1. Fiocruz cria Sala de Situação para monitorar efeitos do derramamento de óleo

    Com o objetivo de elaborar um plano de ação institucional, a Fundação instalou a Sala de Situação Fiocruz - Contaminação por Petróleo Cru no Litoral Brasileiro. O grupo tem tido reuniões semanais desde o início de novembro e trabalha na construção de ações de enfretamento do problema no campo da saúde. A Fiocruz Bahia promoveu, nos dias 11 e 12 de dezembro um seminário em parceria com a Vice-Presidência de Ambiente, Atenção e Promoção da Saúde (VPAAPS), da ENSP, da Universidade Federal da Bahia (UFBA) e da Secretaria da Saúde do Estado da Bahia. 

  2. Fiocruz cria Sala de Situação para monitorar efeitos do derramamento de óleo

    Com o objetivo de elaborar um plano de ação institucional, a Fundação instalou a Sala de Situação Fiocruz - Contaminação por Petróleo Cru no Litoral Brasileiro. O grupo tem tido reuniões semanais desde o início de novembro e trabalha na construção de ações de enfretamento do problema no campo da saúde. A Fiocruz Bahia promoveu, nos dias 11 e 12 de dezembro um seminário em parceria com a Vice-Presidência de Ambiente, Atenção e Promoção da Saúde (VPAAPS), da ENSP, da Universidade Federal da Bahia (UFBA) e da Secretaria da Saúde do Estado da Bahia. 

  3. Alteração de local: 'Sexta de Conversa', dia 20/12, na ENSP

    A próxima 'Sexta de Conversa', o programa on-line de entrevista com a presidente Nísia Trindade Lima, será no dia 20 de dezembro, a partir das 9h30, no auditório térreo da ENSP. A entrada é aberta ao público. Como em todas as edições anteriores, o público pode interagir on-line, no horário da transmissão. Participe!

  4. Alteração de local: 'Sexta de Conversa', dia 20/12, na ENSP

    A próxima 'Sexta de Conversa', o programa on-line de entrevista com a presidente Nísia Trindade Lima, será no dia 20 de dezembro, a partir das 9h30, no auditório térreo da ENSP. A entrada é aberta ao público. Como em todas as edições anteriores, o público pode interagir on-line, no horário da transmissão. Participe!

  5. Fiocruz lança campanha de prevenção à violência em Manguinhos quarta-feira (11)

    A Fiocruz lança na quarta-feira (11/12), em parceria com organizações comunitárias, a “Campanha de Prevenção à Violência Armada em Manguinhos”. O mote da iniciativa é a diminuição dos impactos desse tipo de evento tanto na saúde dos moradores quanto na de policiais. Há previsão de que a cartilha – principal produto da campanha – seja lançada também junto a instituições de segurança pública, direitos humanos e em outras favelas cariocas.

  6. Fiocruz lança campanha de prevenção à violência em Manguinhos quarta-feira (11)

    A Fiocruz lança na quarta-feira (11/12), em parceria com organizações comunitárias, a “Campanha de Prevenção à Violência Armada em Manguinhos”. O mote da iniciativa é a diminuição dos impactos desse tipo de evento tanto na saúde dos moradores quanto na de policiais. Há previsão de que a cartilha – principal produto da campanha – seja lançada também junto a instituições de segurança pública, direitos humanos e em outras favelas cariocas.

  7. Liberados mais mosquitos que ajudam a combater a dengue

    O ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, participou na segunda-feira, 2 de dezembro, da liberação dos chamados mosquitos do “bem” em Niterói, no Rio de Janeiro. A tecnologia já se mostrou promissora no combate às doenças transmitidas pelo Aedes aegypti (dengue, zika e chikungunya). Nos primeiros resultados, os insetos infectados com a bactéria Wolbachia reduziram em 75% os casos de chikungunya, em 33 bairros da região. A tecnologia inibe a transmissão de doenças que atingem o ser humano.