1. GT da ONU propõe 17 novos objetivos para a Agenda Global de Desenvolvimento Pós-2015

    Na última e décima terceira sessão da Assembleia Geral, realizada em 19 de julho, em Nova Iorque, um grupo de trabalho aberto sobre os Objetivos do Desenvolvimento Sustentável propôs uma série de objetivos que consideram importantes nas dimensões econômicas, sociais e ambientais para melhorar a vida das pessoas e proteger o planeta para as gerações futuras. Os 17 objetivos propostos serão considerados como parte da agenda global de desenvolvimento Pós-2015, que será adotada pelos líderes mundiais em setembro de 2015.

  2. Aids: número de mortes no Brasil é menor que média mundial

    O índice anual de mortes provocadas por HIV/Aids e pela tuberculose no Brasil é menor que a média mundial. A informação faz parte de um estudo publicado pela revista científica The Lancet divulgado durante a 20ª Conferência Internacional sobre Aids, que acontece em Melbourne, na Austrália, e termina na sexta-feira (25/7). Segundo o estudo, as mortes por aids no Brasil tiveram uma redução da taxa anual de 2,3%, entre 2000 e 2013, enquanto o índice mundial, no mesmo período, foi de 1,5%. O Secretário em Vigilância Sanitária do Ministério da Saúde, Jarbas Barbosa, e diretor do Departamento de DST, Aids e Hepatites Virais do Ministério da Saúde, Fábio Mesquita, participam da Conferência.

  3. Abrasco analisa propostas de saúde nos programas dos presidenciáveis

    A campanha eleitoral começa a ganhar corpo nas ruas e maior espaço nos noticiários e nas discussões cotidianas, e o setor saúde pergunta: Como as candidaturas à presidência da República estão tratando a área? Para tentar responder a essa pergunta, os professores Mário Scheffer e Lígia Bahia, ambos integrantes da Comissão de Política, Planejamento e Gestão da Abrasco, elaboraram o estudo A saúde nos programas de governo dos candidatos a Presidente da República do Brasil nas eleições de 2014: notas preliminares para o debate.

  4. A regionalização pode contribuir para o avanço do SUS?

    A regionalização é um processo técnico-político relacionado à definição de recortes espaciais para fins de planejamento, organização e gestão de redes de ações e serviços de saúde. Segundo a pesquisadora do Departamento de Administração e Planejamento em Saúde da ENSP Luciana Dias Lima, por seus significados e pelas relações existentes entre regiões e redes de atenção no país, o avanço do processo de regionalização pode interferir positivamente no acesso à saúde, pois permite observar os determinantes sociais de saúde no modo como estes se expressam no território; estabelecer portas de entrada e hierarquia tecnológica com base em parâmetros de necessidade e utilização dos recursos disponíveis; disponibilizar recursos sociais e políticos que incentivem o compartilhamento de responsabilidades entre os governos e a participação da sociedade nesse processo, entre muitos outros benefícios. E você, o que pensa sobre a importância da regionalização para o avanço do SUS? Responda a pergunta e participe do mais novo tema do Blog Saúde em Pauta. Escreva! Dê sua opinião! 

  5. Canal Saúde alerta para artigo sobre o uso do sildenafil e mortes no RJ

    O Jornal da Saúde, programa que traz as principais notícias da área da saúde em todo o Brasil, produziu reportagem a respeito do artigo que associa a ocorrência de morte súbita ao uso de medicamentos para disfunção erétil nos motéis do Rio de Janeiro. O artigo é de autoria dos pesquisadores da Escola Nacional de Saúde Pública Sergio Arouca Álvaro Nascimento e Suely Rosenfeld. A reportagem destaca o consumo recreativo do medicamento por jovens na busca de uma melhor performance sexual. Assista a reportagem completa na página do Canal Saúde.

  6. Artigo avalia estrutura das farmácias hospitalares do RJ

    O serviço de farmácia hospitalar é responsável por diversas atividades com forte impacto na assistência à saúde. As variadas necessidades dos pacientes requerem que as mesmas desempenhem uma série de atividades de modo organizado. As funções do farmacêutico hospitalar, por sua vez, exigem comprometimento com os resultados dos seus serviços e não somente com o fornecimento de medicamentos. Com o intuito de avaliar os serviços de farmácia de seis hospitais estaduais do Rio de Janeiro, as pesquisadoras do Núcleo de Assistência Farmacêutica da ENSP Cláudia Garcia Serpa Osório-de-Castro e Maria Auxiliadora Oliveira, em parceira com pesquisadores do Instituto Nacional do Câncer (Inca) e da Faculdade de Farmácia da UFF, realizaram uma pesquisa, cujo resultado demonstra que o armazenamento é atualmente um dos piores problemas destes locais.

  7. 19º Concurso Inovação está com inscrições abertas

    Estão abertas as inscrições para a 19ª edição do Concurso Inovação na Gestão Pública Federal. Até o dia 22 de agosto, ações e projetos inovadores implementados há pelo menos um ano em órgãos e entidades do governo federal podem se inscrever para concorrer a visitas técnicas internacionais e a bolsas de estudos em cursos da Escola Nacional de Administração Pública (Enap). Ao todo, 10 práticas serão premiadas.

  8. Biossegurança pauta cooperação no sertão do Ceará

    O Núcleo de Biossegurança da Fundação Oswaldo Cruz (NuBio/ENSP/Fiocruz) e o Laboratório de Ecoepidemiologia da Doença de Chagas, do Instituto Oswaldo Cruz (Ledoc/IOC), estabeleceram cooperação com o Centro de Controle de Zoonoses (CCZ) de Sobral, da Secretaria de Saúde do Ceará, com o objetivo de prestar consultoria em biossegurança no sertão de Acaraú. As atividades envolvem a coleta de triatomíneos vetores, atividade laboratorial para identificação de protozoários parasitos, triagem sorológica e o acompanhamento clínico da população humana. 

  9. Aberta a chamada para submissão de artigos para Revista Brasileira de Aprendizagem Aberta e a Distância

    A Revista Brasileira de Aprendizagem Aberta e a Distância (RBAAD) é um jornal interativo com foco em pesquisa, desenvolvimento científico e prática da educação a distância. Publica artigos sobre resultados de pesquisas empíricas ou teóricas, reflexões sobre práticas concretas e atualizadas na área, e estudo de casos que retratem situações representativas e de significativa contribuição para o conhecimento na EAD.