1. ENSP homenageia Luiz Fernando Ferreira por sua trajetória na ciência e saúde

    Na sexta-feira, 23 de setembro, a Escola Nacional de Saúde Pública Sergio Arouca (ENSP/Fiocruz) promoverá uma homenagem aos 80 anos do professor emérito da instituição, Luiz Fernando Ferreira, internacionalmente reconhecido pela criação da paleoparasitologia, ciência que estuda a presença de parasitos em animais extintos e múmias pré-colombianas. Para celebrar oito décadas de vida do professor, será realizada uma mostra fotográfica que retrata parte de sua trajetória, além da exibição do documentário Fé Eterna na Ciência, baseado em sua vida, e uma manhã de autógrafos do livro Fundamentos da Paleoparasitologia, organizado por Luiz Fernando em parceria com Adauto Araújo e Karl Jan Reinhard, e vencedor do Prêmio Jabuti. A homenagem é aberta aos interessados e a Escola conta com a participação de seus todos seus colaboradores para homenagear essa figura tão importante para a Saúde Pública brasileira. 

  2. Aula aberta abordará questões sobre reabilitação e prevenção em saúde do trabalhador

    Atenção, reabilitação e prevenção em saúde do trabalhador - a experiência do Cerest Piracicaba será o tema da próxima aula aberta do Curso de Especialização em Saúde do Trabalhador e Ecologia Humana. O encontro está marcado para o dia 20 de setembro, às 9h, no salão internacional da ENSP. A palestrante convidada é Mara Takahashi, que é socióloga, doutora em Saúde Coletiva e integra o Centro de Referência em Saúde do Trabalhador (Cerest) de Piracicaba (SP). A palestra é aberta ao público não sendo necessária inscrição prévia. 

  3. Aula aberta abordará questões sobre reabilitação e prevenção em saúde do trabalhador

    Atenção, reabilitação e prevenção em saúde do trabalhador - a experiência do Cerest Piracicaba será o tema da próxima aula aberta do Curso de Especialização em Saúde do Trabalhador e Ecologia Humana. O encontro está marcado para o dia 20 de setembro, às 9h, no salão internacional da ENSP. A palestrante convidada é Mara Takahashi, que é socióloga, doutora em Saúde Coletiva e integra o Centro de Referência em Saúde do Trabalhador (Cerest) de Piracicaba (SP). A palestra é aberta ao público não sendo necessária inscrição prévia. 

  4. Cesteh discute agenda de ajustes enquanto governo interino assume cargo sem votação

    Em 31/8, no mesmo momento em que dezenas de pesquisadores discutiam as novas e tenebrosas perspectivas para a saúde, contidas no Projeto Ponte para o Futuro do - até aquele momento - presidente interino do Brasil, ocorria, no Senado Federal, a votação do processo de impeachment de Dilma Rousseff. Durante o evento Encontros do Cesteh, que debatia, não por acaso, o tema Políticas de Saúde na atualidade: privatizações na saúde e desmonte do SUS, a palestrante convidada Maria Inês Bravo defendia a importância da luta organizada em defesa dos direitos sociais e, em especial, a necessidade de manter a força de mobilização dos movimentos sociais. Às 13h37, o sombrio cenário se confirmou. Mesmo não tendo sido eleito pelo voto popular, Michel Temer se tornou presidente da República na dita ‘democracia’ que vivemos. "Devemos lutar contra esse recuo civilizatório", falou Inês, convocando toda a população.

  5. Politicas de Saúde na atualidade pautam debate na ENSP nesta quarta-feira (31/8)

    Na quarta-feira, 31 de agosto, será realizada mais uma atividade da série Encontros do Cesteh. Com o tema Políticas de Saúde na atualidade: privatizações na saúde de desmonte do SUS, o debate contará terá participação da professora da Faculdade de Serviço Social da Uerj e membro da Frente Nacional contra a Privatização da Saúde, Maria Inês Bravo. A pesquisadora do Centro de Estudos da Saúde do Trabalhador e Ecologia Humana (Cesteh/ENSP) Vanda D'Acri será a debatedora do encontro, que é aberto a todos os interessados e não necessita de inscrição prévia. A atividade está marcada para as 12 horas, na sala 32 do prédio do Cesteh.

  6. Politicas de Saúde na atualidade pautam debate na ENSP nesta quarta-feira (31/8)

    Na quarta-feira, 31 de agosto, será realizada mais uma atividade da série Encontros do Cesteh. Com o tema Políticas de Saúde na atualidade: privatizações na saúde de desmonte do SUS, o debate contará terá participação da professora da Faculdade de Serviço Social da Uerj e membro da Frente Nacional contra a Privatização da Saúde, Maria Inês Bravo. A pesquisadora do Centro de Estudos da Saúde do Trabalhador e Ecologia Humana (Cesteh/ENSP) Vanda D'Acri será a debatedora do encontro, que é aberto a todos os interessados e não necessita de inscrição prévia. A atividade está marcada para as 12 horas, na sala 32 do prédio do Cesteh.

