1. 'Mortalidade por feminicídio' é tema de artigo publicado em revista científica da ENSP

    O Brasil ocupa o sétimo lugar no ranking dos países com mais crimes praticados contra as mulheres. Em 2013, ocorreram no país em torno de 4,8 homicídios por 100 mil mulheres no país. Um artigo, publicado pelo Cadernos de Saúde Pública, destaca o caso de Campinas, em São Paulo, onde, em 2015, a mortalidade por feminicídio foi de 3,2 por 100 mil mulheres. 

     

  2. ‘Por que os cigarros eletrônicos são uma ameaça à saúde pública?’

    O uso de cigarros eletrônicos aumentou, principalmente entre estudantes dos níveis Médio e Fundamental nos Estados Unidos. No Brasil, a prevalência de uso é muito baixa, devido à proibição, desde 2009. Mas, a sua comercialização on-line, até mesmo por grandes lojas de departamento, ocorre livremente para crianças e adolescentes. O alerta vem de um artigo do Cadernos de Saúde Pública.

  3. ‘Por que os cigarros eletrônicos são uma ameaça à saúde pública?’

    O uso de cigarros eletrônicos aumentou, principalmente entre estudantes dos níveis Médio e Fundamental nos Estados Unidos. No Brasil, a prevalência de uso é muito baixa, devido à proibição, desde 2009. Mas, a sua comercialização on-line, até mesmo por grandes lojas de departamento, ocorre livremente para crianças e adolescentes. O alerta vem de um artigo do Cadernos de Saúde Pública.

  4. 'Cadernos de Saúde Pública' de junho debate o corte orçamentário na área científica

    A revista Cadernos de Saúde Pública de junho já está no ar e traz como destaque o corte orçamentário do Ministério de Ciência, Tecnologia, Inovação e Comunicações. É o menor orçamento dos últimos quinze anos. “O país vai, assim, na contramão do que tem sido feito por países como a China, que passou de 0,563% do PIB, em 1996, para 2,1% o valor destinado à ciência”, alerta o editorial da revista.