1. Fiocruz pra Você: ENSP marca presença com diversas atividades

    Pelo décimo quinto ano consecutivo, a Fiocruz abre suas portas para receber, no próximo sábado (14/06), cerca de cinco mil pessoas para a primeira etapa da Campanha Nacional de Vacinação contra a Poliomielite. O evento, que transforma a Fundação em um dos maiores postos de vacinação do Brasil, começa às 8h. A ENSP, mais uma vez, terá grande representatividade no evento. Este ano, além do Centro de Saúde responsável pela vacinação dentro do Campus , a Escola contará com a participação de mais de 136 voluntários de seus departamentos. Vale lembrar que todas as crianças menores de cinco anos devem ser vacinadas.

  2. Berlinguer abre ano acadêmico e recebe título honoris causa

    Em cerimônia que lotou o auditório da ENSP com cerca de 300 pessoas, o médico italiano Giovanni Berlinguer proferiu a conferência de abertura do ano acadêmico da Fiocruz nesta terça-feira (3/04). Um dos maiores sanitaristas e bioeticistas do mundo, Berlinguer recebeu o diploma de doutor honoris causa da Fiocruz das mãos do ministro da Saúde, José Gomes Temporão, pesquisador e professor licenciado da ENSP/Fiocruz, que esteve pela primeira vez na Escola desde que assumiu a pasta, em meados de março. A solenidade foi presidida por Paulo Buss, presidente da Fiocruz, e contou com a presença de vice-presidentes da Fiocruz, diretores de unidades, alunos, pesquisadores e professores da instituição. Leia o texto completo da aula inaugural de Berlinguer sobre Causas sociais e implicação moral das doenças.

  3. ENSP participa da implantação do escritório da Fiocruz na região Centro-Oeste

    A Escola Nacional de Saúde Pública Sergio Arouca está participando da implantação do escritório regional da Fiocruz no estado do Mato Grosso do Sul. Dentre as linhas estabelecidas como prioritárias para o ensino e a pesquisa na região, a ENSP será responsável pelas áreas de saúde indígena e meio ambiente. A atuação institucional também será pautada no fortalecimento da rede descentralizada de Escolas de Governo e na cooperação técnica com instituições parceiras na região.

  4. Fiocruz inaugura Núcleo Federal de Ensino em Brasília

    Nesta quarta-feira (14/11), a Fiocruz lança a pedra fundamental do Núcleo Federal da Escola de Governo em Saúde em Brasília (EGS/NF). A iniciativa atende a um pedido feito pelo ministro da Saúde, José Gomes Temporão, quando assumiu o cargo, no início de 2007, para a abertura de uma escola sobre saúde no Distrito Federal que atendesse altos funcionários públicos, em um processo de formação e debate sobre a saúde como ponto estratégico da agenda pública. O Núcleo Federal reúne a Escola Nacional de Saúde Pública Sergio Arouca (ENSP) e a Escola Politécnica de Saúde Joaquim Venâncio (EPSJV), entre outras unidades de ensino da Fiocruz. Ao criar em Brasília o Núcleo Federal da Escola de Governo em Saúde, a Fiocruz empreende vigorosa mobilização de suas unidades e ampla coalizão de instituições acadêmicas no campo da saúde para compartilhar a coordenação e operação desse programa pioneiro de formação qualificada em saúde para gestores federais do Estado brasileiro, destacou o diretor da ENSP, Antonio Ivo de Carvalho.

  5. Núcleo Federal de Ensino ampliará formação de profissionais

    Estamos vivendo um momento de muita alegria nessa união de dois personagens históricos no Planalto Central: Darcy Ribeiro e Oswaldo Cruz, disse o ministro da Saúde, José Gomes Temporão, durante o lançamento da pedra fundamental da sede da Fiocruz Brasília, no campus Darcy Ribeiro da Universidade de Brasília (UnB), na quarta-feira (14/11). A parceria entre as instituições representa a consolidação da proposta de um Núcleo Federal de Ensino, cujo principal objetivo é capacitar o quadro técnico de gestores de saúde no nível federal e profissionais de outros órgãos de governo que tenham interface com a saúde, a fim de fortalecer as políticas de qualificação profissional dos servidores públicos e possibilitar a melhoria da qualidade dos serviços prestados à população.

  6. Margaret Chan elogia atuação do Brasil na saúde mundial

    Pela primeira vez, um chefe máximo da Organização Mundial da Saúde (OMS) visita o campus da Fundação Oswaldo Cruz, no Rio. Em palestra realizada no auditório da ENSP sobre Cooperação Sul-Sul no enfrentamento das epidemias, na segunda-feira (20/08), Margaret Chan reconheceu que o governo brasileiro tem travado uma batalha épica para garantir o acesso universal a remédios contra a Aids e teceu elogios à parceria entre Brasil e Cuba para a produção de 20 milhões de doses de vacina contra epidemia de meningite na África subsaariana. O Brasil tem sido um modelo na área de cooperação técnica e espero que outros países possam seguir o seu exemplo, destacou. Ao lado de Chan, compondo a mesa, estavam a diretora da Organização Pan-americana de Saúde (Opas), Mirta Roses, o diretor da Opas no Brasil, Diego Victoria, o presidente da Fiocruz, Paulo Buss, e o diretor da ENSP, Antônio Ivo de Carvalho. O áudio do evento está disponível na Biblioteca Multimídia da ENSP.

  7. Abertas inscrições para Curso Colaborativo Harvard-Brasil na Fiocruz Bahia

    As inscrições para a segunda edição do Curso Colaborativo Harvard-Brasil estão abertas até o dia 15 de outubro de 2008. Promovido pela Harvard School of Public Health (HSPH) e pela Fundação Oswaldo Cruz na Bahia (Fiocruz-BA), com apoio do Programa de Estudos do Brasil do David Rockefeller Center for Latin American Studies (DRCLAS) - Harvard University, o curso oferece 30 vagas, sendo 15 para estudantes da HSPH e 15 para estudantes brasileiros.