1. Cursos auxiliam Política de Alimentação e Nutrição

    A Escola Nacional de Saúde Pública (ENSP), por intermédio de sua Coordenação de Educação a Distância (EAD) e do Centro Colaborador em Alimentação e Nutrição (Cecan/ENSP/Fiocruz), está auxiliando a Política Nacional de Alimentação e Nutrição (PNAN). A contribuição se dá por meio de dois cursos de especialização a distância: Gestão da Política Nacional de Alimentação e Nutrição e Alimentação e Nutrição na Atenção Básica. Parceira do Ministério da Saúde nesta empreitada, a ENSP promoveu uma aula inaugural dos cursos com a participação virtual da coordenadora-geral de Alimentação e Nutrição do Departamento de Atenção Básica da Secretaria de Atenção à Saúde do Ministério da Saúde, Patrícia Constante Jaime. Na ocasião, a coordenadora falou sobre a Organização da Atenção Nutricional nas Redes de Atenção à Saúde.

  2. Webconferência abre cursos de alimentação e nutrição da ENSP

    No dia 29 de agosto, será realizada a aula inaugural dos cursos de especialização da ENSP Gestão da Política de Alimentação e Nutrição, Alimentação e Nutrição na Atenção Básica, ambos ministrados na modalidade a distância. A atividade, com o tema Organização da Atenção Nutricional nas Redes de Atenção à Saúde, será proferida, a partir das 10 horas, pela coordenadora-geral de Alimentação e Nutrição do Ministério da Saúde (CGAN/MS), Patrícia Constante Jaime. Haverá transmissão pelo Portal da Escola e webconferência entre as coordenações dos cursos no Rio de Janeiro e Brasília.

  3. Webconferência abre cursos de alimentação e nutrição da ENSP

    No dia 29 de agosto, será realizada a aula inaugural dos cursos de especialização da ENSP Gestão da Política de Alimentação e Nutrição, Alimentação e Nutrição na Atenção Básica, ambos ministrados na modalidade a distância. A atividade, com o tema Organização da Atenção Nutricional nas Redes de Atenção à Saúde, será proferida, a partir das 10 horas, pela coordenadora-geral de Alimentação e Nutrição do Ministério da Saúde (CGAN/MS), Patrícia Constante Jaime. Haverá transmissão pelo Portal da Escola e webconferência entre as coordenações dos cursos no Rio de Janeiro e Brasília.

  4. EAD lança edital para especialização em Avaliação em Saúde

    A ENSP, em parceria com o Departamento de Monitoramento e Avaliação do Sistema Único de Saúde (Demas/Ministério da Saúde), lança edital para o processo de seleção de alunos do curso de especialização em Avaliação em Saúde, na modalidade a distância. Dirigido a profissionais de nível superior do Ministério da Saúde que atuam ou queiram atuar na área do monitoramento e avaliação, o curso oferece 300 vagas. As inscrições estão abertas de 19/8 a 16/9.

  5. EAD/ENSP seleciona tutores para curso voltado à gestão de redes

    O curso de especialização em Gestão de Redes de Atenção à Saúde, na modalidade a distância, está selecionando tutores. Essa formação tem o objetivo de apoiar a estratégia de constituição de redes de atenção e de construção do espaço regional, com foco no planejamento e gestão de redes de atenção à saúde. As inscrições devem ser feitas até 11 de julho por meio da ficha de inscrição eletrônica.

  6. EAD/ENSP seleciona tutores para curso voltado à gestão de redes

    O curso de especialização em Gestão de Redes de Atenção à Saúde, na modalidade a distância, está selecionando tutores. Essa formação tem o objetivo de apoiar a estratégia de constituição de redes de atenção e de construção do espaço regional, com foco no planejamento e gestão de redes de atenção à saúde. As inscrições devem ser feitas até 11 de julho por meio da ficha de inscrição eletrônica.

  7. Saúde do trabalhador: curso é estratégico para o país

    Qualificar profissionais que atuam no SUS para incorporar as relações entre produção, ambiente e saúde às práticas de saúde, de modo a solucionar problemas concretos, considerando o processo produtivo como determinante do processo saúde-doença e da degradação ambiental é o objetivo do curso de especialização em Saúde do Trabalhador e Ecologia Humana da ENSP - na modalidade a distância desde 2006. Atualmente, com cerca de 800 alunos, o curso está sendo ministrado para 14 municípios do estado de São Paulo. Durante o mês de maio, ocorreu uma oficina de formação continuada que reuniu coordenadores regionais, tutores e orientadores de aprendizagem.