1. 8ª ConfOA debate ciência e acesso abertos na Fiocruz

    A Fundação Oswaldo Cruz recebe, entre os dias 4 e 6 de outubro, a 8ª Conferência Luso-Brasileira de Acesso Aberto (ConfOA). Serão promovidas uma série de atividades voltadas ao tema Do acesso aberto à ciência aberta, incluindo palestras, sessões de comunicação e workshops, com a participação de instituições brasileiras e portuguesas, além de convidados internacionais. A conferência de abertura será proferida por Barend Mons, professor da Universidade de Leiden e afiliado ao Centro Médico Erasmus na Universidade de Roterdã, ambos na Holanda. Sua apresentação será sobre os princípios do FAIR data e a internet. A sigla, em inglês, reúne as características dados localizáveis (findable), acessíveis (accessible), interoperáveis (interoperable) e reutilizáveis.
     

  2. Seminário debate acesso aberto ao conhecimento na Fiocruz

    Na sexta-feira (30/5), será realizado o seminário Viabilizando o Acesso Aberto ao Conhecimento na Fiocruz. O evento, marcado para às 9h, no salão de leitura da Biblioteca de Manguinhos, é aberto ao público não sendo necessária inscrição prévia. O objetivo do encontro é apresentar os princípios que regem o acesso aberto no mundo e na ciência; a experiência de outras instituições no Brasil e no mundo; a política de acesso aberto ao conhecimento da Fiocruz; e o Plano Operativo do Arca (o repositório institucional da Fiocruz), destacando o papel dos Núcleos de Acesso Aberto ao Conhecimento (NAACs).

  3. Número de artigos em inglês supera os publicados em português na SciELO Brasil

    O número de artigos científicos publicados em inglês nos periódicos da SciELO Brasil – Scientific Electronic Library Online, um programa da Fapesp e do Centro Latino-Americano e do Caribe de Informação em Ciências da Saúde (Bireme) – superou o total de artigos disponibilizados em português. A SciELO Brasil conta atualmente com cerca de 270 revistas, uma coleção dos principais títulos científicos nacionais disponíveis em acesso aberto na internet.

  4. Recursos Educacionais Abertos: política está em consulta pública

    A Política Geral da Red de Recursos Educacionales Abiertos/Open Educational Resources (REA/OER), do Campus Virtual em Saúde Pública (CVSP) e da Biblioteca Virtual em Saúde (BVS) é o resultado do esforço do grupo de trabalho que envolveu vários países. A equipe do nodo Brasil do CVSP, coordenou um dos grupos de trabalho (GT2), cuja responsabilidade foram os capítulos Conceptualización de Recursos Educacionales Abiertos; Criterios de pertenencia de los REA en el CVSP/BVS; e Público objetivo y Derechos de autor.

  5. O perfil das relações entre Opas e Ministério da Saúde do Brasil

    Uma delegação de diretores do Escritório Central da Organização Pan-Americana de Saúde (Opas) esteve em visita ao Brasil no marco do programa Mais Médicos. Em meados de setembro, o ministro da Saúde, Alexandre Padilha, recebeu a delegação que era acompanhada pelos representantes da Opas Brasil e Opas Cuba, Joaquín Molina e José Luiz Di Fabio, respectivamente. Na ocasião, o assessor especial para Assuntos Internacionais do ministro da Saúde, Alberto Kleiman, colocou o perfil das relações entre Opas e Ministério da Saúde do Brasil.

  6. Guia Unesco faz revisão detalhada do Acesso Aberto

    O Brasil é um dos países do mundo que mais teve avanço no desenvolvimento de periódicos e repositórios em acesso aberto, que permitem disponibilizar via internet, de forma livre e gratuita, o texto completo de investigações financiadas com fundos públicos. E o SciELO, um empreendimento iniciado no Brasil que, agora, dispõe de coleções de periódicos científicos em 15 países, é um exemplo mencionado pelo novo Guia Unesco para políticas de desenvolvimento e promoção do acesso aberto.

  7. Saúde: encontro discute uso de tecnologias na educação

    Centrado na temática da saúde e educação, será realizado, no Brasil, o Congresso Internacional Moodle Salud. Moodle é uma plataforma open source para gerenciamento aprendizado pela internet, muito utilizada por universidades, escolas, empresas e instituições para oferecer ensino a distância e agregar tecnologia web a seus cursos. O congresso é um evento da Organização Pan-Americana da Saúde (Opas), o Campus Virtual em Saúde Pública – Nodo Brasil, a Fiocruz e a Universidade Aberta do SUS (UNA-SUS/MS). As inscrições de trabalho já estão abertas e podem ser feitas até o dia 28/9. O congresso ocorrerá em Recife (PE), de 13 a 15/11, paralelamente ao Fórum Global de Recursos Humanos.
     

  8. Lançado Projeto Piloto com foco na telemedicina

    O Campus Virtual de Saúde Pública da Organização Pan-Americana de Saúde (CVSP/Opas) deu início ao Projeto Piloto da Clínica Virtual Docente (CVD). Ele tem como objetivo conhecer as fortalezas e debilidades do modelo da CVD proposto. Para tanto, vai investigar as facilidades de sua introdução nos países da região das Américas e provar a metodologia e infraestrutura tecnológica utilizada.