1. ENSP relembra legado de Pierre Bourdieu em evento internacional

    A Escola Nacional de Saúde Pública Sergio Arouca (ENSP/Fiocruz) realizará, entre os dias 5 e 9 de dezembro, o Colóquio Bourdieu, uma oportunidade para celebrar e debater a obra de Pierre Bourdieu, um dos mais importantes e influentes cientistas sociais da segunda metade do século XX, que deixou vasta obra sobre educação, cultura, literatura, arte, mídia, linguagem e política, buscando aliar inovação teórica com a prática rigorosa da pesquisa empírica. O evento é uma parceria da ENSP com o Instituto de Estudos Sociais e Políticos da Universidade do Estado do Rio de Janeiro, o Colégio Brasileiro de Altos Estudos da Universidade Federal do Rio de Janeiro , o Consulado Geral da França no Rio de Janeiro e o Institut Français, com apoio do Canal Curta. As atividades do Colóquio Bourdieu ocorrerão ao longo da semana em diferentes locais: no Espaço Cultural da França - A Maison (antiga Maison de France - 5 e 6 de dezembro), no CBAE/UFRJ (7 de dezembro) e na Escola Nacional de Saúde Pública (8 e 9 de dezembro).

  2. CSP lança suplemento temático sobre saúde, desenvolvimento e inovação em 2/12

    A percepção da relação entre saúde e desenvolvimento remonta ao início da modernidade. Teorias sobre o desenvolvimento inspiraram, ao longo das décadas, estudos sobre a saúde e as relações econômicas e sociais. Tais conhecimentos permitiram reexaminar essas relações, cuja analise, especialmente a partir dos anos 2000, passou a incorporar, de modo mais sistemático, a investigação sobre as conexões existentes entre direitos sociais, inovação e a estrutura dinâmica da base produtiva da saúde. Na busca de qualificar este debate, o Cadernos de Saúde Pública da ENSP lançará o suplemento temático Saúde, Desenvolvimento e Inovação. Para tanto, realizará um grande encontro na Escola, dia 2 de dezembro, às 9h, no salão internacional, com presença de diversos pesquisadores de toda a Fundação.

  3. Encontro na ENSP destaca desafios da Atenção Primária em Saúde

    A Escola Nacional de Saúde Pública Sergio Arouca (ENSP/Fiocruz) recebeu o ex-secretário de Gestão do Trabalho e da Educação na Saúde (Segetes/MS), Heider Aurélio Pinto, as pesquisadoras da Escola Lenira Zancan e Marcia Fausto e ainda o pesquisador do Instituto de Medicina Social (IMS/Uerj) Ruben Mattos para um debate sobre os desafios da Atenção Primária em Saúde (APS). Na abertura do encontro, realizado em 21 de novembro, a vice-diretora de Ensino, Tatiana Wargas, destacou que olhar para essa discussão e para os desafios da Atenção Básica impõe diferentes desafios para a Atenção Primária. O diretor da ENSP, Hermano Castro, ressaltou ainda que APS é um tema central da Saúde Pública e que política de saúde é definida a partir da Atenção Básica. As apresentações estão disponíveis no canal da ENSP no Youtube, confira!

  4. CSP lança suplemento temático sobre saúde, desenvolvimento e inovação em 2/12

    A percepção da relação entre saúde e desenvolvimento remonta ao início da modernidade. Teorias sobre o desenvolvimento inspiraram, ao longo das décadas, estudos sobre a saúde e as relações econômicas e sociais. Tais conhecimentos permitiram reexaminar essas relações, cuja analise, especialmente a partir dos anos 2000, passou a incorporar, de modo mais sistemático, a investigação sobre as conexões existentes entre direitos sociais, inovação e a estrutura dinâmica da base produtiva da saúde. Na busca de qualificar este debate, o Cadernos de Saúde Pública da ENSP lançará o suplemento temático Saúde, Desenvolvimento e Inovação. Para tanto, realizará um grande encontro na Escola, dia 2 de dezembro, às 9h, no salão internacional, com presença de diversos pesquisadores de toda a Fundação.

  5. Evento na ENSP abordará relação entre racismo e saúde nesta terça, 22/11

    Todos os dias vemos, ouvimos, ficamos sabendo e, até mesmo, sofremos casos de racismo no Brasil e no mundo. Para discutir esta questão e seus impactos relacionados à saúde da população, a ENSP realizará, nesta terça-feira (22/11), no salão internacional, o encontro Racismo e Saúde: um debate necessário e urgente. Organizado pelo pesquisador Paulo Bruno, do Departamento de Saneamento e Saúde Ambiental da Escola, o evento foi impulsionado pelo Dia da Consciência Negra, celebrado no Brasil em 20 de novembro. Paulo Bruno destacou a existência de diferentes documentos que incluem o racismo como importante fator na produção de iniquidades em saúde entre populações africanas e afrodescendentes, como o documento final da III Conferência Mundial contra o Racismo, Xenofobia e Intolerâncias Correlatas, convocada pela Assembleia Geral da ONU, realizada em Durban, em 2001, e o relatório final da Comissão para os Determinantes Sociais da Saúde (OMS).

