1. Seminário debate experiências brasileira e francesa de saúde no trabalho e estratégias sindicais nesta quinta e sexta-feira (10 e 11/5)

    Na quinta e sexta-feira, 10 e 11 de maio, o Centro de Estudos da Saúde do Trabalhador e Ecologia Humana (Cesteh/ENSP/Fiocruz) promoverá o seminário Saúde no trabalho e estratégias sindicais: experiências francesa e brasileira. A atividade, realizada no âmbito da Pós-Graduação em Saúde Pública da Escola Nacional de Saúde Pública Sergio Arouca, contará com a participação de sociólogos e sindicalista franceses, além de pesquisadores da Fiocruz, para discutir a reestruturação produtiva que afeta o mundo do trabalho desde do final década de 70, trazendo a dessindicalização massiva que afeta todas as centrais sindicais francesas, particularmente a Confederação Geral do Trabalho (CGT). O seminário, aberto aos interessados e sem necessidade de inscrição prévia, é coordenado pela pesquisadora do Cesteh, Simone Oliveira.

  2. Seminário debate experiências brasileira e francesa de saúde no trabalho e estratégias sindicais nesta quinta e sexta-feira (10 e 11/5)

    Na quinta e sexta-feira, 10 e 11 de maio, o Centro de Estudos da Saúde do Trabalhador e Ecologia Humana (Cesteh/ENSP/Fiocruz) promoverá o seminário Saúde no trabalho e estratégias sindicais: experiências francesa e brasileira. A atividade, realizada no âmbito da Pós-Graduação em Saúde Pública da Escola Nacional de Saúde Pública Sergio Arouca, contará com a participação de sociólogos e sindicalista franceses, além de pesquisadores da Fiocruz, para discutir a reestruturação produtiva que afeta o mundo do trabalho desde do final década de 70, trazendo a dessindicalização massiva que afeta todas as centrais sindicais francesas, particularmente a Confederação Geral do Trabalho (CGT). O seminário, aberto aos interessados e sem necessidade de inscrição prévia, é coordenado pela pesquisadora do Cesteh, Simone Oliveira.

  3. Seminário debate experiências brasileira e francesa de saúde no trabalho e estratégias sindicais nesta quinta e sexta-feira (10 e 11/5)

    Na quinta e sexta-feira, 10 e 11 de maio, o Centro de Estudos da Saúde do Trabalhador e Ecologia Humana (Cesteh/ENSP/Fiocruz) promoverá o seminário Saúde no trabalho e estratégias sindicais: experiências francesa e brasileira. A atividade, realizada no âmbito da Pós-Graduação em Saúde Pública da Escola Nacional de Saúde Pública Sergio Arouca, contará com a participação de sociólogos e sindicalista franceses, além de pesquisadores da Fiocruz, para discutir a reestruturação produtiva que afeta o mundo do trabalho desde do final década de 70, trazendo a dessindicalização massiva que afeta todas as centrais sindicais francesas, particularmente a Confederação Geral do Trabalho (CGT). O seminário, aberto aos interessados e sem necessidade de inscrição prévia, é coordenado pela pesquisadora do Cesteh, Simone Oliveira.

  4. Aula aberta sobre intervenções complexas em saúde pública nesta segunda-feira (7/5)

    O Programa de Pós-Graduação em Saúde Pública da Escola Nacional de Saúde Pública Sergio Arouca (ENSP/Fiocruz) promoverá, de 7 a 9 de maio, o curso de curta duração com abrangência internacional Avaliação de efetividade de intervenções complexas em Saúde Pública. O curso busca discutir metodologias e modelos analíticos para avaliar a efetividade de intervenções complexas em saúde, direcionadas para redução das iniquidades em saúde. Voltado especialmente aos alunos de mestrado e doutorado da Escola, o curso terá aula inaugural aberta, com a presença da professora e pesquisadora do Centro de Desenvolvimento e Avaliação de Políticas e Tecnologias em Saúde Pública da Universidade do Vale, Colômbia, Ligia Malagon de Salazar. A aula será transmitida on-line no Canal da ENSP no Youtube.

