link para a página principal do portal
Tamanho da Letra   menor ou maior
formulário de busca
TUBERCULOSE EM MUNICÍPIO DA TRÍPLICE FRONTEIRA BRASIL/COLÔMBIA/PERU: SITUAÇÃO EPIDEMIOLÓGICA, FATORES DE RISCO E DINÂMICA DE TRANSMISSÃO

Departamento: DENSP - DEPARTAMENTO DE ENDEMIAS SAMUEL PESSOA

Programa de pós-graduação: EPIDEMIOLOGIA EM SAÚDE PÚBLICA

Linha: SAÚDE INDÍGENA

Grupo: SAÚDE, EPIDEMIOLOGIA E ANTROPOLOGIA DOS POVOS INDÍGENAS

Subárea de Conhecimento: 4.06.01.00-5

Descrição do projeto:
A tuberculose é uma doença contagiosa de ocorrência mundial, cuja disseminação depende da freqüência e da quantidade de contatos humanos, que pode ser influenciada pelo tipo de mobilidade da população afetada. Atualmente estima-se que nove milhões de casos de TB são notificados no mundo, sendo a endemia principal causa de morte por doença curável no planeta, com cerca de dois milhões de óbitos por ano. A tuberculose encontra-se distribuída em todo território brasileiro, com maior taxa de incidência na Região Norte, onde o estado do Amazonas apresenta a maior incidência de casos. Este estado integra o Arco Norte da faixa de fronteira brasileira, que tem como uma de suas sub-regiões a do Alto Solimões onde está localizado o município de Tabatinga, que juntamente com Letícia, na Colômbia, e Santa Rosa, no Peru, constituem importante ponto de convergência do processo migratório da tríplice fronteira Brasil-Colômbia-Peru. A região apresenta grande movimentação humana e constitui-se em área vulnerável, pois concentra problemas como dificuldade de acesso aos serviços de saúde, grandes contingentes populacionais vivendo em condições precárias de vida, e a presença expressiva de povos indígenas. As características acima delineiam situações particulares de saúde, onde taxas de incidência de doenças transmissíveis geralmente são elevadas. Neste sentido este projeto se propõe a descrever a situação epidemiológica da tuberculose no município de Tabatinga, no período de 2001 a 2010, investigar fatores associados aos casos detectados e caracterizar as cepas de Mycobacterium tuberculosis circulantes no período de 2012 a 2013. Esperamos com este estudo pioneiro contribuir para orientar programas de saúde, políticas e iniciativas de articulação para a tomada de medidas que tem por objetivo melhorar as condições de saúde das populações fronteiriças.

Natureza:

  • Pesquisa

Ano do início do projeto: 2012

Ano do fim do projeto: 2014

Coordenador: PAULO CESAR BASTA

Participante Interno:

Participante Externo:

Participante Aluno:

 
Quarta, 24 de Abril de 2019

ENSP NA WEB

facebook twitter Instagram youtube Soundcloud

BAIXE O APP DA ENSP

Google Play Store Apple App Store

Este portal é regido pela Política de Acesso Aberto ao Conhecimento,
que busca garantir à sociedade o acesso gratuito, público e aberto ao conteúdo integral de toda obra intelectual produzida pela Fiocruz.


Creative Commons License

O conteúdo deste portal pode ser utilizado para todos os fins não comerciais, respeitados e reservados os direitos morais dos autores.