1. Sessão discute qualidade de vida e saúde mental no trabalho

    No dia 10 de dezembro, o Centro de Estudos da Saúde do Trabalhador e Ecologia Humana (Cesteh/ENSP) vai realizar o último encontro de uma série de seminários realizados em 2014. A sessão, que acontecerá às 12 horas na sala 32, abordará a Qualidade de Vida e Saúde Mental no Trabalho e contará com a presença do pesquisador da unidade Tito de Canha. A atividade é aberta a todos os interessados. Para participar não é necessária inscrição prévia. 

  2. ENSP debate desafios da saúde reprodutiva

    Depressão e mortalidade materna, parto, aborto e más práticas obstétricas foram os temas debatidos no seminário Questões e Desafios da Saúde Reprodutiva no Brasil, promovido pela ENSP. O encontro pautou ainda a questão socioeconômica como um diferencial para determinados procedimentos no momento do parto. “Os piores resultados para as mulheres mais pobres, tanto na disponibilidade da atenção quanto nos indicadores obstétricos e perinatais, bem como as intervenções médicas, mostram que a luta pela eliminação das iniquidades em saúde deve ser um compromisso permanente.”, opinou a pesquisadora da ENSP Mariza Theme, uma das palestrantes do evento. Também participaram da atividade a assessora da Secretaria de Estado de Saúde (SES-RJ) Tizuko Shiraiwa, Maysa Luduvice da Faculdade de Enfermagem da Uerj e Leila Adesse, da ONG Ações Afirmativas em Direito e Saúde (AADS).

  3. Sessão discute qualidade de vida e saúde mental no trabalho

    No dia 10 de dezembro, o Centro de Estudos da Saúde do Trabalhador e Ecologia Humana (Cesteh/ENSP) vai realizar o último encontro de uma série de seminários realizados em 2014. A sessão, que acontecerá às 12 horas na sala 32, abordará a Qualidade de Vida e Saúde Mental no Trabalho e contará com a presença do pesquisador da unidade Tito de Canha. A atividade é aberta a todos os interessados. Para participar não é necessária inscrição prévia. 

  4. Encontro debate judicialização do SUS e aumento da cooperação com MP

    A atuação mais sistemática do Ministério Público na defesa da saúde e a instituição do Sistema Único de Saúde são duas estrelas maiores entre os propagados avanços da Nova República. Entretanto, o dia a dia de quem usa ou trabalha numa dessas instituições não cansa de demonstrar a distância que existe entre a retórica e a prática. No dia 27 de novembro de 2014, um evento selou a colaboração entre o Ministério da Saúde, por meio de sua Secretaria de Gestão Estratégica e Participativa, o Ministério Público e a Escola Nacional de Saúde Pública Sergio Arouca, da Fundação Oswaldo Cruz (ENSP/Fiocruz). O produto desta colaboração será um Curso de Aperfeiçoamento no campo da Saúde e na modalidade de Ensino a Distância para os membros do Ministério Público. A Abertura do evento contou com a presença do Dr Lio Marcos Marin, Procurador-Geral de Justiça do Ministério Público de Santa Catarina e Presidente do Grupo Nacional de Direitos Humanos (GNDH), do Conselho Nacional de Procuradores-Gerais (CNPG), além do Dr. Valcler Rangel Fernandes, Vice-presidente de Ambiente, Atenção e Promoção da Saúde da Fiocruz e do Dr. Hermano Albuquerque de Castro, diretor da ENSP/Fiocruz.

  5. Sessão abordará papel da ciência na melhoria do cuidado à saúde

    O Departamento de Administração e Planejamento em Saúde (Daps/ENSP) realizará sua última sessão científica no ano de 2014. O tema Ciência da melhoria do cuidado à saúde será exposto pela pesquisadora Margareth Portela, no dia 3 de dezembro, às 12h30, na sala 718 da ENSP. A atividade é aberta a todos os interessados e não é necessária inscrição prévia.

  6. Especialistas debatem critérios de avaliação da Capes

    Quatro palestrantes, quatro exposições e uma mesma conclusão para todos: é necessário se repensar os critérios de avaliação da Capes para os programas stricto sensu. O debate sobre este tema, realizado na ENSP em 24 de novembro, reuniu o coordenador-geral da área de Saúde Coletiva na Capes, Guilherme Werneck; o professor do IMS/Uerj, Kenneth Camargo Jr.; a professora da Faculdade de Ciências Médicas, da Unicamp Rosana Onocko Campos; e o pesquisador da ENSP e coordenador do Laboratório de Estudos e Pesquisas em Saúde Mental e Atenção Psicossocial (Laps/ENSP), Paulo Amarante. Confira, em vídeo, as apresentações de cada participante.

  7. Sessão abordará papel da ciência na melhoria do cuidado à saúde

    O Departamento de Administração e Planejamento em Saúde (Daps/ENSP) realizará sua última sessão científica no ano de 2014. O tema Ciência da melhoria do cuidado à saúde será exposto pela pesquisadora Margareth Portela, no dia 3 de dezembro, às 12h30, na sala 718 da ENSP. A atividade é aberta a todos os interessados e não é necessária inscrição prévia.

  8. ENSP debate os desafios da saúde reprodutiva no dia 28/11

    Como parte das atividades acadêmicas da disciplina de pós-graduação Tópicos Especiais em Gênero, Violência e Saúde do programa de Saúde Pública da ENSP, a Escola, em parceira com o Instituto de Estudos em Saúde Coletiva da UFRJ, realizará a mesa-redonda Questões e desafios da saúde reprodutiva no Brasil: nascimento e parto, mortalidade materna e aborto no dia 28 de novembro, de 9 às 13 horas. O encontro, que será mediado por Sônia Maria Dantas Berger (ISC/UFF), terá como convidadas a pesquisadora da ENSP Mariza Theme, Tizuko Shiraiwa (SESH-RJ), Maysa Luduvice (FE/UERJ) e Leila Adesse (AADS). Para participar não é necessária inscrição prévia.

  9. Encontro abordará atuação do Ministério Público na Saúde

    O aumento da demanda judicial para fornecimento de bens e procedimentos relacionados à saúde torna fundamental a busca de ferramentas teóricas e operacionais que contribuam para a superação de dificuldades no setor Saúde e na Justiça, com vistas à efetivação do direito à saúde. Para debater a questão, a ENSP promove, no dia 27 de novembro, a mesa redonda Direito à Saúde e o Sistema Único de Saúde - olhares diferentes. A atividade, aberta a todos os interessados, está marcada para 13h30, no salão internacional e reunirá diversos especialistas.

  10. ENSP debate os desafios da saúde reprodutiva no dia 28/11

    Como parte das atividades acadêmicas da disciplina de pós-graduação Tópicos Especiais em Gênero, Violência e Saúde do programa de Saúde Pública da ENSP, a Escola, em parceira com o Instituto de Estudos em Saúde Coletiva da UFRJ, realizará a mesa-redonda Questões e desafios da saúde reprodutiva no Brasil: nascimento e parto, mortalidade materna e aborto no dia 28 de novembro, de 9 às 13 horas. O encontro, que será mediado por Sônia Maria Dantas Berger (ISC/UFF), terá como convidadas a pesquisadora da ENSP Mariza Theme, Tizuko Shiraiwa (SESH-RJ), Maysa Luduvice (FE/UERJ) e Leila Adesse (AADS). Para participar não é necessária inscrição prévia.