1. Passado, presente e futuro dos direitos trabalhistas no Brasil em debate na ENSP

    O Centro de Estudos da Saúde do Trabalhador e Ecologia Humana da ENSP promoverá, no dia 26 de junho, uma aula inaugural aberta do Curso de Especialização em Saúde do Trabalhador e Ecologia Humana com o tema Passado, presente e futuro dos direitos trabalhistas no Brasil, tendo como palestrante o jurista Jorge Souto Maior, professor livre-docente de Direito do Trabalho da Faculdade de Direito da Universidade de São Paulo, desde 2002.

  2. Hélio Fraga apresenta novo fármaco para o tratamento da tuberculose multirresistente

    Um novo fármaco para tuberculose multirresistente foi apresentado durante a sessão científica, na tarde de quarta-feira (14/6), pelo chefe do ambulatório do Hélio Fraga, Jorge Rocha. O evento aconteceu no auditório da instituição, na presença dos funcionários do Centro e diversos convidados. Após cinquenta anos sem um novo medicamento para o tratamento da doença, a "Belaquinina é uma promessa de melhorar a eficácia do esquema terapêutico", afirmou Jorge.

  3. Paulo Buss falará sobre a Agenda 2030 em aula aberta na ENSP

    O diretor do Centro de Relações Internacionais em Saúde (Cris), Paulo Buss, será o palestrante da aula aberta do mestrado profissional em Vigilância em Saúde do Trabalhador, na terça-feira (27/6). Na ocasião, Buss, que é ex-presidente da Fiocruz, falará sobre a "Determinação da Saúde e Agenda 2030: Onde estamos hoje?". O evento será no salão internacional da ENSP às 13h30. O mestrado profissional é coordenado pelas pesquisadoras Ana Maria Braga e Sinome Oliveira.

  4. Evento no Hélio Fraga analisa sobrevida de pacientes com tuberculose multirresistente

    No dia 28 de junho, o Centro de Referência Professor Hélio Fraga promoverá, como parte dos Seminários de Pesquisa e Serviço Lenice Dias Campos, a palestra Análise de sobrevida de pacientes portadores de TBMDR no Brasil (2005 a 2012), a ser proferida por Regina Cláudia Gayoso de Azeredo Coutinho. O evento está marcado para o auditório 1 do CRPHF, às 13h30. A atividade é aberta aos interessados.

  5. Vídeo produzido por alunos destaca a formatura de curso do Laiss

    O Laboratório Internet, Saúde e Sociedade da ENSP, coordenado pelo pesquisador André Pereira, promoveu, em maio deste ano, a formatura dos alunos do curso Desenvolvendo Competências Profissionais para o Século XXI. Constituído por estudantes de Manguinhos, oriundos dos Colégios Estaduais Professor Clóvis Monteiro e Compositor Luiz Carlos da Vila, o curso baseou-se em três eixos norteadores: Autonomia, criatividade e resiliência. Confira, no vídeo produzido pelos alunos, como se deu o desenvolvimento do curso, o processo seletivo, a dinâmica das aulas e a elaboração dos projetos. “Há pouco tempo houve mais sum tiroteio na comunidade que interrompeu as atividades da Escola por dois dias. Alguns colegas sugeriram que aumentássemos os muros que nos separam das comunidades. Sou daqueles que acham que temos que aumentar o número de pontes que nos unem. Esse foi mais um esforço no sentido de construir essa ponte entre nós, Fiocruz, e vocês de Manguinhos”, disse André.

  6. Sessão no Hélio Fraga discutiu a gestão do conhecimento

    O Centro de Referência Prof. Hélio Fraga, da Escola Nacional de Saúde Pública (CRPHF/ENSP/Fiocruz), realizou, no final de maio (30/05), sessão científica sobre a Gestão do Conhecimento. A pesquisadora Luíza Regina Pessoa, idealizadora do projeto no Centro de Referência, iniciou apresentação abordando a criação do conhecimento em uma organização. A atividade reuniu servidores de diferentes áreas da instituição, além do coordenador Otávio Porto. “Para falar de conhecimento em organizações, em especial em Saúde, deve-se utilizar: dado, informação e conhecimento. Este último é criado por pessoas, e esta criação acontece no nível do indivíduo, do grupo e da organização”, explicou. 

