1. CDEAD promove oficina de autores do Curso de Especialização em tecnologias Educacionais

    Nos dias 8 e 9 de maio de 2017, a Coordenação de Desenvolvimento Educacional e Educação a Distância (CDEAD) promoverá a Oficina de Autores do Curso de Especialização em Tecnologias Educacionais para Prática Docente no Ensino da Saúde na Escola, fruto da parceria entre a Escola Nacional de Saúde Pública Sergio Arouca e o Ministério da Educação, por meio do Sistema Universidade Aberta do Brasil.

  2. Gestão da Saúde da Pessoa Idosa: especialização está com inscrições abertas

    A ENSP, em parceria com a Coordenação de Saúde da Pessoa Idosa, do Departamento de Ações Programáticas Estratégicas, da Secretaria de Atenção à Saúde, do Ministério da Saúde (Cosapi/Dapes/SAS/MS), divulgaram as regras de participação no processo seletivo para o curso de especialização em Gestão da Saúde da Pessoa Idosa, oferecido na modalidade a distância. A formação tem como objetivo qualificar profissionais da rede do Sistema Único de Saúde (SUS) para planejar, gerenciar e avaliar políticas, programas e serviços dirigidos à saúde da população idosa. As inscrições vão até o dia 17/4 e devem ser feitas on-line. Confira as regras no edital. 

  3. Gestão da Saúde da Pessoa Idosa: especialização está com inscrições abertas

    A ENSP, em parceria com a Coordenação de Saúde da Pessoa Idosa, do Departamento de Ações Programáticas Estratégicas, da Secretaria de Atenção à Saúde, do Ministério da Saúde (Cosapi/Dapes/SAS/MS), divulgaram as regras de participação no processo seletivo para o curso de especialização em Gestão da Saúde da Pessoa Idosa, oferecido na modalidade a distância. A formação tem como objetivo qualificar profissionais da rede do Sistema Único de Saúde (SUS) para planejar, gerenciar e avaliar políticas, programas e serviços dirigidos à saúde da população idosa. As inscrições vão até o dia 17/4 e devem ser feitas on-line. Confira as regras no edital. 

  4. ENSP e Uruguai debatem atenção primária em saúde

    Com o objetivo de fortalecer as capacidades formativas em saúde nas áreas de fronteiras entre Brasil e Uruguai, a Escola Nacional de Saúde Pública Sergio Arouca sediou uma oficina de trabalho em atenção primária em saúde, cujo objetivo foi debater o programa de formação direcionado a gestores de saúde municipais localizados nas zonas fronteiriças dos dois países em questão. 

  5. ENSP e Uruguai debatem atenção primária em saúde

    Com o objetivo de fortalecer as capacidades formativas em saúde nas áreas de fronteiras entre Brasil e Uruguai, a Escola Nacional de Saúde Pública Sergio Arouca sediou uma oficina de trabalho em atenção primária em saúde, cujo objetivo foi debater o programa de formação direcionado a gestores de saúde municipais localizados nas zonas fronteiriças dos dois países em questão.