1. Roda de Conversa do Cesteh debate regulação de substâncias químicas de uso industrial no Brasil

    Na quarta-feira, 22 de junho, o Centro de Estudos da Saúde do Trabalhador e Ecologia Humana da Escola Nacional de Saúde Pública promoverá mais um encontro das Rodas de Conversa do Cesteh. Com o tema Regulação de substâncias químicas de uso industrial no Brasil, a atividade está marcada para as 12 horas, na sala 32 do Cesteh, e contará com a participação do pesquisador da Escola, Luiz Cláudio Meirelles. O encontro, aberto a todos os interessados, não necesista de inscrição prévia. 

  2. Pesquisadoras do Claves lançam publicações em evento da Emerj

    No dia 23 de junho, as pesquisadoras do Departamento de Estudos sobre Violência e Saúde Jorge Careli (Claves/ENSP) Patrícia Constantino e Simone Gonçalves de Assis serão as palestrantes do Fórum Permanente de Direito e Saúde da Escola de Magistratura do Estado do Rio de Janeiro (Emerj). Intitulada Entre a Margem e a Inclusão: os presos do Rio de janeiro e as crianças e adolescentes usuários de crack, a atividade promoverá o lançamento de duas publicações: Crianças, Adolescentes e Crack: desafios para o cuidado, organizado por Simone Gonçalves de Assis, e Deserdados Sociais: condições de vida e saúde dos presos do estado do Rio de Janeiro, das pesquisadoras Maria Cecília de Souza Minayo, Patrícia Constantino. A juíza de direito do TJERJ Isabel Coelho fará a abertura da atividade,  marcada para às 9h30, no auditório Paulo Roberto Leite Ventura.

  3. Sessão científica relaciona os determinantes sociais à produção da tuberculose

    No dia 8 de junho, às 10 horas, o Centro de Referência Professor Hélio Fraga, da ENSP/Fiocruz, promoverá a sessão científica Tuberculose e Determinantes Sociais, com palestra do pesquisador Alexandre San Pedro. Na atividade, Alexandre, que é membro do Laboratório de Monitoramento Epidemiológico de Grandes Empreendimentos da ENSP (LabMep), apresentará um estudo sobre a tuberculose como marcadora de iniquidade social em saúde. "A ideia é destacar questões relacionadas aos determinantes sociais de produção deste grave problema de saúde pública em uma área sob intensa transformação socioespacial - o município de Itaboraí", afirmou o palestrante. A atividade é aberta aos interessados.

  4. Seminário encerra curso voltado para profissionais que cuidam da saúde dos policiais civis e militares

    Curso de Especialização em Saúde do Trabalhador e Ecologia Humana, da Escola Nacional de Saúde Pública Sergio Arouca, promoverá, nos dias 2 e 3 de junho, o seminário de encerramento da turma voltada para os profissionais que cuidam da saúde dos policiais civis e militares do Estado do Rio de Janeiro, criada por intermédio da parceria com a Secretaria de Estado de Segurança do Rio de Janeiro. Abertura da atividade, na quinta-feira (2/6), às 8h30, terá presença do secretário de Segurança Pública do Estado do RJ, José Mariano Beltrame, do diretor da ENSP, Hermano Castro, do coordenador de Ensino do Centro de Estudos da Saúde do Trabalhador e Ecologia Humana da ENSP, Gideon Borges, da coordenadora do curso, Rita Mattos, e de representantes das polícias civil e militar do Estado do Rio de Janeiro. O evento é aberto aos interessados.

  5. Simpósio debate ambiente alimentar e sua relação com práticas alimentares

    Na terça-feira, 31 de maio, será realizado na ENSP o Simpósio Ambiente Alimentar e sua relação com as Práticas Alimentares: diálogo entre diferentes perspectivas. A atividade contará terá participação da pesquisadora do Departamento de Epidemiologia e Métodos Quantitativos da ENSP, Letícia Cardoso, da professora da University of Wollongong - Austrália, Heather Yeatman e da professora da Drexel University - EUA, Amy Auchincloss. O debate ficará a cargo da professora do Instituto de Nutrição da Uerj, Inês Rugani. A atividade é fechada e acontecerá no salão internacional da ENSP, a partir das 9h30.

