1. Revista Ciência e Saúde Coletiva abre chamada para número sobre desigualdades e políticas públicas

    Os modelos de desenvolvimento econômico e social são produtores de desigualdades e vulnerabilidades em saúde? Discussão central ao campo, a Revista Ciência & Saúde Coletiva abre chamada pública para artigos e resenhas que se proponham a explorar aspectos relativos à condição de vida e saúde das populações, às políticas, aos sistema, serviços e cuidado em saúde, ao processo de trabalho, à produção da violência e de processos endêmico-epidêmicos nos territórios e distintos âmbitos geográficos.

  2. Curso de Aperfeiçoamento em Saúde do Trabalhador e Ecologia Humana: inscrições prorrogadas até 25/2

    O Centro de Estudos da Saúde do Trabalhador e Ecologia Humana da Escola Nacional de Saúde Pública Sergio Arouca (Cesteh/ENSP/Fiocruz), em parceria com a Prefeitura Municipal de Santa Maria - Rio Grande do Sul, prorrogou, até 25 de fevereiro, as inscrições para o Curso de Aperfeiçoamento em Saúde do Trabalhador e Ecologia Humana na modalidade presencial. Ao todo 25 vagas estão disponíveis. Os interessados devem se inscrever na Plataforma SigaLS. Confira o aditivo de retificação do edital.

  3. Entrevista: O ativismo em poesia de Jessica Marcele

    Negros e jovens são os mais vitimados pela violência no Brasil. Segundo o Atlas da Violência 2017, do Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea), a cada 100 pessoas assassinadas no Brasil, 71 são negras. Jovens do sexo masculino, entre 15 e 29 anos, correspondem a 47,85% do total de óbitos. As mulheres negras são as maiores vítimas de homicídio. De acordo com o Dossiê Mulher 2018, a cada três mulheres assassinadas, duas são negras. 

  4. Saúde de raiz: encontro da Fiocruz debate sobre saúde e agroecologia

    1º Encontro de Diálogos e Convergências Saúde e Agroecologia, realizado pela Fiocruz, reuniu agricultores, indígenas, caiçaras e pesquisadores para discutir sobre o tema. Para a revista Radis, o vice-presidente de Ambiente, Atenção e Promoção da Saúde da Fiocruz, Marco Menezes, afirmou que “o que vemos é um cenário em que mais de 800 milhões de pessoas passam fome no mundo, e o Brasil voltando ao Mapa da Fome.
     

  5. 'Atenção Primária à Saúde no Brasil' é tema de livro de pesquisadores da ENSP

    Os pesquisadores da ENSP Maria Helena Magalhães de Mendonça, Gustavo Corrêa Matta, Roberta Gondim e Lígia Giovanella organizaram a coletânea de textos “Atenção Primária à Saúde no Brasil: conceitos, práticas e pesquisa”. O livro, publicado pela Editora Fiocruz, reúne experiências e revela a amplitude, diversidade e profundidade da discussão sobre APS, expondo sua trajetória e seus desafios no país.
     
     

  6. Neepes/ENSP promoveu encontro de saberes, sabores e linguagens artísticas entre academia e movimentos populares

    O lançamento do Núcleo de Ecologias, Epistemologias e Promoção Emancipatória da Saúde, na ENSP, promoveu o encontro de acadêmicos, moradores do território, indígenas, estudantes, ambientalistas, lideranças de movimentos populares, poetas, artistas e as comidas agroecológicas do Terrapia. De acordo com o coordenador do Núcleo, Marcelo Firpo, o lançamento do NEEPES é o compromisso com uma agenda de pesquisa e produção de conhecimento que articule linguagens artísticas, acadêmicas e populares em torno das lutas por saúde territoriais, dignidade e saúde, tanto no campo como na cidade.