1. Alunos do PPGBIOS promovem jornada de bioética

    O Programa de Pós-Graduação em Bioética, Ética Aplicada e Saúde Coletiva, desenvolvido pela ENSP/Fiocruz em associação ampla com a Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), Universidade Federal Fluminense e (UFF) e Universidade do Estado do Rio de Janeiro (Uerj), promove, de 4 a 6 de dezembro, a IV Jornada de Bioética "Por que o outro importa?". O evento, realizado na ENSP das 9h às 17 horas, é coordenado pelos alunos do PPGBIOS.

  2. Centro de Referência Professor Hélio Fraga promove sessões científicas nos dias 4 e 6 de dezembro

    O Centro de Referência Professor Hélio Fraga (CRPHF/ENSP) promoverá, nos dias 4 e 6 de dezembro, as sessões científicas Gerencimento da Qualidade de Redução de Desvios em Estudos Clínicos e Quando iniciar TARV em pacientes coinfectados TB x HIV já em uso de tuberculostáticos/ Revisão de Literatura: Diagnóstico Clínico e Laboratorial da Zika, respectivamente. A sessão do dia 4 de dezembro, sobre gerencimento da qualidade, será proferida por Glauce Santos, e está marcada para às 13h30, no auditório 1 do Hélio Fraga. A segunda sessão, que acontecerá no dia 6 de dezembro, às 14 horas, também no auditório 1 do Centro de Referência, tratará de dois assuntos diferentes - redução de desviose revisão de literatura - , e para isso contará com a participação de Ricardo Ibiapina Oliveira e José da Rocha Camões. Ambas atividades são abertas aos interessados e não necessitam de inscrição prévia. 

  3. ENSP comemora aniversário do Programa de Pós-Graduação em Saúde Pública com homenagens e Seminário de Ensino

    São cinco décadas pensando, criando e fazendo a Saúde Pública brasileira. Na próxima semana, a partir da quarta-feira, 29 de novembro, a ENSP celebrará o aniversário de 50 anos de seu Programa de Pós-Graduação Stricto Sensu em Saúde Pública, além de promover uma série de debates sobre temas relativos à educação, qualificação e saúde no contexto do Seminário de Ensino 2017. São cinquenta anos marcados por muita luta. Desde a repressão dos militares às ameaças atuais de desfinanciamento, são diversos os desafios que professores, coordenadores, funcionários e alunos enfrentaram para fazer da Escola Nacional de Saúde Pública Sergio Arouca, da Fundação Oswaldo Cruz, referência internacional quando o tema é a produção acadêmica no campo da Saúde Coletiva. Além de homenagens e uma mesa de debates, será lançado o livreto comemorativo e um vídeo. 

  4. Centro de Referência Professor Hélio Fraga promove sessões científicas nos dias 4 e 6 de dezembro

    O Centro de Referência Professor Hélio Fraga (CRPHF/ENSP) promoverá, nos dias 4 e 6 de dezembro, as sessões científicas Gerencimento da Qualidade de Redução de Desvios em Estudos Clínicos e Quando iniciar TARV em pacientes coinfectados TB x HIV já em uso de tuberculostáticos/ Revisão de Literatura: Diagnóstico Clínico e Laboratorial da Zika, respectivamente. A sessão do dia 4 de dezembro, sobre gerencimento da qualidade, será proferida por Glauce Santos, e está marcada para às 13h30, no auditório 1 do Hélio Fraga. A segunda sessão, que acontecerá no dia 6 de dezembro, às 14 horas, também no auditório 1 do Centro de Referência, tratará de dois assuntos diferentes - redução de desviose revisão de literatura - , e para isso contará com a participação de Ricardo Ibiapina Oliveira e José da Rocha Camões. Ambas atividades são abertas aos interessados e não necessitam de inscrição prévia. 

  5. ENSP comemora aniversário do Programa de Pós-Graduação em Saúde Pública com homenagens e Seminário de Ensino

    São cinco décadas pensando, criando e fazendo a Saúde Pública brasileira. Na próxima semana, a partir da quarta-feira, 29 de novembro, a ENSP celebrará o aniversário de 50 anos de seu Programa de Pós-Graduação Stricto Sensu em Saúde Pública, além de promover uma série de debates sobre temas relativos à educação, qualificação e saúde no contexto do Seminário de Ensino 2017. São cinquenta anos marcados por muita luta. Desde a repressão dos militares às ameaças atuais de desfinanciamento, são diversos os desafios que professores, coordenadores, funcionários e alunos enfrentaram para fazer da Escola Nacional de Saúde Pública Sergio Arouca, da Fundação Oswaldo Cruz, referência internacional quando o tema é a produção acadêmica no campo da Saúde Coletiva. Além de homenagens e uma mesa de debates, será lançado o livreto comemorativo e um vídeo. 

  6. ENSP comemora aniversário do Programa de Pós-Graduação em Saúde Pública com homenagens e Seminário de Ensino

    São cinco décadas pensando, criando e fazendo a Saúde Pública brasileira. Na próxima semana, a partir da quarta-feira, 29 de novembro, a ENSP celebrará o aniversário de 50 anos de seu Programa de Pós-Graduação Stricto Sensu em Saúde Pública, além de promover uma série de debates sobre temas relativos à educação, qualificação e saúde no contexto do Seminário de Ensino 2017. São cinquenta anos marcados por muita luta. Desde a repressão dos militares às ameaças atuais de desfinanciamento, são diversos os desafios que professores, coordenadores, funcionários e alunos enfrentaram para fazer da Escola Nacional de Saúde Pública Sergio Arouca, da Fundação Oswaldo Cruz, referência internacional quando o tema é a produção acadêmica no campo da Saúde Coletiva. Além de homenagens e uma mesa de debates, será lançado o livreto comemorativo e um vídeo. 

