1. SBPC lança site para enaltecer o papel de mulheres cientistas

    A Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência lança um novo portal de divulgação científica, o <i>Ciência & Mulher</i>, voltado para as conquistas e descobertas de mulheres das diversas áreas da ciência. Para conquistar a paridade e combater a desigualdade entre gêneros na ciência, o site tem como objetivo estimular a produção científica por mulheres, seu ingresso e permanência nas carreiras acadêmicas e o pensamento crítico a respeito das questões de gênero no país.

  2. Opas: Brasil interrompe circulação endêmica do sarampo

    Após enfrentar um surto de sarampo em 2015 no Ceará, o Brasil completou neste mês um ano sem casos da doença. Com isso, o país interrompe a circulação endêmica dessa enfermidade infecciosa. A constatação foi feita pela presidente do Comitê Internacional de Avaliação e Documentação da Eliminação do Sarampo, Merceline Dalh-Regis. Esse resultado foi alcançado por meio de um esforço conjunto da Organização Pan-Americana da Saúde/Organização Mundial da Saúde (OPAS/OMS), do Ministério da Saúde e das Secretarias de Saúde do Estado do Ceará e dos municípios de Fortaleza e Caucaia, de Universidades e da Associação Brasileira de Enfermagem.

  3. OPAS lembra importância de viajantes se vacinarem contra sarampo e rubéola antes dos Jogos Olímpicos e Paralímpicos no Rio

    A Organização Pan-Americana da Saúde/Organização Mundial da Saúde (OPAS/OMS) lembra a importância de as pessoas que planejam ir aos Jogos Olímpicos e Paralímpicos Rio 2016, no Rio de Janeiro, se vacinarem contra sarampo e rubéola pelo menos duas semanas antes de viajar. As Olimpíadas acontecerão entre os dias 5 e 21 de agosto no Brasil, seguidas das Paralimpíadas, marcadas para ocorrer entre 7 e 18 de setembro deste ano.

  4. Jogo on-line dá dicas sobre vigilância sanitária em evento de massa

    A menos de um mês dos Jogos Olímpicos Rio 2016, o Centro Colaborador em Vigilância Sanitária, em conjunto com a Educação a Distância da Escola Nacional de Saúde Pública Sergio Arouca/Fiocruz e em parceria com a Subsecretaria de Vigilância, Fiscalização Sanitária e Controle de Zoonoses, do Município do Rio de Janeiro, tornam público o jogo educativo "Vigilância Sanitária nos Eventos de Massa". O material didático-pedagógico apresenta, de maneira lúdica, os principais riscos à saúde que podem se manifestar durante a realização de eventos de massa. O jogo parte do princípio que a Vigilância Sanitária (Visa) é importante campo da Saúde Coletiva, tendo como finalidade a proteção da saúde, e, nos eventos de massa, há circulação de grande contingente de pessoas, produtos e prestação de serviços que tendem a ocasionar danos à saúde. "Vigilância Sanitária nos Eventos de Massa" pode ser jogado on-line ou seu download feito aqui.

  5. UFRJ de luto

    O reitor da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), Roberto Leher, publicou nota oficial sobre a morte de Diego Vieira Machado, vítima de violência dentro do campus, e declarou luto oficial de três dias na Faculdade. Ele afirma que a reitoria está apurando informações sobre mensagem de ódio endereçada a estudantes com conteúdo LGBTfóbico e racista, e solicitará apoio da Polícia Federal para identificação dos autores.

  6. Novo relatório da OMS atualiza para 61 o número de países com circulação do vírus zika

    A Organização Mundial da Saúde divulgou na quinta-feira (30/6) o novo relatório de situação sobre zika, microcefalia e Síndrome de Guillain-Barré. De acordo com a nova avaliação, até o dia 29 de junho, 61 países e territórios continuam a notificar a transmissão do vírus zika por mosquitos. Dez países reportaram evidências de transmissão de pessoa para pessoa, provavelmente por via sexual (Argentina, Canadá, Chile, Peru, Estados Unidos, França, Alemanha, Itália, Portugal e Nova Zelândia).

  7. Casos de dengue no Brasil apresentam queda antecipada

    Os casos de dengue deste ano, no Brasil, apresentaram queda antecipada em relação aos anos anteriores. Historicamente, a redução no número de casos era observada a partir do mês de junho. Levantamento do Ministério da Saúde aponta que, a partir do mês de março, o país começou a mostrar tendência de redução, demonstrando um comportamento diferente do habitual neste ano. Os números dos casos de dengue estão em declínio e já apresentaram redução de 99,2% no comparativo entre fevereiro e maio deste ano.

  8. Parceria UHE Itaocara e Fiocruz promove ações contra o Aedes Aegypti

    Em mais uma edição, o dia de mobilização contra o mosquito Aedes aegypti, promovido pela parceria entre a Escola Nacional de Saúde Pública e a Usina Hidrelétrica Itaocara S.A, em apoio às Secretarias de Saúde da área de influência do empreendimento, agitou o Calçadão do Centenário, no Centro de Itaocara, na terça-feira, 14 de junho. O Espaço Interativo - dedicado a esclarecer e informar a população sobre a importância de manter o combate aos focos do mosquito durante todo o ano - foi visitado por quase 300 pessoas durante todo o dia.