1. Ciclo de debates sobre ESF aborda importância da formação para o SUS

    O segundo dia do X Ciclo de Debates - Conversando sobre a Estratégia de Saúde da Família traz como tema a Política de formação para o SUS: o papel das residências, com exposições de Heider Aurélio (Ministério da Saúde) e Ricardo Ceccim (UFRGS). A vice-presidente de Ensino, Informação e Comunicação da Fiocruz, Nísia Trindade, será a debatedora da mesa e a pesquisadora da ENSP Maria Alice Pessanha coordenará a sessão. A atividade ocorrerá na terça-feira, 5 de maio, de 9h às 12 horas, no Auditório Maria Deane (Pavilhão 26 do IOC/Fiocruz), e é aberta a todos os interessados.

  2. Encontro na ENSP debate poluição das praias cariocas

    Em poucos lugares do mundo as praias ocupam um papel tão central no imaginário e na vida da população quanto no Rio de Janeiro. Da moça que passa a caminho do mar à luz que fez o pintor Paul Gauguin se encantar pela Baia de Guanabara, as águas que banham a cidade são fonte de inspiração, lazer e subsistência de boa parte dos 12 milhões de habitantes que hoje vivem no Grande Rio. A despeito de tanta importância, nossos mares e também as lagoas, rios e lagos não têm sido muito bem tratados ao longo da história. Para falar sobre o tema e tentar contribuir com possíveis soluções para a poluição das praias, o 2° DSSA Debate, evento organizado pelo Departamento de Saneamento e Saúde Ambiental da ENSP, promoveu um encontro que discutiu os métodos de detecção da poluição das águas e os emissários submarinos. 

  3. ENSP e SMS-RJ debatem o cenário da saúde do trabalhador em evento alusivo à data

    Para comemorar o Dia Internacional do Trabalhador, celebrado em 1º de maio, a Escola Nacional de Saúde Pública, por intermédio do Centro de Estudos em Saúde do Trabalhador e Ecologia Humana (Cesteh), sediará, no dia 30 de abril, a atividade Cenário da Saúde do Trabalhador no Brasil. Relizado no âmbito da semana do trabalhador (27 a 30/4), o evento é coordenado pela Subsecretaria de Vigilância, Fiscalização Sanitária e Controle de Zoonoses (Subvisa/SMS) do Rio de Janeiro e receberá o Secretário Municipal de Saúde (SMS-RJ), Daniel Soranz, o Subsecretário de Vigilância Sanitária, Arnaldo Lassance, e o diretor da ENSP, Hermano Castro. A atividade será realizada no salão internacional da ENSP, às 9 horas, é aberta ao público e não necessita de inscrição prévia.

  4. Confira a programação da 10ª edição do Ciclo de Debates

    De 4 a 8 de maio, a Escola Nacional de Saúde Pública promoverá mais uma edição do Ciclo de Debates - Conversando sobre a Estratégia de Saúde da Família. A décima edição do evento, que faz parte da Residência Multiprofissional em Saúde da Família da ENSP, será marcada por cinco mesas de discussão, que abordarão temas que envolvem as políticas e os princípios estratégicos que norteiam as ações de atenção básica no país. No fim da semana haverá a tradicional formatura da Residência (turma 2013). As palestras do Ciclo de Debates ocorrem sempre às 9 horas, no Auditório Maria Deane (Pavilhão 26 do IOC/Fiocruz), e são abertas a todos os interessados.

  5. ENSP e SMS-RJ debatem o cenário da saúde do trabalhador em evento alusivo à data

    Para comemorar o Dia Internacional do Trabalhador, celebrado em 1º de maio, a Escola Nacional de Saúde Pública, por intermédio do Centro de Estudos em Saúde do Trabalhador e Ecologia Humana (Cesteh), sediará, no dia 30 de abril, a atividade Cenário da Saúde do Trabalhador no Brasil. Relizado no âmbito da semana do trabalhador (27 a 30/4), o evento é coordenado pela Subsecretaria de Vigilância, Fiscalização Sanitária e Controle de Zoonoses (Subvisa/SMS) do Rio de Janeiro e receberá o Secretário Municipal de Saúde (SMS-RJ), Daniel Soranz, o Subsecretário de Vigilância Sanitária, Arnaldo Lassance, e o diretor da ENSP, Hermano Castro. A atividade será realizada no salão internacional da ENSP, às 9 horas, é aberta ao público e não necessita de inscrição prévia.

