1. Pesquisador apresenta Fundações Estatais como estratégia para Novos Modelos Públicos de Gestão Hospitalar

    O pesquisador Pedro Barbosa (Daps/ENSP/Fiocruz) participou da Mesa Nacional de Negociação Permanente do SUS, em Brasília, nesta segunda-feira (14/05), apresentando e defendendo o projeto de Fundações Estatais como estratégia para Novos Modelos Públicos de Gestão Hospitalar em nome do Ministério da Saúde. Pedro Barbosa coordena a vertente de hospitais do projeto de Fundação Estatal e aguarda o sinal verde do Legislativo para tirar do papel a transformação dos dois primeiros hospitais em fundações estatais, escolhidos pelo ministro da Saúde, José Gomes Temporão: o Instituto Nacional de Traumatologia e Ortopedia (INTO) e o Instituto Nacional de Cardiologia.

  2. Conheça 10 boas razões para exigir ambientes livres de fumaça

    Fato 1: O tabaco é a maior causa de mortes preveníveis no mundo. Ele é responsável por uma em cada 10 mortes entre adultos. Em 2005, o fumo causou 5.4 milhões de mortes, o que representa cerca de uma morte a cada seis segundos. A expectativa, se as atuais tendências persistirem é que em 2030 o número de mortes anuais chegue a 8,3 milhões.

  3. Regulamentação da EC 29 deverá ser votada nesta terça-feira

    O Plenário da Câmara dos Deputados deverá votar, nesta terça-feira (29/10), a regulamentação da Emenda Constitucional 29 (EC 29), prevista no Projeto de Lei Complementar 1/03. A EC 29 estabelece os índices mínimos de investimentos na área de saúde por parte dos governos nos níveis federal, estadual e municipal. A idéia do presidente da Câmara, Arlindo Chinaglia, é manter a regulamentação da emenda como item único da pauta até que seja concluída sua votação. O pesquisador do Departamento de Administração e Planejamento em Saúde (Daps/ENSP) Pedro Barbosa lembra que a limitação de recursos para a saúde é seguramente um dos pontos mais frágeis no sistema brasileiro, comprometendo a determinação constitucional de saúde como dever do Estado. Aprovar a regulamentação na forma da proposta 001/2003 é o que todos que defendem a Reforma Sanitária estão de acordo.

  4. Mortes violentas: ministro defende prisão de motoristas alcoolizados

    O ministro da Saúde, José Gomes Temporão, defendeu nesta terça-feira (27/05) que sejam presas em flagrante e respondam a processo criminal pessoas que dirijam após consumir bebidas alcoólicas. Ele participou do lançamento das novas advertências sanitárias, quanto também enfatizou que o sistema de saúde entrará em colapso caso não sejam encontradas fontes de financiamento estruturantes para a rede pública de saúde.

  5. III Seminário Política Nacional de Medicamentos

    A terceira edição do Seminário Política Nacional de Medicamentos, a ser realizada nesta quarta-feira (21/03), no Auditório Nereu Ramos, da Câmara dos Deputados, em Brasília, vai discutir propostas para o estímulo da pesquisa e do acesso aos medicamentos.

  6. Especialistas sugerem soluções para redução de homicídios

    As pesquisadoras Edinilsa Ramos e Maria Cecília de Souza Minayo, do Centro Latino-Americano de Estudos da Violência e Saúde da Escola Nacional de Saúde Pública Sergio Arouca (Claves/ENSP/Fiocruz), integram o grupo de especialistas em criminalidade e segurança pública convocados pelo atual governo do Rio de Janeiro para colaborar na busca de soluções para um problema que aflige a sociedade e desafia as autoridades: a redução da violência no estado.

  7. Ministro quer pressa na regulamentação da EC 29

    Em matéria publicada nesta segunda-feira (21/05), a Gazeta Mercantil, chama atenção para as preocupações do minsitro José Gomes Temporão com as questões referentes ao recursos destinado pelos governos (municipal, estaduai e federal) para o financiamento da Saúde Pública no país, estipulado pela Emenda Constitucional nº 28 (EC 29), e à boa gestão desses recursos, definida pelo Pacto da Saúde, lançado em 2006.

  8. Temporão será sabatinado pela Folha de São Paulo

    A Folha de São Paulo vai sabatinar no dia 25 deste mês, segunda-feira, o ministro da Saúde, José Gomes Temporão. O evento será realizado das 15h às 17h, no Teatro Folha (shopping Pátio Higienópolis). Durante duas horas, Temporão responderá perguntas feitas por quatro entrevistadores e pela platéia.

  9. OMS divulga resultado de estudo sobre perigos globais das viagens

    A Organização Mundial da Saúde (OMS) divulgou, nesta segunda-feira (02/07) os resultados da primeira fase do projeto OMS de investigação sobre os perigos globais das viagens (Projeto Wright, da sigla em inglês). Os resultados indicam que o risco de tromboembolia venosa (TEV) quase dobra após uma viagem de quatro ou mais horas de duração. No entanto, o estudo assinala que, mesmo com esse aumento, o risco absoluto de TEV após todo esse período de imobilidade ainda é relativamente baixo (1 por 6.000, aproximadamente).