1. Alunas do Estágio Internacional Brasil-Cuba participarão de sessão aberta na ENSP

    A Assessoria de Cooperação Internacional (ACI) da ENSP promoverá na quinta-feira, dia 19 de outubro, sessão aberta com as alunas do Programa de Estágio Internacional para as Residências Médica e Multiprofissional em Saúde da Família 2017, criado a partir do acordo de cooperação que envolve ENSP/Fiocruz, Escola Nacional de Saúde Pública de Cuba (Ensap) e o Instituto Nacional de Higiene, Epidemiologia e Microbiologia (Inhem). O objetivo do encontro é apresentar as experiências da terceira turma de estágio em Cuba e prestar contas das atividades de cooperação de ensino em saúde entre os dois países. O encontro terá presença do diretor da ENSP, Hermano Castro, e dos membros da ACI da Escola. A sessão está marcada para as 13h30, na sala 410 da ENSP.

  2. Inscrições abertas para especialização em Direitos Humanos e Saúde

    A Escola Nacional de Saúde Pública Sérgio Arouca (ENSP/Fiocruz) está com inscrições abertas para a Especialização em Direitos Humanos e Saúde 2018. Desenvolvido pelo Departamento de Direitos Humanos, Saúde e Diversidade Cultural da ENSP, o curso oferece 20 vagas, destinado a profissionais relacionados com a área dos Direitos Humanos e da Saúde, e sua coordenação está a cargo das pesquisadoras Maria Helena Barros de Oliveira e Marise Freitas Alves, do Dihs/ENSP. As inscrições estão abertas até 4/1/2018 e devem ser feitas na Plataforma Siga LS (www.sigals.fiocruz.br).

  3. Pesquisa analisa acesso geográfico de pessoas com tuberculose às unidades de saúde

    As desigualdades sociais, existentes principalmente nos países pobres, têm favorecido a alta mortalidade por tuberculose (TB). Além da pobreza, a Aids e a emergência de bacilos multirresistentes, em consonância com a assistência inadequada dos serviços de saúde, são os principais desafios para o controle da doença. Com objetivo de contribuir para ações de planejamento do atendimento à pessoa com tuberculose drogarresistente, a egressa do mestrado em Epidemiologia em Saúde Pública da ENSP, Magna Maria da Silva Leite, apresentou, durante sessão científica no Centro de Referência Professor Hélio Fraga, a pesquisa fruto de sua dissertação de mestrado, que analisou o acesso geográfico das pessoas com tuberculose drogarresistente (TBDR) à unidade de referência terciária em tuberculose no Estado do Rio de Janeiro. 

  4. Necessidades em saúde e sua utilização na elaboração de políticas públicas: tema de pesquisa da ENSP

    Em todo o mundo, independentemente das características e operação cotidiana do sistema de saúde, a alocação de recursos desempenha papel central no processo de elaboração de políticas e ações voltadas para atender às necessidades de saúde das populações. Na medida em que os recursos públicos são finitos, suscitam-se questões éticas sobre a forma como esses recursos devem ser alocados. Nesse contexto, de acordo com a pesquisa do aluno de mestrado em Saúde Pública da ENSP, Joyker Peçanha Gomes, orientada pelos pesquisadores Francisco Inácio Pinkusfeld Monteiro Bastos, do Instituto de Comunicação e Informação Científica e Tecnológica em Saúde (Icict/Fiocruz), e Iuri da Costa Leite, da ENSP, a noção de necessidade em saúde tem sido frequentemente usada para justificar as decisões distributivas. Porém, atenta Joyker, sendo a necessidade em saúde a base, ao menos hipotética, desse processo, torna-se crucial que seu conceito seja precisamente definido. 

  5. Pesquisa analisa acesso geográfico de pessoas com tuberculose às unidades de saúde

    As desigualdades sociais, existentes principalmente nos países pobres, têm favorecido a alta mortalidade por tuberculose (TB). Além da pobreza, a Aids e a emergência de bacilos multirresistentes, em consonância com a assistência inadequada dos serviços de saúde, são os principais desafios para o controle da doença. Com objetivo de contribuir para ações de planejamento do atendimento à pessoa com tuberculose drogarresistente, a egressa do mestrado em Epidemiologia em Saúde Pública da ENSP, Magna Maria da Silva Leite, apresentou, durante sessão científica no Centro de Referência Professor Hélio Fraga, a pesquisa fruto de sua dissertação de mestrado, que analisou o acesso geográfico das pessoas com tuberculose drogarresistente (TBDR) à unidade de referência terciária em tuberculose no Estado do Rio de Janeiro. 

