1. Democracia (ainda) em vertigem - Uma análise da resposta política do Brasil à crise do Covid-19: tema de artigo da ENSP

    Um dos autores do artigo, pesquisador da ENSP, André Pereira Neto, questiona a resposta brasileira à pandemia do Covid-19, pois o Brasil é um dos poucos países que tem um sistema nacional, público, universal e gratuito de saúde que compreende desde a prevenção até a assistência médica: Por que o Brasil tem tido tanta dificuldade em combater o coronavírus?

  2. Entrevista: Pesquisador da ENSP, Francisco Paumgartten, fala sobre reposicionamento de cloroquina em tempos de Covid-19

    Está disponível, no Canal da ENSP no YouTube, mais uma entrevista da série 'Entrevista com Autores' produzida pelo Cadernos de Saúde Pública (CSP). O sétimo episódio da série debate o artigo "Reposicionamento de cloroquina e hidroxicloroquina em tempos de pandemia de Covid-19, nem tudo que reluz é ouro", com Francisco José Roma Paumgartten, autor do artigo, conduzido pela editora associada de CSP, Claudia Osório, também pesquisadora da Escola. Para ele, o reposicionamento de medicamentos envolve a avaliação clínica de medicamentos existentes para indicações terapêuticas novas e ainda não aprovadas.

  3. Pesquisa analisa receitas e despesas no Sistema Único de Saúde (SUS)

    No dia 2 de julho, apresentação, via webconferência, de dissertação de mestrado em Saúde Pública Receitas e Despesas no Sistema Único de Saúde (SUS): uma análise a partir do Sistema de Informações sobre Orçamentos públicos em Saúde (SIOPS) nos municípios do estado do Rio de Janeiro, no período de 2011-2018, por Aline Marques Gomes, a partir das 14h.

  4. Lançamento do livro 'Desafios do Acesso a Medicamentos no Brasil' promove palestra com representante da Opas no país

    Os empecilhos à universalidade e à equidade no acesso a medicamentos é tema do novo livro da iniciativa Brasil Saúde Amanhã, da Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz), com lançamento on-line dia 25 de junho, às 17h. Participam, como debatedores, os organizadores do livro – os pesquisadores Jorge Bermudez (ENSP), Jorge Costa e José Carvalho de Noronha, todos da Fiocruz – e o coordenador da Estratégia Fiocruz para Agenda 2030, Paulo Gadelha.