1. Fiocruz associa-se ao Observatório de Territórios Sustentáveis e Saudáveis da Bocaina

    Fruto da parceria entre o Fórum das Comunidades Tradicionais de Angra dos Reis, Paraty (RJ) e Ubatuba (SP) e a Fiocruz, apoiada pela Funasa, o Observatório de Territórios Sustentáveis e Saudáveis da Bocaina (OTSS) inaugura o seu espaço, no dia 10 de julho - uma casa, no bairro de Caborê, em Paraty. Também será inaugurado o primeiro módulo de Saneamento Ecológico, no dia 11 de julho, construído na escola municipal Martim de Sá, na comunidade caiçara da Praia do Sono, em Paraty. O OTSS, que tem como coordenador geral o pesquisador da ENSP Edmundo Gallo, é um espaço para o desenvolvimento de soluções baseadas na ecologia de saberes e que têm potencial para tornarem-se estratégias regionais e alternativas para a garantia dos direitos das comunidades tradicionais. Tem como área de atuação a região o litoral norte do Estado de São Paulo e litoral sul do Estado do Rio de Janeiro, onde vivem cerca de cinquenta comunidades tradicionais de três etnias: caiçaras, indígenas e quilombolas.

  2. Fiocruz realiza 3º Levantamento Nacional sobre Uso de Drogas pela População Brasileira

    Com o objetivo de ajudar no planejamento de políticas e ações sociais e de saúde no Brasil, a Fiocruz está realizando em 350 municípios do país, o 3º Levantamento Nacional sobre Uso de Drogas pela População Brasileira, que visa a avaliar o uso de drogas na população brasileira, homens e mulheres que estejam na faixa etária entre 12 e 65 anos, e residam nas áreas urbanas, rurais e de fronteiras. O Levantamento é uma parceria entre o Ministério da Saúde e a Fiocruz, coordenado pelo pesquisador do Laboratório de Informação em Saúde, do Icict, Francisco Inácio Bastos.

  3. Fiocruz promove seminário internacional sobre maconha

    A Fiocruz traz para a pauta nacional um amplo debate sobre os diversos usos da maconha - medicinal, religioso, recreativo e industrial -  no seminário Maconha: usos, políticas e interfaces com a saúde e direitos. O encontro será realizado nos dias 1, 2 e 3 de julho, nos auditórios da Escola de Magistratura do Rio de Janeiro (Emerj), Centro do Rio. As inscrições já podem ser feitas gratuitamente no site da Emerj.

  4. Canal Saúde destaca pesquisa de tuberculose da ENSP

    O estudo Tuberculose no Brasil: uma análise segundo raça/cor, desenvolvida pelo pesquisador Paulo Victor de Sousa Viana, do Centro de Referência Professor Hélio Fraga da ENSP, foi tema de reportagem veiculada no Jornal da Saúde, do Canal Saúde/Fiocruz. A pesquisa inédita revelou que os indígenas apresentaram as maiores taxas de incidência da doença no Brasil durante o período de 2008 a 2011, com incremento de cerca de 10% de novos casos. Veja.

  5. ENSP redefine sua trajetória

    Nos dias 15 e 16 de junho, a Escola Nacional de Saúde Pública Sergio Arouca (ENSP/Fiocruz), por meio de um processo altamente democrático, que mobilizou servidores e alunos, definiu seu novo Regimento Interno. O documento, que é a carta magna da Escola, apresenta a organização, competência, atribuições e finalidades de cada um de seus órgãos gestores (Direção, e vices-direções), além dos departamentos, centros, núcleos, setores e serviços oferecidos. Após o período de intensos debates e votações, a instituição aprovou a criação de três novos departamentos - a ENSP passa a contar com 12 deles agora -, e a reorganização da Vice-Direção de Pós-Graduação - que se transformou em Vice-Direção de Ensino, e passa a agregar todo o ensino da Escola (stricto e lato sensu), nas modalidades presencial e a distância. Confira, no vídeo abaixo, a convocação do diretor da ENSP, Hermano Castro, para a segunda etapa de votação do Regimento Interno da ENSP, que retornará dias 1 e 2 de julho de 2015. 

  6. Eleição da Diretoria Abrasco 2015-2018 tem chapa única

    Apenas uma chapa é candidata à gestão 2015-2018 para Eleição da Diretoria da Abrasco. O candidato à presidência inscrito é Gastão Wagner de Souza Campos, da Faculdade de Ciências Médicas/Departamento de Medicina Preventiva e Social da Universidade Estadual de Campinas. O pesquisador do Laboratório de Estudos e Pesquisas em Saúde Mental e Atenção Psicossocial (Laps/ENSP), Paulo Amarante compõe a vice-presidência da chapa.

  7. Cursos de especialização da Fiocruz são reconhecidos pelo MEC

    A Fiocruz recebeu, no dia 11/6, a certidão de reconhecimento dos cursos de pós-graduação lato sensu da instituição, condição necessária para a validade nacional dos certificados emitidos aos alunos concluintes. O documento foi assinado pelo diretor de Política Regulatória do Ministério da Educação (MEC), João Paulo Bachur. “Desse modo, nos termos da Resolução CNE/CEs nº 1/2007, alterada pelas Resoluções nº 4/2011 e nº 7/2011, consideram-se regulares os cursos de pós-graduação lato sensu oferecidos pela referida instituição”, aponta a declaração enviada pelo MEC.

  8. Canal Saúde amplia transmissão para 15 horas diárias e muda grade de programação

    O Canal Saúde, emissora de televisão do Sistema Único de Saúde (SUS), sediada na Fiocruz, ampliou em mais uma hora seu horário de exibição e alterou sua grade de programação. O aumento do número de horas no ar, que com a ampliação atingiu as 15 horas diárias, segue rumo ao objetivo de chegar a 24 horas de transmissão. Agora, a emissora pode ser assistida, de domingo a domingo, das oito da manhã à meia noite.