  6. Encontro debaterá APS e formação em saúde na ENSP segunda-feira (21/11)

    Quais são os desafios de hoje para a Atenção Primária no SUS? Apesar do amplo consenso acerca da centralidade da APS como ordenadora do cuidado e dos avanços e conquistas dos últimos anos, ainda há muito a ser feito, especialmente no que diz respeito ao princípio da garantia da integralidade da atenção à saúde e da articulação entre os níveis de atenção - o que, por si só, coloca um desafio imenso. Para debater o tema, a Escola promoverá a palestra Os desafios da Atenção Primária em Saúde e os processos de formação da ENSP, marcada para o dia 21 de novembro, às 9h, no auditório térreo. O evento é aberto ao público e não exige inscrição prévia. Como desdobramento do encontro, no dia 28/11, hávera uma oficina fechada a convidados. 

  7. CSP lança suplemento temático sobre saúde, desenvolvimento e inovação em 2/12

    A percepção da relação entre saúde e desenvolvimento remonta ao início da modernidade. Teorias sobre o desenvolvimento inspiraram, ao longo das décadas, estudos sobre a saúde e as relações econômicas e sociais. Tais conhecimentos permitiram reexaminar essas relações, cuja analise, especialmente a partir dos anos 2000, passou a incorporar, de modo mais sistemático, a investigação sobre as conexões existentes entre direitos sociais, inovação e a estrutura dinâmica da base produtiva da saúde. Na busca de qualificar este debate, o Cadernos de Saúde Pública da ENSP lançará o suplemento temático Saúde, Desenvolvimento e Inovação. Para tanto, realizará um grande encontro na Escola, dia 2 de dezembro, às 9h, no salão internacional, com presença de diversos pesquisadores de toda a Fundação.

  8. Evento na Emerj relata experiências internacionais na extinção de manicômios

    Experiência Italiana na Extinção do Manicômio Judiciário será o tema de mais uma atividade do Fórum Permanente de Direito e Saúde da Emerj, a ser realizada no dia 25 de novembro, às 9h30. O evento terá participação do coordenador do Laboratório de Saúde Mental e Atenção Psicossocial da ENSP, Paulo Amarante, e da professora da Universidade de Sassari, na Itália, Maria da Graça Giannichedda. A conferência de abertura será proferida pela juíza de direito do TJERJ Isabel Coelho. As inscrições devem ser feitas no site da Emerj.

  9. Encontro debaterá APS e formação em saúde na ENSP segunda-feira (21/11)

    Quais são os desafios de hoje para a Atenção Primária no SUS? Apesar do amplo consenso acerca da centralidade da APS como ordenadora do cuidado e dos avanços e conquistas dos últimos anos, ainda há muito a ser feito, especialmente no que diz respeito ao princípio da garantia da integralidade da atenção à saúde e da articulação entre os níveis de atenção - o que, por si só, coloca um desafio imenso. Para debater o tema, a Escola promoverá a palestra Os desafios da Atenção Primária em Saúde e os processos de formação da ENSP, marcada para o dia 21 de novembro, às 9h, no auditório térreo. O evento é aberto ao público e não exige inscrição prévia. Como desdobramento do encontro, no dia 28/11, hávera uma oficina fechada a convidados. 

  10. Evento na ENSP abordará relação entre racismo e saúde nesta terça, 22/11

    Todos os dias vemos, ouvimos, ficamos sabendo e, até mesmo, sofremos casos de racismo no Brasil e no mundo. Para discutir esta questão e seus impactos relacionados à saúde da população, a ENSP realizará, nesta terça-feira (22/11), no salão internacional, o encontro Racismo e Saúde: um debate necessário e urgente. Organizado pelo pesquisador Paulo Bruno, do Departamento de Saneamento e Saúde Ambiental da Escola, o evento foi impulsionado pelo Dia da Consciência Negra, celebrado no Brasil em 20 de novembro. Paulo Bruno destacou a existência de diferentes documentos que incluem o racismo como importante fator na produção de iniquidades em saúde entre populações africanas e afrodescendentes, como o documento final da III Conferência Mundial contra o Racismo, Xenofobia e Intolerâncias Correlatas, convocada pela Assembleia Geral da ONU, realizada em Durban, em 2001, e o relatório final da Comissão para os Determinantes Sociais da Saúde (OMS).