janeiro, sob orientação da pesquisadora Fátima Regina Cecchetto. "Minha prática se sustenta no 'entre' o 'dentro' e o 'fora'. Estou dentro do Quadro de Oficiais Policiais Militares, com minhas insígnias e patentes. E fora de seu círculo, com meu sigilo profissional e minha escuta livre de ordenamentos disciplinares e hierarquizações. E foi desse lugar de 'entre' que pude colher a fala de um paciente que deu título ao trabalho de pesquisa", disse Marcelle. Ela relata que esse paciente metaforizou a linha que demarca a legalidade de suas ações como uma "corda bamba" pela qual caminha no seu dia a dia profissional. "As noções de força e violência policial também comportariam uma tensão, uma vez que se encontram na fronteira entre o legal e o ilegal, entre a coercitividade e a proteção de direitos?", indaga.

Apresentações de dissertação de mestrado e tese de doutorado em 29 e 30 de junho

Nos dias 29 e 30 de junho serão apresentadas na ENSP uma dissertação de mestrado em Epidemiologia em Saúde Pública e uma tese de doutorado em Saúde Pública. Confira!

Copyright 2006 ENSP/FIOCRUZ. Todos os direitos reservados.