1. Capes seleciona 65 projetos para França e Alemanha

    Em continuidade à política de internacionalização da educação superior brasileira, a Capes publicou, na terça-feira, 11/6, três novos editais de cooperação com instituições estrangeiras. As iniciativas preveem a concessão de bolsas de apoio a projetos realizados em conjunto com entidades alemãs, por meio do programa Probral, e francesas, por intermédio do Brafitec e do Cofecub.

  2. Censo de 2020: pesquisadores debatem sobre o corte

    O IBGE anunciou, no fim de maio, a redução do questionário do Censo 2020 - que passou de 112 questões planejadas para 78. Técnicos do próprio órgão discordaram da decisão e salientaram os sérios riscos que o corte pode trazer para o mapeamento de informações necessárias à formulação de políticas públicas. Com base nessa medida, o Icict/Fiocruz promoveu debate com pesquisadores de diversas áreas durante o evento "Censo 2020 e saúde – Importância para evidências científicas e políticas públicas", no começo de junho. 

  3. Atlas da Violência: relaxamento do Estatuto do Desarmamento implicará em mais mortes

    Em 2017 houve 65.602 homicídios no Brasil, o que equivale a uma taxa de aproximadamente 31,6 mortes para cada cem mil habitantes. Trata-se do maior nível histórico de letalidade violenta intencional no país. Os dados são do Atlas da Violência 2019, divulgado pelo Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea) e pelo Fórum Brasileiro de Segurança Pública (FBSP).

  4. ENSP/Fiocruz recebe ônibus da Justiça Itinerante nesta quarta-feira (12/6)

    A Escola Nacional de Saúde Pública Sergio Arouca (ENSP/Fiocruz) receberá, nesta quarta-feira, 12 de junho, o ônibus do programa Justiça Itinerante. A iniciativa é conduzida na Fiocruz pelo Departamento de Direitos Humanos, Saúde e Diversidade Cultural (Dihs/ENSP) e pela Coordenação de Cooperação Social. A parceira é fruto de um acordo de cooperação técnica firmado recentemente entre a Fiocruz e o Tribunal de Justiça do Estado do Rio de Janeiro (TJRJ). 
     

  5. Dia Mundial do Doador de Sangue 2019: campanha assegura 'Sangue seguro para todos'

    Celebrado no dia 14 de junho de cada ano, o Dia Mundial do Doador de Sangue é uma oportunidade para agradecer aos doadores e doadoras voluntários e não remunerados por esse presente que pode salvar vidas. Além disso, a data serve para conscientizar sobre a necessidade de se fazer doações regulares de sangue para garantir que todos os indivíduos e comunidades tenham acesso a produtos sanguíneos acessíveis e seguros como parte integral da saúde universal e um componente fundamental de sistemas de saúde eficazes.

  6. Opas/OMS reforça que segurança dos alimentos é responsabilidade de todos

    A primeira celebração do Dia Mundial da Segurança dos Alimentos das Nações Unidas, a ser marcada globalmente em 7 de junho, visa fortalecer os esforços para garantir que os alimentos que comemos sejam seguros. A cada ano, quase uma em cada dez pessoas no mundo (cerca de 600 milhões de pessoas) adoece e 420 mil morrem depois de ingerir alimentos contaminados por bactérias, vírus, parasitas ou substâncias químicas.

  7. Dia Mundial do Doador de Sangue 2019: campanha assegura 'Sangue seguro para todos'

    Celebrado no dia 14 de junho de cada ano, o Dia Mundial do Doador de Sangue é uma oportunidade para agradecer aos doadores e doadoras voluntários e não remunerados por esse presente que pode salvar vidas. Além disso, a data serve para conscientizar sobre a necessidade de se fazer doações regulares de sangue para garantir que todos os indivíduos e comunidades tenham acesso a produtos sanguíneos acessíveis e seguros como parte integral da saúde universal e um componente fundamental de sistemas de saúde eficazes.