1. Brasil e Cuba apresentam desafios à formação em saúde pública

    I Colóquio Brasil Cuba de formação em Saúde Pública reuniu diversos pesquisadores, de ambos os países, para apresentar suas potencialidades no que se refere à formação em saúde, às ambições e aos principais desafios para alcançar uma saúde pública equitativa e universal. O diretor da ENSP, Hermano Castro, criticou a formação brasileira de médicos, que, segundo ele, ainda é muito voltada para o mercado. "É preciso aprender com a formação de Cuba, que traz a solidariedade entre os povos e a humanidade que tanto almejamos entre os nossos profissionais”, admitiu. Confira as apresentações, em vídeo, da solenidade de abertura e as mesas que discutiram os temas Os desafios à formação em saúde pública e A formação de profissionais e outros trabalhadores da saúde para ações de vigilância ambiental, epidemiológica e nutricional em Cuba.

  2. Conferência aborda impactos da globalização na saúde da população

    O curso mais tradicional da ENSP completa mais um ciclo esse ano. A especialização em Saúde Pública, que faz parte da grade curricular da Escola há 60 anos, realizará. na terça-feira, 15 de dezembro, o encerramento da edição de 2015 com a palestra Globalização, impactos na saúde da população e o papel do Estado. A atividade, marcada para às 13h30, no salão internacional da ENSP, contará com a exposição do coordenador do Centro de Relações Internacionais da Fiocruz, Paulo Buss. O curso de especialização em Saúde Pública visa introduzir o aluno no campo da saúde coletiva, além de capacitá-lo a gerar competências para sua atuação como sanitarista. A palestra é aberta a todos os interessados e não necessita de inscrição prévia.

  3. Cesteh encerra comemoração debatendo perspectivas na formação em saúde do trabalhador

    Na sexta-feira (11/12), o Centro de Estudos da Saúde do Trabalhador e Ecologia Humana (Cesteh/ENSP) encerará a celebração dos seus 30 anos com a mesa redonda Formação em Saúde do Trabalhador: políticas e perspectivas. A atividade contará com a participação do vice-diretor de Escola de Governo em Saúde da ENSP, Frederico Peres, do coordenador geral de Saúde do Trabalhador do Ministério da Saúde, Jorge Machado, e da pesquisadora da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG) Elizabeth Costa Dias. A moderação ficará a cargo da coordenadora do Cesteh, Kátia Reis. O encontro é aberto a todos os interessados, está marcado para 9 horas, na sala 32 do prédio do Cesteh.

  4. Seminário aborda formação profissional na Atenção Primária em Saúde

    Na sexta-feira, 11 de dezembro, será realizado o seminário Formação Profissional da Atenção Primária à Saúde na Cidade do Rio de Janeiro: a produção de práticas e saberes. O evento acontecerá no Observatório de Tecnologia de Informação e Comunicação em Sistemas e Serviços de Saúde do Rio de Janeiro (OTICS-RIO). Na ocasião serão apresentados os resultados das dissertações da segunda turma do Mestrado Profissional em Atenção Primária à Saúde da ENSP. O seminário terá inicio às 9 horas e os interessados devem se inscrever no local. 

  5. Brasil Cuba: formação em saúde pública no contexto da saúde global encerrará colóquio

    O último dia de atividades do I Colóquio Brasil Cuba de formação em Saúde Pública debaterá a formação em saúde pública no contexto da saúde global, nesta quinta-feira (10/12), a partir das 10h. O encerramento do evento contará ainda com a roda de conversa Programa de estágio internacional e o fortalecimento de processos formativos em saúde pública. O colóquio internacional tem o objetivo fortalecer as capacidades formativas regionais em saúde pública dos dois países em questão e discutir a formação na área a partir de experiências das principais escolas do Brasil e de Cuba, contribuindo, assim, para a criação de espaços colaborativos entre alunos, profissionais de saúde e professores. O Colóquio pode ser acompanhado em tempo real.

