1. ENSP colabora na implantação da Escola de Governo em Saúde na Argentina

    Apesar da rivalidade no esporte, no campo da Saúde Pública Brasil e Argentina mantêm uma parceria histórica na formação dos respectivos sistemas de saúde. E esta cooperação será ampliada ainda mais, uma vez que a ENSP está ajudando na consolidação de uma Escola de Governo em Saúde (EGS) no referido país sul-americano. Inaugurada agora em julho, a EGS Argentina pretende, inicialmente, oferecer uma pós-graduação stricto sensu na área de gestão de epidemiologia em diferentes programas de formação. Para colaborar neste processo, a Direção da ENSP recebeu a visita de representantes do Ministério da Saúde da Argentina para articular melhor esta parceria. Pela Escola, participaram da reunião o diretor Hermano Castro e o vice-diretor de Escola de Governo em Saúde, Frederico Peres. Já pelo lado argentino, estiveram presentes o secretário de Políticas, Regulação e Institutos do Ministério da Saúde, Mario Rovere, e o subsecretário de Políticas, Regulação e Fiscalização do MS, Pablo Kohan.

  2. Fiocruz associa-se ao Observatório de Territórios Sustentáveis e Saudáveis da Bocaina

    Fruto da parceria entre o Fórum das Comunidades Tradicionais de Angra dos Reis, Paraty (RJ) e Ubatuba (SP) e a Fiocruz, apoiada pela Funasa, o Observatório de Territórios Sustentáveis e Saudáveis da Bocaina (OTSS) inaugura o seu espaço, no dia 10 de julho - uma casa, no bairro de Caborê, em Paraty. Também será inaugurado o primeiro módulo de Saneamento Ecológico, no dia 11 de julho, construído na escola municipal Martim de Sá, na comunidade caiçara da Praia do Sono, em Paraty. O OTSS, que tem como coordenador geral o pesquisador da ENSP Edmundo Gallo, é um espaço para o desenvolvimento de soluções baseadas na ecologia de saberes e que têm potencial para tornarem-se estratégias regionais e alternativas para a garantia dos direitos das comunidades tradicionais. Tem como área de atuação a região o litoral norte do Estado de São Paulo e litoral sul do Estado do Rio de Janeiro, onde vivem cerca de cinquenta comunidades tradicionais de três etnias: caiçaras, indígenas e quilombolas.

  3. Escola assina convênio com Defensoria Pública do Rio na quinta-feira (25/6)

    A Escola Nacional de Saúde Pública (ENSP/Fiocruz) assinará, na próxima quinta-feira, dia 25 de junho, um convênio com a Defensoria Pública do Estado do Rio de Janeiro (DPE/RJ). O acordo é fruto de reuniões e oficinas que vêm sendo realizadas desde março deste ano, e a aproximação instucional entre DPE/RJ e ENSP consolidou-se por intermédio do diálogo contínuo entre trabalhadores vinculados ao Fórum de Articulação com os Movimentos Sociais e ao Núcleo de Direitos Humanos e Saúde Helena Besserman (DHIS), ambos da ENSP, Movimento Chega de Descaso e representantes das Coordenações de Pesquisa e de Saúde, da Câmara de Resolução de Litígios e da Fundação Escola da DPE/RJ. O convênio será assinado pelo diretor da ENSP, Hermano Castro, e o defensor público-geral, André Castro. Os pesquisadores Maria Helena Barros e Paulo Amarante participarão do encontro, que terá início às 17h30.

  4. Escola assina convênio com Defensoria Pública do Rio na quinta-feira (25/6)

    A Escola Nacional de Saúde Pública (ENSP/Fiocruz) assinará, na próxima quinta-feira, dia 25 de junho, um convênio com a Defensoria Pública do Estado do Rio de Janeiro (DPE/RJ). O acordo é fruto de reuniões e oficinas que vêm sendo realizadas desde março deste ano, e a aproximação instucional entre DPE/RJ e ENSP consolidou-se por intermédio do diálogo contínuo entre trabalhadores vinculados ao Fórum de Articulação com os Movimentos Sociais e ao Núcleo de Direitos Humanos e Saúde Helena Besserman (DHIS), ambos da ENSP, Movimento Chega de Descaso e representantes das Coordenações de Pesquisa e de Saúde, da Câmara de Resolução de Litígios e da Fundação Escola da DPE/RJ. O convênio será assinado pelo diretor da ENSP, Hermano Castro, e o defensor público-geral, André Castro. Os pesquisadores Maria Helena Barros e Paulo Amarante participarão do encontro, que terá início às 17h30.

