Ministério da Saúde

Escola Nacional de Saúde Pública Sergio Arouca

Pós-Graduação em epidemiologia em saúde pública

O Programa de Epidemilogia iniciou suas atividades em 2007 e tem seus cursos credenciados pela Capes. Saiba mais

Destaque

Práticas alimentares e corporais de mulheres obesas: tema de pesquisa da ENSP

O excesso de peso cresceu em todo o mundo nas últimas décadas. No Brasil, os indicadores mostram aumento contínuo nas prevalências de sobrepeso e obesidade atingindo quase 60% da população adulta. Ao analisar a temática, a maior parte dos estudos se pauta sobre uma perspectiva biológica associando o problema a uma questão de balanço energético positivo, sem atentar para outras dimensões envolvidas no processo. Pensando nisso, a aluna de doutorado em Epidemiologia em Saúde Pública Tatiana Coura Oliveira desenvolveu uma tese, sob orientação da pesquisadora Dina Czeresnia, com a finalidade de compreender as concepções e os sentidos atribuídos às práticas alimentares, bem como os sentidos atribuídos ao corpo em um grupo de mulheres com excesso de peso. Os resultados chamam a atenção para a abrangência do acesso à informação proveniente não somente do serviço de saúde, como também de diferentes tipos de mídias nos quais há múltiplos discursos sobre corpo e alimentação, situação atrelada à precariedade de condições e possibilidades concretas de aquisição e consumo, conformada não somente pela situação de renda nas camadas populares, mas por um ambiente obesogênico.

Documentos

Copyright 2006 ENSP/FIOCRUZ. Todos os direitos reservados.