1. Politicas de Saúde na atualidade pautam debate na ENSP nesta quarta-feira (31/8)

    Na quarta-feira, 31 de agosto, será realizada mais uma atividade da série Encontros do Cesteh. Com o tema Políticas de Saúde na atualidade: privatizações na saúde de desmonte do SUS, o debate contará terá participação da professora da Faculdade de Serviço Social da Uerj e membro da Frente Nacional contra a Privatização da Saúde, Maria Inês Bravo. A pesquisadora do Centro de Estudos da Saúde do Trabalhador e Ecologia Humana (Cesteh/ENSP) Vanda D'Acri será a debatedora do encontro, que é aberto a todos os interessados e não necessita de inscrição prévia. A atividade está marcada para as 12 horas, na sala 32 do prédio do Cesteh.

  2. Politicas de Saúde na atualidade pautam debate na ENSP nesta quarta-feira (31/8)

    Na quarta-feira, 31 de agosto, será realizada mais uma atividade da série Encontros do Cesteh. Com o tema Políticas de Saúde na atualidade: privatizações na saúde de desmonte do SUS, o debate contará terá participação da professora da Faculdade de Serviço Social da Uerj e membro da Frente Nacional contra a Privatização da Saúde, Maria Inês Bravo. A pesquisadora do Centro de Estudos da Saúde do Trabalhador e Ecologia Humana (Cesteh/ENSP) Vanda D'Acri será a debatedora do encontro, que é aberto a todos os interessados e não necessita de inscrição prévia. A atividade está marcada para as 12 horas, na sala 32 do prédio do Cesteh.

  3. Seminário apresentará pesquisa sobre doença respiratória aguda em crianças Guarani

    A Escola Nacional de Saúde Pública Sergio Arouca (ENSP/Fiocruz) promoverá, na quarta-feira, 3 de agosto, o seminário de devolutiva do projeto Doença respiratória aguda e fatores associados em crianças Guarani menores de um ano de idade: um estudo em coorte de nascimentos indígenas no Sul e Sudeste do Brasil, financiado com recursos da segunda edição do Programa Inova ENSP. Coordenado pelo pesquisador do Departamento de Endemias Samuel Pessoa (Densp/ENSP) Andrey Moreira Cardoso, o projeto teve por objetivo analisar a magnitude das doenças respiratórias agudas e de fatores associados no primeiro ano de vida em nascimentos ocorridos nos anos de 2012 e 2013 na etnia Guarani, residente nos litorais Sul e Sudeste do Brasil. Segundo o pesquisador, o estudo buscou, ainda, estruturar um sistema de vigilância de doença respiratória aguda nas aldeias litorâneas de ocupação da etnia. A apresentação, aberta a todos os interessados, ocorrerá às 14 horas no salão internacional da ENSP.

  4. Seminário apresentará pesquisa sobre doença respiratória aguda em crianças Guarani

    A Escola Nacional de Saúde Pública Sergio Arouca (ENSP/Fiocruz) promoverá, na quarta-feira, 3 de agosto, o seminário de devolutiva do projeto Doença respiratória aguda e fatores associados em crianças Guarani menores de um ano de idade: um estudo em coorte de nascimentos indígenas no Sul e Sudeste do Brasil, financiado com recursos da segunda edição do Programa Inova ENSP. Coordenado pelo pesquisador do Departamento de Endemias Samuel Pessoa (Densp/ENSP) Andrey Moreira Cardoso, o projeto teve por objetivo analisar a magnitude das doenças respiratórias agudas e de fatores associados no primeiro ano de vida em nascimentos ocorridos nos anos de 2012 e 2013 na etnia Guarani, residente nos litorais Sul e Sudeste do Brasil. Segundo o pesquisador, o estudo buscou, ainda, estruturar um sistema de vigilância de doença respiratória aguda nas aldeias litorâneas de ocupação da etnia. A apresentação, aberta a todos os interessados, ocorrerá às 14 horas no salão internacional da ENSP.

  5. Seminário apresentará desdobramentos de projeto sobre tuberculose em povos indígenas

    Nesta sexta-feira (15/7), a Escola Nacional de Saúde Pública Sergio Arouca promoverá o seminário Desigualdades sociais e tuberculose. Coordenado pelos pesquisadores Paulo Cesar Basta e Reinaldo Souza dos Santos, o evento apresentará os resultados do projeto "Desigualdades sociais e tuberculose: dinâmica de transmissão, condições de vida e interfaces entre biomedicina e medicina tradicional indígena", desenvolvido no âmbito do edital Inova ENSP. O seminário reunirá palestrantes de instituições parceiras na elaboração do estudo, além de membros da Associação Jovens Indígenas Guarani-Kaiowá em Ação (Jiga), que intermediaram o contato e a consequente integração entre pesquisadores e os membros da comunidade. "A pesquisa gerou diversos produtos institucionais, como projetos de iniciação científica, dissertações de mestrado e teses de doutorado que estão em desenvolvimento, bem como artigos publicados e a criação do grupo de pesquisa Epidemiologia e Controle da Tuberculose em Áreas Indígenas, certificado pela ENSP no CNPq, e que desenvolve projetos relacionados à temática. Observamos que as incidências de tuberculose no Estado do MS são mais elevadas nas populações indígenas, em particular na região do Cone Sul, onde vivem os Guarani-Kaiowá. Cada colaborador envolvido contará em detalhes os componentes de seu trabalho, no contexto de nosso projeto”, antecipou Paulo Basta.

