1. Fiocruz promove ato contra a violência em Manguinhos, nesta terça, 25/4

    A Fiocruz promove nesta terça-feira, 25 de abril, um ato contra a violência em Manguinhos. A concentração será a partir das 8h30 na Escola Politécnica de Saúde Joaquim Venâncio (EPSJV). Os frequentes conflitos armados em Manguinhos vêm afetando a vida de moradores, trabalhadores e estudantes da região. Diversas atividades da Fiocruz, em especial no campo do ensino e pesquisa, vêm sendo afetadas diretamente pelos conflitos. O ato tem o objetivo de promover uma reflexão sobre a necessidade de enfrentamento da violência e chamar a atenção da sociedade e das autoridades sobre a situação atual. 

  2. Representantes da Fiocruz se reuniram com subsecretário de Segurança

    Na tarde de ontem (19/4), representantes da Fiocruz oram recebidos pelo subsecretário de Comando e Controle da Secretaria de Estado de Segurança do Rio de Janeiro, Rodrigo Alves, e expuseram a grave situação vivida nos últimos meses em Manguinhos, destacando as consequências dos confrontos nas comunidades e os riscos às vidas tanto dos moradores quanto dos trabalhadores, estudantes e usuários dos serviços prestados pela instituição. A reunião representou uma abertura de diálogo, durante a qual os representantes do governo ressaltaram a importância das informações levadas pela Fiocruz e consolidadas em documento entregue em mãos.

  3. Nota de falecimento

    A Escola Nacional de Saúde Pública Sergio Arouca (ENSP/Fiocruz) lamenta o falecimento de Leila Lemos, irmã da pesquisadora Sheila Lemos, do Departamento de Administração e Planejamento em Saúde, e que também atuou na ENSP, Diplan e Presidência da Fiocruz. O sepultamento será às 15 horas, na Capela 6, do Cemitério São João Batista.

  4. ENSP suspende aulas por causa da violência; Fiocruz convoca ato

    Trabalhadores, estudantes, pesquisadores, moradores de Manguinhos e usuários do Centro de Saúde da ENSP estiveram reunidos na tarde de quarta-feira, 19 de abril, para discutir o aumento da violência na região. As incursões policiais nas favelas ao redor da Fiocruz têm trazido, como consequência, a morte de inocentes, além de alterar drasticamente o cotidiano da instituição. Na manhã do mesmo dia, um jovem de 19 anos, filho de uma liderança de Manguinhos - que é ex-bolsista de um projeto da ENSP -, foi baleado pelas costas. Diante da vulnerabilidade de todos, a assembleia extraordinária decidiu suspender as aulas até terça-feira, dia 25, quando será realizado grande ato, puxado pela Fiocruz e pela Escola Politécnica de Saúde Joaquim Venâncio - alvejada na semana passada e que também paralisou as atividades acadêmicas. A proposta é realizar ações ao longo desses dias e mobilizar toda a comunidade da Fiocruz, dos territórios ao redor e a mídia para chamar atenção das diversas formas de violência que atingem não só o campus da Fundação e seu entorno, mas a sociedade brasileira como um todo. 

  5. Inscrições abertas para curso de Imunização para Unidades Básicas de Saúde

    A Escola Nacional de Saúde Pública Sérgio Arouca (ENSP/Fiocruz) está com inscrições abertas para o curso de atualização em Imunização para Unidades Básicas de Saúde - 2017, na modalidade presencial. Destinado a profissionais do SUS de nível superior, o curso pretende aumentar a qualidade da assistência, por meio de atendimento competente aos usuários do SUS quanto à vacinação prevista no calendário nacional do Ministério da Saúde. A formação oferece 30 vagas. As inscrições estão abertas até 4 de maio de 2017 e devem ser feitas na Plataforma Siga Lato Sensu Fiocruz.

  6. Informe sobre a violência em Manguinhos

    O expediente da Escola Nacional de Saúde Pública Sergio Arouca está suspenso na tarde desta terça-feira (11/4), em virtude dos conflitos na comunidade da Varginha. A Coordenação-Geral de Infraestrutura dos Campi (Cogic) orienta a saída dos estudantes e trabalhadores pela portaria da Avenida Brasil e pede atenção aos motoristas com veículos estacionados na orla ou em frente ao Politécnico. O Centro de Saúde Germano Sinval Faria segue atendendo os usuários presentes na unidade, mas aguarda novas informações da Presidência sobre como proceder. 

  7. CD Ampliado ENSP sobre violência acontecerá nesta tarde, às 14h

    Os constantes episódios de violência na cidade do Rio de Janeiro, em particular no território de Manguinhos, onde encontra-se a Fundação Oswaldo Cruz, estimularam a Escola Nacional de Saúde Pública Sergio Arouca a convocar, na próxima terça-feira (4/4), reunião do CD Ampliado, às 14 horas, no Salão Internacional (4° andar). O objetivo é discutir os impactos e desdobramentos da violência na sociedade e na comunidade ENSP. A direção da Escola convidou diversas unidades, a Asfoc e a presidência da Fiocruz para o debate. 

  8. CD Ampliado ENSP sobre violência acontecerá nesta tarde, às 14h

    Os constantes episódios de violência na cidade do Rio de Janeiro, em particular no território de Manguinhos, onde encontra-se a Fundação Oswaldo Cruz, estimularam a Escola Nacional de Saúde Pública Sergio Arouca a convocar, na próxima terça-feira (4/4), reunião do CD Ampliado, às 14 horas, no Salão Internacional (4° andar). O objetivo é discutir os impactos e desdobramentos da violência na sociedade e na comunidade ENSP. A direção da Escola convidou diversas unidades, a Asfoc e a presidência da Fiocruz para o debate. 

  9. Médica esclarece reportagem sobre vacinação contra febre amarela na ENSP; campanha inicia neste sábado (25/3)

    A médica Celina Boga, do Centro de Saúde Escola Germano Sinval Faria, unidade de saúde da Escola Nacional de Saúde Pública Sergio Arouca, da Fiocruz, rebateu, na quarta-feira, a reportagem veiculada em jornal de grande circulação do Rio de Janeiro, cujo texto mencionou a indisponibilidade de vacinas nos postos de saúde da instituição para seus próprios funcionários. Segundo a médica, o CSEGSF “não integra a rede de vacinação contra a FA e segue estritamente os protocolos técnicos das autoridades sanitárias competentes”. Ainda de acordo com ela, a unidade de saúde estará integrada à rede de postos que iniciará a campanha de vacinação contra febre amarela no próximo sábado.