  6. Seminário encerra curso voltado para profissionais que cuidam da saúde dos policiais civis e militares

    Curso de Especialização em Saúde do Trabalhador e Ecologia Humana, da Escola Nacional de Saúde Pública Sergio Arouca, promoverá, nos dias 2 e 3 de junho, o seminário de encerramento da turma voltada para os profissionais que cuidam da saúde dos policiais civis e militares do Estado do Rio de Janeiro, criada por intermédio da parceria com a Secretaria de Estado de Segurança do Rio de Janeiro. Abertura da atividade, na quinta-feira (2/6), às 8h30, terá presença do secretário de Segurança Pública do Estado do RJ, José Mariano Beltrame, do diretor da ENSP, Hermano Castro, do coordenador de Ensino do Centro de Estudos da Saúde do Trabalhador e Ecologia Humana da ENSP, Gideon Borges, da coordenadora do curso, Rita Mattos, e de representantes das polícias civil e militar do Estado do Rio de Janeiro. O evento é aberto aos interessados.

  7. Seminário sobre direito à saúde encerra curso direcionado ao MP

    Com o propósito de intensificar o diálogo entre os campos da Saúde Coletiva e da Justiça e, assim, contribuir para a efetivação do direito à saúde, a ENSP realizou - por meio de parceria entre a Comissão Permanente de Defesa da Saúde, do Grupo Nacional de Direitos Humanos, do Conselho Nacional de Procuradores-Gerais do Ministério Público dos Estados e da União e o Ministério da Saúde -, o curso de aperfeiçoamento em Política e Gestão da Saúde Pública para o Ministério Público, oferecido na modalidade a distância e envolvendo cerca de 140 alunos. Para marcar o fim desse ciclo, nos dias 30 e 31 de maio, será realizado o último encontro presencial do curso com o seminário A sustentabilidade do direito à saúde e do Sistema Único de Saúde. O encontro, fechado ao público, conta com a presença de representantes dos diversos órgãos envolvidos na parceria. 

  8. Sistema previdenciário brasileiro em debate na ENSP na segunda-feira (23/5)

    No dia 23 de maio, a ENSP recebe a docente da Escola de Serviço Social (ESS/UFRJ) e investigadora do Núcleo de Estudos e Pesquisas Marxistas da UFRJ Sara Granemann para a palestra Previdência em pauta: a reforma do sistema brasileiro e seu impacto para a classe trabalhadora. A atividade, aberta a todos os interessados, dá início aocurso de especialização em Saúde do Trabalhador e Ecologia Humana da Escola e está marcada para 9 horas, no salão internacional.

  9. Sistema previdenciário brasileiro em debate na ENSP na segunda-feira (23/5)

    No dia 23 de maio, a ENSP recebe a docente da Escola de Serviço Social (ESS/UFRJ) e investigadora do Núcleo de Estudos e Pesquisas Marxistas da UFRJ Sara Granemann para a palestra Previdência em pauta: a reforma do sistema brasileiro e seu impacto para a classe trabalhadora. A atividade, aberta a todos os interessados, dá início aocurso de especialização em Saúde do Trabalhador e Ecologia Humana da Escola e está marcada para 9 horas, no salão internacional.

  10. Política de residência multiprofissional encerra XI Ciclo de Debates

    O último dia do XI Ciclo de debates - Conversando sobre a Estratégia de Saúde da Família, realizado na ENSP entre os dias 2 e 6 de maio, foi dedicado ao tema da residência multiprofissional. A proposta era debater a Política Nacional de Residências, a formação dos profissionais e a necessidade de se enfrentar o uso da residência como um substitutivo de mão de obra no sistema de saúde. Na mesa coordenada pela pesquisadora da ENSP Maria Alice Pessanha, estiveram presentes Laura Camargo Feuerwecker, da USP, no papel de conferencista, e Alice Mariz, da Secretaria Municipal de Saúde do Rio de Janeiro, como debatedora. A tarde ocorreu a formatura da turma 2014/2016 da Residência Multiprofissional da ENSP.