1. Fiocruz realiza 2º Simpósio do Programa Fio-Câncer

    A formação e a estruturação de uma carteira de projetos na área de oncologia e as oportunidades para captação de recursos dentro e fora da Fiocruz foram os principais temas do 2º Simpósio do Programa Fio-Câncer, realizado nos dias 6 e 7 de junho em Manguinhos, no Rio de Janeiro. Promovido pela Vice-Presidência de Pesquisa e Coleções Biológicas (VPPCB), o encontro reuniu mais de 100 inscritos, entre pesquisadores e gestores das diferentes unidades da Fundação Oswaldo Cruz. O Fio-Câncer é uma das onze redes de pesquisa translacionais da Fiocruz, que têm a meta de promover a articulação de grupos de pesquisa nas áreas biomédica, clínica, desenvolvimento tecnológico e saúde coletiva em torno de um determinado problema de saúde pública. A primeira edição do Simpósio Fio-Câncer aconteceu em maio de 2016. De acordo com o vice-presidente de Pesquisa e Coleções Biológicas, Rodrigo Correa, a rede cumpre o papel de mapear e coordenar os esforços da Fiocruz na área de oncologia.

  2. Evento discute oportunidades de colaboração em pesquisa e inovação em saúde com a União Europeia

    Acontece no dia 19 de junho, das 9h às 17h, a Oficina Horizon 2020 - Oportunidades de colaboração em pesquisa e inovação em saúde entre a América Latina e Caribe e a União Europeia. Aberto a pesquisadores, gestores de pesquisa, profissionais de cooperação internacional, agências de fomento e outros interessados de todas as áreas e instituições, o encontro tem o objetivo de apresentar as oportunidades oferecidas pelo programa europeu de financiamento à pesquisa Horizonte 2020 e oferecer informações práticas para participar do programa.

  3. Editora Fiocruz lança novo catálogo

    O Catálogo 2016 - 2017, que acaba de ser lançado, traz cerca de 430 títulos já lançados pela Editora Fiocruz nos seus quase 25 anos de existência, inclusive os já esgotados. Os títulos são listados por classificação temática e também organizados em fichas completas, que trazem a reprodução da capa e o resumo do conteúdo. Para facilitar a busca, no final o leitor encontra ainda uma lista de todos os títulos em ordem alfabética e com a indicação das páginas das respectivas fichas. Além dos livros já lançados, a publicação traz uma relação dos lançamentos programados para 2017.

  4. Hermano Castro toma posse para mais quatro anos como diretor da ENSP

    Na segunda-feira (29/5), o médico pneumologista Hermano Castro tomou posse para mais quatro anos como diretor da Escola Nacional de Saúde Pública Sergio Arouca. A cerimônia ocorreu durante as celebrações de 117 anos da Fiocruz na Tenda da Ciência. "A Fiocruz completa, mais uma vez, seu ciclo de democracia interna, e isso é muito importante, pois trata-se de um momento no qual o país atravessa uma crise institucional e democrática, no contexto de um governo ilegítimo; e, mais ainda, nesse período, com as denúncias que tornam inviável a continuação desse governo. Faz-se relevante essa confirmação democrática, de eleições diretas, na qual a comunidade elege seu presidente e os diretores de suas unidades. É a demonstração de uma prática democrática que deveria ser repetida a todo tempo e está em nossa Constituição. No momento em que o país atravessa enorme crise institucional, a Fiocruz dá um exemplo nesse campo, que deveria ser repetido, principalmente diante do clamor da sociedade por eleições diretas. A posse coletiva dos diretores das unidades que compõem a Fundação é um momento no qual cada diretor se reveste de uma autoridade outorgada pela comunidade, renovando com isso os compromissos com a saúde pública, com o Sistema Único de Saúde, com a inovação tecnológica, mas, em especial, os compromissos democráticos com a população e a sociedade brasileira", destacou o diretor da ENSP.

  5. Projeto de lei que estabelece atribuições dos ACS e ACE é aprovado em comissão da Câmara

    Foi aprovado na última quarta-feira (24), na Comissão Especial da Câmara dos Deputados, o relatório final do projeto de lei 6.437/16, que altera o texto da Lei 11.350/2006 - que regulamenta a atividade dos Agentes Comunitários de Saúde (ACS) e de Combate a Endemias (ACE) - para dispor de temas como as atribuições, formação, jornada e condições de trabalho dos ACS e ACE. O projeto, que segue agora para a Comissão de Constituição e Justiça - para então ser encaminhado para o Senado -, foi aprovado por unanimidade na comissão, que realizou audiências públicas em 21 estados do Brasil para debater a proposta.
     

