1. ‘Cadernos de Saúde Pública’ de março discute vulnerabilidades e desenvolvimento infantil

    Cadernos de Saúde Pública de março aborda o desenvolvimento da criança no contexto de um programa de intervenção precoce na primeira infância por meio de visitas domiciliares, o ‘Primeira Infância Melhor’. Os resultados do programa demonstram a dificuldade de modificar situações sociais complexas de pobreza e melhorar o desenvolvimento infantil por meio de visitas domiciliares semanais.
     

  2. ‘Cadernos de Saúde Pública’ de março discute vulnerabilidades e desenvolvimento infantil

    Cadernos de Saúde Pública de março aborda o desenvolvimento da criança no contexto de um programa de intervenção precoce na primeira infância por meio de visitas domiciliares, o ‘Primeira Infância Melhor’. Os resultados do programa demonstram a dificuldade de modificar situações sociais complexas de pobreza e melhorar o desenvolvimento infantil por meio de visitas domiciliares semanais.
     

  3. Abuso digital em relacionamentos afetivo-sexuais é foco de artigo do 'Cadernos de Saúde Pública'

    Abuso digital ou prova de amor? Essa questão pontua um estudo que analisa como a expansão do acesso ao uso da Internet contribuiu para a promoção de novas formas de sociabilidade online, bem como para a banalização de práticas abusivas por meio do uso dessas mesmas mídias digitais, sendo justificadas por argumentos retóricos que enaltecem a perspectiva do “quem ama cuida”, logo, controla, monitora, rastreia, espiona.

  4. Dia Mundial de Combate ao Câncer: Influência da poluição na internação pela doença é foco de pesquisa

    A poluição relacionada ao tráfego é um grande problema nos centros urbanos, e uma grande parcela da população fica vulnerável aos seus efeitos à saúde. Um artigo publicado no Cadernos de Saúde Pública identificou potencial associação entre as internações hospitalares por câncer do aparelho respiratório com a densidade de tráfego veicular no município São Paulo. A pertinência do tema decorre neste Dia Mundial de Combate ao Câncer.

  5. Tragédias de Minas Gerais: Artigo de pesquisador da ENSP aborda os desafios para a saúde coletiva

    A mineração de ferro não produz só bilhões de dólares e “progresso”: ela está repleta de perigos, mortes e destruição socioambiental. Trabalhadores morrem e adoecem. Como as tragédias nas barragens de Minas Gerais podem ser compreendidas pela saúde coletiva e quais desafios ela implica? É o que aborda um artigo do pesquisador da ENSP, Marcelo Firpo de Souza Porto.

  6. Tragédias de Minas Gerais: Artigo de pesquisador da ENSP aborda os desafios para a saúde coletiva

    A mineração de ferro não produz só bilhões de dólares e “progresso”: ela está repleta de perigos, mortes e destruição socioambiental. Trabalhadores morrem e adoecem. Como as tragédias nas barragens de Minas Gerais podem ser compreendidas pela saúde coletiva e quais desafios ela implica? É o que aborda um artigo do pesquisador da ENSP, Marcelo Firpo de Souza Porto.

  7. Tragédias de Minas Gerais: Artigo de pesquisador da ENSP aborda os desafios para a saúde coletiva

    A mineração de ferro não produz só bilhões de dólares e “progresso”: ela está repleta de perigos, mortes e destruição socioambiental. Trabalhadores morrem e adoecem. Como as tragédias nas barragens de Minas Gerais podem ser compreendidas pela saúde coletiva e quais desafios ela implica? É o que aborda um artigo do pesquisador da ENSP, Marcelo Firpo de Souza Porto.