1. Fórum de Editores Científicos questiona internacionalização dos periódicos brasileiros

    O Fórum de Editores da Fiocruz divulgou uma carta na qual problematiza e questiona os movimentos em curso para a internacionalização dos periódicos brasileiros, e reafirmando seu compromisso com o debate político sobre a ciência brasileira e sua disseminação, constituindo espaço de discussão e formulação de políticas editoriais e de C&T que garantam a independência e a qualidade das revistas científicas. O documento parte de um importante diagnóstico: por um lado, a limitada participação de pesquisadores brasileiros em artigos com colaboradores internacionais. Por outro, a emergência de novos atores no mercado editorial – publishers ‘predadores’, que aceitam qualquer artigo mediante pagamento, e mega journals, que não usam critérios como relevância ou avanço científico para restringir publicações.

  2. Uso de recursos educacionais abertos é tema de seminário na Fiocruz

    A Fiocruz e o Sistema Universidade Aberta do SUS (UNA-SUS) promovem, nos dias 7 e 8 de abril, o Seminário Recursos Educacionais: desafios e perspectivas para a educação aberta. O encontro ocorre no Salão Internacional da Escola Nacional de Saúde Pública (Ensp/Fiocruz), no Campus de Manguinhos. O objetivo é discutir aspectos teóricos e práticos do processo de produção e publicação de recursos educacionais. Também serão abordados os conceitos e diretrizes comuns das Políticas de Acesso Aberto da Fiocruz e da UNA-SUS, considerando-se aspectos como direitos autorais e especificações tecnológicas e educacionais.

  3. Novo formato para a 15ª Conferência Nacional de Saúde é o tema do Sala de Convidados

    O Sala de Convidados de terça-feira (7/4) vai discutir, ao vivo, às 11h, no Canal Saúde, a busca de um novo formato para a 15ª Conferência Nacional de Saúde, cuja etapa nacional acontecerá entre os dias 1 e 4 de dezembro, em Brasília. O programa vai falar sobre o regimento da conferência, que este ano apresenta diversas novidades para ampliar a participação da população.  A 15ª Conferência Nacional de Saúde, que terá como tema: Saúde Pública de qualidade para cuidar bem das pessoas - Direito do povo brasileiro, apresenta entre as novidades para esta edição a figura do participante com credenciamento livre, não vinculado a nenhuma instituição, e a realização das Plenárias Populares Regionais, que aconteceram antes das Plenárias Municipais e Estaduais, para aproximar a população de todo o processo de organização da conferência nacional. 

  4. Reportagem destaca importância do Projeto Elsa para o país

    O jornal Estado de Minas, na edição de 29 de março, destacou o Estudo Longitudinal da Saúde do Adulto (Elsa-Brasil), uma investigação multicêntrica de coorte composta por 15 mil funcionários de seis instituições públicas de ensino superior e pesquisa das regiões Nordeste, Sul e Sudeste do Brasil, e do qual a Fiocruz faz parte. A reportagem aborda que pesquisa gerou, até agora, 55 artigos. "Outros 105 estão em andamento, analisando diferentes aspectos. No caso da diabetes, verificou-se que cerca de metade dos indivíduos desconhecia ter a doença", diz um trecho. Confira o texto na íntegra.

  5. Uso de recursos educacionais abertos é tema de seminário na Fiocruz

    A Fiocruz e o Sistema Universidade Aberta do SUS (UNA-SUS) promovem, nos dias 7 e 8 de abril, o Seminário Recursos Educacionais: desafios e perspectivas para a educação aberta. O encontro ocorre no Salão Internacional da Escola Nacional de Saúde Pública (Ensp/Fiocruz), no Campus de Manguinhos. O objetivo é discutir aspectos teóricos e práticos do processo de produção e publicação de recursos educacionais. Também serão abordados os conceitos e diretrizes comuns das Políticas de Acesso Aberto da Fiocruz e da UNA-SUS, considerando-se aspectos como direitos autorais e especificações tecnológicas e educacionais.

  6. Fiocruz atua no combate à tuberculose no Brasil

    Redução em 95% o número de mortes e em 90% a taxa de incidência da tuberculose até 2035. As duas metas ousadas, aprovadas em maio de 2014 pela Organização Mundial da Saúde (OMS) como parte de uma nova estratégia global de combate à tuberculose, já encontram resposta positiva no Brasil com o desenvolvimento de um programa integrado de pesquisa, ensino e desenvolvimento tecnológico em tuberculose e a promessa cada vez mais real de novos medicamentos, que tornarão o tratamento mais rápido e eficiente. 

  7. Pesquisadora da ENSP homenageada em Seminário Mulheres Fazendo Ciência

    O II Seminário Mulheres Fazendo Ciência, que será realizado nos dias 26 e 27 de março, no Auditório do Museu da Vida, vai homenagear duas pesquisadoras da Fiocruz: Anamaria Testa Tambellini, da ENSP, e Sonia Gomes Andrade, do Centro de Pesquisas Gonçalo Moniz (CPqGM/Fiocruz Bahia). Elas serão agraciadas com o Prêmio Fiocruz - Mulher de Ciências e Humanidades pelo pioneirismo de sua atuação científica em distintas áreas do conhecimento e seu papel na construção institucional.

  8. Editores científicos debatem acesso e internacionalização

    O lançamento do Portal de Periódicos da Fiocruz, que dá livre acesso ao conteúdo de sete revistas científicas editadas por diferentes unidades da Fundação Oswaldo Cruz, tem estimulado discussões acadêmicas sobre questões atuais no campo da política de publicação científica, como o acesso aberto ao conhecimento e a sua internacionalização. Os pesquisadores da ENSP Cecília Minayo, Marília Sá Carvalho e Carlos Machado de Freitas, que ocupam cargos de editores de revistas científicas da Fiocruz, e Angélica Ferreira Fonseca, da EPSJV, destacam as perspectivas da iniciativa na promoção do diálogo entre saberes e o avanço na democratização do conhecimento.

  9. Aprovação da PEC 85 é ponto de virada na produção científica

    Promulgada pelo Congresso Nacional no fim de fevereiro, a emenda constitucional 85 é apontada por especialistas como um marco na modernização da pesquisa científica e tecnológica no Brasil. Recebida com entusiasmo por gestores e pesquisadores da área, a chamada PEC da Inovação atualiza e flexibiliza o texto da Carta Magna, com o objetivo de provocar mais dinamismo e interação entre os atores envolvidos no processo de inovação. O vice-presidente de Produção e Inovação em Saúde da Fiocruz, Jorge Bermudez, saúda a aprovação da emenda e lembra que a Fundação participou ativamente, lado a lado, com outras instituições e com o Congresso Nacional, de todo o processo de audiências públicas e seminários que reuniram as instituições do setor e parlamentares, sediando, inclusive, o primeiro seminário para debater o tema, em 2013.