  7. Publicação da ENSP e Cebes apresenta experiências de mestrado no Nordeste

    A Escola Nacional de Saúde Pública Sergio Arouca (ENSP/Fiocruz), em parceria com o Centro Brasileiro de Estudos em Saúde (Cebes), lançou, ao final de maio, o livro Direitos Humanos e Saúde: construindo caminhos, viabilizando rumos, resultado do mestrado profissional em Direito e Saúde, coordenado pelo Departamento de Direitos Humanos, Saúde e Diversidade Cultural (Dihs/ENSP). A publicação é fruto de um exitoso projeto de formação no município de Vitória da Conquista, na Bahia, que alia experiências vivenciadas no percurso acadêmico dos alunos nos campos da saúde e da ciência jurídica na região. O lançamento contou com a participação da coordenadora do Dihs/ENSP, Maria Helena Barros, do vice-diretor de Desenvolvimento Institucional e Gestão da Escola, Alex Molinaro, da diretora do Cebes, Ana Teresa Camargo, além do deputado federal e ex-secretário de Saúde de Vitória da Conquista, Jorge Solla, do ex-prefeito de Vitória da Conquista, Guilherme Menezes de Andrade, e do jurista e professor titular da Uerj, Juarez Tavares. Jorge, Guilherme e Juarez assinam capítulos da publicação.

  8. Memória para resistir: sessão científica do Centro de Saúde debate a Reforma da Previdência

    Pode parecer estranho diante do cenário que a cada dia se descortina para o cidadão brasileiro, mas já houve um tempo em que grupos de pressão não eram formados por indivíduos que se reúnem na calada da noite nos palácios, mas sim por coletivos que se registravam no Congresso Nacional para lutar por direitos sociais. Foi assim que se conquistou, por exemplo, o acesso universal à saúde e se assegurou ao trabalhador direitos que, agora, vão sendo implodidos. Para debater um dos principais flancos desse embate, a Reforma da Previdência, a sessão técnico-científica do Centro de Saúde Escola Germano Sinval Faria (CSEGSF/ENSP) convidou Maria Lucia Teixeira Werneck Viana, professora do Instituto de Economia da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), e Lígia Bahia, pesquisadora da UFRJ e integrante da Comissão de Políticas, Planejamento e Gestão da Associação Brasileira de Saúde Coletiva (Abrasco).

  9. Publicação da ENSP e Cebes apresenta experiências de mestrado no Nordeste

    A Escola Nacional de Saúde Pública Sergio Arouca (ENSP/Fiocruz), em parceria com o Centro Brasileiro de Estudos em Saúde (Cebes), lançou, ao final de maio, o livro Direitos Humanos e Saúde: construindo caminhos, viabilizando rumos, resultado do mestrado profissional em Direito e Saúde, coordenado pelo Departamento de Direitos Humanos, Saúde e Diversidade Cultural (Dihs/ENSP). A publicação é fruto de um exitoso projeto de formação no município de Vitória da Conquista, na Bahia, que alia experiências vivenciadas no percurso acadêmico dos alunos nos campos da saúde e da ciência jurídica na região. O lançamento contou com a participação da coordenadora do Dihs/ENSP, Maria Helena Barros, do vice-diretor de Desenvolvimento Institucional e Gestão da Escola, Alex Molinaro, da diretora do Cebes, Ana Teresa Camargo, além do deputado federal e ex-secretário de Saúde de Vitória da Conquista, Jorge Solla, do ex-prefeito de Vitória da Conquista, Guilherme Menezes de Andrade, e do jurista e professor titular da Uerj, Juarez Tavares. Jorge, Guilherme e Juarez assinam capítulos da publicação.