  5. Aula aberta sobre intervenções complexas em saúde pública nesta segunda-feira (7/5)

    O Programa de Pós-Graduação em Saúde Pública da Escola Nacional de Saúde Pública Sergio Arouca (ENSP/Fiocruz) promoverá, de 7 a 9 de maio, o curso de curta duração com abrangência internacional Avaliação de efetividade de intervenções complexas em Saúde Pública. O curso busca discutir metodologias e modelos analíticos para avaliar a efetividade de intervenções complexas em saúde, direcionadas para redução das iniquidades em saúde. Voltado especialmente aos alunos de mestrado e doutorado da Escola, o curso terá aula inaugural aberta, com a presença da professora e pesquisadora do Centro de Desenvolvimento e Avaliação de Políticas e Tecnologias em Saúde Pública da Universidade do Vale, Colômbia, Ligia Malagon de Salazar. A aula será transmitida on-line no Canal da ENSP no Youtube.

  6. Aula aberta sobre intervenções complexas em saúde pública nesta segunda-feira (7/5)

    O Programa de Pós-Graduação em Saúde Pública da Escola Nacional de Saúde Pública Sergio Arouca (ENSP/Fiocruz) promoverá, de 7 a 9 de maio, o curso de curta duração com abrangência internacional Avaliação de efetividade de intervenções complexas em Saúde Pública. O curso busca discutir metodologias e modelos analíticos para avaliar a efetividade de intervenções complexas em saúde, direcionadas para redução das iniquidades em saúde. Voltado especialmente aos alunos de mestrado e doutorado da Escola, o curso terá aula inaugural aberta, com a presença da professora e pesquisadora do Centro de Desenvolvimento e Avaliação de Políticas e Tecnologias em Saúde Pública da Universidade do Vale, Colômbia, Ligia Malagon de Salazar. A aula será transmitida on-line no Canal da ENSP no Youtube.

  7. Comunicação como ferramenta estratégica para o fortalecimento do SUS

    O Centro de Estudos da Saúde do Trabalhador e Ecologia Humana (Cesteh/ENSP), promoveu mais uma sessão do projeto 'Encontros do Cesteh'. Realizado em 18 de abril, o encontro abordou a comunicação e informação em pesquisas e serviços de saúde. Para discutir o tema a atividade contou com a participação da coordenadora de Comunicação Institucional da Escola Nacional de Saúde Pública, Rita Mattos. Em sua fala a coordenadora da CCI/ENSP destacou que a comunicação é uma ferramenta estratégica para o fortalecimento do Sistema Único de Saúde (SUS). O debate contou com a participação dos trabalhadores do Cesteh e foi mediado pelo técnico do laboratório de Toxicologia do Cesteh/ENSP, Leandro Carvalho.

  8. Comunicação como ferramenta estratégica para o fortalecimento do SUS

    O Centro de Estudos da Saúde do Trabalhador e Ecologia Humana (Cesteh/ENSP), promoveu mais uma sessão do projeto 'Encontros do Cesteh'. Realizado em 18 de abril, o encontro abordou a comunicação e informação em pesquisas e serviços de saúde. Para discutir o tema a atividade contou com a participação da coordenadora de Comunicação Institucional da Escola Nacional de Saúde Pública, Rita Mattos. Em sua fala a coordenadora da CCI/ENSP destacou que a comunicação é uma ferramenta estratégica para o fortalecimento do Sistema Único de Saúde (SUS). O debate contou com a participação dos trabalhadores do Cesteh e foi mediado pelo técnico do laboratório de Toxicologia do Cesteh/ENSP, Leandro Carvalho.

  9. Evento no Hélio Fraga discute desenvolvimento de pesquisas no contexto de cortes no país

    O Centro de Referência Professor Hélio Fraga, instituição nacional de referência do SUS para tuberculose e outras pneumopatias, promoverá, no dia 19 de abril, às 14h, a sessão científica Ciência e Pesquisa no CRPHF. O evento será conduzido pelo pesquisador Caetano Antunes e pretende discutir o papel e a importância da ciência no cotidiano do Hélio Fraga, assim como as propostas e desafios para a realização de pesquisas. A sessão acontecerá no auditório do CRPHF e é aberta ao público.