link para a página principal do portal
Tamanho da Letra   menor ou maior
formulário de busca
Condições de saúde de idosos institucionalizados: uma proposta de avaliação de necessidades e utilização da Classificação Internacional de Funcionalidade, Incapacidade e Saúde para planejamento de ações de prevenção e reabilitação

Departamento: DEMQS - DEPARTAMENTO DE EPIDEMIOLOGIA E MÉTODOS QUANTITATIVOS EM SAÚDE

Programa de pós-graduação: SAÚDE PÚBLICA E MEIO AMBIENTE

Linha: EPIDEMIOLOGIA DE DOENÇAS CRÔNICAS - PSPMA

Grupo: EXPOSIÇÕES AMBIENTAIS E REPERCUSSÕES NO CICLO DE VIDA

Subárea de Conhecimento: 4.06.01.00-5

Descrição do projeto:
Com o envelhecimento populacional, os problemas de saúde dos idosos ganham maior expressão no conjunto da sociedade. Por representarem condições crônicas, comprometem a capacidade funcional, sendo um forte determinante de dependência. Na atenção à saúde dos idosos com doenças crônicas, a prevenção do agravamento das morbidades e do desenvolvimento de déficits, assim como a denominada reabilitação voltada para a adaptação a condições irreversíveis ou progressivas são muito importantes. Sendo assim, em termos de Saúde Pública, as propostas para esse grupo populacional devem ser voltadas para a manutenção da funcionalidade, do exercício do seu papel social e da autonomia para o auto-cuidado.A Classificação Internacional da Funcionalidade, Incapacidade e Saúde (CIF) da Organização Mundial da Saúde contempla a maioria dos aspectos relacionados à saúde e à incapacidade funcional. A utilização do modelo conceitual da CIF evidencia a importância da reabilitação, não apenas com o objetivo de restaurar a saúde dos idosos, mas também para a sua otimização, frente às deficiências progressivas. Nesse contexto se insere a proposta deste projeto de pesquisa que tem como principal objetivo avaliar as condições de funcionalidade, incapacidade e saúde em indivíduos de 60 ou mais anos de idade, residentes em Instituições de Longa Permanência públicas ou filantrópicas do Rio de Janeiro, Juiz de Fora, Campo Grande e Cuiabá. Paralelamente, propõe-se efetuar a medição da funcionalidade através da CIF. Para atender aos objetivos propostos, será realizado estudo descritivo transversal para caracterizar as condições de saúde de idosos residentes em instituições de longa permanência nas cidades de Campo Grande (Mato Grosso do Sul), Cuiabá (Mato Grosso), Juiz de Fora (Minas Gerais) e Rio de Janeiro (Rio de Janeiro). Serão elegíveis todos os indivíduos com 60 anos ou mais, residentes em instituições de longa permanência públicas e filantrópicas dessas cidades.

Natureza:

  • Pesquisa

Ano do início do projeto: 2010

Ano do fim do projeto: 2012

Coordenador: INÊS ECHENIQUE MATTOS

Participante Externo:

Participante Aluno:

 
Quarta, 24 de Abril de 2019

ENSP NA WEB

facebook twitter Instagram youtube Soundcloud

BAIXE O APP DA ENSP

Google Play Store Apple App Store

Este portal é regido pela Política de Acesso Aberto ao Conhecimento,
que busca garantir à sociedade o acesso gratuito, público e aberto ao conteúdo integral de toda obra intelectual produzida pela Fiocruz.


Creative Commons License

O conteúdo deste portal pode ser utilizado para todos os fins não comerciais, respeitados e reservados os direitos morais dos autores.