1. Prêmio Adauto de iniciação científica de saúde coletiva será entregue nesta sexta (8/6)

    A cerimônia de entrega do Prêmio Adauto Araújo de Iniciação Científica em Saúde Coletiva será realizada nesta sexta-feira, 8 de junho, na Escola Nacional de Saúde Pública Sergio Arouca. A premiação acontece no contexto da 26ª Reunião Anual de Iniciação Científica (RAIC) da Fiocruz e será entregue para os melhores alunos do programa PIBIC/PIBITI na RAIC da ENSP. O Prêmio Adauto Araújo está em sua segunda edição e é, ao mesmo tempo, uma proposta de incentivo aos centistas do futuro e uma homenagem ao pesquisador da ENSP morto em 2015. Além de pesquisador brilhante, pioneiro no campo da paleoparasitologia, que estuda origem e evolução das infecções parasitárias, Adauto foi um dedicado gestor, professor e liderança da ENSP/Fiocruz.

     

  2. Homenageada pela Alerj, Minayo cobra melhores condições de saúde e trabalho para os policiais

    A Assembleia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro (Alerj) outorgou à pesquisadora Maria Cecília de Souza Minayo, da Escola Nacional de Saúde Pública da Fiocruz, o título Benemérito do Estado do Rio de Janeiro, durante sessão solene que celebrou os 209 anos da Polícia Militar, na segunda-feira (14/5). Representada por sua filha Miriam de Souza Minayo, a coordenadora do Departamento de Estudos sobre Violência e Saúde Jorge Careli (Claves/ENSP) escreveu depoimento no qual disse estar extremamente honrada com a homenagem e alertou para atenção à saúde física, mental e às condições de trabalho, salários e violência as quais os policiais civis e militares do Rio de Janeiro são submetidos. Minayo é uma das coordenadoras da pesquisa Missão Prevenir e Proteger: condições de vida, trabalho e saúde dos policiais militares do Rio de Janeiro.

  3. Estudo da ENSP vence prêmio de Incentivo em Ciência, Tecnologia e Inovação para o SUS 2017

    A dissertação "Desigualdade e dupla porta de entrada no território: desafios para organização da atenção às urgências de baixo risco no município do Rio de Janeiro", defendida por Stefânia Santos Soares, no Programa de Pós-Graduação em Saúde Pública da ENSP/Fiocruz (mestrado - turma 2015), venceu, na categoria mestrado, o Prêmio de Incentivo em Ciência, Tecnologia e Inovação para o SUS 2017. O trabalho, orientado pela pesquisadora Luciana Dias Lima, teve como objetivo geral analisar as implicações da coexistência de UPA e UBS para a atenção às urgências de baixo risco nos bairros da Rocinha e do Complexo do Alemão, no município do Rio de Janeiro. A premiação foi realizada durante o evento Ciência, Tecnologia e Inovação em Saúde: conectando pesquisas e soluções, em São Paulo, nos dias 29 e 30 de novembro de 2017.

  4. Estudo da ENSP vence prêmio de Incentivo em Ciência, Tecnologia e Inovação para o SUS 2017

    A dissertação "Desigualdade e dupla porta de entrada no território: desafios para organização da atenção às urgências de baixo risco no município do Rio de Janeiro", defendida por Stefânia Santos Soares, no Programa de Pós-Graduação em Saúde Pública da ENSP/Fiocruz (mestrado - turma 2015), venceu, na categoria mestrado, o Prêmio de Incentivo em Ciência, Tecnologia e Inovação para o SUS 2017. O trabalho, orientado pela pesquisadora Luciana Dias Lima, teve como objetivo geral analisar as implicações da coexistência de UPA e UBS para a atenção às urgências de baixo risco nos bairros da Rocinha e do Complexo do Alemão, no município do Rio de Janeiro. A premiação foi realizada durante o evento Ciência, Tecnologia e Inovação em Saúde: conectando pesquisas e soluções, em São Paulo, nos dias 29 e 30 de novembro de 2017.

  5. Pesquisadora é condecorada com Medalha do Mérito da Emerj

    A Escola de Magistratura do Estado do Rio de Janeiro (Emerj) outorgou à pesquisadora Maria Helena Barros, chefe do Departamento de Direitos Humanos e Saude (Dihs/ENSP/Fiocruz), a Medalha do Mérito da Emerj. A condecoração, que aconteceu na segunda-feira (4/12), na cerimônia que celebrou os 29 anos da Escola de Magistratura, coroa uma trajetória de dedicação e comprometimento na construção de um saber integrado que dê conta das questões entre Direito, Saúde e Cidadania. Maria Helena Barros é uma das responsáveis pela parceria entre ENSP e Emerj, que culminou, entre outras coisas, na criação do Fórum Permanente de Direito e Saúde e no Curso de Mestrado em Justiça e Saúde, destinado a magistrados do Tribunal de Justiça do Estado do Rio de Janeiro (TJRJ).
     

