1. Fake news citam instituições de saúde para legitimar conteúdo falso

    As notícias falsas relacionadas ao novo coronavírus deslegitimam as orientações da Organização Mundial da Saúde (OMS), do Ministério da Saúde e da Fiocruz, podendo conduzir o cidadão a tomar decisões equivocadas àquelas que adotaria se conhecesse a informação oficial. A conclusão é do estudo conduzido pelas pesquisadoras da ENSP Claudia Galhardi e Cecília Minayo.