  5. RedEscola renovada se fortalece como ator político em defesa da saúde pública e da saúde coletiva

    Três dias de muita troca de experiências e aprendizado, num clima democrático, alegre, de fortalecimento da identidade e, ao mesmo tempo, com uma densidade de discussões em torno de temas ligados à saúde pública e à saúde coletiva. Assim foi o Encontro Nacional 2015 da Rede de Escolas e Centros Formadores em Saúde Pública/Coletiva, agora conhecida como RedEscola, ocorrido no Rio de Janeiro, entre os dias 10 e 12 de junho. O tom de importância dado à Rede foi definido pelo diretor da Escola Nacional de Saúde Pública Sergio Arouca (ENSP/Fiocruz), Hermano Castro, logo na abertura do evento. "Essa é uma Rede horizontal, parceira de todas as Escolas e, para a ENSP, ela é estratégica dentro da visão que temos. Queremos que a ENSP continue sendo uma parceira, ajudando as Escolas a implementarem seus próprios projetos pedagógicos", assinalou.

  6. Edital PMA Fiocruz 2015: prazo de inscrição termina em 3/6

    Em virtude dos problemas de acesso ao site do Edital Políticas Públicas e Modelos de Atenção à Saúde - Fiocruz (PMA 2015), o que impossibilitou o registro dos projetos durante alguns dias, a Vice-Presidência de Pesquisa e Laboratórios de Referência (VPPLR/Fiocruz) lembra que o prazo para submissão dos projetos de pesquisa termina no dia 3 de junho. Esta é a data final para que os interessados enviem tanto pelo site como entreguem em papel. A vice-presidência adverte ainda sobre a errata em relação ao item 4.1 do Edital, em relação à elegibilidade dos proponentes.

  7. Edital PMA Fiocruz 2015: prazo de inscrição termina em 3/6

    Em virtude dos problemas de acesso ao site do Edital Políticas Públicas e Modelos de Atenção à Saúde - Fiocruz (PMA 2015), o que impossibilitou o registro dos projetos durante alguns dias, a Vice-Presidência de Pesquisa e Laboratórios de Referência (VPPLR/Fiocruz) lembra que o prazo para submissão dos projetos de pesquisa termina no dia 3 de junho. Esta é a data final para que os interessados enviem tanto pelo site como entreguem em papel. A vice-presidência adverte ainda sobre a errata em relação ao item 4.1 do Edital, em relação à elegibilidade dos proponentes.

  8. Abrasco lança nova edição de dossiê sobre agrotóxicos

    Depois de causar grande impacto em 2012, o Dossiê Abrasco sobre Agrotóxicos ganha nova edição, com lançamento na próxima terça-feira (28/4), às 18h, na Universidade do Estado do Rio de Janeiro (Uerj). O livro é uma co-edição da Escola Politécnica de Saúde Joaquim Venâncio (EPSJV/Fiocruz) e da editora Expressão Popular. A publicação, com mais de 600 páginas, colorida e ilustrada, reúne as três partes revisadas do Dossiê Abrasco lançadas ao longo de 2012, além de uma quarta parte inédita intitulada A crise do paradigma do agronegócio e as lutas pela agroecologia.

  9. ENSP auxilia na elaboração de propostas de leis ambientais

    A Escola Nacional de Saúde Pública recebeu o deputado estadual Carlos Minc para uma reunião com o intuito de apresentar pesquisas da ENSP na área ambiental, que possam subsidiar projetos de lei e até mesmo políticas públicas. Entre os assuntos discutidos estiveram a exposição de trabalhadores ao benzeno e ao amianto, a questão dos grandes empreendimentos e a qualidade das areias das praias, praças e creches. Para o deputado, a parceria com a Escola é fundamental para a construção de políticas efetivas.

  10. Mostra dos Núcleos de Apoio à Saúde da Família do RJ em 20/3

    A Secretaria Municipal de Saúde do RJ realizará, na sexta-feira (20/3), a 1ª Mostra de trabalhos do curso de aperfeiçoamento em apoio matricial na Atenção Básica com ênfase nos Núcleos de apoio da Saúde da Família 2015. O evento tem o objetivo de capacitar e aperfeiçoar as práticas do profissional do Núcleo de Apoio à Saúde da Família (NASF), além de compartilhar experiências no município do Rio de Janeiro. Será no Auditório do Instituto Municipal Phillipe Pinel,  Avenida Venceslau Brás, 65/3° andar, Botafogo, das 9h30 às 17h.