  6. Sessão Científica debate Mycobacterium tuberculosis em primatas não humanos utilizando Gene Xpert

    O Centro de Referência Professor Hélio Fraga (CRPHF/ENSP) promoverá, na quarta-feira (13/7), a sessão científica Mycobacterium tuberculosis em primatas não humanos utilizando Gene Xpert MTB/RIF, a partir das 14 horas, no auditório 1. A atividade contará com a participação da pesquisadora Duanne Alves da Silva, que atuamente desenvolve pós-doutorado no Centro de Referência. A sessão é aberta a todos os interessados e não necessita de inscrição prévia.

     

  7. Passado, presente e futuro da saúde do trabalhador em debate na ENSP

    Aliar as mudanças pelas quais passa o mundo do trabalho à história da saúde do trabalhador no Brasil requer, além de vasta experiência no campo, ampla atuação na elaboração de políticas públicas e programas de saúde do trabalhador no âmbito do SUS. Valendo-se dessa bagagem, o Centro de Estudos da Saúde do Trabalhador e Ecologia Humana da ENSP promoverá uma aula aberta, na segunda-feira (11/7), com os pesquisadores Anamaria Tambellini, da Comissão da Verdade da Reforma Sanitária, e José Marçal Jackson Filho, da Fundacentro. A atividade, coordenada pela pesquisadora Thais Esteves, do Cesteh, será dividida em dois blocos, com início às 9hs e 13hs, no auditório térreo da ENSP. "Organizamos um dia de debates com temas de grande pertinência para o campo e pesquisadores históricos, que constroem cotidianamente a saúde do trabalhador no país", garantiu a organizadora do evento. 

  8. Seminário apresenta resultados da avaliação do QualiSUS-Rede

    A importância do componente da avaliação na estruturação, implementação e direcionamento das Redes de Atenção à Saúde no SUS estará em debate na Escola Nacional de Saúde Pública Sergio Arouca, no dia 7/7, durante o seminário "Avaliação da Implementação das Redes de Atenção à Saúde: a experiência do QualiSUS-Rede". Coordenado pelo Laboratório de Avaliação de Situações Endêmicas Regionais (Laser/ENSP), o evento está marcado para as 9 horas, no salão internacional, e terá participação de gestores, dirigentes e pesquisadores da Fiocruz, do Ministério da Saúde e do Banco Mundial. A pesquisadora Luciana Dias Lima proferirá a conferência de abertura Perspectivas e Desafios da articulação das redes de atenção à saúde com a regionalização. "Esse seminário é importante para entendermos o quanto o componente de avaliação foi fundamental pelo seu caráter formativo e dinamizador nas regiões. Entre os resultados, nos chamou atenção o fato de o próprio QualiSUS ter cumprido com algo colocado desde o início: ser um indutor para a estruturação e organização das Redes", reconheceu a coordenadora da iniciativa na ENSP, a pesquisadora Marly Marques da Cruz.

  9. Debate que celebrou Dia da Conscientização sobre Ruído está disponível em vídeo

    O encontro celebrou o Dia Internacional da Conscientização sobre o Ruído e foi organizado pela Coordenação Estadual do Inad por intermédio da equipe do Projeto Ruído da Fiocruz, congregando especialistas no tema. Entre eles, pesquisadores da Escola Nacional de Saúde Pública Sergio Arouca (ENSP), representantes do Ministério Público, Inea, Polícia Militar e Inmetro, que apresentaram informações sob diferentes aspectos e "jogaram por terra" mitos referentes à poluição sonora, que fazem parte do imaginário social. Para além disso, diversos representantes do poder público exemplificaram, em ações, como agem no combate ao ruído ambiental. Em consenso, os convidados afirmaram ser a poluição sonora uma questão de educação.

  10. Seminário apresenta resultados da avaliação do QualiSUS-Rede

    A importância do componente da avaliação na estruturação, implementação e direcionamento das Redes de Atenção à Saúde no SUS estará em debate na Escola Nacional de Saúde Pública Sergio Arouca, no dia 7/7, durante o seminário "Avaliação da Implementação das Redes de Atenção à Saúde: a experiência do QualiSUS-Rede". Coordenado pelo Laboratório de Avaliação de Situações Endêmicas Regionais (Laser/ENSP), o evento está marcado para as 9 horas, no salão internacional, e terá participação de gestores, dirigentes e pesquisadores da Fiocruz, do Ministério da Saúde e do Banco Mundial. A pesquisadora Luciana Dias Lima proferirá a conferência de abertura Perspectivas e Desafios da articulação das redes de atenção à saúde com a regionalização. "Esse seminário é importante para entendermos o quanto o componente de avaliação foi fundamental pelo seu caráter formativo e dinamizador nas regiões. Entre os resultados, nos chamou atenção o fato de o próprio QualiSUS ter cumprido com algo colocado desde o início: ser um indutor para a estruturação e organização das Redes", reconheceu a coordenadora da iniciativa na ENSP, a pesquisadora Marly Marques da Cruz.