  6. Livro que aborda crise e futuro da esquerda é tema de debate da série Futuros do Brasil em 1/6

    Os desafios de uma esquerda enfraquecida frente à abertura de um novo ciclo político serão analisados no próximo debate online da série Futuros do Brasil, realizada pelo Centro de Estudos Estratégicos da Fiocruz. A discussão se dará em torno do livro Esquerda: crise e futuro, do professor e pesquisador José Maurício Domingues, do Instituto de Estudos Sociais e Políticos da Uerj e pesquisador associado do CEE-Fiocruz. Ao seu lado, participará do debate a professora Ingrid Sarti, do Programa de Pós-Graduação em Economia Política Internacional (Pepi-UFRJ), fazendo comentários à exposição do autor. O evento será realizado em 1/6/2017, e como nos demais debates online da série, a participação é virtual. Qualquer pessoa pode se conectar pelo blog do CEE-Fiocruz, acompanhar o debate em tempo real e fazer perguntas aos participantes.

  7. Projeto de lei que estabelece atribuições dos ACS e ACE é aprovado em comissão da Câmara

    Foi aprovado na última quarta-feira (24), na Comissão Especial da Câmara dos Deputados, o relatório final do projeto de lei 6.437/16, que altera o texto da Lei 11.350/2006 - que regulamenta a atividade dos Agentes Comunitários de Saúde (ACS) e de Combate a Endemias (ACE) - para dispor de temas como as atribuições, formação, jornada e condições de trabalho dos ACS e ACE. O projeto, que segue agora para a Comissão de Constituição e Justiça - para então ser encaminhado para o Senado -, foi aprovado por unanimidade na comissão, que realizou audiências públicas em 21 estados do Brasil para debater a proposta.
     

  8. Presidência da Fiocruz repudia violência em Manguinhos

    Segundo informações obtidas pela área de Segurança da Coordenação-Geral de Infraestrutura dos Campi (Cogic), Wilson Mello de Oliveira, irmão dos trabalhadores da Fiocruz Ubirajara Cosme Mello de Oliveira, do Serviço de Informação e Estatística do Instituto Nacional de Infectologia Evandro Chagas, e Marcos Antônio Mello da Silva, que atua na Portaria do Instituto de Tecnologia em Imunobiológicos (Bio-Manguinhos), morreu durante a operação policial que está sendo realizada desde do início da manhã de hoje (26/5) nas comunidades Mandela I e Mandela II. 

  9. Reeleito, Hermano Castro toma posse durante semana comemorativa dos 117 anos da Fiocruz

    Em comemoração ao seu aniversário de 117 anos, a Fiocruz, durante quatro dias, promoverá palestras, oficinas, mostras científicas, apresentações artísticas e ações de prevenção e promoção a saúde. A programação especial inclui ainda a posse dos diretores eleitos nas unidades da Fundação, na segunda-feira, dia 29 de maio, às 11 horas, na Tenda da Ciência. Com resultado homologado em 11 de maio, Hermano Castro foi reeleito diretor da Escola Nacional de Saúde Pública Sergio Arouca (ENSP/Fiocruz)  para o quadriênio 2017-2021.

  10. Redução de danos no uso de drogas é tema de seminário na ENSP

    Nos dias 29 e 30 de maio, a Fiocruz promoverá o Seminário Internacional Cenários da Redução de Danos na América Latina na Escola Nacional de Saúde Pública Sergio Arouca (ENSP/Fiocruz), no Rio de Janeiro. O evento é dedicado à troca de experiências sobre estratégias para prevenção de doenças que decorrem do uso de drogas. O conceito de 'redução de danos' surgiu na década de 1990, quando diversos países latino-americanos passaram a desenvolver programas de troca de seringas entre pessoas que faziam uso de drogas injetáveis, como parte de suas respostas frente à epidemia de HIV/Aids. Organizado pelo Programa Institucional Álcool, Crack e outras Drogas da Presidência da Fundação Oswaldo Cruz (PACD/Fiocruz), o seminário contará com a presença de pesquisadores, profissionais e ativistas envolvidos com redução de danos no Brasil, Paraguai, Uruguai, Argentina, Colômbia, Porto Rico e Costa Rica.