link para a página principal do portal
Tamanho da Letra   menor ou maior
formulário de busca
O risco da habitação urbana para a saúde e da vulnerabilidade sócio-demográfica nas perspectivas da saúde comunitária e da família incorporado ao Território Integrado de Atenção a Saúde no Complexo de Manguinhos, Município do Rio de Janeiro, RJ. Brasil

Departamento: DSSA - DEPARTAMENTO DE SANEAMENTO E SAÚDE AMBIENTAL

Programa de pós-graduação: SAÚDE PÚBLICA

Linha: HABITAÇÃO E SAÚDE

Grupo: DESENVOLVIMENTO LOCAL, DETERMINANTES SOCIAIS DA SAÚDE E DO AMBIENTE E HABITAÇÃO SAUDÁVEL

Subárea de Conhecimento: 4.06.02.00-1

Descrição do projeto:
O projeto de pesquisa, aqui proposto, está inserido no PDTSP-TEIAS-MANGUINHOS, busca a identificação dos contextos de risco sobre a saúde, de vulnerabilidade sóciodemográfica e de ameaça física da habitação precária urbana dentro do Território Integrado de Atenção à Saúde no Complexo de Manguinhos, na perspectiva da saúde comunitária e da família. Parte de uma concepção holística fundamentada no pensamento complexo, na saúde coletiva e na vulnerabilidade global, centrando a análise na vulnerabilidade sóciodemográfica. Integra as noções de capital social, humano e físico, a partir dos ativos sociais e estrutura de oportunidades que possuem os lugares. Objetiva o desenvolvimento e a validação da metodologia de diagnóstico para a avaliação do risco da habitação urbana para a saúde proposto no software elaborado pelo Instituto de Investigaciones Geohistóricas del Consejo Nacional de Investigaciones Científicas y Técnicas (IIGHI-CONICET)la Facultad Regional Córdoba de la Universidad Tecnológica Nacional (UTN-FRC). Para tanto, trabalha com informações de censos demográficos para a identificação da evolução sóciodemográfica e também com planilhas de coleta de dados do governo municipal para a valorização da estrutura de oportunidades. Aplica-se uma lógica de análise complexa e não linear para a determinação do índice de risco da saúde na habitação Como também, a pesquisa propõe a busca de dados primários sobre as tipologias de habitações urbanas segundo índices de risco para a saúde baseados na análise da vulnerabilidade social e da ameaça física. Com a análise dos dados obtidos, propõe-se a construção de uma matriz de processos críticos, considerando os determinantes protetores e destrutivos que se dão em relação aos modos de vida grupais, familiares e individuais e se vinculam aos ativos sociais e estrutura de oportunidades referidos ao capital social, humano e físico.

Natureza:

  • Desenvolvimento Tecnológico

Ano do início do projeto: 2011

Ano do fim do projeto: 2013

Coordenador: SIMONE CYNAMON COHEN

 
Quinta, 21 de Novembro de 2019

ENSP NA WEB

facebook twitter Instagram youtube Soundcloud

BAIXE O APP DA ENSP

Google Play Store Apple App Store

Este portal é regido pela Política de Acesso Aberto ao Conhecimento,
que busca garantir à sociedade o acesso gratuito, público e aberto ao conteúdo integral de toda obra intelectual produzida pela Fiocruz.


Creative Commons License

O conteúdo deste portal pode ser utilizado para todos os fins não comerciais, respeitados e reservados os direitos morais dos autores.