1. IFF/Fiocruz publica posicionamento oficial sobre Resolução 293/2019 do Cremerj e respectiva exposição de motivos

    Como instituição que tem a missão de promover a saúde da mulher, da criança e do adolescente por meio de ações articuladas de pesquisa, ensino, atenção integral à saúde e avaliação de tecnologias, o Instituto Nacional de Saúde da Mulher, da Criança e do Adolescente Fernandes Figueira da Fundação Oswaldo Cruz (IFF/Fiocruz) vem manifestar, publicamente, seu posicionamento com relação à Resolução 293/2019 do Conselho Regional de Medicina do Rio de Janeiro (Cremerj).

  2. 'Brumadinho e a justiça histórica', artigo publicado por Marcelo Firpo, pesquisador da ENSP

    O pesquisador da Escola Nacional de Saúde Pública, coordenador do Núcleo Ecologias, Epistemologias e Promoção Emancipatória da Saúde (NEEPES/ENSP/Fiocruz), Marcelo Firpo, assinou artigo publicado na edição de quinta-feira, 7 de fevereiro, do Jornal do Brasil. O pesquisador destaca que o trágico desafio é o da democracia e da ética. Segundo ele, a lama que corre reflete injustiças históricas que nos impedem alcançar outras justiças, como a social, a sanitária, a ambiental e a cognitiva. 

  3. 'Brumadinho e a justiça histórica', artigo publicado por Marcelo Firpo, pesquisador da ENSP

    O pesquisador da Escola Nacional de Saúde Pública, coordenador do Núcleo Ecologias, Epistemologias e Promoção Emancipatória da Saúde (NEEPES/ENSP/Fiocruz), Marcelo Firpo, assinou artigo publicado na edição de quinta-feira, 7 de fevereiro, do Jornal do Brasil. O pesquisador destaca que o trágico desafio é o da democracia e da ética. Segundo ele, a lama que corre reflete injustiças históricas que nos impedem alcançar outras justiças, como a social, a sanitária, a ambiental e a cognitiva. 

  4. Governo de Minas apresenta PL para Extinção da Escola de Saúde Pública do Estado

    A Escola Nacional de Saúde Pública Sergio Arouca, unidade técnico-científica da Fundação Oswaldo Cruz, lamenta o Projeto de Lei nº 368/2019, apresentado pelo governador de Minas Gerais, Romeu Zema, à Assembleia Legislativa do Estado. A proposta dispõe sobre a extinção da Escola de Saúde Pública do Estado (ESP-MG) e sua incorporação à estrutura da Secretaria de Estado de Saúde (SES-MG). A ENSP/Fiocruz entende que a autonomia das instituições formadoras em saúde e o modelo de formação e gestão da instituição parceira são aspectos considerados de extrema relevância, ao longo de mais de sete décadas de atuação.

  5. A Vale e o governo não aprenderam nada com Fundão?

    O pesquisador da Fiocruz Minas Gerais (Instituto René Rachou) e relator especial das Nações Unidas para os Direitos Humanos à Água e ao Esgotamento Sanitário, Léo Heller, assinou artigo publicado na edição de 30 de janeiro de 2019, da Folha de São Paulo. O pesquisador, a lição não foi aprendida. Mais uma barragem se rompe. Como a anterior, também classificada como de baixo risco, e, pior, detentora de licenciamento ambiental para sua expansão em um processo estranhamente expedito.

  6. 'Para aprender com Brumadinho', artigo publicado por Carlos Machado, pesquisador da ENSP

    O pesquisador da Escola Nacional de Saúde Pública (ENSP/Fiocruz), coordenador do Centro de Estudos e Pesquisas em Emergências e Desastres da ENSP e integrante da Estratégia Internacional das Nações Unidas para a Redução de Desastres, Carlos Machado de Freitas, assinou artigo publicado na edição desta quinta-feira, 31 de janeiro, do jornal 'O Globo'. O pesquisador alerta para riscos sistêmicos e amplos que envolvem um universo de mais de 24 mil barragens cadastradas pela Agência Nacional de Águas.

  7. ENSP/Fiocruz se posiciona contrária à exportação do amianto

    A ENSP/Fiocruz se une a outras entidades para reforçar sua posição contrária à exportação do amianto. A Eternit, ex-gigante do amianto no Brasil, informou que deixou de usar a fibra cancerígena na produção de telhas. Porém, comunicou que continuará exportando as fibras de amianto para dezenas de países em desenvolvimento. O diretor da ENSP, Hermano Castro, reforça ser inaceitável que o Brasil mantenha a produção de um produto comprovadamente carcinogênico apenas para a exportação, sem se incomodar com a saúde das populações.

  8. ENSP/Fiocruz se posiciona contrária à exportação do amianto

    A ENSP/Fiocruz se une a outras entidades para reforçar sua posição contrária à exportação do amianto. A Eternit, ex-gigante do amianto no Brasil, informou que deixou de usar a fibra cancerígena na produção de telhas. Porém, comunicou que continuará exportando as fibras de amianto para dezenas de países em desenvolvimento. O diretor da ENSP, Hermano Castro, reforça ser inaceitável que o Brasil mantenha a produção de um produto comprovadamente carcinogênico apenas para a exportação, sem se incomodar com a saúde das populações.

  9. Desenvolvimento e inovação: a saúde como uma oportunidade

    O pesquisador da Escola Nacional de Saúde Pública Sergio Arouca (ENSP/Fiocruz) e coordenador das Ações de Prospecção da Presidência da Fundação, Carlos Gadelha, assinou artigo no Jornal do Brasil sobre desenvolvimento e inovação em saúde. Segundo ele, a saúde é parte indissociável do desenvolvimento nacional. Além de constituir um direito essencial de cidadania, constitui uma fonte de geração de valor e de riqueza social e econômica.

  10. Pesquisadores da ENSP participam da 4º Assembleia Global de Saúde dos Povos

    Os pesquisadores da Escola Nacional de Saúde Pública Sergio Arouca (ENSP/Fiocruz), Lígia Giovanella e Ary Miranda, participaram da 4º Assembleia Global de Saúde dos Povos (PHA 4), realizada em Bangladesh, de 15 a 19 de novembro de 2018. O encontro, que contou com mais de 1.400 ativistas, representando 73 países, fortaleceu a necessidade de desenvolver estratégias conjuntas globais para combater as ameaças ao direito humano universal à saúde e as abordagens neoliberais da saúde.