1. Curso de saúde do trabalhador vai ganhar novo formato

    Ao completar 20 anos, o curso de especialização em saúde do trabalhador e ecologia humana da ENSP entra em processo de reorganização, seguindo a iniciativa ENSP em Movimento, que busca reformular o ensino lato sensu na Escola. A proposta é discutir e formular o Programa de formação na área de saúde do trabalhador, tendo em vista a realidade deste campo no Brasil e da reorganização estratégica da oferta de cursos na ENSP. Uma oficina de trabalho reunirá 40 profissionais da ENSP durante três dias (28 a 30/03), em Nogueira (RJ), para formatar a nova proposta que entra em vigor ainda em 2007.

  2. ENSP realiza no Acre mais um curso para o ProgeSUS

    De segunda à sexta-feira desta semana (16 a 20/04), está sendo realizado no Acre o primeiro Curso de Atualização de Informação e Informática em Gestão do Trabalho no SUS. O curso, coordenado por Pedro Benevenuto Junior, consultor do Departamento de Gestão da Regulação do Trabalho em Saúde (Degerts/SGTES/MS), em parceria com os pesquisadores da ENSP Miguel Murat (DAPS/ENSP) e Ilara Hammerli (DCS/ENSP), integra o Programa de Qualificação e Estruturação da Gestão do Trabalho e da Educação no SUS (ProgeSUS) e tem o objetivo de capacitar gestores de recursos humanos (RH) e técnicos de informática para implementar e utilizar os sistemas de informação a serem instalados nas secretarias estaduais e municipais de saúde, dentre eles o Sistema de Informação Gerencial de Recursos Humanos (SIGRHS). Entenda a importância do ProgeSUS e o papel que a ENSP desempenha como instituição coordenadora do Programa.

  3. Trabalho premiado avalia gestão e uso de insumos hospitalares

    A participação de materiais hospitalares nos custos dos hospitais varia de 13% a 25% e têm crescido nos últimos anos. Com base nessa estatística do Núcleo de Tecnologia e Logística em Saúde da Escola de Governo (Nutec/EGS/ENSP/Fiocruz), um grupo de profissionais do Nutec mapeou os procedimentos executados pelas equipes de profissionais de saúde, além de especificar, quantificar e calcular a produção mensal de insumos necessários em cada procedimento hospitalar. Como fruto desta análise, "A Pesquisa de Insumos como Ponto de Partida para Otimização do Gerenciamento de Materiais Hospitalares, coordenado por Maria Infante, recebeu menção honrosa no VII Congresso Brasileiro de Qualidade em Serviços e Sistemas de Saúde.

  4. Seminário sobre gestão discute modelo de fundação estatal

    Discutir o papel do estado do Rio de Janeiro na gestão pública da saúde, tendo como foco a atenção básica, os critérios para a regulamentação estadual do Sistema Único de Saúde (SUS) e a garantia e a eficiência na aplicação dos recursos, trazendo melhorias efetivas ao cidadão, são alguns dos pontos principais do seminário que a Secretaria de Saúde e Defesa Civil do Rio de Janeiro está promovendo. O seminário Gestão Estadual da Saúde: Regulamentação Fundação Estatal acontecerá entre 6 e 8 de maio e contará com a participação do diretor da ENSP, Antônio Ivo de Carvalho, e do pesquisador do Departamento de Administração e Planejamento em Saúde (Daps/ENSP/Fiocruz), Pedro Barbosa, como coordenador de mesa e palestrante, respectivamente. O seminário contará com as presenças do ministro da Saúde, José Gomes Temporão, do governador do estado do Rio, Sérgio Cabral, e do secretário de Saúde e Defesa Civil do Rio, Sérgio Cortes, entre outras autoridades.

  5. Uso de águas subterrâneas é destaque em sessão científica

    Usar água subterrânea é sempre mais barato do que qualquer outra fonte, porém ainda é visto como última opção, destacou o palestrante convidado da sessão científica do Programa de Pós-graduação em Saúde Pública e Meio Ambiente, Egmont Capucci, que é hidrogeólogo da Companhia Estadual de Águas e Esgotos (Cedae), com grande experiência em perfuração de poços tubulares profundos nos aqüíferos fluminenses. Segundo o especialista, o alto grau de poluição, em águas superficiais faz com que as subterrâneas ganhem importância cada vez maior. Confira, na Biblioteca Multimídia da ENSP, a apresentação de Egmont Capucci.

  6. Transição do modelo de produção influencia atuação do PSF

    A transição do modelo de produção da sociedade, que carrega mudanças no processo de trabalho do PSF, o novo modelo de sistemas de saúde que essa transformação traz e a proposta de criação de um Sistema Municipal de Saúde Escola - cujo objetivo é construir um sistema de educação aliado às instituições de ensino e a toda rede municipal de serviços de saúde - foram temas que os palestrantes Luiz Odorico Andrade e Cinira Magali Fortuna abordaram no sexto dia do III Ciclo de Debates: conversando sobre a Estratégia de Saúde da Família. A mesa, coordenada pela professora Mireia Giongo, da UFRJ, abordou o tema Estratégia de Saúde da Família: Mudanças no processo de trabalho, e foi realizada na terça-feira,dia 15/05, no Auditório Térreo da ENSP. O áudio e as apresentações podem ser acessados na Biblioteca Multimídia da ENSP.

  7. ENSP articula política de inovação industrial para saúde

    A Escola Nacional de Saúde Pública Sergio Arouca, através do Grupo de Estudos sobre o Complexo Industrial e Inovação em Saúde (GIS), junto com outras duas instituições (Instituto de Economia da Unicamp e Instituto de Economia da UFRJ), está responsável pela definição da política nacional de desenvolvimento industrial em saúde para o país, como forma de subsidiar o Ministério da Saúde em uma de suas maiores prioridades: a criação de um complexo industrial. O GIS é coordenado pelo ministro da Saúde, José Gomes Temporão, pesquisador licenciado da ENSP, e Carlos Gadelha, vice-presidente de Produção e Inovação em Saúde da Fiocruz e também pesquisador da ENSP.

  8. Sessão Científica aborda Vigilância Epidemiológica

    Tuberculose: Vigilância Epidemiológica e práticas assistências será o tema da Sessão Técnico-Científica do Centro de Saúde Escola Germano Sinval Faria (CSEGSF/ENSP), que será realizada nesta quinta-feira (31/05), no auditório da ENSP, às 14 horas. A apresentação será realizada pelas componentes da equipe da Vigilância Epidemiológica do CSEGSF, Celina Boga, Eliana Silva, Marlene do Amor Divino, Gicilene de Jesus e Maria José Marinha.

  9. Fundações estatais: tema será discutido no Congresso do Conasems

    Fundações Estatais: novo modelo de gestão e Judicialização da Saúde: pontos e contrapontos serão os temas das duas oficinas que antecedem o XXIII Congresso de Secretarias Municipais de Saúde a ser realizado de 27 a 30 de junho de 2007, em Joinville (SC). Opesquisador do Departamento de Administração e Planejamento em Saúde (Daps/ENSP) Pedro Barbosa participará da discussão sobre as fundações estatais como debatedor.