1. Mestrado e doutorado ENSP 2018: inscrições a partir de 1/9

    A chamada pública para seleção 2018 dos programas de pós-graduação em Saúde Pública, Saúde Pública e Meio Ambiente e Epidemiologia em Saúde Pública (2018), da Escola Nacional de Saúde Pública Sergio Arouca (ENSP/Fiocruz), estará aberta de 1º a 24 de setembro de 2017. Os editais dos cursos de mestrado e doutorado dos três programas serão publicados em breve na Plataforma Siga Stricto Sensu Fiocruz e no Portal de Ensino da ENSP. A partir deste ano, a documentação deverá ser enviada exclusivamente por correio eletrônico. 

  2. ENSP e Secretaria de Saúde do Espirito Santo fecham parceria para criação de mestrado profissional

    O secretário de Estado da Saúde do Espírito Santo Ricardo Oliveira e o chefe do Núcleo de Educação e Formação em Saúde da Secretaria de Saúde (Sesa), Andrey Luiz Mozzer, estiveram na Fiocruz, na sexta-feira, 11 de agosto, acompanhados pela presidente da fundação, Nísia Trindade Lima, e pelo diretor da Escola Nacional de Saúde Pública (ENSP), Hermano Castro, buscando ideias para a implantação da Escola de Saúde Pública do Espírito Santo e a implantação do mestrado profissional em Vigilância em Saúde no Estado. A previsão para o início da turma e a elaboração do Termo de Cooperação Técnica entre a Sesa, o Instituto Federal do Espírito Santo (IFES) e a ENSP, visando subsidiar o projeto de criação da ESP-ES, é até o final do ano. Hermano Castro, comenta a importância da cooperação na formação de quadros para o sistema único de saúde do Espírito Santo.

  3. Fiocruz recruta voluntários para pesquisa com vacina contra Febre Amarela

    Um estudo inédito no Brasil está sendo conduzido pelo Laboratório de Pesquisa Clínica em DST e Aids do INI (LaPClinAIDS) para avaliar o grau de proteção e de segurança da vacina da febre amarela em pacientes vivendo com HIV. Com este objetivo a equipe do LaPClinAIDS está recrutando 100 voluntários não portadores do vírus HIV e que nunca se vacinaram contra febre amarela, para servir de grupo controle. Conduzido pelos pesquisadores Lara Coelho (INI), Beatriz Grinsztejn (INI) e Luiz Camacho, da Escola Nacional de Saúde Pública (ENSP), a pesquisa YF-HIV - Imunogenicidade e segurança da vacina de Febre Amarela em pacientes infectados pelo HIV conta com a participação de Biomanguinhos e do Instituto Oswaldo Cruz, além de ter o apoio do Departamento de Vigilância das Doenças Transmissíveis do Ministério da Saúde (DEVIT/MS).

  4. Centro de Saúde da ENSP comemora 50 anos de compromisso com a saúde pública e o território

    De 28 a 31 de agosto o Centro de Saúde Escola Germano Sinval Faria (CSEGSF/ENSP) comemora seus 50 anos de compromisso com a saúde pública e o território. Com o tema Ensino,cuidado e pesquisa: nosso compromisso com a saúde pública e o território, o Centro de Saúde promoverá uma semana comemorativa com atividades que vão desde exposições e atos simbólicos a rodas de conversa. A programação inclui também Justiça Itinerante, além de plantio de mudas, exposições, oficinas, e homenagens. O Centro de Saúde foi inaugurado em 1967 para ser campo de prática de ensino e pesquisa em saúde pública. Sua missão, construída coletivamente por seus servidores - em consonância com a missão da Fiocruz - é promover a saúde e cuidar da população do território na integralidade da atenção, e desenvolver ensino, pesquisa e tecnologia em saúde pública. Confira todas as atividades comemorativas ao cinquentenário do Centro de Saúde Escola. 

     

  5. Fascículo temático do 'Cadernos' aborda as políticas e os sistemas de saúde na América Latina

    Disponível on-line, a revista Cadernos de Saúde Pública (volume 33 suplemento 2) enfoca as políticas e os sistemas de saúde na América Latina. As pesquisadoras da ENSP, Cristiani Vieira Machado  e Luciana Dias de Lima assinam o editorial da publicação e ressaltam que as sociedades latino-americanas são marcadas por profundas desigualdades socioeconômicas, originadas no período colonial e reiteradas pelos processos de modernização capitalista do século XX. "As características histórico-estruturais dos países e de seus padrões de desenvolvimento influenciaram a trajetória e especificidades dos sistemas nacionais de proteção social. O Estado teve responsabilidades na reprodução de desigualdades, por meio de sistemas tributários regressivos e do caráter das políticas sociais", analisam. A partir das décadas de 1980/1990, segundo o editorial, os Estados latino-americanos passaram por processos de liberalização econômica e de democratização de diferentes ritmos e intensidades, com implicações para as políticas sociais.

