1. 'Brumadinho e a justiça histórica', artigo publicado por Marcelo Firpo, pesquisador da ENSP

    O pesquisador da Escola Nacional de Saúde Pública, coordenador do Núcleo Ecologias, Epistemologias e Promoção Emancipatória da Saúde (NEEPES/ENSP/Fiocruz), Marcelo Firpo, assinou artigo publicado na edição de quinta-feira, 7 de fevereiro, do Jornal do Brasil. O pesquisador destaca que o trágico desafio é o da democracia e da ética. Segundo ele, a lama que corre reflete injustiças históricas que nos impedem alcançar outras justiças, como a social, a sanitária, a ambiental e a cognitiva. 

  2. 'Brumadinho e a justiça histórica', artigo publicado por Marcelo Firpo, pesquisador da ENSP

    O pesquisador da Escola Nacional de Saúde Pública, coordenador do Núcleo Ecologias, Epistemologias e Promoção Emancipatória da Saúde (NEEPES/ENSP/Fiocruz), Marcelo Firpo, assinou artigo publicado na edição de quinta-feira, 7 de fevereiro, do Jornal do Brasil. O pesquisador destaca que o trágico desafio é o da democracia e da ética. Segundo ele, a lama que corre reflete injustiças históricas que nos impedem alcançar outras justiças, como a social, a sanitária, a ambiental e a cognitiva. 

  3. Abuso digital em relacionamentos afetivo-sexuais é foco de artigo do 'Cadernos de Saúde Pública'

    Abuso digital ou prova de amor? Essa questão pontua um estudo que analisa como a expansão do acesso ao uso da Internet contribuiu para a promoção de novas formas de sociabilidade online, bem como para a banalização de práticas abusivas por meio do uso dessas mesmas mídias digitais, sendo justificadas por argumentos retóricos que enaltecem a perspectiva do “quem ama cuida”, logo, controla, monitora, rastreia, espiona.

  4. Dia Mundial de Combate ao Câncer: Influência da poluição na internação pela doença é foco de pesquisa

    A poluição relacionada ao tráfego é um grande problema nos centros urbanos, e uma grande parcela da população fica vulnerável aos seus efeitos à saúde. Um artigo publicado no Cadernos de Saúde Pública identificou potencial associação entre as internações hospitalares por câncer do aparelho respiratório com a densidade de tráfego veicular no município São Paulo. A pertinência do tema decorre neste Dia Mundial de Combate ao Câncer.

  5. A Vale e o governo não aprenderam nada com Fundão?

    O pesquisador da Fiocruz Minas Gerais (Instituto René Rachou) e relator especial das Nações Unidas para os Direitos Humanos à Água e ao Esgotamento Sanitário, Léo Heller, assinou artigo publicado na edição de 30 de janeiro de 2019, da Folha de São Paulo. O pesquisador, a lição não foi aprendida. Mais uma barragem se rompe. Como a anterior, também classificada como de baixo risco, e, pior, detentora de licenciamento ambiental para sua expansão em um processo estranhamente expedito.

  6. Tragédias de Minas Gerais: Artigo de pesquisador da ENSP aborda os desafios para a saúde coletiva

    A mineração de ferro não produz só bilhões de dólares e “progresso”: ela está repleta de perigos, mortes e destruição socioambiental. Trabalhadores morrem e adoecem. Como as tragédias nas barragens de Minas Gerais podem ser compreendidas pela saúde coletiva e quais desafios ela implica? É o que aborda um artigo do pesquisador da ENSP, Marcelo Firpo de Souza Porto.

  7. 'Para aprender com Brumadinho', artigo publicado por Carlos Machado, pesquisador da ENSP

    O pesquisador da Escola Nacional de Saúde Pública (ENSP/Fiocruz), coordenador do Centro de Estudos e Pesquisas em Emergências e Desastres da ENSP e integrante da Estratégia Internacional das Nações Unidas para a Redução de Desastres, Carlos Machado de Freitas, assinou artigo publicado na edição desta quinta-feira, 31 de janeiro, do jornal 'O Globo'. O pesquisador alerta para riscos sistêmicos e amplos que envolvem um universo de mais de 24 mil barragens cadastradas pela Agência Nacional de Águas.

  8. Tragédias de Minas Gerais: Artigo de pesquisador da ENSP aborda os desafios para a saúde coletiva

    A mineração de ferro não produz só bilhões de dólares e “progresso”: ela está repleta de perigos, mortes e destruição socioambiental. Trabalhadores morrem e adoecem. Como as tragédias nas barragens de Minas Gerais podem ser compreendidas pela saúde coletiva e quais desafios ela implica? É o que aborda um artigo do pesquisador da ENSP, Marcelo Firpo de Souza Porto.