1. Acolhimento, empatia e respeito: qualidades do profissional que atende dependentes químicos

    Acolhimento, empatia e respeito devem ser as palavras de ordem de todo profissional que trabalha na atenção básica, especialmente com dependentes químicos, afirmou o médico do Centro de Saúde Escola Germano Sinval Faria (CSEGSF/ENSP) e assessor da Vice-Presidência de Serviços de Referência e Ambiente da Fiocruz, Antônio Sérgio Fonseca, na sessão técnico-científica Drogadição na clínica médica da Atenção Básica de Saúde. O médico também mostrou estatísticas brasileiras que apontam a dependência por algum tipo de droga - incluindo álcool, tranquilizantes e nicotina - em uma fatia de 5% da população adulta. O aúdio e a apresentação da palestra já estão disponíveis na Biblioteca Multimídia da ENSP.

  2. Ciclo de Debates ENSP será encerrado com saúde do idoso

    O 2º Ciclo de Debates: conversando sobre a estratégia de saúde da família terá no dia 13 de junho, às 9 horas, sua última apresentação. O tema em debate será "A Ética do Cuidado e o Espaço Domiciliar", com José Luiz Telles, pesquisador da ENSP e coordenador da Área Técnica da Saúde do Idoso do Departamento de Ações Programáticas Estratégicas do Ministério da Saúde. Os arquivos de áudio e as apresentações de palestras anteriores estão na Biblioteca Multimídia da ENSP.

  3. Pesquisa aponta desafios para a Atenção Básica e PSF

    A sala 718 do Departamento de Administração (Daps/ENSP) ficou pequena para a apresentação da pesquisa Desafios para a Atenção Básica e para o PSF Uma visão a partir do ELB- PROESF nos Municípios do Estado do Rio de Janeiro, ministrada pela pesquisadora Maria Helena Mendonça, na Sessão de Pesquisas do Daps, na quarta-feira (14/03). Os principais desafios apontados pela pesquisa para a atenção básica e o PSF no Estado do Rio se concentram na gestão de recursos humanos, na configuração da atenção básica, na organização do sistema municipal e nas percepções sobre o desempenho do próprio sistema, revelou a expositora. Acesse a pesquisa na íntegra na Biblioteca Multimídia da ENSP.

  4. Observatório da Conjuntura de Saúde discutirá metodologia de trabalho

    A coordenação do Observatório de Conjuntura das Políticas de Saúde convida os pesquisadores, participantes do projeto e demais interessados, para a reunião que discutirá a metodologia de trabalho do grupo. Dentre outros assuntos, ficará decidido a forma de divulgação do material produzido pelo Observatório, como os Boletins e os relatórios finais de análise. O encontro será realizado na sexta-feira, dia 18 de maio, às 9h30, na sala 213 da Escola Politécnica de Saúde Joaquim Venâncio (EPSJV/Fiocruz).

  5. ENSP implanta seu Núcleo de Inovação Tecnológica

    Contribuir para a formação de uma cultura institucional sobre propriedade intelectual, formar bases institucionais de dados, além de induzir e apoiar novos processos de registro de uma propriedade são algumas das novas atribuições que integram as diretrizes do Núcleo de Inovação Tecnológica da ENSP, que será lançado na terça-feira (14/08). O NIT/ENSP integra a Coordenação de Gestão Tecnológica da Fiocruz (Gestec), responsável por aprimorar a política de pesquisa e desenvolvimento tecnológico na Instituição. A solenidade de implantação do Núcleo está marcada para 14 horas, no Salão Internacional da ENSP.

  6. Rotelli: “Nós não sabemos nada sobre loucura”

    O curso de especialização em Saúde Mental e Atenção Psicossocial da ENSP completa 25 anos de existência, mostrando cada vez mais sua importância para o processo da reforma sanitária brasileira. Abrindo o seminário comemorativo, a Escola Nacional de Saúde Pública Sergio Arouca recebeu um convidado muito especial, um dos principais nomes da reforma psiquiátrica da Itália Franco Rotelli, do Departamento de Saúde Mental de Trieste (Itália). Em sua conferência, Rotelli dissertou sobre os ensinamentos de Franco Basaglia, outro grande médico italiano, e explicou a importância de uma melhor formação profissional na busca por uma constante reforma psiquiátrica mundial. Vale lembrar que nesta quarta-feira (10/10) é comemorado o Dia Mundial da Saúde Mental, que tem como tema proposto pela Organização Mundial de saúde (OMS) a Saúde Mental em um mundo em mudança: o impacto da cultura e da diversidade. O seminário Cultura da formação: política, clínica e crítica prossegue até quinta-feira (11/10) na ENSP com transmissão ao vivo pela Rede Fiocruz. Confira, na Biblioteca Multimídia da ENSP, o áudio completo da conferência de Franco Rotelli.

  7. Red-Mei de colaboração científica é tema de palestra na ENSP

    Será realizada, na quinta-feira (29/11), das 9h às 13h, no Salão Internacional (4º andar) da ENSP, a palestra Rede de Malnutrição: uma oportunidade para o encontro e a colaboração internacional, de Carmina Wanden-Berghe, professora de Nutrição e Dietética do curso de Enfermagem da Universidade Miguel Hernández del Eche (Espanha), e coordenadora geral da Rede.

  8. Palestrante aponta migrações e envelhecimento da população como tendências do século XXI

    O impacto das migrações internacionais, a transculturalidade e a carga que esse processo vem trazendo para os serviços de saúde no Chile foram os temas abordados pelo professor da Escola de Saúde Pública do Chile, Lorenzo Agar Corbinos, na palestra organizada pelo Programa de Pós-graduação em Saúde Pública e Meio Ambiente da ENSP, na terça-feira (20/05). Em sua apresentação, o sociólogo destacou o Chile e a África do Sul como países emergentes mais atrativos aos imigrantes e reconheceu que o século XXI pode ser caracterizado pelo envelhecimento da população e pelas migrações internacionais. O áudio e a apresentação podem ser acessados na Biblioteca Multimídia da ENSP.

  9. Material educativo leva conhecimentos científicos para população rural

    Meu objetivo foi criar um material que não ficasse parado nas prateleiras, por isso esta iniciativa foi elaborada para os agricultores com equipes de saúde da família do município de Petrópolis, afirmou a pesquisadora Rosane Curi, do Centro de Estudos da Saúde do Trabalhador e Ecologia Humana (Cesteh/ENSP/Fiocruz), no lançamento do Projeto Vida e Saúde no Campo: tecnologias educativas despertando consciências. A cerimônia, realizada na data em que se comemora o Dia do Agricultor, 28/07, aconteceu no Museu da Vida, na Fiocruz.