link para a página principal do portal
Tamanho da Letra   menor ou maior
formulário de busca
Análise da prevalência de Doença Pulmonar Obstrutiva Crônica (DPOC) e asma em idosos residentes em uma comunidade da região de Manguinhos/RJ.

Departamento: CSEGSF - CENTRO DE SAÚDE ESCOLA GERMANO SINVAL FARIA

Programa de pós-graduação: não informado

Linha: PESQUISA CLÍNICA

Grupo: DESENVOLVIMENTO E AVALIAÇÃO DE TECNOLOGIAS E CUIDADOS NA ATENÇÃO PRIMÁRIA À SAÚDE

Subárea de Conhecimento: 4

Descrição do projeto:
Objetivo:
Analisar a prevalência de asma e DPOC em idosos residentes em uma comunidade da Região de Manguinhos, no município do Rio de Janeiro.
Metodologia:
Selecionou-se a comunidade denominada Parque Oswaldo Cruz, área adstrita ao Centro de Saúde Escola Germano Sinval Farias (CSEGSF/ENSP), em que residem cerca de 431 idosos, área aonde está implantado o Programa de Saúde da Família, que realizou cadastramento dos domicílios e residentes.
Critérios de elegibilidade. Inclusão:: todos os indivíduos com 60 e mais anos residentes na área. Exclusão: indivíduos incapazes de se locomoverem por meios próprios até o CSEGSF e aqueles que apresentarem: défice cognitivo suficiente para impedir a compreensão do exame; insuficiência cardíaca e / ou coronariana diagnosticados durante a avaliação médica; dor torácica ou abdominal; história de cirurgia ocular recente; hipoacusia grave.
Cada idoso será entrevistado e examinado individualmente no CSEGSF. A coleta de dados será realizada por meio de aplicação de questionário fechado, registrando variáveis demográficas e de saúde (sexo; idade; v. sociais; capacidade funcional, através das escalas de atividades básicas da vida diária (Katz, 1963) e atividades instrumentais de vida diária (Lawton, 1978); rastreamento de disfunção cognitiva, através do Mini-exame do estado mental (Folstein, 1975); peso, altura e pressão arterial). Em seguida, o idoso será encaminhado para avaliação da capacidade respiratória com realização de espirometria no ambulatório do Centro de Estudos em Saúde do Trabalhador e Ecologia Humana, com técnica padronizada. Com base na análise do desempenho na espirometria os indivíduos serão classificados em normais, quando VEF1/CVF for igual ou maior do que 70%, e portadores de asma ou DPOC quando este índice estiver abaixo de 70%, com ou sem resposta broncodilatadora após uso de salbutamol, respectivamente, estas consideradas as variáveis dependentes. As freqüências de asma e DPOC serão correlacionadas com sexo, faixas de idade, IMC, profissão, situação conjugal, grau de independência nas atividades básicas da vida diária, atividades instrumentais da vida diária, pressão arterial e estado mental.



Natureza:

  • Pesquisa

Ano do início do projeto: 2006

Ano do fim do projeto: 2009

Coordenador: ELYNE MONTENEGRO ENGSTROM

 
Quinta, 5 de Dezembro de 2019

ENSP NA WEB

facebook twitter Instagram youtube Soundcloud

BAIXE O APP DA ENSP

Google Play Store Apple App Store

Este portal é regido pela Política de Acesso Aberto ao Conhecimento,
que busca garantir à sociedade o acesso gratuito, público e aberto ao conteúdo integral de toda obra intelectual produzida pela Fiocruz.


Creative Commons License

O conteúdo deste portal pode ser utilizado para todos os fins não comerciais, respeitados e reservados os direitos morais dos autores.