  7. ENSP promove debate sobre crise da saúde no Rio de Janeiro nesta quinta-feira (23/11)

    Dedicada há mais de seis décadas à formação profissional em saúde, pesquisa, desenvolvimento tecnológico, formulação de políticas públicas e prestação de serviços de referência em saúde, a Escola Nacional de Saúde Pública da Fiocruz não poderia ficar imune à crise da saúde no Rio de Janeiro. Demissões, salários atrasados, falta de insumos, medicamentos, exames complementares e a ausência de contratos de manutenção e limpeza são alguns dos exemplos que expõem a situação vivida pelos cariocas. Diante disso, nesta quinta-feira, 23 de novembro, a ENSP/Fiocruz promoverá o debate A crise na Saúde no Município do Rio de Janeiro, às 9 horas, no salão internacional. O debate será coordenado pelo médico, vereador da Comissão de Saúde da Câmara Municipal e professor colaborador da ENSP, Paulo Pinheiro, e contará com a participação do Presidente do Sindicato dos Agentes Comunitários de Saúde, Ronaldo Moreira Paes, do Presidente da Associação dos Médicos de Família e Comunidade, Moisés Vieira Nunes, da Subsecretária Geral Executiva da Secretaria Municipal em Saúde, Ana Beatriz Busch Araújo, e do Representante do Tribunal de Contas do Município do Rio de Janeiro, Ricardo Levorato. A atividade, organizada com o apoio da Direção e da Vice-Direção de Escola de Governo em Saúde da ENSP, é aberta a todos os interessados e não necessita de inscrição prévia.

  8. Aula aberta debate o banimento do amianto no Brasil nesta quinta-feira (23/11)

    O Mestrado Profissional em Vigilância em Saúde do Trabalhador promoverá nesta quinta-feira, 23 de novembro, a aula aberta Banimento do amianto: uma luta coletiva e contínua. A aula será proferida pela coordenadora da Rede Ban Asbestos para a América Latina, Fernanda Giannasi, e terá como mediador o pesquisador do Centro de Estudos da Saúde do Trabalhador e Ecologia Humana (Cesteh/ENSP), Luis Carlos Fadel. Segundo Giannasi, que é fundadora da Associação Brasileira dos Expostos ao Amianto, a invisibilidade e o silêncio epidemiológico provocados pela exposição ao amianto são indiscutíveis, mas essa situação só mudará com o banimento total da fibra. A atividade, aberta a todos os interessados, acontecerá às 13h30, no salão internacional da ENSP, e não necessita de inscrição prévia. 

  9. ENSP promove debate sobre crise da saúde no Rio de Janeiro nesta quinta-feira (23/11)

    Dedicada há mais de seis décadas à formação profissional em saúde, pesquisa, desenvolvimento tecnológico, formulação de políticas públicas e prestação de serviços de referência em saúde, a Escola Nacional de Saúde Pública da Fiocruz não poderia ficar imune à crise da saúde no Rio de Janeiro. Demissões, salários atrasados, falta de insumos, medicamentos, exames complementares e a ausência de contratos de manutenção e limpeza são alguns dos exemplos que expõem a situação vivida pelos cariocas. Diante disso, nesta quinta-feira, 23 de novembro, a ENSP/Fiocruz promoverá o debate A crise na Saúde no Município do Rio de Janeiro, às 9 horas, no salão internacional. O debate será coordenado pelo médico, vereador da Comissão de Saúde da Câmara Municipal e professor colaborador da ENSP, Paulo Pinheiro, e contará com a participação do Presidente do Sindicato dos Agentes Comunitários de Saúde, Ronaldo Moreira Paes, do Presidente da Associação dos Médicos de Família e Comunidade, Moisés Vieira Nunes, da Subsecretária Geral Executiva da Secretaria Municipal em Saúde, Ana Beatriz Busch Araújo, e do Representante do Tribunal de Contas do Município do Rio de Janeiro, Ricardo Levorato. A atividade, organizada com o apoio da Direção e da Vice-Direção de Escola de Governo em Saúde da ENSP, é aberta a todos os interessados e não necessita de inscrição prévia.

  10. Aula aberta debate o banimento do amianto no Brasil nesta quinta-feira (23/11)

    O Mestrado Profissional em Vigilância em Saúde do Trabalhador promoverá nesta quinta-feira, 23 de novembro, a aula aberta Banimento do amianto: uma luta coletiva e contínua. A aula será proferida pela coordenadora da Rede Ban Asbestos para a América Latina, Fernanda Giannasi, e terá como mediador o pesquisador do Centro de Estudos da Saúde do Trabalhador e Ecologia Humana (Cesteh/ENSP), Luis Carlos Fadel. Segundo Giannasi, que é fundadora da Associação Brasileira dos Expostos ao Amianto, a invisibilidade e o silêncio epidemiológico provocados pela exposição ao amianto são indiscutíveis, mas essa situação só mudará com o banimento total da fibra. A atividade, aberta a todos os interessados, acontecerá às 13h30, no salão internacional da ENSP, e não necessita de inscrição prévia.