  6. Cecília Minayo recebe prêmio sobre pesquisa com idosos dependentes

    O trabalho "Estudo situacional dos idosos dependentes que residem com suas famílias visando a subsidiar uma política de atenção e de apoio aos cuidadores", de autoria da pesquisadora Maria Cecília de Souza Minayo, coordenadora científica do departamento de Estudos sobre Violência e Saúde Jorge Careli da ENSP/Fiocruz, foi premiado na 4ª edição do Prêmio Pesquisa em Longevidade Bradesco Seguros. Primeiro lugar na categoria Gerontologia, o trabalho tem a finalidade de analisar estratégias de cuidados utilizadas pelas famílias para lidar com os idosos com dependência física, mental, cognitiva e social no âmbito familiar. A cerimônia de premiação aconteceu dia 18/10, durante o XII Fórum da Longevidade Bradesco Seguros.
     

  7. Fundação lança Prêmio Oswaldo Cruz de Teses

    Nada melhor para celebrar a geração de conhecimento do que reconhecimento. Como parte das ações de valorização de quem faz a educação na Fiocruz, a Presidência da instituição lançou o Prêmio Oswaldo Cruz de Teses. O anúncio foi feito durante o evento de comemoração pelo Dia do Professor, realizado em 17 de outubro, na Tenda da Ciência, no campus Manguinhos.

  8. Teses da Fiocruz são premiadas pela Capes

    A Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes) divulgou, na terça-feira (10/10), o resultado do Prêmio Capes de Tese 2017. Entre as selecionadas, estão as teses de Ana Cristina Santos Matos Rocha, do programa de História das Ciências e da Saúde, da Casa de Oswaldo Cruz (COC/Fiocruz); e a de Raphael Tavares da Silva, do programa de Biologia Computacional e Sistemas, do Instituto Oswaldo Cruz (IOC/Fiocruz). As duas teses concorrem agora ao Grande Prêmio Capes. A Escola Nacional de saúde Pública (ENSP/Fiocruz) foi contemplada com menção honrosa, com a tese Estudo dos potenciais valores econômico-sanitários de intervenções para o tratamento da leishmaniose visceral no cenário epidemiológico brasileiro, defendida no programa de Epidemiologia em Saúde Pública. A cerimônia de entrega dos prêmios ocorrerá no dia 7 de dezembro, em Brasília. Outras teses da Fiocruz também foram agraciadas com Menção Honrosa. Clique aqui para conferir o resultado.

  9. Abertas inscrições para a segunda chamada do Prêmio Fiocruz-Servier

    Estão abertas as inscrições para a segunda chamada do Prêmio Fiocruz-Servier, na categoria neuroinflamação e distúrbios de neurodesenvolvimento. O prazo vai até o dia 12/1/2018. Poderão se candidatar laboratórios, instituições de pesquisa e universidades. O prêmio será de 120 mil euros em três anos (20 mil no primeiro ano e 50 mil para cada um dos dois anos seguintes).

  10. Pesquisador da ENSP ganha prêmio de Segurança do Paciente

    O pesquisador e professor da Escola Nacional de Saúde Pública Sergio Arouca (ENSP/Fiocruz), Walter Mendes, recebeu o primeiro Prêmio Julia Lima de Segurança do Paciente, durante 3º Fórum Latino-Americano de Qualidade e Segurança em Saúde, realizado de 27 a 30 de agosto, em São Paulo. Na ocasião em que foi agraciado com o prêmio, a organização do evento fez uma homenagem ao professor. "Uma emocionante homenagem, gentil, justa, merecida, marcada pelo simbolismo da luta de Walter Mendes pela Segurança do Paciente. Autor do primeiro trabalho sobre o tema no Brasil, coordenador do Comitê do Programa Nacional de Segurança do Paciente (PNSP), merece todas as homenagens. Ganhou admiradores, adeptos, seguidores e fez ecoar seus estudos, sua luta, seus ideais e sua preocupação com insegurança e a baixa qualidade do cuidado. Sua luta virou a luta de muitos, a nossa luta. Hoje muitos profissionais trabalham para garantir uma assistência mais segura aos pacientes. Profissional ímpar, amigo, guerreiro incansável, exemplo e inspiração para todos nós".