  6. Cep/ENSP debate questões éticas do filme 'A vida imortal de Henrietta Lacks'

    O Comitê de Ética em Pesquisa da ENSP está comemorando - ao longo de 2017 - seus 20 anos de atuação. Desde abril desse ano o Cep/ENSP promoveu atividades que debateram, entre outros assuntos, os direitos dos participantes de pesquisa no Brasil, a questão das pesquisas envolvendo seres humanos que lidam diretamente com coleta e análise de materiais biológicos, além da vulnerabilidade e sua interface nas pesquisas com seres humanos. A última atividade comemorativa realizada pelo Comitê de Ética foi o Cinebioética, com a exibição do filme 'A vida imortal de Henrietta Lacks', que conta a história de uma descendente de escravos, nascida em 1920, em uma fazenda de tabaco no interior da Virgínia, região sudeste dos Estado Unidos da América, e que descobre aos 30 anos, casada e mãe de cinco filhos, que tinha um câncer no colo do útero. Após a exibição do filme, houve debate com a participação do professor da Universidade da Região de Joinville (Univille) Paulo Henrique França. 

  7. ENSP e Secretaria de Saúde do Espirito Santo fecham parceria para criação de mestrado profissional

    O secretário de Estado da Saúde do Espírito Santo Ricardo Oliveira e o chefe do Núcleo de Educação e Formação em Saúde da Secretaria de Saúde (Sesa), Andrey Luiz Mozzer, estiveram na Fiocruz, na sexta-feira, 11 de agosto, acompanhados pela presidente da fundação, Nísia Trindade Lima, e pelo diretor da Escola Nacional de Saúde Pública (ENSP), Hermano Castro, buscando ideias para a implantação da Escola de Saúde Pública do Espírito Santo e a implantação do mestrado profissional em Vigilância em Saúde no Estado. A previsão para o início da turma e a elaboração do Termo de Cooperação Técnica entre a Sesa, o Instituto Federal do Espírito Santo (IFES) e a ENSP, visando subsidiar o projeto de criação da ESP-ES, é até o final do ano. Hermano Castro, comenta a importância da cooperação na formação de quadros para o sistema único de saúde do Espírito Santo.

  8. Inscrições abertas para curso sobre controle do Aedes aegypti

    Estão abertas, até 4 de setembro, as inscrições para o Curso de Qualificação Profissional Controle do Aedes aegypti: Teoria, História, Obstáculos, Novas Tecnologias e Perspectivas, que tem por objetivo aprimorar o senso crítico dos profissionais acerca das adequações, limitações e possibilidades dos diferentes métodos, técnicas e ferramentas disponíveis para o controle do Aedes aegypti. A iniciativa visa buscar ações factíveis, possíveis e eficazes, em consonância com as diferentes realidades sócio-ambientais brasileiras. Segundo o coordenador do curso, Eduardo Dias Wemelinger, o atual cenário de tríplice epidemia viral que tem como principal vetor o Aedes aegypti, a ausência de vacinas e a incapacidade dos programas de controle de vetores em evitar a expansão das epidemias de Dengue, Zika e Chikungunya nas cidades brasileiras impõem a necessidade de preparar melhor os profissionais envolvidos no controle de vetores. Ao todo, 30 vagas serão oferecidas. Acesse o edital. 

  9. ENSP apoia carta aberta ao STF para banimento do amianto

    A Escola Nacional de Saúde Pública Sergio Arouca (ENSP/Fiocruz) diz sim a vida, e não ao amianto, e apoia a carta aberta da Associação Brasileira de Saúde do Trabalhador e Tratabalhadora (ABRASTT) aos excelentíssimos senhor ministros do Supremo Tribunal Federal (STF), que votam nesta quinta-feira, 17 de agosto, a favor ou contra o banimento definitivo do amianto crisotila, em todo o território nacional. A carta, assinada também pela Associação Brasileira dos Expostos ao Amianto (Abrea) e Associação Nacional de Medicina do Traabalho (ANAMT), conclama aos Ministros do STF a se posicionarem e votarem em defesa da vida e do meio ambiente. Leia a carta na íntegra.  

  10. Curso de Pneumologia Sanitária do Hélio Fraga debate definição, história e aplicação da epidemiologia

    Epidemiologia foi tema da aula aberta do curso de Especialização em Pneumologia Sanitária, realizada no Centro de Referência Professor Hélio Fraga (CRPHF/ENSP), no dia 8 de agosto, e ministrada pelo pesquisador do Centro, Paulo Victor de Souza Viana. Segundo ele, a epidemiologia é o estudo da distribuição e dos determinantes de estados ou eventos relacionados à saúde em populações específicas, e sua aplicação na prevenção e controle dos problemas de saúde. “Em termos gerais, a saúde pública se refere a ações coletivas visando melhorar a saúde das populações, já a epidemiologia, é uma das ferramentas para melhorar a saúde pública. Nesse sentido, a epidemiologia é uma ciência médica básica que tem por objetivo melhorar a saúde das populações, especialmente dos menos favorecidos”, explicou Paulo Victor.