link para a página principal do portal
Tamanho da Letra   menor ou maior
formulário de busca
Instrumentos para o Monitoramento do Desempenho na Prevenção e Tratamento das Doenças Isquêmicas do Coração

Departamento: não informado

Programa de pós-graduação: SAÚDE PÚBLICA

Linha: ENSINO

Grupo: AVALIAÇÃO DO DESEMPENHO DE SERVIÇOS E SISTEMAS DE SAÚDE

Subárea de Conhecimento: 4.06.02.00-1

Descrição do projeto:
O modelo de avaliação de desempenho de sistemas de saúde Proadess será utilizado como referencial para o desenvolvimento do sistema de monitoramento. Este terá como foco os processos de prevenção e tratamento das DIC. Considerando as limitações das bases de dados demográficas e de saúde, não será estabelecido a priori o âmbito geográfico da avaliação do desempenho. Para grupos específicos de indicadores, o mesmo poderá se limitar ao nível nacional ou apenas a um estado ou município.
Desenvolver-se-ão fluxogramas dos processos de cuidado para descrever o contexto específico de cada processo e identificar as etapas que os compõem. Os fluxogramas vão especificar cada passo do processo de cuidado e, em cada um deles, os elementos-chave que o caracterizam bem como seus resultados. As fontes de dados para a pesquisa de protocolos clínicos serão as sociedades médicas nacionais e internacionais e as agências governamentais e de pesquisa. Os protocolos selecionados serão sistematizados e sintetizados. As principais etapas do cuidado serão delineadas com base nesta revisão e possíveis divergências entre os protocolos identificados. Protótipos dos fluxogramas serão elaborados. Um painel de especialistas da área de cardiologia será formado para acordar o desenho final dos fluxogramas. Para obtenção de consenso, utilizar-se-á o método Delphi com as modificações propostas pela Rand/UCLA dos EUA.
A partir dos fluxogramas, será construída uma matriz de desempenho. Esta apresentará os elementos-chave de cada processo de cuidado nas linhas e as dimensões de desempenho do Proadess nas colunas. As células da matriz indicam as áreas do cuidado a serem monitoradas. Serão identificados ou construídos indicadores de qualidade para cada célula da matriz de desempenho. Todos os indicadores serão analisados com base na sua média e sua distribuição. A distribuição do desempenho entre áreas geográficas ou grupos sociais será a medida de eqüidade utilizada.
Para a identificação dos indicadores de desempenho em cada célula da matriz, proceder-se-á a uma pesquisa abrangente dos indicadores em uso por organizações nacionais e internacionais. A estratégia de busca utilizará as bases de indexação bibliográfica internacionais, a internet e os informantes-chave – profissionais de saúde, pesquisadores, gestores e avaliadores.
Para proceder à avaliação serão identificados os padrões de qualidade dos indicadores. A avaliação pressupõe uma comparação do valor do indicador de qualidade com um padrão, que é uma especificação quantitativa que define boa qualidade. Os padrões podem ser normativos e empíricos e variam segundo o tipo de indicador, a robustez da evidência científica disponível e a disponibilidade de dados. Por meio de revisão de literatura e consulta a especialistas, será identificado o tipo de padrão mais adequado para cada indicador selecionado.
Para a análise do desempenho construir-se-ão os bancos de dados necessários para o cálculo dos indicadores. Os indicadores serão calculados e comparados ao seu padrão. A eqüidade será avaliada a partir da comparação dos indicadores entre áreas geográficas e, sempre que os dados permitirem, da comparação destes entre grupos sociais em cada área analisada. Os problemas de desempenho identificados estarão associados às etapas do cuidado e permitirão a sinalização de áreas críticas para melhoria do desempenho.
O desempenho dos processos de cuidado avaliados será comparado com os fatores estruturais para gerar hipóteses sobre as causas associadas ao bom ou ao mau desempenho. A epidemiologia das DIC e seus determinantes também serão monitorados para permitir o acompanhamento de suas dinâmicas em compasso com o acompanhamento do desempenho das ações de prevenção e tratamento desses problemas de saúde.
Para construção dos bancos de dados e análise dos dados, serão utilizados os programas computacionais REDATAM e SPSS.

Natureza: não informado

Ano do início do projeto: 2005

Ano do fim do projeto: 2007

Coordenador: CLAUDIA MARIA DE REZENDE TRAVASSOS

 
Domingo, 21 de Abril de 2019

ENSP NA WEB

facebook twitter Instagram youtube Soundcloud

BAIXE O APP DA ENSP

Google Play Store Apple App Store

Este portal é regido pela Política de Acesso Aberto ao Conhecimento,
que busca garantir à sociedade o acesso gratuito, público e aberto ao conteúdo integral de toda obra intelectual produzida pela Fiocruz.


Creative Commons License

O conteúdo deste portal pode ser utilizado para todos os fins não comerciais, respeitados e reservados os direitos morais dos autores.