1. Neepes/ENSP promoveu encontro de saberes, sabores e linguagens artísticas entre academia e movimentos populares

    O lançamento do Núcleo de Ecologias, Epistemologias e Promoção Emancipatória da Saúde, promoveu o encontro de acadêmicos, moradores do território, indígenas, estudantes, ambientalistas, lideranças de movimentos populares, poetas, artistas e as comidas agroecológicas do Terrapia. O encontro, que ocorreu ao longo de três dias, colaborou com a articulação entre diferentes lideranças de vários cantos do Brasil

  2. Caso da Vale em Brumadinho e a reforma trabalhista

    O desastre ambiental em Brumadinho fez emergir a discussão sobre a segurança do trabalhador e a reforma trabalhista. Após o rompimento das três barragens na Mina do Córrego do Feijão, essa falha administrativa da Vale passa a ser o maior acidente de trabalho da história do Brasil. Dois anos depois do colapso ambiental em Mariana, nem os governos brasileiros nem as empresas implementaram medidas para evitar que a história se repetisse como tragédia. 
     
     

  3. Análises sobre os ataques aos direitos dos trabalhadores

    O blog Reforma Trabalhista desta semana traz as análises sobre os impactos da Lei n. 13.467/2017, assinada em julho de 2017, na vida dos trabalhadores. Nas postagens, leia o artigo do diretor técnico do Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos (Dieese), Clemente Ganz Lúcio, que analisa a Reforma Trabalhista após um ano de vigência e o livro Reforma Trabalhista: primeiras impressões, lançado em 2018 pela Editora da Universidade Estadual da Paraíba (EDUEPB). 

  4. Pesquisadores da ENSP participam da 4º Assembleia Global de Saúde dos Povos

    Os pesquisadores da Escola Nacional de Saúde Pública Sergio Arouca (ENSP/Fiocruz), Lígia Giovanella e Ary Miranda, participaram da 4º Assembleia Global de Saúde dos Povos (PHA 4), realizada em Bangladesh, de 15 a 19 de novembro de 2018. O encontro, que contou com mais de 1.400 ativistas, representando 73 países, fortaleceu a necessidade de desenvolver estratégias conjuntas globais para combater as ameaças ao direito humano universal à saúde e as abordagens neoliberais da saúde.

  5. Reforma Trabalhista – e pode piorar

    Segundo a Vossa Excelência Tiririca “Pior do que está não fica”, mas se tratando de Brasil (ou certos momentos), tudo pode piorar. Dito isso, o presidente eleito, Jair Bolsonaro, defendeu o aprofundamento da Reforma Trabalhista, porque segundo ele “É horrível ser patrão no Brasil”. 
     
     
     
     

  6. Sistema agroalimentar: produtor de doença, iniquidade social e injustiça ambiental

    O atual sistema agroalimentar é produtor de doença, iniquidade social e injustiça ambiental. As evidências disso se acumulam: da contaminação de alimentos e intoxicação de trabalhadores rurais por agrotóxicos, passando pela poluição do ar, dos rios e dos solos pelos resíduos de um sistema dependente dos combustíveis fósseis, chegando aos problemas gerados pelos hábitos alimentares nada saudáveis fomentados pela indústria alimentícia. 

  7. Reforma Trabalhista: acompanhe outras notícias atualizadas sobre o tema

    A Escola Nacional de Saúde Pública Sergio Arouca (ENSP/Fiocruz) criou um site para divulgar notícias sobre a reforma trabalhista. O espaço virtual disponibiliza uma série de artigos acadêmicos, legislação, notas e orientações sobre a Lei n. 13.467/2017, assinada em julho de 2017 e em vigor desde 11 de novembro de 2017. O site Reforma Trabalhista tem por objetivo disseminar informações a respeito dos impactos desta reforma na proteção social, saúde e organização dos trabalhadores. 

  8. ENSP lança Núcleo Ecologias, Epistemologias e Promoção Emancipatória da Saúde em Encontro de Saberes

    A ENSP/Fiocruz realizará, de 26 a 28 de novembro, o Encontro de Saberes: Ecologias, Epistemologias e Promoção Emancipatória. O encontro marcará o lançamento do Núcleo de Ecologias. Segundo o coordenador do Núcleo, Marcelo Firpo, o principal objetivo do NEEPES é o desenvolvimento conceitual e metodológico na articulação de três campos de conhecimento em torno das lutas sociais por saúde e justiça das populações excluídas das cidades, campos e florestas.