1. Presidente da Fiocruz fala da importância da ENSP para o enfrentamento das atuais crises no país

    Nesta sexta-feira (20/12), a ENSP foi palco do Sexta de Conversa, encontro realizado entre a presidente da Fiocruz Nísia Trindade Lima e os trabalhadores da Fundação, com o objetivo de ampliar os canais de diálogo e a escuta entre a gestão da instituição e a comunidade Fiocruz. Em entrevista ao Informe ENSP, a presidente da Fiocruz falou da importância da Escola Nacional de Saúde Pública para o enfrentamento dos atuais desafios do país e como a Fundação tem se articulado para vencê-los. 

  2. ENSP debate produção de conhecimento em Política, Gestão e Cuidado em Saúde

    Quais são os efeitos da Austeridade Fiscal sobre a saúde? Por que o paradigma do cuidado é importante diante do retorno de fortes valores criados pela sociedade patriarcal? Qual a importância da investigação em serviços de saúde e da formulação de políticas sociais em momentos de crise? As respostas a essas e outras questões estiveram na pauta do encontro Produção de Conhecimentos em Política, Gestão e Cuidado em Saúde: construindo coletivamente e resistindo em tempos de crise, realizado no dia 12 de dezembro, na ENSP.

  3. ENSP debate produção de conhecimento em Política, Gestão e Cuidado em Saúde

    Quais são os efeitos da Austeridade Fiscal sobre a saúde? Por que o paradigma do cuidado é importante diante do retorno de fortes valores criados pela sociedade patriarcal? Qual a importância da investigação em serviços de saúde e da formulação de políticas sociais em momentos de crise? As respostas a essas e outras questões estiveram na pauta do encontro Produção de Conhecimentos em Política, Gestão e Cuidado em Saúde: construindo coletivamente e resistindo em tempos de crise, realizado no dia 12 de dezembro, na ENSP.

  4. Estratégias e práticas de formação em Saúde na América Latina são temas de debate na ENSP

    Promover um intercâmbio de experiências, estratégias e desafios a respeito da formação em Saúde Pública na América Latina. Com essa premissa, pesquisadores e professores de instituições e centros formadores em Saúde latino-americanos se reuniram na ENSP, no dia 4 de dezembro, no III Colóquio Latino-Americano de Formação em Saúde Pública. 

  5. 'Redes são mecanismos de desterritorialização e coexistência', aponta pesquisador argentino

    No âmbito do III Colóquio Latino-Americano de Formação em Saúde Pública, a ENSP recebeu o diretor do mestrado em Saúde Pública da Universidad de Rosario, na Argentina, Mario Rovere, que discorreu sobre a palestra Redes colaborativas em saúde – cooperação na formação de profissionais. A mesa foi coordenada pela vice-diretora de Escola de Governo em Saúde da ENSP e coordenadora da Secretaria Técnica Executiva da Rede Brasileira de Escolas de Saúde Pública (RedEscola), Rosa Souza. Confira as apresentações em vídeo e a cobertura completa da mesa.