  7. Seminário apresentará pesquisa sobre doença respiratória aguda em crianças Guarani

    A Escola Nacional de Saúde Pública Sergio Arouca (ENSP/Fiocruz) promoverá, na quarta-feira, 3 de agosto, o seminário de devolutiva do projeto Doença respiratória aguda e fatores associados em crianças Guarani menores de um ano de idade: um estudo em coorte de nascimentos indígenas no Sul e Sudeste do Brasil, financiado com recursos da segunda edição do Programa Inova ENSP. Coordenado pelo pesquisador do Departamento de Endemias Samuel Pessoa (Densp/ENSP) Andrey Moreira Cardoso, o projeto teve por objetivo analisar a magnitude das doenças respiratórias agudas e de fatores associados no primeiro ano de vida em nascimentos ocorridos nos anos de 2012 e 2013 na etnia Guarani, residente nos litorais Sul e Sudeste do Brasil. Segundo o pesquisador, o estudo buscou, ainda, estruturar um sistema de vigilância de doença respiratória aguda nas aldeias litorâneas de ocupação da etnia. A apresentação, aberta a todos os interessados, ocorrerá às 14 horas no salão internacional da ENSP.

  8. Seminário apresentará pesquisa sobre doença respiratória aguda em crianças Guarani

    A Escola Nacional de Saúde Pública Sergio Arouca (ENSP/Fiocruz) promoverá, na quarta-feira, 3 de agosto, o seminário de devolutiva do projeto Doença respiratória aguda e fatores associados em crianças Guarani menores de um ano de idade: um estudo em coorte de nascimentos indígenas no Sul e Sudeste do Brasil, financiado com recursos da segunda edição do Programa Inova ENSP. Coordenado pelo pesquisador do Departamento de Endemias Samuel Pessoa (Densp/ENSP) Andrey Moreira Cardoso, o projeto teve por objetivo analisar a magnitude das doenças respiratórias agudas e de fatores associados no primeiro ano de vida em nascimentos ocorridos nos anos de 2012 e 2013 na etnia Guarani, residente nos litorais Sul e Sudeste do Brasil. Segundo o pesquisador, o estudo buscou, ainda, estruturar um sistema de vigilância de doença respiratória aguda nas aldeias litorâneas de ocupação da etnia. A apresentação, aberta a todos os interessados, ocorrerá às 14 horas no salão internacional da ENSP.

  9. Seminário apresentará desdobramentos de projeto sobre tuberculose em povos indígenas

    Nesta sexta-feira (15/7), a Escola Nacional de Saúde Pública Sergio Arouca promoverá o seminário Desigualdades sociais e tuberculose. Coordenado pelos pesquisadores Paulo Cesar Basta e Reinaldo Souza dos Santos, o evento apresentará os resultados do projeto "Desigualdades sociais e tuberculose: dinâmica de transmissão, condições de vida e interfaces entre biomedicina e medicina tradicional indígena", desenvolvido no âmbito do edital Inova ENSP. O seminário reunirá palestrantes de instituições parceiras na elaboração do estudo, além de membros da Associação Jovens Indígenas Guarani-Kaiowá em Ação (Jiga), que intermediaram o contato e a consequente integração entre pesquisadores e os membros da comunidade. "A pesquisa gerou diversos produtos institucionais, como projetos de iniciação científica, dissertações de mestrado e teses de doutorado que estão em desenvolvimento, bem como artigos publicados e a criação do grupo de pesquisa Epidemiologia e Controle da Tuberculose em Áreas Indígenas, certificado pela ENSP no CNPq, e que desenvolve projetos relacionados à temática. Observamos que as incidências de tuberculose no Estado do MS são mais elevadas nas populações indígenas, em particular na região do Cone Sul, onde vivem os Guarani-Kaiowá. Cada colaborador envolvido contará em detalhes os componentes de seu trabalho, no contexto de nosso projeto”, antecipou Paulo Basta.

  10. Sessão Científica debate Mycobacterium tuberculosis em primatas não humanos utilizando Gene Xpert

    O Centro de Referência Professor Hélio Fraga (CRPHF/ENSP) promoverá, na quarta-feira (13/7), a sessão científica Mycobacterium tuberculosis em primatas não humanos utilizando Gene Xpert MTB/RIF, a partir das 14 horas, no auditório 1. A atividade contará com a participação da pesquisadora Duanne Alves da Silva, que atuamente desenvolve pós-doutorado no Centro de Referência. A sessão é aberta a todos os interessados e não necessita de inscrição prévia.