1. A edição de agosto de 'Cadernos de Saúde Pública' está disponível

    A edição de agosto de 2016 da revista Cadernos de Saúde Pública (volume 32 número 8) problematiza a intenção de estabelecer nexos causais que está no cerne da Epidemiologia como campo científico orientado para o estudo de eventos relacionados à saúde em populações humanas. Na opinião do professor da Universidade federal do Rio de Janeiro, Guilherme L. Werneck, que assina o editorial, inferir causalidade é um desafio que intriga filósofos e cientistas há vários séculos. "Que pesem as substanciais diferenças de abordagens, um aspecto comum àquelas contribuições mais próximas da epidemiologia contemporânea é o pressuposto de que a possibilidade de inferência causal requer aderência aos princípios de validade e precisão em estudos epidemiológicos, e a existência de modelos teórico-operacionais que sustentem as hipóteses causais em questão." Entretanto, diz Werneck, a boa prática de explicitar modelos ou gráficos causais não foi disseminada de forma tão abrangente como seria necessário, talvez porque estes modelos tendam a ser muito difíceis de operacionalizar, dada a complexidade envolvida na determinação do processo saúde-doença em âmbito populacional. Segundo Werneck, a epidemiologia brasileira parece ter caminhado ao largo dos imensos desenvolvimentos metodológicos nesta área. No âmbito internacional, ao contrário, o uso de gráficos causais e de novas estratégias de modelagem no contexto da inferência causal em estudos observacionais é uma área de estudos prolífica desde pelo menos a década de 1980, com forte penetração nos cursos de pós-graduação e principais periódicos de epidemiologia. 

  2. Três décadas da 8ªCNS: 62 anos da ENSP resgata a essência da reforma sanitária

    Na semana de 12 a 16 de setembro, a Escola Nacional de Saúde Pública Sergio Arouca (ENSP/Fiocruz) celebrará seu aniversário de 62 anos relembrando um dos principais momentos de luta pela universalização da saúde no Brasil, a 8ª Conferência Nacional de Saúde. Com o tema Saúde é nossa conquista e nosso direito: 30 anos da 8ª Conferência Nacional de Saúde, a ENSP, além de resgatar a importância histórica do evento, também pretende alertar para os diversos ataques à democracia e ao Sistema Único de Saúde da atual conjuntura. A conferência de abertura, cujo o tema é A importância histórica da 8ª Conferência Nacional de Saúde, será proferida pelo ex-presidente da Fiocruz, Paulo Buss, e homenageará o professor Hésio Cordeiro e os membros do comitê assessor da 8ªCNS. A semana de aniversário da ENSP reunirá atividades acadêmicas, científicas e culturais e é destinada a alunos, professores, pesquisadores, profissionais de saúde e toda comunidade Fiocruz.

  3. Boletim on-line do Cecovisa destaca o sétimo Simbravisa

    A edição do Boletim do Cecovisa desta semana traz em destaque a realização do 7º Simbravisa, entre os dias 26 e 30 de novembro de 2016, em Salvador, além da Resolução do Conselho Nacional de Saúde (CNS 466/2012) que incorpora o princípio da justiça como fundamental para garantir a eticidade das pesquisas. A atual edição também dá ênfase à avaliação da segurança de serviços com leitos de UTI e à crítica da Anvisa à interferência do Congresso Nacional na regulação do setor. Confira a edição completa neste link.

  4. É falso o discurso único de que não há alternativas ao corte de gastos públicos para conter a crise, afirmam pesquisadoras

    O estabelecimento de um teto fiscal para os gastos com políticas sociais é um "remédio amargo", do qual o governo interino está lançando mão indevidamente, modificando o modelo constitucional vigente. A comparação é da procuradora do Ministério Público de Contas de São Paulo Élida Graziane Pinto, no debate Estado de sítio fiscal no SUS, da série Futuros do Brasil, realizado pelo Centro de Estudos Estratégicos da Fiocruz, em parceria com o Centro Brasileiro de Estudos de Saúde (Cebes), em 16/8, no Rio de Janeiro, do qual participou, ao lado da assessora política do Instituto de Estudos Socioeconômicos (Inesc) e conselheira do Cebes Graziele Custódio David.

  5. Sites da ENSP, EAD e Plataforma Siga fora do ar nesta quinta-feira

    Em decorrência de alguns problemas de lentidão e possíveis riscos ao ambiente computacional onde estão instalados, o Portal ENSP, o site do EAD, a Plataforma Siga e o Ambiente Virtual EAD Viask estarão fora do ar nesta quinta-feira (25/8), das 13 às 17 horas, por motivo de migração dos seus bancos de dados para um novo servidor no datacenter Fiocruz. Por isso, o Informe ENSP não circulará na referida data.

  6. Estudo analisa variação do desempenho hospitalar segundo fontes de pagamento

    No Brasil, a convivência público-privado, no âmbito do financiamento e da prestação dos cuidados em saúde, ganha nítidos contornos na assistência hospitalar. Se por um lado é histórica a dependência do sistema público de saúde do cuidado hospitalar prestado por organizações privadas, com ou sem fins lucrativos, por outro, a consolidação do mercado de planos de saúde privados ampliou a área de atuação do prestador privado. As possíveis combinações entre as fontes de pagamento de internações adotadas pelos hospitais brasileiros, denominadas arranjos de financiamento, podem afetar os resultados do cuidado. Alguns estudos buscam associar a razão de mortalidade hospitalar padronizada (RMHP) a melhorias na qualidade. Pensando nisso, os pesquisadores da ENSP, Iuri da Costa Leite e Monica Martins, em parceria com a pesquisadora da Agencia Nacional de Saúde Suplementar (ANS) Juliana Pires Machado, elaboraram o artigo Variação do desempenho hospitalar segundo fontes de pagamento nos estados de São Paulo e Rio Grande do Sul, Brasil. A pesquisa aponta iniquidades no resultado do cuidado e destaca o fato de que os esforços voltados para a melhoria da qualidade de serviços hospitalares, independentemente das fontes de pagamento, são prementes.