  6. Equidade, justiça e igualdade: Ceensp desta quarta-feira celebra o Dia Mundial da Bioética

    Em comemoração ao Dia Mundial da Bioética, estabelecido pela Unesco, o Programa de Pós-Graduação em Bioética, Ética Aplicada e Saúde Coletiva da ENSP (PPGBIOS) realizará sessão especial do Centro de Estudos Miguel Murat de Vasconcellos (Ceensp) nesta quarta-feira, 18 de outubro. A atividade terá participação da professora Marisa Palácios, do PPGBIOS/UFRJ, que será homenageada por suas contribuições nas discussões sobre ética em pesquisa e ética nas relações de trabalho, bem como na institucionalização e difusão da BIoética no Estado do RIo de Janeiro, da pesquisadora da ENSP Isabela Santos e do coordenador-geral do PPGBIOS, Carlos Dimas. Com o tema Equidade - Justiça - Igualdade, o Centro de Estudos terá apresentação de trabalhos das doutorandas do PPGBIOS Suane Soares e Luciana Simas, e ainda da pós-doutoranda Luciana Narciso. A atividade, coordenada pelo pesquisador Sergio Rego, está marcada para as 14 horas e será aberta ao público, não necessitando inscrição prévia.

  7. Segurança Sanitária e Regime Jurídico de Bioética francês: assista aos vídeos dos Ceensp

    A Escola Nacional de Saúde Pública (ENSP/Fiocruz) promoveu duas sessões do Centro de Estudos Miguel Murat de Vasconcellos no final do mês de agosto. A primeira, realizada no dia 30, teve como tema os Desafios e caminhos de implementação do Programa de Inclusão Produtiva com Segurança Sanitária na área de alimentos. Coordenado pela pesquisadora do Departamento de Ciências Sociais da ENSP Rosana Magalhães, o evento, mantido apesar da paralisação dos servidores da Fiocruz nesta data, contou com a participação de Daniela Macedo Jorge, da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa); Juliana Casemiro, secretária executiva do Fórum de Soberania e Segurança Alimentar e Nutricional; e Rosangela Pezza Cintrão, pesquisadora autônoma. A segunda sessão do Ceensp aconteceu no dia 31, e recebeu o professor da Universidade de Paris, Daniel Borrillo, para a palestra Apresentação crítica do regime jurídico de bioética da França. A atividade, coordenada pelo pesquisador da Escola Sergio Rego, foi realizada por meio da parceria entre o Comitê de Ética da ENSP e o Programa de Pós-Graduação em Bioética, Ética Aplicada e Saúde Coletiva (PPGBIOS). Confira, no Canal da ENSP no Youtube, as apresentações na íntegra.

  8. Alunas do Estágio Internacional Brasil-Cuba participarão de sessão aberta na ENSP

    A Assessoria de Cooperação Internacional (ACI) da ENSP promoverá na quinta-feira, dia 19 de outubro, sessão aberta com as alunas do Programa de Estágio Internacional para as Residências Médica e Multiprofissional em Saúde da Família 2017, criado a partir do acordo de cooperação que envolve ENSP/Fiocruz, Escola Nacional de Saúde Pública de Cuba (Ensap) e o Instituto Nacional de Higiene, Epidemiologia e Microbiologia (Inhem). O objetivo do encontro é apresentar as experiências da terceira turma de estágio em Cuba e prestar contas das atividades de cooperação de ensino em saúde entre os dois países. O encontro terá presença do diretor da ENSP, Hermano Castro, e dos membros da ACI da Escola. A sessão está marcada para as 13h30, na sala 410 da ENSP.

  9. Enceramento Epi2017: solidariedade e trabalho coletivo como linha de base

    Produzir uma epidemiologia com rigor metodológico e com qualidade na intervenção social, promovendo conhecimento que embase políticas transformadoras para a sociedade brasileira, sem perder, por isso, a dimensão solidária, humilde e da confiança da comunidade científica do campo e da Saúde Coletiva. Essas ideias atravessaram a cerimônia de encerramento do X Congresso Brasileiro de Epidemiologia, realizada na noite de 11 de outubro, na Plenária Antonieta de Barros, no CentroSul, Florianópolis. A mesa de encerramento foi composta por Antonio Boing, presidente do Congresso; Maria Amélia Veras, coordenadora da Comissão de Epidemiologia da Abrasco, e Leonor Pacheco, da direção da Abrasco, representando o presidente Gastão Wagner. A condução do cerimonial ficou por cargo de Thiago Barreto, secretário-executivo interino da Associação.

  10. Fiocruz promove Conferência Livre de Vigilância em Saúde nesta terça-feira (17/10)

    A Fiocruz sedia nesta terça-feira, 17 de outubro, das 9h às 16h30, a Conferência Livre de Vigilância em Saúde Fiocruz - Direito, conquista e defesa de um SUS público e de qualidade. O encontro, que acontece no Museu da Vida, em Manguinhos, no Rio de Janeiro, faz parte da preparação da Fundação para a 1ª Conferência Nacional de Vigilância em Saúde (CNVS), a ser realizada em novembro em Brasília. A Conferência Livre da Fiocruz tem o objetivo de discutir os principais pontos do documento orientador divulgado pelo Conselho Nacional de Saúde (CNS). Espera-se identificar lacunas e possíveis contribuições da Fundação para o documento.