1. Encontro de educação na Indonésia

    Começou na segunda-feira (10/03), em Bali, na Indonésia, o 7º Encontro Ministerial de Educação, que reúne os nove países mais populosos do mundo, denominado E-9. O evento é organizado pela Unesco e fazem parte deste grupo, além do Brasil, Bangladesh, China, Egito Índia, Indonésia, México, Nigéria e Paquistão.

  2. Chamada pública para Guia de Tecnologias

    Elaborar um guia a fim de orientar gestores na hora de escolher tecnologias capazes de melhorar a qualidade do ensino e do aprendizado é o objetivo da chamada pública MEC/SEB nº 1/2008, lançada pelo Ministério da Educação. Empresas, universidades, professores ou qualquer interessado que tenha desenvolvido um projeto sobre tecnologias educacionais poderá apresentar sua criação à Secretaria de Educação Básica (SEB/MEC). As inscrições estão abertas até o dia 14 de março.

  3. Portal Educação recebe artigos de alunos, professores e pesquisadores

    O Portal Educação está recebendo artigos de estudantes, professores e profissionais de diversas áreas para publicar em seu site. Esse Portal, empresa parceira da Associação Brasileira de Educação a Distância (Abed), tem como objetivo se tornar uma porto de capacitação para os navegantes da internet. Para isso, ele está construindo uma sólida rede de parceiros e colaboradores. Além disso, têm firmado parcerias com instituições renomadas e pretende em médio prazo atingir de forma abrangente outros países de língua portuguesa.

  4. EAD realiza primeira oficina de tutores do projeto piloto de Formação Docente em Educação Profissional Técnica na Área da Saúde

    Esta sendo realizada no Rio de Janeiro a Oficina de Formação Inicial de Tutores para o projeto piloto de Formação Docente em Educação Profissional Técnica na Área da Saúde. Esta é a primeira turma de formação de tutores do curso e termina na sexta-feira (29/02). A coordenação nacional do projeto piloto está a cargo de Valéria Morgana (ENSP/Fiocruz). Milta Torrez e Suely Guimarães Rocha são as responsáveis pelo curso na EAD/ENSP. Ao todo, dez tutores estão participando da Oficina. Estes tutores serão responsáveis pela formação de 160 alunos distribiuídos entre Salvador, Manaus e Mato Grosso do Sul. De acordo com Milta, esse piloto pretende contribuir para uma atuação docente cada vez mais qualificada política e pedagogicamente. O curso pretende subsidiar a construção de outras estratégias formativas desenvolvidas no âmbito do SUS.

  5. Curso de Aperfeiçoamento em Vigilância Alimentar e Nutricional para Saúde Indígena: inscrições para tutores e alunos até 22/02

    A Educação a Distancia da ENSP lançou dois editais para o curso de Aperfeiçoamento em Vigilância Alimentar e Nutricional para Saúde Indígena, um para a seleção de tutores e outro para a seleção de alunos. Ao todo, foram disponibilizadas 20 vagas para tutores e 260 para alunos. O prazo de inscrição dos editais foi prorrogado e vai até o dia 22 de fevereiro. O objetivo deste curso é formar profissionais de saúde na área de alimentação e nutrição, com a finalidade de colaborar para a construção e consolidação do Sistema de Vigilância Alimentar e Nutricional (Sisvan) e do Sistema Único de Saúde (SUS). O curso é uma parceria da Escola, por meio da EAD/ENSP, com a Fundação Nacional de Saúde (Funasa/MS).

  6. UAB terá 67% de seus pólos implantados em 2008

    Destinada principalmente à capacitação de professores da rede pública de ensino, o sistema Universidade Aberta do Brasil (UAB - link) vai atingir a marca de 67% de pólos criados até o fim deste ano. É que o número de pólos do programa vai passar de 291 para 562 ao fim de 2008. Ao dobrar a oferta do programa, o governo terá percorrido mais da metade do caminho para alcançar a meta de 830 pólos até 2010.

  7. E-Learning Brasil abre inscrições para prêmio 2008/2009

    Estão abertas, até o mês de abril, as inscrições para a sétima edição do Prêmio e-Learning Brasil 2008/2009. O objetivo do prêmio é estimular organizações empresariais e de ensino do país a utilizarem recursos tecnológicos para promover o aprendizado contínuo de seus colaboradores e alunos, elevando seu nível de capacitação, desempenho, contribuição para os resultados e níveis de competitividade global das instituições brasileiras. Além disso, equipar o maior número de entidades que prestam atendimento aos deficientes visuais em nosso país, a fim de promover a sua capacitação e empregabilidade.

  8. Vigilância Nutricional para Saúde Indígena lança edital para alunos e tutores

    A Educação a Distancia da ENSP lançou dois editais para o curso de Aperfeiçoamento em Vigilância Alimentar e Nutricional para Saúde Indígena, um para a seleção de tutores e outro para a seleção de alunos. Ao todo, foram disponibilizadas 20 vagas para tutores e 260 para alunos. O prazo de inscrição dos dois editais vai até o dia 15 de fevereiro. O objetivo deste curso é formar profissionais de saúde na área de alimentação e nutrição, com a finalidade de colaborar para a construção e consolidação do Sistema de Vigilância Alimentar e Nutricional (Sisvan) e do Sistema Único de Saúde (SUS). O curso é uma parceria da Escola, por meio da EAD/ENSP, com a Fundação Nacional de Saúde (Funasa/MS).

  9. Republicação do edital de inscrição de tutores para o Curso de Aperfeiçoamento em Envelhecimento e Saúde da Pessoa Idosa

    Foi republicado o edital para seleção de tutores do Curso de Aperfeiçoamento em Envelhecimento e Saúde da Pessoa Idosa na Modalidade à Distância em função do não preenchimento de todas as vagas inicialmente ofertadas. O novo prazo de inscrição para seleção vai até o dia 21 de janeiro de 2008. O curso tem como objetivo capacitar profissionais da área de saúde e da assistência social, de nível superior e que já atuam na rede básica de assistência à saúde, para a realização de atividades que visam à prevenção de perdas, manutenção e a recuperação da capacidade funcional da população idosa, além do controle de fatores de interferência no estado de saúde dessa população. Ao todo, estão sendo oferecidas 13 vagas dividas entre a região norte e nordeste do país. O público alvo são profissionais de nível superior com experiência comprovada e pós-graduação na área da saúde do idoso ou saúde pública.

  10. Cursos a distância crescem 571%

    O crescimento do número de cursos de educação superior a distância é o maior destaque do Censo da Educação Superior de 2006, divulgado no final de dezembro de 2007, em Brasília. De 2003 a 2006, o número passou de 52 para 349, o que significa aumento de 571%.