1. Ricardo Ventura Santos é eleito membro da Academia Brasileira de Ciências

    O pesquisador Ricardo Ventura Santos, ENSP/Fiocruz, foi eleito membro titular da Academia Brasileira de Ciências (ABC). É o primeiro pesquisador da Fiocruz a ser eleito para a área das Ciências Sociais da ABC. Os representantes da ABC contribuem no desenvolvimento de estudos de temas centrais para a sociedade, visando dar subsídios científicos no que tange à formulação de políticas públicas. A posse está marcada para maio de 2020, durante a Reunião Magna da Academia. 
     

  2. Ricardo Ventura Santos é eleito membro da Academia Brasileira de Ciências

    O pesquisador Ricardo Ventura Santos, ENSP/Fiocruz, foi eleito membro titular da Academia Brasileira de Ciências (ABC). É o primeiro pesquisador da Fiocruz a ser eleito para a área das Ciências Sociais da ABC. Os representantes da ABC contribuem no desenvolvimento de estudos de temas centrais para a sociedade, visando dar subsídios científicos no que tange à formulação de políticas públicas. A posse está marcada para maio de 2020, durante a Reunião Magna da Academia. 
     

  3. Pesquisador da ENSP recebe título honorífico da Universidade Nacional de Rosário

    O pesquisador e ex-coordenador do Laboratório de Estudos e Pesquisas em Saúde Mental e Atenção Psicossocial da Escola Nacional de Saúde Pública Sergio Arouca, Paulo Amarante, recebeu o título honorífico da Faculdade de Psicologia da Universidade Nacional de Rosário na Argentina. O título foi concedido em reconhecimento ao seu pioneirismo, participação e dedicação às atividades e movimentos relacionados à Reforma Psiquiátrica na região. A homenagem foi realizada durante o 3°  Encontro da Rede Latinoamericana e do Caribe de Direitos Humanos e Saúde Mental. Durante o evento, foi estabelecida uma proposta de convênio de cooperação entre a ENSP e as Universidades Nacionais de Rosário e Lanús, com o intuito de criar um Observatório de Direitos Humanos, Saúde Mental e Drogas.

  4. Pesquisador da ENSP recebe título honorífico da Universidade Nacional de Rosário

    O pesquisador e ex-coordenador do Laboratório de Estudos e Pesquisas em Saúde Mental e Atenção Psicossocial da Escola Nacional de Saúde Pública Sergio Arouca, Paulo Amarante, recebeu o título honorífico da Faculdade de Psicologia da Universidade Nacional de Rosário na Argentina. O título foi concedido em reconhecimento ao seu pioneirismo, participação e dedicação às atividades e movimentos relacionados à Reforma Psiquiátrica na região. A homenagem foi realizada durante o 3°  Encontro da Rede Latinoamericana e do Caribe de Direitos Humanos e Saúde Mental. Durante o evento, foi estabelecida uma proposta de convênio de cooperação entre a ENSP e as Universidades Nacionais de Rosário e Lanús, com o intuito de criar um Observatório de Direitos Humanos, Saúde Mental e Drogas.

  5. Editora premia Revista Ciência e Saúde Coletiva

    A Revista Ciência & Saúde Coletiva recebeu o Prêmio Excelência em Pesquisa Brasil (Research Excellence Awards Brazil), concedido pelo Web of Science Group, pertencente à Editora Clarivate Analytics. A iniciativa reconheceu o bom desempenho da pesquisa brasileira, e a Revista C&SC foi contemplada na categoria “Prêmio SciELO Citation Index”. A solenidade aconteceu em setembro de 2019.

  6. Cecília Mianyo recebe Medália de Mérito Educacional Virgínia Schall da Fiocruz

    A Semana da Educação da Fiocruz teve início no Dia do Mestre, comemorado em 15/10, dedicada à entrega da Medalha de Mérito Educacional Virgínia Schall, do Prêmio Oswaldo Cruz de Teses de 2019, e a homenagens aos egressos de programas de doutorado da Fiocruz contemplados pelo Prêmio Capes de Tese. A primeira homenagem foi à professora Cecília Minayo, que recebeu a Medália de Mérito, somando-se a uma extensa série de títulos de reconhecimento a sua trajetória na área de saúde coletiva, particularmente em temas relacionados à violência e saúde. Confira.

  7. Cecília Minayo recebe medalha de Mérito Educacional Virgínia Schall

    A pesquisadora titular da Fiocruz e coordenadora científica do Departamento de Estudos sobre Violência e Saúde Jorge Careli (Claves/ENSP), Cecília Minayo, foi agraciada com a Medalha de Mérito Educacional Virgínia Schall. A iniciativa foi criada em homenagem à pesquisadora Virgínia Schall, e se destina a servidores da Fiocruz, em atividade ou aposentados. Este ano, a medalha foi destinada à área da Saúde Coletiva.

  8. Pesquisador da ENSP ganha concurso de artigos científicos do STJ

    O pesquisador Claudio Cordovil Oliveira, do Departamento de Ciências Sociais da Escola Nacional de Saúde Pública (ENSP/Fiocruz), foi o primeiro colocado no 1º Concurso de Artigos Científicos do Superior Tribunal de Justiça (STJ) com o artigo, em co-autoria, intitulado Acesso à Justiça: Doenças raras e as fronteiras no uso de evidências científicas, no eixo temático Democratização da Justiça. O Concurso de Artigos Científicos do STJ foi criado como parte das comemorações de 30 anos da entidade, e, em sua primeira edição, teve como tema A Justiça Cidadã. 

  9. Paulo Buss recebe título de professor-emérito da Fiocruz

    A Fiocruz entregou os títulos de Doutor Honoris Causa e de professor-emérito, respectivamente, aos médicos Paulo Lyz Ferrinho e Paulo Buss. Atualmente, Buss é coordenador do Centro de Relações Internacionais (Cris/Fiocruz), mas além de ex-presidente da Fundação e ex-diretor da ENSP, também é pesquisador da Escola. A cerimônia, no campus de Manguinhos, celebrou duas brilhantes carreiras acadêmicas e profissionais e transcorreu sob fortes emoções, dos homenageados e também dos presentes, que recordaram décadas dedicadas à saúde pública e em favor da justiça social.

  10. Pesquisador da ENSP recebe homenagem da Câmara Municipal de Ribeirão Preto

    Na última terça-feira, 3/7, foi entregue ao coordenador do Laboratório de Estudos e Pesquisas em Saúde Mental e Atenção Psicossocial e pesquisador da Escola Nacional de Saúde Pública Sergio Arouca (Laps/ENSP/Fiocruz), Paulo Amarante, o título de Cidadão Ribeirão-Pretano, concedido pela presidência da Câmara Municipal de Ribeirão Preto, conforme o Decreto Legislativo nº 04 de 2019, de autoria do vereador Marcos Papa.