link para a página principal do portal
Tamanho da Letra   menor ou maior
formulário de busca
The right to health in processes of Social Inclusion and Exclusion

Departamento: DAPS - DEPARTAMENTO DE ADMINISTRAÇÃO E PLANEJAMENTO EM SAÚDE

Programa de pós-graduação: SAÚDE PÚBLICA

Linha: DESIGUALDADES SOCIAIS, MODELOS DE DESENVOLVIMENTO E SAÚDE - PSP

Grupo: NÚCLEO DE ESTUDOS POLÍTICO-SOCIAIS EM SAÚDE

Subárea de Conhecimento: 4.06.00.00-9

Descrição do projeto:
O presente plano de estudos pretende dar continuidade ao trabalho conjunto com a professora Jennie Popay, da Universidade de Lancaster (Grã-Bretanha), desenvolvido no âmbito da Social Exclusion Knowledge Network (SEKN), uma das nove redes de conhecimentos instaladas pela Comissão sobre Determinantes Sociais da Saúde (CDDS) da Organização Mundial da Saúde (OMS). Argumenta-se que o marco conceitual da CDDS apresenta ambigüidades, ausências conceituais e carência de uma teoria social explicativa, com consequencias nas políticas e ações destinadas a enfrentar os determinantes sociais das desigualdades em saúde. O conceito de exclusão social e o modelo explicativo elaborados pela SEKN, como um processo multidimensional produzido por relações de poder desiguais, que operam em diversas dimensões – social, econômica, política e cultural –, e em diferentes níveis, apresentam maior potência explicativa sobre a determinação social da saúde. No entanto, ainda existem hiatos de conhecimento no que se refere à operacionalização do conceito em variáveis de pesquisa e em modelos de análise de dados primários qualitativos de forma a elucidar as relações teoricamente estabelecidas entre processos de exclusão e inclusão social, direito à saúde e desigualdades sociais em saúde. O campo do direito à saúde como direito humano, por sua vez, apresenta potencial de mobilização para intervenção, mas também limites na análise dessas relações.
O objetivo do pós-doutorado é desenvolver conhecimento teórico sobre as inter-relações do direito à saúde, em países com sistemas universais de saúde, como Brasil e Inglaterra, e processos de exclusão social que impedem que o direito, mesmo quando formalmente estabelecido, seja assegurado para todos os grupos sociais. A pesquisa conjunta objetiva também desenvolver modelos de análise sobre as diferentes formas que processos de inclusão e exclusão social interferem (ou determinam) o usufruto ao direito à saúde e as desigualdades sociais em saúde.
A parte empírica será desenvolvida no âmbito da pesquisa, coordenada pela professora Jennie Popay, empregando metodologia qualitativa, para compreensão das percepções sobre os processos vivenciados por indivíduos e grupos sociais que relacionem as experiências de inclusão e exclusão, nas diversas dimensões, com maior ou menor usufruto do direito à saúde.
Pretende-se que o trabalho conjunto desenvolvido ao longo do pós-doutorado configure uma proposta a ser, posteriormente, desdobrada em estudos nacionais e em uma análise comparada entre Brasil e Inglaterra.

Natureza:

  • Pesquisa

Ano do início do projeto: 2012

Ano do fim do projeto: 2014

Coordenador: SARAH MARIA ESCOREL DE MORAES

Participante Externo:

Participante Aluno:

 
Terça, 25 de Junho de 2019

ENSP NA WEB

facebook twitter Instagram youtube Soundcloud

BAIXE O APP DA ENSP

Google Play Store Apple App Store

Este portal é regido pela Política de Acesso Aberto ao Conhecimento,
que busca garantir à sociedade o acesso gratuito, público e aberto ao conteúdo integral de toda obra intelectual produzida pela Fiocruz.


Creative Commons License

O conteúdo deste portal pode ser utilizado para todos os fins não comerciais, respeitados e reservados os direitos morais dos autores.