  6. Confira a programação da 10ª edição do Ciclo de Debates

    De 4 a 8 de maio, a Escola Nacional de Saúde Pública promoverá mais uma edição do Ciclo de Debates - Conversando sobre a Estratégia de Saúde da Família. A décima edição do evento, que faz parte da Residência Multiprofissional em Saúde da Família da ENSP, será marcada por cinco mesas de discussão, que abordarão temas que envolvem as políticas e os princípios estratégicos que norteiam as ações de atenção básica no país. No fim da semana haverá a tradicional formatura da Residência (turma 2013). As palestras do Ciclo de Debates ocorrem sempre às 9 horas, no Auditório Maria Deane (Pavilhão 26 do IOC/Fiocruz), e são abertas a todos os interessados.

  7. Sessão aborda novo padrão de restrição enzimático em espécie de micobactéria

    O Centro de Referência Professor Hélio Fraga (CRPHF/ENSP), que completou 30 anos no final de 2014, está realizando mais uma de suas sessões científica acerca do tema tuberculose. O pesquisador da unidade e doutor em Micobacteriologia Jesus Paim Ramos dissertará sobre Descrição de um novo padrão de restrição enzimático do produto da PCR do gene hsp65 de Mycobacterium intracellulare. A atividade, marcada para o dia 27 de abril, às 14 horas, no auditório do CRPHF é aberta a todos os interessados e não necessita de inscrição prévia.

  8. Confira a programação da 10ª edição do Ciclo de Debates

    De 4 a 8 de maio, a Escola Nacional de Saúde Pública promoverá mais uma edição do Ciclo de Debates - Conversando sobre a Estratégia de Saúde da Família. A décima edição do evento, que faz parte da Residência Multiprofissional em Saúde da Família da ENSP, será marcada por cinco mesas de discussão, que abordarão temas que envolvem as políticas e os princípios estratégicos que norteiam as ações de atenção básica no país. No fim da semana haverá a tradicional formatura da Residência (turma 2013). As palestras do Ciclo de Debates ocorrem sempre às 9 horas, no Auditório Maria Deane (Pavilhão 26 do IOC/Fiocruz), e são abertas a todos os interessados.

  9. Cesteh relembra três décadas da área de saúde do trabalhador

    Definida como um conjunto de medidas de prevenção, assistência e vigilância dos agravos à saúde relacionados ao trabalho, as ações da área de Saúde do Trabalhador visam, principalmente, reduzir as doenças ocupacionais, os acidentes, além de proporcionar melhor qualidade de vida aos profissionais. Há 30 anos, o Centro de Estudos da Saúde do Trabalhador e Ecologia Humana da Escola Nacional de Saúde Pública (Cesteh/ENSP) vem atuando nas mais diversas frentes relacionadas a área, que vão desde a formação de recursos humanos no âmbito do SUS até o desenvolvimento de estudos e pesquisas sobre a relação trabalho, saúde e ambiente, bem como a proposição e avaliação de políticas públicas. Para celebrar a data o Cesteh, que possui uma história que muitas vezes se confunde com a trajetória da Saúde do Trabalhador no país, promoveu a sessão científica Panorama atual da Saúde do Trabalhador no Brasil, que contou a apresentação do especialista em medicina do trabalho, René Mendes.

  10. Pesquisador da Suíça fala sobre Avaliação de Impacto à Saúde

    Na terça-feira, dia 14 de abril, o salão internacional da ENSP recebeu o professor Mirko Winkler, do Instituto de Medicina Tropical e Saúde Pública da Suíça, para a palestra Avaliação de Impacto à Saúde em grandes empreendimentos em países tropicais. Esse modelo de avaliação, conhecido pela sigla AIS, consite numa metodologia para calcular impactos, positivos e negativos, que empreendimentos e políticas de desenvolvimento, como hidrelétricas, projetos de agronegócio e mineração, entre outros, possam trazer para a saúde da população. Winkler, que está no Brasil por meio do programa Ciências Sem Fronteiras e colaborará com os programas de pós-graduação da ENSP nos próximos 24 meses, trouxe na bagagem uma larga experiência sobre o tema, adquirida em países da África, da Ásia e da América do Sul.