  6. Lutas sociais e atuação sindical no segundo dia de celebrações dos 30 anos do Cesteh

    Dando continuidade às atividades de comemoração dos 30 anos do Centro de Estudos da Saúde do Trabalhador e Ecologia Humana (Cesteh), o segundo dia do encontro (10/12) promoverá, a partir das 9h, a mesa-redonda Lutas sociais, atuação sindical e a saúde do trabalhador. O evento terá participação de Rudá Ricci, do Instituto Cultiva de Minas Gerais, do professor da Universidade Estadual Paulista (Unesp/Marília) Giovanni Alves, e do pesquisador do Departamento de Endemias Samuel Pessoa (Densp/ENSP) Eduardo Stotz. A mesa será mediada pelo pesquisador do Cesteh José Augusto Pina. 

  7. Programa de Atenção à Saúde do Idoso debaterá a prevenção do suicídio

    No dia 10 de dezembro, às 14h, o Programa de Atenção à Saúde do Idoso (Pasi), do Centro de Saúde Escola Germano Sinval Faria da ENSP (CESGSF), realizará o debate É possível prevenir a antecipação do fim? - Suicídio em idosos no Brasil e possibilidades de atuação no setor saúde. O encontro acontecerá na sala M, do Centro de Saúde, e faz parte das comemorações de 20 anos do Pasi. A palestra será proferida pela pesquisadora-colaboradora do Departamento de Estudos sobre Violência e Saúde Jorge Careli (Claves/ENSP) Fátima Gonçalves Cavalcante. A atividade é aberta a todos, não sendo necessária inscrição prévia.

  8. Lançamento de livro e visitante internacional pautam atividades do Laboratório de Saúde Mental

    O curso de especialização em Saúde Mental e Atenção Psicossocial, oferecido pelo Laboratório de Estudos e Pesquisas em Saúde Mental e Atenção Psicossocial (Laps/ENSP/Fiocruz), receberá nesta quinta-feira (10/12), às 13h30, na sala 410 da ENSP, o professor Ernesto Venturini, um dos principais nomes da Psiquiatria Democrática italiana. Na mesma data, os pesquisadores Paulo Amarante e Fernando Freitas, do Laps/ENSP, participarão do lançamento do livro Medicalização em Psiquiatria, às 17h30, no Espaço Educação do Museu da República, no Catete. A iniciativa é da Editora Fiocruz, que promoverá o lançamento de sua mais recente produção editorial.

  9. Cesteh celebra 30 anos de saúde do trabalhador, formação, pesquisa e assistência

    Dezembro é um mês bem especial para o Centro de Estudos da Saúde do Trabalhador e Ecologia Humana (Cesteh), uma das unidades da Escola Nacional de Saúde Pública Sergio Arouca (ENSP/Fiocruz). Há 30 anos, em dezembro de 1985, foi criado este centro, que funde sua história com a construção do campo da saúde do trabalhador no Brasil. Nesse período, o Cesteh foi protagonista na construção dessa área no âmbito do Sistema Único de Saúde, participando ativamente de eventos como as quatro Conferências Nacionais de Saúde do Trabalhador, a criação da Rede Nacional de Saúde dos Trabalhadores, além da construção da Política Nacional de Saúde do Trabalhador. Referência nacional na atualização de aporte teórico, conceitual e de inovação para a intervenção em saúde, trabalho e ambiente, o Cesteh vai celebrar suas três décadas de história com uma série de debates sobre as políticas públicas, atuação sindical, saúde ambiental e formação em saúde do trabalhador, que serão realizados entre dias 9, 10 e 11 de dezembro. A semana comemorativa é aberta a todos os interessados e não necessita de inscrição prévia.

  10. Colóquio debate formação em Saúde Pública cubana e experiência do Mais Médicos na quarta (9/12)

    O I Colóquio Brasil Cuba de formação em Saúde Pública debaterá, em seu segundo dia de atividades (9/12), a formação em Saúde Pública em Cuba, além dos desafios enfrentamentos pelo Programa Mais Médicos na questão da educação profissional. O evento internacional tem como objetivo fortalecer as capacidades formativas regionais em saúde pública dos dois países em questão e discutir a formação na área a partir de experiências das principais escolas do Brasil e de Cuba, contribuindo assim para a criação de espaços colaborativos entre alunos, profissionais de saúde e professores. O Colóquio pode ser acompanhado em tempo real, através da transmissão simultânea, por todos os interessados.