1. Ex-ministra da Saúde de El Salvador é homenageada na Fiocruz

    Em solenidade realizada na ENSP no dia 17 de outubro, a Fundação Oswaldo Cruz outorgou o título de Doutora Honoris Causa a uma mulher que sempre trabalhou em prol de uma saúde pública integral e de qualidade para os povos da América Latina: María Isabel Rodríguez. Emocionada, a médica e ex-ministra da Saúde de El Salvador disse estar sem palavras por receber tal honra de uma instituição que sempre atuou pela ciência a serviço da saúde e estando em uma casa que leva o nome de um amigo pessoal: Sergio Arouca.

  2. Grupo de Direitos Humanos em Saúde debate formação intersindical

    O Grupo Direitos Humanos e Saúde Helena Besserman da Escola Nacional de Saúde Pública (Dihs/ENSP) promoverá, no dia 31 de outubro, o Seminário de Formação Intersindical em Saúde, Trabalho e Direito - Seminário de Diplomação. A atividade debaterá o movimento de luta dos trabalhadores pela saúde. Marcado para às 9 horas, o evento é aberto ao público, não necessita de inscrição prévia e acontecerá no prédio da Expansão da Fiocruz. 

  3. Meio ambiente deve ser parte da vida para um futuro sustentável

    O filósofo francês Jean Pierre Leroy foi o grande destaque da noite de abertura do 2º Simpósio Brasileiro de Saúde e Ambiente, que está acontecendo na capital mineira, Belo Horizonte.  No contexto atual, no qual vivemos a expansão cada vez mais intensa da agricultura industrial e dos latifúndios monocultores no país, Leroy defende a resistência aos processos de desterritorialização e desapropriação dos territórios tradicionais, que, em nossa sociedade, são respaldadas pelos interesses governamentais e pela política do crescimento econômico. Segundo ele, nesse sentido, os saberes e competências associados ao local passam a ser desqualificados. O filósofo alerta, no entanto, que são nestes territórios que podem ser encontradas pistas para um futuro sustentável.

  4. Sibsa: um encontro baseado na construção compartilhada

    "O Sibsa é uma construção coletiva e não fruto de um único pensamento. Ele é a real articulação da academia com os movimentos sociais, pois se constituiu a partir da ligação de um conjunto de possibilidades que fluíram de dentro do movimento social e no interior da academia e resultaram no pensamento coletivo", disse o diretor da ENSP, Hermano Castro, na mesa de abertura do 2º Simpósio de Brasileiro de Saúde e Ambiente, do qual ele também é presidente.

  5. Reportagem destaca abertura do 2º Simpósio Brasileiro de Saúde e Ambiente

    Belo Horizonte teve uma noite de domingo (19/10) diferente. A cidade recebeu a solenidade de abertura do 2º Simpósio Brasileiro de Saúde e Ambiente, promovido pela Abrasco. O filósofo francês Jean Pierre Leroy ministrou a conferência de abertura, que teve como tema Direitos, justiça ambiental e políticas públicas. A equipe da ENSP TV está cobrindo o 2º Sibsa e produziu uma matéria especial sobre o início do evento, trazendo as participações do presidente da Fiocruz, Paulo Gadelha, e do diretor da ENSP, Hermano Castro.

  6. 'Parto normal é a preferência de 85% das mulheres no mundo'

    "A cesarianas acarretam alto custo para os sistemas de saúde no mundo, e somente 15% das mulheres preferem esse tipo de parto". A constatação é do médico obstetra José Belizán, que participou da mesa Cesariana e intervenções obstétricas sobre a mulher e os recém-nascidos, realizada no último dia da Ecos da 9th International Research Conference - Normal é natural: da pesquisa à ação, dia 16 de outubro. "Podemos dizer claramente que as mulheres em todo o mundo preferem o parto vaginal. E preferem por quê? Principalmente por causa da rápida recuperação. A mulher é um membro muito importante para toda família e ter uma reabilitação imediata no pós-parto faz diferença", explicou o palestrante.

  7. Mesa destaca os múltiplos significados do parto em seminário no Rio

    "O uso da tecnologia não-invasiva no parto passa muito mais pelo não invadir, pelo respeitar a vontade da mulher". A fala da enfermeira obstetra Vânia Collaço, do grupo Hanami, traduziu as discussões da mesa Tecnologias não-invasivas de cuidado na assistências ao parto, realizada na Conferência Internacional Ecos da 9th International Research Conference - Normal é natural: da pesquisa à ação. A atividade contou também com a participação do professor da Faculdade de Enfermagem da Uerj Octávio Muniz, que destacou os múltiplos significados do parto.

  8. 'Investimento na atenção ao parto fortalece sistemas de saúde'

    Durante a mesa que discutiu a Assistência ao parto no mundo, realizada durante a Ecos da 9th International Research Conference - Normal é natural: da pesquisa à ação, a presidente do Royal College of Midwives, no Reino Unido, Lesley Page, destacou que o parto e o nascimento são um dos poucos momentos capazes de despertar sentimentos ímpares a todos os povos. Para ela, investir na saúde materna e do bebê traz uma vantagem enorme para os governos e a ciência. "Precisamos de estratégias e investimentos porque, além de salvar a vida de mulheres e crianças, essa ação fortalece sistemas de saúde e melhora a economia dos países".